quarta-feira, 23 de outubro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Microfone fechado

Postado em 7 de outubro de 2019

O voluntariado da ex-primeira-dama Denise Corrêa Silva na Rede Feminina de Combate ao Câncer de Canelinha pode ter sido, conforme se especula, um dificultador para que a entidade recebesse espaço na tribuna da Câmara Municipal, semana passada. O presidente do Legislativo, Arlindo de Simas (PL), havia concordado com a participação das voluntárias na sessão, mas, na hora, justificou que o regimento interno impedia a cessão do uso da palavra.

Sob manifestações de vereadores, ponderações e discussões, Simas foi convencido, enfim, no encerramento do encontro, a ignorar o regulamento e abrir os microfones para a Rede. A presidente Berenice Goulart conseguiu alguns minutos para discorrer sobre o Outubro Rosa, mas, desde então, os termos “politicagem” e “humilhação” passaram a recorrer entre as voluntárias e nas rodas de conversa da Cidade das Cerâmicas.

Exemplo

Postado em 8 de novembro de 2018

Que sirva de exemplo a atitude dos vereadores Fábio Norberto Sturmer (PP), Juliano Peixer (PEN) Heriberto Eurides de Souza (PPS), de São João Batista, que, pela segunda vez consecutiva, em deferência ao Outubro Rosa, decidiram doar, publicamente, sem o habitual assistencialismo politiqueiro da classe, R$ 3 mil à rede Feminina de Combate ao Câncer da cidade.

Cada um doou mil reais, que servirá ao atendimento e serviços da entidade. Na sessão derradeira de outubro, Peixer, inclusive, convidou os demais parlamentares a praticarem o mesmo ato.