quarta-feira, 22 de junho de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Contas aprovadas

Postado em 21 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Havia uma força-tarefa nos bastidores da política batistense para a rejeição das contas de 2020 do ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) na Câmara Municipal. Apesar da recomendação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) para aprovação, vereadores oposicionistas — e, inclusive, da base aliada — tentaram articular o revés e conseguiram seis votos dos oito necessários para a manobra. A movimentação tinha, sobretudo, relação com o futuro do ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social e pré-candidado a deputado estadual nestas eleições.

Com votos favoráveis de Altair Zunino (PSD), Edésio Tomazi (PSD), Anderson Duarte (MDB), Milson da Silva (MDB) e Mário Teixeira (UB), o ex-mandatário passou, mais uma vez, no crivo do Legislativo e completou oito anos de contas aprovadas na gestão de São João Batista. Um resultado adverso poderia se transformar em impedimento para a candidatura ao parlamento catarinense no pleito que se avizinha.

Cândido, aliás, convive sistematicamente, ao longo da trajetória política, com oposição severa e tramas diversas nas coxias do poder. Chegou, inclusive, no fim da primeira gestão, em 2016, a perder o mandato de prefeito por quatro meses. E ontem, na segunda votação das contas do exercício de 2020, na Câmara, venceu novamente.

Presentes e preferidos

Postado em 7 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Durante a tradicional Festa do Divino Espírito Santo, em Tijucas, o ex-prefeito de São João Batista e ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, Daniel Netto Cândido (PODE), e a deputada estadual Marlene Fengler (PSD) fizeram a alegria dos presentes e concorrentes, ontem à tarde, na 20ª edição dos Jogos da Melhor Idade, que, assim como o popular evento religioso, retornaram após dois anos de inatividade em razão da pandemia.

 

Cândido e Marlene mostraram desenvoltura na pista e aptidão política ao participarem da prova da dança, não como oponentes, mas como pares de todos os competidores.

 

Habituais na região, a propósito, ambos estariam na lista de preferências do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e da equipe administrativa do município para as próximas eleições. Ele para uma cadeira na Assembleia Legislativa e ela para a Câmara Federal.

Coluna do Blog | 1º de junho, 2022

Postado em 1 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação/PMNT

.

TRANSMISSÃO

O prefeito de Nova Trento, Tiago Dalsasso (MDB), entrou em férias. Ele se afasta do comando do município por dez dias e ontem transmitiu o cargo ao vice-prefeito Moacir Dallabrida (PL), que assumiu oficialmente hoje.

 

No itinerário do prefeito em exercício estão o atendimento ao público e as visitas a obras em andamento. “Vou continuar a fazer o bom trabalho realizado pelo Tiago”, prometeu Dallabrida na assinatura da ata, diante de todos os secretários municipais.

PONTO ELETRÔNICO

Enquanto o ex-prefeito de São João Batista e pré-candidato a deputado estadual Daniel Netto Cândido (PODE) era entrevistado no Jornal do Meio-Dia, na Rádio Super, quinta-feira (26), o desafeto, também ex-prefeito e dono da estação Aderbal Manoel dos Santos (PP) sugeria, remotamente, de casa, perguntas ao convidado. Foi a primeira vez que o ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social esteve na emissora.

Sobre o fatídico discurso de posse em 1º de janeiro de 2013, que culminou na incurável inimizade entre ambos, Cândido disse, mais uma vez, que se arrepende, que apenas cumpriu orientações e que, naquele momento, foi uma questão de sobrevivência.

HONRA AO MÉRITO

Pouca gente soube — justamente por sua bem-posta discrição — que o professor e doutor Celso Leal da Veiga Júnior, com décadas de dedicação ao Direito em Tijucas e região, foi homenageado, no fim de maio, com a Medalha de Sócio Benemérito do Instituto dos Advogados de Santa Catarina, a mais antiga e tradicional associação de advogados do Estado.

A honraria foi entregue pelo vice-presidente do Iasc, Harisson Araújo Almeida, em cerimônia muito prestigiada no campus da Univali (Universidade do Vale do Itajaí) de Tijucas.

PLEITO EXTRAORDINÁRIO

Porto Belo não é o único município catarinense a passar por eleição suplementar neste domingo (5). Os eleitores da pequena Presidente Castello Branco, com menos de 2 mil habitantes, no Vale do Contestado, também vão às urnas.

