quinta-feira, 2 de julho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Solução caseira

Postado em 25 de junho de 2020
Foto: Divulgação/PMC

O prefeito Moacir Montibeler (MDB), que foi testado positivo para Covid-19 na semana passada, não quis saber de grandes centros, clínicas luxuosas e médicos famosos. Voltou para a sua Canelinha e se internou na Fundação Hospitalar do município — que, futuramente, será o Hospital Municipal Maria Sartori Bastiani.

Montibeler, diagnosticado na quinta-feira (18), fez alguns exames em Florianópolis e voltou para casa passando bem. A internação cumpre apenas uma agenda de precaução, para acompanhamento do quadro clínico do prefeito e tratamento medicamentoso.

Na foto, o médico Maico Matos Menegola e o prefeito nas instalações da Fundação Municipal Hospitalar, que serão a casa de Montibeler por duas semanas

Prefeito com Covid-19

Postado em 18 de junho de 2020

Visivelmente emocionado, o prefeito Moacir Montibeler (MDB), de Canelinha, divulgou um vídeo nesta tarde para informar que testou positivo para Covid-19. Ele deve passar por exames ainda hoje em Florianópolis, e já adiantou que fica afastado da chefia do Executivo por 14 dias.

De acordo com o departamento de Comunicação da prefeitura, Montibeler, até sentir os sintomas, vinha trabalhando sem interrupções, e cumprindo as recomendações das autoridades sanitárias. “Evite a transmissão. Cuide da sua família! Ninguém quer pegar isso. Estou me retirando para me curar. Logo, logo estarei de volta, se Deus quiser”, disse o prefeito na gravação.

 

Vias de fato

Postado em 17 de junho de 2020

A sequente troca de farpas entre os vereadores Abel Grimm (PSD) e Neli Ferreira (MDB) na tribuna do Legislativo canelinhense, com ataques severos à vida privada, ultrapassou os limites da Câmara Municipal. Ontem, depois da sessão — e de mais uma bateria de desfeitas públicas de parte a parte —, a mulher do peessedistaMarizete Grimm, decidiu tomar providências quanto ao que a ex-secretária de Saúde disse a respeito do marido durante a reunião.

Segundo testemunhas, a vereadora teria sido interpelada por Marizete no hall do bar e pizzaria que administra na Cidade das Cerâmicas e sido impetuosamente açoitada. Embora tenha pedido insistentemente, enquanto era arremetida, para que alguém acionasse “o camburão”, Neli não registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil até o momento.

“O cargo vem em ti”

Postado em 1 de junho de 2020

O prefeito de Canelinha, Moacir Montibeler (MDB), entende que os descontentes com uma sugerida falta de espaço no partido erram em propor essa questão. De acordo com o mandatário canelinhense, o candidato na eleição majoritária surge naturalmente. “A situação te escolhe. Não faço questão de ser prefeito novamente. Mas se me perguntarem se quero continuar servindo à comunidade, digo que sim”, pontuou o chefe do Executivo da Cidade das Cerâmicas no programa Linha de Frente, quinta-feira (28), na VipSocial TV.

Montibeler falou, ainda, sobre temas polêmicos do governo e da vida pública; e rechaçou a ideia de que a proposta de geração de emprego e renda para Canelinha, que foi o mote da campanha de 2016, tenha sido mal-sucedida. “Isso diz quem desdenha, que não pode ver o bem comunitário”, rebateu. Assista na íntegra:

Programa de entrevistas no formato talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Certezas incertas

Postado em 19 de maio de 2020

A chegada do vereador Antonio Carlos Machado Junior ao PSL de Canelinha gerou uma incerteza. O parlamentar, ex-MDB, assumiu predisposição para a cabeça de chapa no pleito majoritário, ao tempo em que o advogado Diogo Francisco Alves Maciel continua certo de que não há disputa interna, e que, definitivamente, será o candidato a prefeito do partido nestas eleições.

Machado Junior, que contaria com sustentação na executiva estadual da legenda, já teria confirmado em entrevistas à imprensa local que pretende concorrer ao cargo máximo do município nestas eleições e que “a decisão (sobre a formação da chapa) será tomada depois de uma pesquisa”, programada para junho. No contraponto, Alves Maciel garante que tem garantias do presidente estadual do PSL, deputado federal Fabio Schiochet, e do prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSL) — que atua como articulador regional do partido —, de que as definições são únicas e exclusivas da representação peesselista no município.

