segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Quarentona

Postado em 5 de junho de 2019

Dia 14, a Cerâmica Portobello recebe convidados e autoridades, em Tijucas, para a abertura da exposição “Portobello 40 anos – uma trajetória de inovação”. A mostra, que fica disponível para visitação até 15 de julho, na sede da companhia, é composta por fotos e vídeos interativos das quatro décadas de história da maior fabricante de revestimentos cerâmicos do Brasil, celebradas neste ano.

Todo o conteúdo da apresentação, aliás, deve ser reproduzido no site da Portobello, com atualizações frequentes.

Todos pela segurança

Postado em 31 de outubro de 2018
Foto: Divulgação

Três novos fuzis T4 Taurus já estão à disposição da Polícia Militar de Tijucas. O armamento foi apresentado – e agradecido – pelo comandante da PM local, major Éder Jaciel de Souza Oliveira, ontem, aos executivos da Cerâmica Portobello; que, por intermediação do vereador Rudnei de Amorim (DEM), doou recursos para a compra de duas peças.

A terceira arma foi adquirida a partir das doações conjuntas de um grupo de empresários da cidade. Cada fuzil custou pouco mais de R$ 8 mil; e a verba havia sido repassada ao comando da PM há cerca de três meses.

MAIS VIATURAS

Amorim, vice-presidente da Câmara de Tijucas, juntamente com o colega e presidente Juarez Soares (PPS), tem, ainda, uma proposta mais ousada: empenhar as sobras do ano legislativo – algo em torno de R$ 800 mil – na compra de duas viaturas para a Polícia Militar.

Os dois vereadores, a propósito, encabeçam o movimento pela transformação do comando da PM da Capital do Vale em uma guarnição especial para a região. Eles têm audiência com o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) marcada para a próxima semana. O objetivo é de que a ordem seja assinada antes do fim do mandato.

PERMANÊNCIA DO MAJOR

A instalação de uma guarnição especial da Polícia Militar no Vale do Rio Tijucas, aliás, seria determinante para a permanência do major Eder Jaciel de Souza Oliveira na região. Caso contrário, o atual comandante da PM local, que vem prestando um serviço de excelência na região, não deve ficar por muito mais tempo no posto.

Segurança

Postado em 26 de junho de 2018

Principal motora da economia de Tijucas, a Cerâmica Portobello cumpre, ainda, um papel social de grande relevância na cidade e região. Além dos repasses periódicos a entidades assistenciais e projetos culturais e esportivos, a maior empresa da Capital do Vale vem mostrando, também, preocupação com a segurança do município.

Tanto que a Polícia Militar de Tijucas recebeu uma doação de três fuzis T4, calibre 556, para o combate à criminalidade na região. Cada peça custa cerca de R$ 8,5 mil; e a Portobello entregou cerca de R$ 17 mil à companhia. Outros R$ 8 mil foram doados por diferentes empresas da região.

Metralhadora

Postado em 7 de novembro de 2017

O vereador Rudnei de Amorim (DEM) vem recebendo cumprimentos dos mais variados nas redes sociais por conta do eloquente discurso, ontem pela manhã, na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), a respeito da morosidade na resolução dos problemas do tráfego nas marginais da BR-101 em Tijucas. “Dezenas de reuniões já foram feitas. E nunca se apresenta uma solução. Só nos enrolam. Me causa estranheza que essa portaria existe desde março de 2015, e apenas em dezembro de 2016, entre Natal e ano novo, quando a cidade estava vazia, e na troca de governo, foram efetuadas as obras”, bradou o parlamentar.

Amorim criticou também o motivo das alterações no trânsito dos acessos à cidade e o desrespeito à principal empresa do município. “Desviaram 70% da nossa travessia para um shopping em Porto Belo, que nem está funcionando e nem sabemos se terá sucesso. Fizeram três pistas no acesso a Tijucas: duas em sentido Porto Belo e apenas uma para nós tijuquenses. Defendo a comunidade, os empresários e a Cerâmica Portobello, que detém quase 50% da nossa arrecadação, que tem mais de 2 mil funcionários, e que estes precisam acessar a cidade vizinha e retornar a Tijucas para poder trabalhar. Perdoem a minha indignação. Mas não é justo! Estamos de saco cheio!”, concluiu.

Recepção calorosa

Postado em 13 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

Além de patrocinar o paratenista Ymanitu Silva, de Tijucas, o Portobello Grupo mantém o atleta no quadro funcional da Cerâmica Portobello com liberdade absoluta para se ausentar do trabalho nas viagens destinadas às competições que participa. Nesta semana, os colegas receberam o campeão do Tennis Canada International Champs com festa na empresa.