Nas duas cidades, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pretende fazer um acompanhamento minucioso do processo, testando novidades da transparência eleitoral.

ALTRUÍSMO

O vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA), de São João Batista, já doou mais de R$ 50 mil em salários como parlamentar para projetos e entidades assistenciais. Desde que assumiu a vereança, em janeiro de 2021, ele vem contribuindo, mensalmente, com instituições, associações comunitárias, igrejas, grupos de escoteiros, campanhas filantrópicas e afins.

Um vereador recebe, em São João Batista, quase R$ 3,5 mil mensais.

Mágoa declarada

Postado em 27 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

“Triste. Não decepcionado, mas triste”. A declaração do ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), ontem, em entrevista ao LINHA DE FRENTE, na TV Vip, revelou a mágoa com o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), que decidiu apoiar o deputado estadual e pré-candidato à reeleição Jerry Comper (MDB) no pleito que se avizinha, ainda que o antecessor e conterrâneo esteja no mesmo páreo.

Cândido, que vem trabalhando por uma cadeira na Assembleia Legislativa, esteve no programa acompanhado da secretária adjunta de Estado do Desenvolvimento Social, ex-vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte (PODE), a quem indicou para o posto. Assista ao LINHA DE FRENTE desta semana na íntegra:

Final feliz

Postado em 23 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Finalmente, a ex-vereadora e ex-secretária de Assistência Social de São João Batista, Rúbia Alice Tamanini Duarte (PODE), foi nomeada secretária adjunta de Estado do Desenvolvimento Social. O trâmite foi concluído hoje, com participação do governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) e presença do ex-secretário adjunto da pasta, ex-chefe do Executivo batistense e responsável absoluto pela indicação, Daniel Netto Cândido (PODE).

 

Foram quase 20 dias desde a solicitação de Moisés para que o município cedesse a professora, servidora efetiva, aos quadros do governo estadual. O atraso na deliberação compreendeu disputas políticas e pessoais na Câmara, pressão de vereadores da base aliada, licença do prefeito e impassibilidade do vice, envolvimento direto do presidente do MDB no caso, mais discussões no Legislativo e nos gabinetes da prefeitura para, no fim, felizmente, a Capital Catarinense do Calçado e o Vale do Rio Tijucas celebrarem novamente uma representação na esfera estadual.

Santo de casa

Postado em 4 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Causou estranheza a ausência do ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) na reunião entre representantes do SincaSJB (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista) e o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), nesta manhã. Do encontro, ainda participaram empresários, vereadores e membros do Executivo municipal, além do secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli.

Na pauta das discussões, a reivindicação de incentivos fiscais aos produtores de componentes para calçados — nos mesmos moldes dos vigentes para a indústria calçadista, conquistados a partir de um movimento iniciado em 2019, do qual, a propósito, Cândido, enquanto prefeito, participou ativamente. Pois, então?!

NON GRATO

Especula-se, entretanto, que o ex-prefeito não tenha recebido convite em razão da pré-candidatura a deputado estadual e da eventual disputa de atenções com a correligionária Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, que provocou a reunião e que, ocasionalmente, tenta angariar apoios em São João Batista, principal reduto eleitoral do ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social.

Reprovação prenunciada

Postado em 2 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ex-vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte — que deixou o comando da Secretaria Municipal de Assistência Social de São João Batista no início de janeiro e recebeu, sexta-feira (29), chamado do governo estadual para ocupar a secretaria adjunta de Estado do Desenvolvimento Social — não deve contar com o aval da Câmara Municipal para se afastar das funções de professora na Capital Catarinense do Calçado. A apreciação do parlamento foi marcada para hoje, e, na boca de urna, conjetura-se que ela não teria os votos necessários para ganhar a causa.

Sequer a bancada situacionista, sobretudo os vereadores do MDB, devem aprovar consonantemente a cessão da batistense para o Estado. Pesa contra ela o imbróglio, ainda velado, mas com capítulos cada vez mais sintomáticos, entre o prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos (MDB) e seu antecessor, Daniel Netto Cândido (PODE), que fez a indicação da professora para o cargo que ocupou até mês passado no governo estadual.

