sexta-feira, 14 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Água na disputa

Postado em 14 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na contenda particular entre o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB) — que deve concorrer a uma cadeira no parlamento catarinense nestas eleições —, e a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido), de Bombinhas, por votos na Costa Esmeralda, ponto para ele. Ontem, o mandatário portobelense autorizou o aumento, de 10 para 30 litros por segundo, na cessão de água ao município vizinho e disse, nas redes sociais, que espera, com o ato, “contribuir com o povo de Bombinhas, que passa por momento difícil”. A solicitação partiu de vereadores bombinenses.

Stein e Paulinha entraram em rota de colisão no momento em que o chefe do Executivo de Porto Belo anunciou pré-candidatura ao Legislativo estadual. Agora, com mão amiga estendida ao povoado vizinho, o portobelense entra com pompa e circunstância em território amplamente dominado pela rival. A conferir nas urnas.

De mãos dadas

Postado em 6 de dezembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Líderes do MDB tijuquense, enxertados de figuras proeminentes do PDT — como o empresário Thiago Peixoto dos Anjos e o suplente de vereador Fabiano Morfelle —, estiveram reunidos sábado (4) no sítio do ex-prefeito Elmis Mannrich, na localidade de Timbé.

O encontro foi denominado “Confraternização de Fim de Ano do Grupo Amigos do MDB-Tijucas” e contou, ainda, com a participação do prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), apresentado durante o evento como pré-candidato a deputado estadual com apoio da cúpula emedebista local.

 

COSTURA

A presença de pedetistas destacados na festa não é por acaso. Além do apoio declarado à campanha de Stein ao parlamento catarinense, tanto Peixoto dos Anjos quanto Morfelle têm relação familiar com membros e militantes do MDB, e inclinação natural ao partido. E as costuras para 2024, evidentemente, estão há meses na pauta.

Mannrich, que encabeça um movimento de reorganização e fortalecimento do diretório emedebista em Tijucas, tem interesse na candidatura a prefeito nas próximas eleições municipais. E o jovem empresário, concorrente à prefeitura em 2020 com 4.238 votos, estaria nos planos de aliança. As conversas existem, e agradam a ambos.

Sem contraste

Postado em 18 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A oposição, em Porto Belo, reduziu-se ao incógnito Republicanos — que, em 2020, apesar de Romario Luiz Tancredo na disputa majoritária, elegeu apenas um vereador: Jonatha Cabral. E o cenário pode ficar ainda mais favorável ao prefeito Emerson Stein (MDB), reeleito com a maior diferença de votos da história do município e pretenso postulante a uma cadeira no Legislativo catarinense em 2022.

Costuras entre o chefe do Executivo portobelense, Cabral e o suplente de vereador Marcos Vinícius Marques (REPUBLICANOS) trazem a legenda para a base de sustentação do governo; independentemente da resistência de alguns membros da comissão municipal do partido. A manobra está em curso, e foi dada como certa nos bastidores políticos da Capital Catarinense dos Transatlânticos.

O titular da cadeira do REPUBLICANOS na Câmara, que se aproximou da administração municipal recentemente, licenciou-se da vereança por 180 dias e deu lugar a Marquinhos, presidente do partido em Porto Belo e figura benquista na localidade de Araçá. A proposta é a de que ambos, em curto prazo, passem a frequentar a prefeitura: o suplente em cargo comissionado, e Cabral, de volta ao Legislativo nos próximos meses, como governista. Pois, então?!

Entre os seus

Postado em 12 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Na iminência de uma candidatura ao parlamento catarinense em 2022, o prefeito Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, juntou o útil ao agradável, quarta-feira (10). Esteve na festa de aniversário do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT), que concorreu à prefeitura de Tijucas no recente pleito municipal, e, de quebra, aproveitou o ensejo para rever apoiadores e confirmar compromissos.

 

Na foto, com Stein, além do anfitrião, que já declarou arrimo à campanha do mandatário portobelense ao Legislativo estadual, estão, ainda, o empresário Bruno Bordin (PSL) — que esteve na chapa de Peixoto dos Anjos, como candidato a vice-prefeito, nas eleições de 2020 — e o casal regente do PDT de Tijucas, João Luiz Lopes Mariana Ferreira do Amaral, outros garantidos na sustentação do projeto eleitoral do prefeito da Capital Catarinense dos Transatlânticos.

Retaguarda

Postado em 19 de outubro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Pré-candidato a deputado estadual, o prefeito Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, engrossa a lista de apoiadores com mais dois nomes do PDT de Tijucas. Dias atrás, conquistou a preferência do suplente de vereador Fabiano Morfelle, que cumpriu mandato na Câmara Municipal entre 2017 e 2020, e do empresário Thiago Peixoto dos Anjos, que concorreu à prefeitura da Capital do Vale nas eleições passadas.

