quarta-feira, 26 de junho de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Agressão na Câmara

Postado em 19 de junho de 2019

O vereador Heriberto Eurides de Souza (CIDA), de São João Batista, registrou um boletim de ocorrência por agressão contra o sapateiro Carlos Fraga Feller. O parlamentar teria sido atacado, e tomado um tapa no rosto, nos corredores da Câmara, assim que terminou de discursar, durante a sessão de segunda-feira (17).

De acordo com testemunhas, a confusão iniciou no pronunciamento de Souza, no uso da tribuna. Feller, da plateia, manifestou-se diversas vezes e chegou a chamar o vereador para a briga. A sessão já havia sido interrompida por cinco minutos e a polícia acionada antes do ocorrido.

ANTECEDENTES

Carlos Fraga Feller, conhecido popularmente por Calinho da Téta, já responde a um processo por agressão ao ex-vereador e ex-prefeito Vilmar Francisco Machado (CIDA) na campanha eleitoral de 2016.

Desarquivamento

Postado em 17 de junho de 2019

Em razão da nota “Omissão“, de terça-feira (11) no Blog, a Câmara Municipal de Tijucas publicou comunicado oficial que confirma o arquivamento da matéria, por imposição do regimento interno, e que garante que as contas do ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) serão, sim, julgadas pelo Legislativo neste mês.

Aliás, diz o texto, foi aprovado em plenário, como forma de dar andamento à análise, o requerimento 95/2019, que convida auditores do TCE (Tribunal de Contas do Estado), servidores da prefeitura e o próprio ex-mandatário para a sessão do próximo dia 24, para prestar informações sobre as contas do exercício 2016.

Omissão

Postado em 11 de junho de 2019

O TCE (Tribunal de Contas do Estado) negou o recurso do ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) e segue recomendando à Câmara Municipal que vote e rejeite as contas do Executivo tijuquense em 2016.

No ano passado, o então presidente do Legislativo, vereador Juarez Soares (PPS), decidiu não chamar o caso à pauta enquanto o tribunal não resolvesse o recurso do ex-mandatário; e agora, a partir do Decreto Legislativo 1/2018, a mesa diretora da Câmara – formada por Vilson Natálio Silvino (PP), Odirlei Resini (MDB), Maria Edésia da Silva Vargas (PT) e Elizabete Mianes da Silva (PSD) – optou, simplesmente, e deliberadamente, pelo arquivamento da votação sobre o parecer prévio do TCE.

Retrato da política

Postado em 29 de maio de 2019

Personagem central da nota “Retrato do povo“, de ontem no Blog, o vereador Fernando de Souza (PRB) garante que as críticas que vem sofrendo – porque empenhou recursos da Câmara, quando presidente do Legislativo canelinhense, em 2018, na compra de um retrato artístico – têm motivação unicamente política. “As pesquisas mostram que meu nome tem boa aprovação para o pleito majoritário de 2020, numa possível chapa com o ex-prefeito Antônio da Silva (PP), e por isso estou sendo atacado”, diz.

Souza pontua, ainda, que todos os gastos da Câmara Municipal são submetidos a pré-análises técnicas e que não houve qualquer impedimento dos setores jurídico e administrativo da Casa do Povo para a despesa com o quadro, que custou R$ 500. “Não sou inconsequente, e não iria me sujar por isso”, finaliza.

Saco cheio

Postado em 24 de maio de 2019

O suplente de vereador Narbal Andriani Júnior (PV), de Tijucas, levantou da cama com o pé esquerdo, quinta-feira (16), e soltou o verbo nas redes sociais. Disse que estava “de saco bem cheio”, que não tem “sangue de barata” e que quer “o direito de assumir um lugar na Câmara Municipal” pelos 247 votos que conquistou em 2016.

Embora a votação não tenha sido suficiente para garantir esse sugerido direito, o recado foi direcionado àqueles que, segundo ele, “usurparam” da sua fé e ideologia na “história que se repete”.

Fogo amigo

Postado em 14 de março de 2019

A polêmica certamente está no DNA do vereador Leôncio Cipriani (MDB), de São João Batista. Por coincidência ou imprudência, ele aproveitou a presença do vice-prefeito Pedro “Pedroca” Alfredo Ramos (MDB) – com quem mantém boa relação, até que se prove o contrário – no plenário da Câmara Muncipal, na sessão de segunda-feira (11), para dizer, da tribuna, que poderia ser candidato a vice-prefeito em 2020 porque “vice não faz nada”. Constrangimento pouco, naquele instante, era bobagem.