ALTERNATIVA

Segundo consultoria jurídica do Blog, Rúbia não precisaria passar pelo crivo da vereança. Bastava pedir licença não remunerada ao prefeito em exercício Almir “Déi do Gás” Peixer (PSD) — com quem tem excelente relação — e aceitar a nomeação do governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) para a secretaria adjunta de Estado.

Mas, mesmo que a cessão seja reprovada na Câmara, ela teria, ainda, tempo para recorrer a esta opção.

BASTIDORES

Aos seus, intimamente, a ex-vereadora viria garantindo que seja qual for o resultado da votação no Legislativo batistense, vai aceitar o convite do governo estadual. Nos bastidores, especula-se que ela esteja apenas observando atitudes e posturas de aliados e oposicionistas para compreender a cena política do município e decidir que caminho tomar no futuro.

A exemplo de 2020, quando abriu mão de uma candidatura para contemplar o grupo que integrava, Rúbia se mantém na lista de cotações para a disputa da prefeitura nas próximas eleições da Capital Catarinense do Calçado.

DOIS PESOS

Caso semelhante passou pela Casa no ano passado, quando o Executivo pediu a cessão de outros dois servidores ao governo estadual, dentre os quais Rildo Vargas, tradicional correligionário do grupo governista. Na ocasião foram apenas três votos contrários — todos da bancada do PP — sob a justificativa de que não haveria fundamento legal para a transferência. Os demais vereadores, sem exceção, foram favoráveis.

Desta vez, a expectativa diz respeito à eventual mudança dos votos situacionistas e as motivações, alegações e satisfações a partir daí.

Portas abertas

Postado em 29 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE) deixou a secretaria adjunta de Estado do Desenvolvimento Social no fim do prazo de desincompatibilizações, há quase um mês, para concorrer a uma cadeira no parlamento catarinense, mas manteve portas abertas no governo estadual. Tanto que indicou a substituta para o posto que ocupava, foi atendido, e, dizem os seus, não poderia ter feito melhor escolha.

Hoje, o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) enviou ofício para a prefeitura da Capital Catarinense do Calçado em que solicita a disposição da ex-secretária de Assistência Social e ex-vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte, lotada no município como professora, para a ocupação do cargo de secretária adjunta de Estado do Desenvolvimento Social. Basta, agora, que a Câmara batistense aprove a cessão para que a nomeação ocorra oficialmente no governo do Estado.

Padrinho

Postado em 18 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A aliança entre o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) e a Rede Feminina de Combate ao Câncer transcendeu o campo institucional. Desde que governou São João Batista e, mais recentemente, como secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social — cargo que renunciou no fim do prazo de desincompatibilizações para concorrer ao parlamento catarinense nestas eleições —, não há situação que envolva a entidade em que ele não seja lembrado e destacado.

 

Semana passada, Cândido foi padrinho do 1º Jantar de Páscoa da Rede de Blumenau, a mais antiga do Estado e que, coincidentemente, tem a canelinhense Sueli Roberti Cristofolini na presidência.

 

Pesa em favor do ex-prefeito, ainda, o prestígio com a presidente estadual da entidade, Maria Círia Aragão Zunino, natural de Canelinha e radicada brilhantemente em São João Batista com extenso currículo de serviços prestados à comunidade. Razão, inclusive, que levou o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) a olhar com maior sensibilidade para a Rede e suas importantes demandas em território catarinense.

Decisões tomadas

Postado em 30 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dia de definições para a deputada estadual e pré-candidata à reeleição Ana Paula da Silva, de Bombinhas, e para o ex-prefeito de São João Batista e atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, Daniel Netto Cândido, também postulante à Assembleia Legislativa nestas eleições. Eles devem oficializar hoje o ingresso no PODEMOS, partido da base do governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS).

Paulinha, inclusive, já fala como integrante do PODEMOS e deve ter o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (atualmente no UB), como companheiro de legenda. A construção foi conjunta, entre eles e figuras proeminentes do partido, como os prefeitos de Balneário Camboriú, Fabricio Oliveira, e de Blumenau, Mário Hildebrandt.

Cândido, no entanto, como de costume, tem sido mais cauteloso. “Mas essa (de migração para o PODEMOS) é a maior possibilidade”, pontua a assessoria de Comunicação do batistense. Os últimos detalhes serão finalizados nas próximas horas, e o anúncio da filiação deve ser feito ainda hoje.