Casaca virada

Postado em 13 de maio de 2020

Surpresa ou não, o presidente da Câmara Municipal de Canelinha, Arlindo de Simas — que somava 30 anos de oposição declarada ao MDB na Cidade das Cerâmicas —, pulou as trincheiras, quebrou o retrovisor e se juntou aos ex-adversários. Desde a janela de transferências partidárias, no mês passado, ele é emedebista.

A aproximação entre Simas e o staff político do prefeito Moacir Montibeler ficou evidenciada na eleição da presidência do Legislativo, no fim de 2018. Naquela feita, o então vereador do PL, que mantinha discurso neutro, foi pivô de uma manobra do MDB e da administração municipal para tirar o comando da Casa do Povo dos rivais, e chancelou o tratado. A filiação ao partido que sempre combateu era questão de tempo; e se confirmou.

Poesia e melodia

Postado em 13 de maio de 2020

Vinte e duas músicas, composições excepcionais do ex-prefeito Ênio Laus, de Canelinha, foram divididas em dois discos no álbum “Na Batida do Coração” — que o ex-mandatário canelinhense assina e vem presenteando amigos nos mais variados cantos do mundo. O do colunista chegou na semana passada, sucedido de um honroso telefonema do compositor.

Laus, com 85 bem vividos anos, realizou um desejo antigo: eternizar as poesias melodiadas com personagens e acontecimentos locais que faz desde menino. Os arranjos e interpretações foram executados por figuras gabaritadas da música da região, como o saxofonista Joel Brito — irmão do também ex-prefeito Nilton de Brito, de Tijucas —, a cantora Janet Machnacz, o produtor Nico Varela e o acordeonista Bruno Moritz, de Brusque, que já esteve entre os três melhores do mundo. A prensagem dos CDs foi internacionalizada, nos Estados Unidos; e outra leva já está encomendada, com expectativa de chegada para a próxima semana.

No player, para ilustrar a nota, o espetacular samba “Aline e o Seu Violão”:

Rádio Zap

Postado em 6 de maio de 2020

Uma mensagem de áudio disseminada no WhatsApp alarmou a população canelinhense nesta manhã. Na gravação, uma mulher diz que “Canelinha, a partir de hoje, receberia pacientes do Hospital de Azambuja infectados com coronavírus em estado de pouca gravidade”.

A diretora da Fundação Municipal Hospitalar de Canelinha, Vanderléia Rosa, tratou a informação por fake news e pontuou que “a referência do município para transferências é Florianópolis”. A prefeitura reiterou, ainda, que tem mantido uma comunicação transparente e constante com a população pelos veículos oficiais, e pediu que notícias de procedência desconhecida ou duvidosa não sejam divulgadas nas redes.

Pleito inflado*

Postado em 29 de abril de 2020

Se as efusivas postulações se confirmarem, Canelinha corre o risco de ter mais candidatos a prefeito do que eleitores no pleito que se avizinha. A última, de agora, é a do fotógrafo Valter Pacheco, que assinou filiação ao Podemos justamente para concorrer ao cargo máximo do município em outubro.

Dissidente do PSL — que deve lançar o advogado Diogo Francisco Alves Maciel e o vereador Antonio Carlos Machado Junior em chapa pura na disputa majoritária —, Pacheco vinha, há tempos, manifestando intenção de concorrer à prefeitura. O discurso, a propósito, não foge à regra: “atender aos anseios do povo”. Ele garante que tem o apoio do empresariado da Cidade das Cerâmicas, que não pretende formar alianças, e que vai para o pleito como “opção independente, com respeito à liberdade de escolha do eleitor”.

* Por Ricardo Martins, jornalista e consultor político e empresarial, especializado em comportamento e cotidiano

Fato consumado*

Postado em 27 de abril de 2020

Se depender do jovem advogado Diogo Francisco Alves Maciel (PSL), a postulação à prefeitura de Canelinha no pleito que se aproxima é fato consumado e não existe plano B. Ao Blog, com exclusividade, ele diz, categoricamente, que tem até conversado com os demais pré-candidatos oposicionistas — o ex-prefeito Antônio da Silva (PP) e o vereador Antônio Carlos Flores (PSD) —, todavia, sem qualquer possibilidade de composição.

“Minha disponibilidade e interesse estão na busca da sucessão da política antiga por uma nova, com investimento no cidadão e sua melhor qualidade de vida. Não consideramos outra alternativa”, pontua Alves Maciel. Ele rechaça, ainda, qualquer outra candidatura que não seja ao Executivo nestas eleições e considera “razoável e viável” a chance de iniciar 2021 no cargo máximo do município.

* Por Ricardo Martins, jornalista e consultor político e empresarial, especializado em comportamento e cotidiano