quarta-feira, 25 de maio de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Coordenador regional

Postado em 25 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, estaria em vias de receber um importante telefonema. Fonte fidedigna do Blog garante que o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) decidiu designar o mandatário tijuquense para sua coordenação de campanha no Vale do Rio Tijucas, e que o convite seria oficializado muito em breve. A programação do plano de reeleição — e a escolha do coordenador regional — foi definida recentemente, com a participação de outras lideranças locais.

Mariano Rocha se destacou na preferência do chefe do Executivo estadual “por carinho e confiança”, conforme mencionado no transcrito encontro. Outras figuras que gozam de relação semelhante com Moisés no Vale são os prefeitos de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS), e de Major Gercino, Valmor Pedro Kammers (UB).

Casa cheia

Postado em 12 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Quase 300 pessoas, entre filiados e simpatizantes do PP no Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda, estiveram ontem no Restaurante Guarnieri Cunha, em Tijucas, para o encontro regional do partido e apresentação de pré-candidatos progressistas nestas eleições. A organização do evento ficou a cargo do vereador Maickon Campos Sgrott, presidente do Legislativo tijuquense, e marcou a recente história do movimento como a maior e mais numerosa edição das suas assembleias — quem têm sido mensais e com alternância de sedes na região.

 

Entre os presentes, destacaram-se o presidente do PP em Santa Catarina, suplente de deputado estadual Silvio Dreveck, o ex-secretário de Estado da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, deputado estadual Altair Silva, os ex-prefeitos Uilson Sgrott, de Tijucas, e Antônio da Silva, de Canelinha, além de vereadores e líderes progressistas dos cinco municípios do Vale do Rio Tijucas e de Porto Belo.

ORGANIZAÇÃO

O movimento batizado PP do Vale congrega vereadores, suplentes, ex-prefeitos e outras lideranças progressistas nos municípios do Vale do Rio Tijucas e tem a finalidade de fortalecer o partido na região. O anfitrião de ontem, vereador Maickon Sgrott, é o coordenador de Relações Políticas. Outros membros dirigentes são o vereador Nelson Zunino Neto, de São João Batista, coordenador geral; o vereador Rodrigo dos Santos, de Major Gercino, vice-coordenador geral; e o vereador Jucelino Marino Chini, de Nova Trento, coordenador de Captação de Recursos.

Canelinha, com o vereador Robinson Carvalho Lima na recepção, deve sediar o próximo encontro, em junho.

Coluna do Blog | 27 de abril, 2022

Postado em 27 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

LONGO PRAZO

Com 14,2 quilômetros de orla marítima, e um dos destinos mais conhecidos do país, chegando a receber cerca de 1 milhão de turistas todos os anos, Itapema, com 70 mil habitantes, vem se preparando para o futuro. Além do alargamento da faixa de areia, está prevista a construção de uma ponte sobre o Rio Perequê, resultando em novo acesso à BR-101, bem como um elevado de ligação entre o Centro e a Meia Praia, desafogando o trânsito nos bairros adjacentes.

E, para completar: estão amadurecendo, ainda, os projetos de um píer turístico, de uma marina e de um novo hospital.

CONTATO DIRETO

O prefeito interino de Porto Belo, Joel Orlando Lucinda (MDB), agora oficialmente postulante à prefeitura na eleição suplementar do município em 5 de junho, abriu um canal de comunicação com a comunidade — e, evidentemente, com os eleitores. Anunciou nas redes sociais que quer “ouvir sugestões, conversar e trocar ideias”, e disponibilizou um contato para mensagens no WhatsApp acessível a qualquer cidadão portobelense.