 

Além deles, o presidente municipal do partido, João Luiz Lopes e a esposa, Mariana Ferreira do Amaral, secretária geral da comissão provisória, já haviam garantido apoio a Stein no pleito geral de 2022.

Bandeira regional

Postado em 20 de setembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Semana passada, o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), participou da sessão da Câmara Municipal de Major Gercino e voltou a reafirmar o desejo de se candidatar a deputado estadual nas eleições de 2022. Ele esteve na sede do Legislativo majorense acompanhado do mandatário local, Valmor Pedro Kammers (PSL).

 

Além de fazer um resumo sobre a trajetória na vida pública, Stein lembrou, ainda, que foi reeleito para a prefeitura de Porto Belo em 2020 com mais de 80% dos votos e chamou a atenção para a preservação da bacia hidrográfica do Rio Tijucas — outra bandeira regional que, possivelmente, vai levantar em campanha.

Décima quinta

Postado em 20 de setembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Não somente Porto Belo, que ocupa o terceiro lugar do Estado em gestão de finanças no IGM (Índice de Governança Municipal), orgulha a região. Nova Trento, no Vale do Rio Tijucas, tem a 15ª melhor média geral do Brasil no ranking de municípios com até 20 mil habitantes.

A pujante Terra de Santa Paulina, que passou a ser administrada pelo jovem Tiago Dalsasso (MDB) neste ano, conquistou 7,62 pontos totais; muito próxima da melhor gestão do país, de Nova Ponte, em Minas Gerais, com 8,20 pontos na categoria.

A métrica do CFA (Conselho Federal de Administração) auxilia os gestores públicos a entender a governança municipal a partir das finanças, gestão e desempenho, considerando áreas como saúde, educação, meio ambiente, transparência, etc. Os dados são publicados no site www.igm.cfa.org.br.

Número três

Postado em 14 de setembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

De acordo com o Índice CFA (Conselho Federal de Administração) de Governança Municipal, Porto Belo tem a terceira melhor gestão em finanças de Santa Catarina, atrás, apenas, de Joaçaba e Timbó. No ranking nacional, outra marca expressiva: a Capital Catarinense dos Transatlânticos aparece no 23º lugar.

O índice avalia questões como autonomia, gasto com pessoal, capacidade de investimento e aporte em educação e saúde. Nestes quesitos, Porto Belo alcançou nota 8. Os dados foram disponibilizados no site http://igm.cfa.org.br.

Para a administração municipal, uma das razões que justificam essa avaliação é o investimento em saúde e educação — que vem sendo, a cada ano, mais robusto. Em 2019, o município obteve 6,39 pontos em investimento nessas áreas; depois, em 2020, alcançou 8,62 pontos, e, agora, em 2021, chegou a 9,09 pontos.

Estrada de mão única

Postado em 6 de setembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Não tem mais volta. O prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), vai mesmo concorrer ao parlamento catarinense nas eleições de 2022. Quinta-feira (2), em entrevista ao LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV, ele reiterou que a decisão está tomada e que não existe margem para reavaliar. “A partir da reeleição, com a grande votação que obtivemos no município e por nosso grupo entender que precisávamos de representação, passamos a considerar essa hipótese”, revelou o mandatário portobelense, que passa o bastão ao vice-prefeito Elias Cabral (PL) em março.

Stein falou, ainda, de como tem viabilizado a campanha ao Legislativo catarinense, da experiência no comando da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) e dos recentes embates públicos com a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido) e com o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM). Assista ao programa na íntegra:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Chumbo trocado

Postado em 30 de agosto de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Antes amigos e parceiros, mas prováveis concorrentes locais nas eleições de 2022 por uma cadeira no parlamento catarinense, o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido), de Bombinhas, decidiram romper. No fim de semana, trocaram farpas nas redes sociais.

Ao responder uma moradora sobre o asfaltamento da segunda metade do Morro de Zimbros, Paulinha disse, no Instagram, que “torcia para que o prefeito (de Porto Belo) acelerasse a sua parte, já que os recursos estão na conta dos dois municípios”. Stein rebateu em seguida, pontuou dificuldades no lado portobelense do morro por “grande volume de pedras, que terão de ser implodidas, além de vários taludes e contenções”, e disse que a deputada e o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), estariam “preocupados em achar algo para denegrir o trabalho” do governo vizinho.

A relação entre ambos, que era excelente — tanto que o mandatário portobelense foi um dos apoiadores da eleição da ex-prefeita de Bombinhas para o Legislativo estadual em 2018 —, foi severamente afetada no momento em que Stein decidiu que concorreria ao parlamento catarinense no próximo pleito. Desde então, os encontros e elogios de parte a parte escassearam, e as alfinetadas, especialmente em declarações públicas, têm sido cada vez mais frequentes. Pois, então?!