Não bastasse, a Portobello distribuiu outdoors pela cidade com a foto do tenista paraolímpico e a frase “Many é 10”, em alusão e celebração à recente conquista da 10ª posição no ranking mundial, que garante classificação automática às Paralimpíadas de Tóquio em 2020.

Tijucas na Cersaie

Postado em 2 de outubro de 2017
Foto: Divulgação

Comitiva da Cerâmica Portobello, de Tijucas, e Portobello Shop representada vigorosamente pelo executivo Marcello Oliveira (à direita) durante momento de descontração em Bolonha, na Itália, após importante participação na Cersaie 2017, a mais relevante feira do setor cerâmico do planeta.

Também conhecida como Salão Internacional da Cerâmica para Arquitetura e Construção, a feira, organizada pela EDI.CER. Spa. termina hoje. Foram 860 expositores de 39 países diferentes. Assim como a Portobello, outras 490 empresas de revestimentos cerâmicos do mundo estiveram no evento.

Feijoada da Adec

Postado em 27 de junho de 2017

Para comemorar 35 anos de fundação, a Adec (Associação de Desenvolvimento dos Empregados Ceramistas) – que, além dos colaboradores da Cerâmica Portobello, atende a comunidade de Tijucas em geral – promove, em 22 de julho próximo, uma feijoada festiva.

O casting de atrações – além do grupo Entre Elas, de MPB, composto apenas por mulheres – segue em formação, mas o save the date está lançado. Outras informações, em breve, no blog e nas mídias sociais.

Desengarrafamento

Postado em 3 de abril de 2017

Em reunião, hoje pela manhã, no auditório do Sebrae, definiu-se que num prazo de 30 dias um consenso entre a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), a Cerâmica Portobello e os municípios de Tijucas e Porto Belo deve ser estabelecido para que o trânsito nas marginais da cidade volte a fluir de acordo com os interesses de todos.

Do diretor-geral da ANTT, Jorge Bastos, ouviu-se que esse assentimento encerraria as discussões, e que, inclusive, a agência estaria disposta a realizar investimentos – como, por exemplo, mais acessos à BR-101 – na região para sanar os problemas do tráfego no perímetro urbano.

O deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (PMDB-SC) conduziu o encontro, que teve, ainda, a participação do deputado federal Jorginho Mello (PR), dos prefeitos Elói Mariano Rocha (PSD) e Emerson Stein (PMDB), de Tijucas e Porto Belo, do vice-prefeito de Tijucas, Adalto Gomes (PT), de vereadores de ambos os municípios, do diretor da Autopista Litoral Sul, Paulo Mendes Castro, de representantes jurídicos do Grupo Portobello, e do deputado estadual Serafim Venzon (PSDB). Esperadas presenças, como as dos senadores Dário Berger (PMDB-SC), Dalírio Beber (PSDB-SC) e Paulo Bauer (PSDB-SC), não foram registradas.

PELA TANGENTE

Depois que o engenheiro Gilmar Cardoso, gerente regional da ANTT, explicou – e comprovou com documentos –, que as mudanças no trânsito das marginais de Tijucas, contempladas na portaria 339/2015, estavam previstas desde 2014, e que havia uma autorização expressa do ex-prefeito Valério Tomazi (PMDB) para isso, o ex-mandatário tijuquense, que participava do encontro, levantou e saiu.

Alarme falso

Postado em 30 de janeiro de 2017

Alguns tijuquenses juram que ouviram o jornalista Graciliano Rodrigues informar, quinta-feira (26), no Jornal do Meio-Dia, na RIC TV Record, que o Grupo Portobello saiu-se vitorioso na contenda judicial contra a Autopista Litoral Sul, e que o acesso ao parque fabril da Cerâmica Portobello voltaria imediatamente ao sistema de mão dupla.

O blog decidiu checar, e contatou o departamento de comunicação da Portobello, que, de pronto, negou a informação. De acordo com a jornalista Juliana Peixoto, que intermedeia os contatos com a imprensa, os advogados da empresa garantiram que não há, ainda, qualquer deliberação da Justiça para o caso.

Contra-ataque

Postado em 17 de janeiro de 2017

E se as empresas transportadoras que sentiram-se malogradas pela Autopista Litoral Sul resolvessem contra-atacar? Se os caminhões, em grande número, enfileirados, em horário de pico na BR-101, decidissem contornar o único acesso à Cerâmica Portobello de uma vez? Se os usuários da rodovia federal fossem obrigados a esperar pela carreata em congestionamentos fatigantes sempre que esse fenômeno ocorresse?

Senhoras e senhores, que ninguém descarte esse roteiro. Existem conversas a respeito do assunto, e, seguramente, estratégias prontas à execução se as respostas da concessionária sobre o trânsito das marginais de Tijucas tardarem. Pois, então?!