CAMINHO DO LOUVOR

Mantidas as devidas proporções, Nova Trento vem sendo chamada carinhosamente de Santiago de Compostela brasileira. Além do cada vez mais conhecido Caminho Amabilíssimo, de 64 quilômetros, para serem percorridos a pé ou de bicicleta, de Camboriú até o santuário de Santa Paulina, passando por Tijucas e Canelinha, outro roteiro vem surgindo. É o
Caminho do Louvor, de 140 quilômetros, dos quais 70 de estradas vicinais, trilhas, bosques e comunidades rurais, que começa em Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí, e segue por Vidal Ramos e Leoberto Leal, para o mesmo destino.

PROTEÇÃO ANIMAL

Passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa projeto de lei que propõe a criação do Conselho Estadual de Proteção Animal, que seria um dos primeiros do Brasil. A autora é a deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, município onde ainda sobrevive a famigerada farra do boi.

EMBAIXADOR

O portal da Revista Veja diz que o ex-piloto Emerson Fittipaldi esconde carros e imóveis para escapar de credores. Suas dividas giram em torno de R$ 50 milhões. Ele é alvo de 145 processos judiciais que tentam penhorar bens e valores.

Em janeiro deste ano, foi atribuído ao bi-campeão mundial de Fórmula 1 o título de embaixador do Lotus Business, novo centro comercial no bairro Andorinha, entre Itapema e Porto Belo, ao lado da BR-101, incluindo um edifício de 29 andares e investimento de R$ 140 milhões. Pois, então?!

Com o capitão

Postado em 26 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Em agenda por Brasília com a primeira-dama de Canelinha, Elaine Cristina Busnardi — que aproveita a participação do marido, prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS), na XXIII Marcha em Defesa dos Municípios para cumprir compromissos na capital federal —, o diretor do Semais (Serviço Municipal de Água, Infraestrutura e Saneamento), Ricardo Orlandi, registrou selfie com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), hoje, no Salão Verde do Congresso Nacional.

 

O encontro com o chefe da Nação foi promovido pelo deputado federal Daniel Freitas (UB-SC), de Criciúma, com quem Orlandi tem estreitado laços.

 

O canelinhense conta ao Blog, ainda, que tem usado a estada em Brasília e o contato direto com congressistas para apresentar propostas e garantir recursos à autarquia que comanda no governo da Cidade das Cerâmicas.

Padrinho

Postado em 18 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A aliança entre o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) e a Rede Feminina de Combate ao Câncer transcendeu o campo institucional. Desde que governou São João Batista e, mais recentemente, como secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social — cargo que renunciou no fim do prazo de desincompatibilizações para concorrer ao parlamento catarinense nestas eleições —, não há situação que envolva a entidade em que ele não seja lembrado e destacado.

 

Semana passada, Cândido foi padrinho do 1º Jantar de Páscoa da Rede de Blumenau, a mais antiga do Estado e que, coincidentemente, tem a canelinhense Sueli Roberti Cristofolini na presidência.

 

Pesa em favor do ex-prefeito, ainda, o prestígio com a presidente estadual da entidade, Maria Círia Aragão Zunino, natural de Canelinha e radicada brilhantemente em São João Batista com extenso currículo de serviços prestados à comunidade. Razão, inclusive, que levou o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) a olhar com maior sensibilidade para a Rede e suas importantes demandas em território catarinense.

Microfone fechado

Postado em 6 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS), de Canelinha, foi impedido de usar a tribuna da Câmara Municipal na sessão de ontem. Ele queria explicar um projeto do Executivo para contratação de operação de crédito com a Caixa Econômica Federal protocolado momentos antes e sem aval da comissão responsável na Casa. A proposta para que o mandatário canelinhense se manifestasse no Legislativo foi formalizada pelo vereador Vagner Simas (PSL) e prontamente negada pelo presidente Robinson Carvalho Lima (PP).

Com o revés, tanto Simas quanto o correligionário José Tarquino Melo Neto (PSL) decidiram se retirar da reunião. E, pouco depois, se juntaram a um grupo de apoiadores do governo, em recepção a Alves Maciel na fachada da empresa da família do prefeito, na região central da Cidade das Cerâmicas.

