segunda-feira, 15 de julho de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Precedente nacional

Postado em 2 de agosto de 2016

A cassação, agora à noite, do mandato do prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD) – já repercutida nos noticiários da região –, abre um precedente nacional para casos de compra de votos. Pesou na decisão dos ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que condenaram o chefe do Executivo batistense por unanimidade, o fato de serem jovens, estudantes, sobretudo eleitores iniciantes, os personagens corrompidos.

Pela gravidade, o tribunal deliberou também a inelegibilidade de Cândido – que havia homologado candidatura à reeleição na sexta-feira (29) – pelos próximos oito anos, e demandou ampla divulgação desse episódio na imprensa para que servisse de exemplo.

3 Comentários em “Precedente nacional”

  1. Sergio disse:

    Ele pode ser sim candidato

  2. Celio disse:

    Ele foi caçado mas pode ser sim ser candidato,ele em vista dos que outros fizeram foi fichinha,pena que pegaram ele para Cristo.Daniel foi um bom prefeito,sinto que foi injusto essa penalidade.

  3. Rafareis disse:

    Ele se torna inelegivel perante lei federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que você procura?