terça-feira, 17 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Nas cabeças

Postado em 5 de abril de 2016

Pesquisa pré-eleitoral que acaba de sair do forno está pelando nas mãos do ex-prefeito Elmis Mannrich. Os resultados serão apresentados aos convencionais do PMDB nas reuniões ou visitas agendadas para os próximos momentos. E, pelo interesse do presidente do Imetro/SC na divulgação dos números, ele, certamente, aparece em vantagem sobre seu primeiro adversário destas eleições: o prefeito Valério Tomazi (PMDB).

Diz o passarinho transparente que o instituto pesquisador esteve em Tijucas a mando do deputado federal Mauro Mariani (PMDB-SC), de quem Mannrich é muito próximo.

Frustração

Postado em 5 de abril de 2016

O vereador Eduardo Furtado (PSB) está soltando fogo pelas ventas. Tudo porque seu principal correligionário, ex-vereador Zulmar Simas (PSB), aceitou o convite do prefeito Antônio da Silva (PP) e assumiu a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos de Canelinha no lugar de Francisco Honorato Cardoso Filho, o Chico (PSD), que voltou à vereança com vistas na reeleição.

Furtado ansiava ter seus combatentes a postos para confrontar o prefeito e alcançar, na pressão, apoio para seu projeto de candidatura na concorrência majoritária deste ano. Agora, com Simas no governo, enredado nos planos do alcaide, o que já era difícil ficou praticamente impossível para o presidente da Câmara.

Condição

Postado em 4 de abril de 2016

O empresário Cláudio Coelho (PSB), de São João Batista, definitivamente não é pré-candidato a prefeito nestas eleições. Mas já aceitou se candidatar à vice-prefeitura, desde que o nome na cabeça da chapa seja o do ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP), que ainda luta na Justiça contra a decisão do TJSC que o condena à perda dos direitos políticos.

Coelho quer fazer do pleito que se avizinha, e, consequentemente, da eventual administração do município, um laboratório para futuros empreendimentos na vida pública. E entende que Santos, por ter governado a Capital Catarinense do Calçado durante oito anos e jamais ter se desligado da política, é o melhor instrutor que poderia ter.

Vice do pai

Postado em 4 de abril de 2016

Depois do almoço com o vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB) e com o advogado Antônio Linhares, semana passada, em Florianópolis, o empresário Davi Melo, popular Galo Velho, vem falando muito sobre a possibilidade da filha, advogada Fernanda Melo, compor chapa com Elmis Mannrich (PMDB) como candidata a vice-prefeita nestas eleições.

Além de Pinho Moreira, outro que gostaria de ver essa composição, segundo Melo, é o desembargador do Tribunal de Justiça e ex-deputado estadual João Henrique Blasi.

Consultado pelo blog, Mannrich rechaça a informação e garante que não existem conversas nesse sentido.

Espiadinha

Postado em 4 de abril de 2016
Foto: Divulgação

Lojista participante do Arnold Classics Brasil 2016 uma das principais feiras internacionais de nutrição esportiva e fitness do mundo –, durante o fim de semana, no Rio de Janeiro, o empresário Daniel Luz, de Tijucas e da Container Suplementos, topou com a simpática Geralda Dias, que havia acabado de deixar o Big Brother Brasil com a quarta colocação na bagagem.

Aliança firmada

Postado em 4 de abril de 2016

De um lado da mesa, sexta-feira (1), estavam o engenheiro Sérgio Cardoso, o advogado Marcio Rosa, e os vereadores Eder Muraro (PSD), Luiz Rogério da Silva (PSD) e Sérgio Murilo Cordeiro (PSD). Na outra ponta, o coordenador regional do DEM, Jones Bosio, e o prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (DEM). A pauta da reunião era a adesão do Democratas às bases do PSD na corrida eleitoral deste ano em Tijucas  aliança que, a princípio, não agradava o ex-secretário regional de Brusque, fundamentalmente pelas contendas com o governador Raimundo Colombo (PSD) desde sua saída da SDR.

Pesou, porém, a pujança do projeto. Bosio, que esteve propenso a unir o DEM ao PSDB na Capital do Vale, cedeu aos requisitos dos peessedistas e assinou um termo de união ao grupo. Em contrapartida, o PSD afiançou apoio à eleição de vereadores democratas no pleito proporcional.

Pedra cantada

Postado em 1 de abril de 2016

O nome do ex-vice-prefeito Edson Orsi não aparece mais entre os filiados ao PR em Canelinha. Sua nova morada, conforme antecipado pelo blog na nota “Chapa pura“, deve ser o PMDB.

A formação da chapa oposicionista com Moacir Montibeller (PMDB) e Edinho é consensual entre lideranças contrárias ao atual governo da Cidade das Cerâmicas. E, assim sendo, o PMDB vem puro nas eleições majoritárias.

Definido

Postado em 1 de abril de 2016

Enfim, e agora com o apoio do prefeito Antônio da Silva (PP), não tem para mais ninguém: o vice-prefeito Eloir João Reis, popular Lico (PSDB), é quem deve concorrer à prefeitura pela situação no pleito que se avizinha.

Resta, portanto, definir o vice da chapa. Estão na disputa o secretário de Obras do município, vereador licenciado Francisco Honorato Cardoso Filho, o Chico (PSD); o advogado Diogo Francisco Alves Maciel (PP); e os vereadores Eduardo Furtado (PSB) e Abel Grimm (PP).

Time escalado

Postado em 1 de abril de 2016

O prefeito Valério Tomazi (PMDB) não pode dar certeza da sua candidatura à reeleição visto que o presidente do PMDB em Tijucas, ex-prefeito Elmis Mannrich, também pretende disputar o pleito majoritário deste ano , mas já recrutou seu exército de base na concorrência proporcional.

Ontem, 31 de março, na data limite para que pré-candidatos a vereador deixem cargos públicos, parte do colegiado municipal se exonerou da função. Com a legenda do PMDB nas intenções, saíram Cláudio Tiago Izidoro, ex-diretor de Trânsito e Transportes; Rogério dos Anjos, o Guelo, ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes; e Sheila Dias, ex-secretária de Ação Social.

Tomazi ainda queria contar com as candidaturas da secretária de Cultura, Cláudia Venâncio, e do diretor do Procon, Erivelto Leal dos Santos, o Danone; mas ambos declinaram da proposta e seguem nos cargos.


Atualizado às 17h12: Odirlei Resini, agora ex-secretário de Agricultura, Pesca e Meio Ambiente, também deixou o posto e é pré-candidato a vereador pelo PMDB em Tijucas.

Divisão

Postado em 1 de abril de 2016

Líder benemérito do PP de Tijucas, o ex-prefeito Nilton de Brito rejeita a hipótese de apoio ao movimento L.I.M.P.E., que seus correligionários André Dadam, Helio Gama, Rogério de Souza e Vilson Natalino Silvino acompanham há alguns meses.

O ex-gerente da Celesc acredita mais no sucesso do PSD – que tem o amigo e ex-progressista Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia, como pretenso postulante à candidatura majoritária – nas eleições que se avizinham. Brito, aliás, teria orientado os demais membros do PP de Tijucas a seguirem o mesmo caminho. E a recomendação do comandante parece estar sendo considerada. A assiduidade de pepistas nas reuniões do L.I.M.P.E. já não é mais a mesma de antes.