segunda-feira, 16 de maio de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Cremação social

Postado em 25 de agosto de 2021
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  

A situação do cemitério anexo à Igreja Matriz Bom Jesus dos Aflitos, em Porto Belo, que beira a lotação, torna-se cada vez mais delicada. A possibilidade de um colapso no serviço funerário da cidade motivou os vereadores Magno Muñoz (MDB), Ednaldo da Silva (MDB) e Juliano Guerreiro (PP) a sugerir, por requerimento, que o Conselho Municipal de Assistência Social e a Secretaria Municipal de Assistência Social instituam o serviço de cremação social no município. De acordo com a proposta, apenas famílias de baixa renda ou em condição de vulnerabilidade estariam credenciadas.

Se a sugestão for acatada, Porto Belo seguirá o exemplo de Balneário Camboriú, que em setembro de 2019 se tornou a primeira cidade catarinense a oferecer a cremação social. Lá, o problema também era a superlotação do Cemitério da Barra, que em dezembro passado teve a capacidade ampliada.

Adeus, Sedrez!

Postado em 8 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Tijucas perdeu, ontem, um dos seus mais nobres representantes. O engenheiro e empresário Marco Aurélio Sedrez sofreu um infarto fulminante enquanto dormia, após o almoço, em casa, em Balneário Camboriú. Ele fez parte do corpo executivo da Cerâmica Portobello, foi secretário de Indústria, Comércio e Turismo do município na gestão de Nilton de Brito, entre 1993 e 1996, e era fundador da Mosarte Revestimentos Especiais, empresa que administrava com a família na cidade havia 25 anos.

Sedrez deixa esposa e quatro filhos. Por se tratar de um ilustre tijucano, com uma gama de serviços prestados à municipalidade, seu velório foi marcado para a Câmara Municipal de Tijucas, nesta quarta-feira (10) — porque um filho vem de Miami, nos Estados Unidos, onde serve às empresas da família —, das 10h às 14h. Em seguida, o corpo segue para o Crematório Vaticano, em Balneário Camboriú.