Depois, ciente de que o amigo e correligionário pretende se candidatar a prefeito nas próximas eleições, Cipriani lançou, ainda, mais uma vez, que, como advogado que é, acredita que o atual chefe do Executivo, Daniel Netto Cândido (PSD) – que, por decisão judicial, não cumpriu integralmente o primeiro mandato –, poderia concorrer novamente à prefeitura no pleito que se avizinha.

Aliás, encontrar Pedroca nas sessões do Legislativo batistense é uma raridade. O vice-prefeito dificilmente acompanha in loco os encontros oficiais da vereança. E agora, pelo jeito, ele tem motivos de sobra para não voltar tão cedo à Casa do Povo.

CPI melindrada

Postado em 12 de março de 2019

Por inconsistência de argumentos, ou porque a ameaça de abertura de uma sugestiva caixa-preta – que revelaria supostas ingerências, ou irregularidades, em gestões passadas na autarquia – deu resultado, nada mais se disse na Câmara Municipal de Tijucas sobre aquela conjecturada “CPI do Samae”.

Uma das principais interessadas na instauração do processo era a vereadora Fernanda Melo (MDB), que chegou a comentar o assunto nas redes sociais. Fontes do Blog, no entanto, garantem que houve orientação – e até pedidos encarecidos – para que o abelheiro não fosse cutucado.

Inferno astral

Postado em 6 de março de 2019

Situação complicada para o ex-secretário regional Jones Bosio, que comandou a extinta Secretaria de Desenvolvimento Regional de Brusque – e do Vale do Rio Tijucas – até março de 2015 e esteve entre os candidatos a deputados estaduais nas últimas eleições. Ele foi condenado a seis anos de prisão em regime inicial semiaberto por irregularidades em pelo menos nove processos licitatórios da SDR entre 2013 e 2014. De acordo com as investigações do Ministério Público, várias licitações, na época, foram direcionadas para a empresa Múltiplos Serviços e Obras Ltda.

Em sua defesa, Bosio explicou que a Secretaria Regional, no período dos fatos, trabalhava com uma comissão de licitações composta por três servidores; negou que mantivesse contato com as empresas convidadas e sequer fazia indicações. O ex-secretário disse, ainda, que assinava um grande volume de documentos, até mesmo sem saber do que se tratavam, porque confiava na equipe.

DESGRAÇA POUCA É BOBAGEM

A partir da condenação, Jones Bosio perdeu, ainda, o cargo que ocupava desde o início de fevereiro na Câmara Municipal de Brusque. A portaria de exoneração foi assinada pelo presidente do Legislativo, vereador José Zancanaro (PSB), que não informou o motivo. O ex-secretário regional ocupou por exatos 28 dias a assessoria de imprensa da Casa.

Reparação

Postado em 26 de fevereiro de 2019

Servidores do Legislativo tijuquense contatam o Blog para retificar a nota “Vaquinha“, de ontem. Esclarecem que o almoço de sexta-feira (22), para os aniversariantes de fevereiro da Câmara, no Rancho Limeira, não foi rateado entre o presidente Vilson Natálio Silvino (PP) e os vereadores Odirlei Resini (MDB) e Maria Edésia da Silva Vargas (PT), conforme diz a publicação; e que cada um dos presentes pagou a sua conta.

Para bem da verdade – que é, sempre e em qualquer circunstância, o único objetivo do Blog do Léo Nunes –, este espaço de informação e entretenimento desfaz o lapso e confirma a versão dos funcionários da Casa do Povo.

Transparência

Postado em 12 de fevereiro de 2019

Guru do vereador Juarez Soares (PPS) na gestão da Câmara Municipal em 2018, o ex-secretário de Administração e Finanças do município e empresário Helio Gama vem sendo consultado, também, pelo atual presidente, Vilson Natálio Silvino (PP). O modelo de transparência com os gastos do Legislativo tijuquense, neste 2019, deve ser o mesmo do ano anterior. As orientações, a propósito, são para que o painel de despesas continue sendo exposto na fachada da Casa do Povo.

Gama tem verdadeira obsessão pela perspicuidade no empenho dos recursos públicos e, inclusive, vem estimulando Silvino a cobrar do departamento de informática atualizações constantes no Portal da Transparência do Legislativo. Para ele, a boa gestão começa, prioritariamente, pela abertura das contas à população.