Para a negativa, Carvalho Lima argumentou que o regimento da Câmara restringia a discussão, por quem quer que fosse, de projetos que não estivessem na pauta. E, aproveitando a evasão dos parlamentares governistas, foi à forra: “A partir do momento em que o prefeito precisa explicar um projeto, entende-se que ele reconhece a incompetência dos vereadores da base”, bradou o presidente na tribuna do Legislativo.

Coluna do Blog | 21 de março, 2022

Postado em 21 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

SEM SURPRESAS

Nada que não se pudesse prever. Da região, os prefeitos de Bombinhas, Canelinha e Major Gercino, Paulo Henrique Dalago MüllerDiogo Francisco Alves MacielValmor Pedro Kammers respectivamente, mais o adjunto canelinhense Antonio Carlos Machado Junior, seguiram o governador Carlos Moisés da Silva na migração para o Republicanos. Foram todos filiados no sábado (19), em São José.

O movimento apenas reforça o que já vinham pregando: que estarão com Moisés de corpo e alma na campanha de reeleição do governador.

ARQUIBANCADA

Mas, ainda que o jogo fosse de cartas marcadas, as críticas dos torcedores foram inevitáveis. Nas redes sociais, desde que as filiações foram oficializadas, uma leva de bolsonaristas inveterados — que são descritos intimamente como petistas de direita — vêm considerando que andar na companhia do governador Carlos Moisés da Silva seria o mesmo que trair o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), dado o propalado distanciamento, político e institucional, entre o mandatário catarinense e o chefe da Nação.

Muita gente não consegue avaliar os desempenhos com distinção, sem ter que colocar Moisés e Bolsonaro na mesma frase.

POR UM TRIZ

Situação mais confortável, certamente, é a dos canelinhenses Diogo Francisco Alves Maciel e Antonio Carlos Machado Junior. Continuam na terceira via local, independentes, filiados a um partido que já compunha a base governista e aliados de um projeto estadual.

Seria uma tragédia se tivessem que acompanhar Carlos Moisés da Silva no PP, que o governador namorou, ou no MDB, com quem esteve na beira do altar; e teriam que se (re)assumir “colas-brancas” ou “colas-pretas” na Cidade das Cerâmicas. Pior: um deles cairia, ainda, nas trincheiras adversárias.

CAMINHO NATURAL

Embora a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido, desde que deixou o PDT) estivesse no evento de filiações dos prefeitos e vice-prefeitos ao Republicanos, o rumo dela ainda não foi oficialmente definido. Mas a assinatura da ficha deve ser questão de tempo, já que o companheiro Paulo Henrique Dalago Müller, prefeito de Bombinhas, ingressou no partido pela ponte que ela, inicialmente, construiu até Carlos Moisés da Silva.

EM STAND-BY

Outro que pode — ou deve — reforçar o Republicanos na região é o ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (ex-PSD e PSL), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e do rol de confiança do governador. Mas, como habitualmente tem feito desde que administrava a Capital Catarinense do Calçado, ele tem se mantido discreto, diligente e longe de polêmicas desnecessárias e de momento.

LÁGRIMA

Morreu hoje o ex-vice-prefeito Francisco Antero Dias, de Canelinha, que, com Moacir Montibeler, governou o município entre 1989 e 1992. A prefeitura emitiu nota de pesar e enalteceu o legado que Chiquinho, como era popularmente chamado, deixa para a cidade.

Unanimidade desfeita

Postado em 17 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O trânsito de Canelinha não precisa de um setor responsável na prefeitura. Pelo menos, é como entendem os vereadores do município — agora, com algumas ressalvas, a propósito. O projeto de lei de origem do Executivo que criaria a Ditran (Diretoria Municipal de Trânsito) foi rejeitado em segunda votação no Legislativo. Mas, desta vez, sem manifestação de professores no plenário, nem pressão, e, como era de se esperar, nem unanimidade.

Se na apreciação inicial, com a Câmara tomada por profissionais da Educação que bradavam contra qualquer intenção de sobrecarga na folha do município, a proposta foi recusada por cem por cento da vereança, na mais recente, anteontem, o placar foi de 6 a 2. Os governistas José Tarquino Melo Neto (PSL) e Vagner Simas (PSL) mudaram o discurso e votaram na aprovação do projeto.

EM TEMPO…

No contraponto à nota “Pressão e rejeição“, de semana passada no Blog, o vereador Eloir “Lico” Reis (PSD), que pediu vista ao projeto na primeira votação, diz que tentou intervir justamente porque avaliou que “não era momento para discutir criação de cargos em meio à dificuldade que o município atravessa na questão do reajuste dos professores”, e não porque, conforme subentendido na publicação, atendia interesses do Executivo.

E ele, entretanto, manteve a coerência. Anteontem, foi um dos seis que repetiram o voto e rejeitaram a proposta.

Pressão e rejeição

Postado em 9 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O cargo de diretor de Trânsito no município de Canelinha não saiu do papel. Quis o destino que o projeto do Executivo fosse posto em votação justamente no momento em que a Câmara era tomada por servidores municipais da Educação que reivindicavam, em manifestação pacífica, os 33,24% de reajuste nos salários da categoria previstos na Lei. Diante da justificativa do prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido), de que a prefeitura não teria orçamento para cobrir a pedida, parlamentar nenhum foi capaz de abonar, naquela situação, uma proposta que dilataria a folha de pagamentos.

Aliado do governo, o vereador Eloir “Lico” Reis (PSD) tentou, arguciosa e elegantemente, pedir vista ao projeto — para que fosse apreciado em sessão futura. Mas a bateria de vaias no plenário foi suficiente para que o ex-prefeito, ex-vice-prefeito e ex-secretário municipal de Saúde recuasse, repensasse e se rendesse ao clamor da numerosa plateia. O placar, por ocasião ou pressão, terminou em oito a zero pela rejeição. Apenas o presidente Robinson Carvalho Lima (PP) não votou; porque não precisou. Base, centro e oposição foram unânimes.

INEDITISMO

Foi a primeira vez, em 14 meses da atual administração, que uma proposta do Executivo recebeu a recusa do parlamento. Muito embora o governo não goze de maioria na Câmara, as solicitações do paço sempre foram acatadas na Casa do Povo.

BASTIDORES

Diz-se nos porões da política canelinhense que a função de diretor de Trânsito do município estaria prometida ao suplente de vereador Daniel José Pereira (PSL). O cargo seria um compromisso do grupo gestor da Cidade das Cerâmicas para, ainda durante a pré-campanha de 2020, atrair o policial militar de reserva, destacado ex-comandante da guarnição local e então pretenso postulante à vereança, para a sua base eleitoral.

Faixas e cartazes

Postado em 8 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Servidores municipais da Educação programam uma manifestação, hoje, na Câmara Municipal de Canelinha. Assim como nos demais municípios da região, profissionais do magistério cobram o reajuste de 33,24% nos ordenados da categoria. Com o ato, professores e funcionários do setor pretendem chamar a atenção do Executivo e mobilizar a vereança em favor da causa.

Na sexta-feira (4), o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido) esteve reunido com representantes da classe. Na proposta do município, os salários seriam reajustados em 10% — que fariam referência à recomposição de perdas de 2021 para todos os servidores municipais —, mais 6% para o magistério. Muito aquém das reivindicações, o acordo não foi aceito.

MOTIVAÇÃO EXTRA

O protesto tem, ainda, um aditivo: a criação do cargo em comissão de diretor de Trânsito, proposto pelo Executivo e sob avaliação dos vereadores na sessão desta noite. Os servidores da Educação não admitem que Alves Maciel justifique “ausência de orçamento” para o pagamento integral do reajuste, mas sobrecarregue o erário com a abertura de novas funções na estrutura municipal. Pois, então?!