quinta-feira, 8 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Água no chope

Postado em 6 de dezembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do PL em Tijucas, José Vicente de Souza e Silva, passou a quinta-feira (1º) na lista de contatos do celular. Ele precisou avisar as centenas de convidados da confraternização de domingo (4), em Nova Descoberta, que o evento estava cancelado.

Zezinho, como é mais conhecido, era anfitrião de um encontro da comunidade e vizinhança com o governador eleito Jorginho Mello (PL) e com o senador eleito Jorge Seif (PL-SC). Mas as cheias dos últimos dias, que, inclusive, afetaram com maior impetuosidade o bairro e redondezas, impediram a celebração.

A regência do partido espera, agora, por um sinal de Mello e Seif para remarcar a atividade.

Ascensão

Postado em 22 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Votado por 643 eleitores em 2020, o presidente da Associação de Moradores de Nova Descoberta, José Vicente de Souza e Silva, que deve se candidatar novamente a vereador nas próximas eleições municipais, não tem feito outra coisa a não ser política. E os objetivos estão muito claros, sobretudo no figurino.

Presidente do PL de Tijucas, Zezinho usa a camisa azul com o distintivo e o número do partido o tempo inteiro, sete dias por semana. Mandou confeccionar quatro peças do fardamento, e não se veste de outra maneira por nada. Quer mostrar o orgulho de representar a legenda do governador eleito Jorginho Mello, de quem se tornou muito próximo, e marcar território no município para o pleito de 2024.

Na retaguarda, tem um motorista, um secretário pessoal, um assessor de comunicação e uma estrutura de dar inveja em políticos gabaritados. Tudo mantido por apoiadores, empresários que acreditam no potencial do movimento que criou.

Dia 4 de dezembro, a propósito, ele recepciona Mello e o senador eleito Jorge Seif (PL-SC) mais uma vez na Capital do Vale, com festa para centenas de convidados e, seguramente, anúncios do que vem adiante.

Expectativa alta

Postado em 7 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As vitórias acachapantes do governador eleito Jorginho Mello, assim como de Jorge Seif para o Senado, e o crescimento indiscutível do PL no território catarinense dão sinal verde para que o partido esteja entre os grandes das eleições municipais de 2024 no Estado. E na seara tijuquense, o planejamento segue à toda.

De acordo com figuras de comando da legenda na Capital do Vale, a meta é, pelo menos, participação efetiva no pleito majoritário. No momento, os liberais de Tijucas têm dois azes: o atual presidente da comissão partidária no município, José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho da Associação, ou, ainda, a vereadora Nadir Amorim (PSD), que pretendem filiar na próxima janela.

O projeto, entretanto, baseia-se, inicialmente, na indicação do candidato a vice-prefeito em chapa favorita. De acordo com os primeiros levantamentos, os nomes do vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), do ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), do presidente do Legislativo tijuquense Maickon Campos Sgrott (PP) e do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) são os que mais agradam para a composição.

Contribuição

Postado em 5 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O empresário Sidney Machado, popular Ney da Tijusat, se vangloria da vitória acachapante do senador Jorginho Mello (PL) em Tijucas, na corrida ao governo. Diz que foi o único entre os cinco candidatos a prefeito nas eleições de 2020 que garantiu, desde o início, apoio ao predileto do presidente Jair Bolsonaro (PL) na concorrência estadual.

 

Ele, aliás, de fato, tem estado muito próximo do grupo de sustentação da campanha do candidato. É figura frequente nas reuniões de apoiadores em Nova Descoberta, na hospitalidade do presidente da Associação de Moradores do bairro, José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho, onde Mello e o senador eleito Jorge Seif (PL-SC) já estiveram seguidas vezes.

 

Por conta do resultado local, e crente na sua importante contribuição, Machado adianta, agora com mais segurança, que deve postular novamente a prefeitura na concorrência municipal de 2024.

Rumores e assédio

Postado em 4 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo colocado nas eleições de 2020 em Tijucas, quando deixou outros três concorrentes para trás, o jovem empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) continua prestigiado e, eventualmente, assediado. No fim de semana, durante um churrasco com representantes do PL municipal, em Nova Descoberta, recebeu frequentes investidas para ingressar no partido. O que, obviamente, gerou especulações e diferentes versões na comunidade política local.

Consultado pelo Blog, Peixoto dos Anjos diz que tem muito apreço pelo presidente estadual do PL, senador Jorginho Mello, assim como pelos regentes da legenda no município — atualmente sob o comando do cozinheiro José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho —, mas que, por ora, não pensa em mudar de partido.

O empresário permanece no PDT, onde assumiu posição de comando recentemente, e vem pavimentando a estrada para uma nova candidatura ao paço municipal em 2024.

Não ao lixão

Postado em 30 de agosto de 2021
  •  
  •  
  • 5
  •  
  •  

Mesmo diante dos movimentos populares e da recusa do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) em 2017, aquela empresa que pretendia instalar um aterro sanitário em Nova Descoberta ainda não desistiu da ideia. Neste ano, houve nova tentativa, com parte do empreendimento em área pertencente a Canelinha.

Preocupados com o avanço das tratativas, moradores da localidade se reuniram com Mariano Rocha nesta manhã. Do encontro, a propósito, também participaram o prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel (PSL), e o presidente do Legislativo canelinhense, vereador Robinson Carvalho Lima (PP).

Tanto o mandatário tijuquense quanto o da Cidade das Cerâmicas são enfáticos: não querem e não liberam alvarás para o aterro sanitário. “Já tínhamos a garantia do prefeito Eloi e, agora, ouvindo o prefeito Diogo, ficamos mais tranquilos. É importante que os dois municípios estejam juntos nesta luta”, pontuou, durante a reunião, o presidente da Associação de Moradores de Nova Descoberta, José Vicente de Souza e Silva.

Vice-prefeito no PL

Postado em 26 de março de 2021
  •  
  •  
  • 25
  •  
  •  

Se existem conversas nesse rumo, não se sabe; mas o senador Jorginho Mello, presidente do PL em Santa Catarina, quer o vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), de Tijucas, nas fileiras liberais e com candidatura à Assembleia Legislativa nas próximas eleições. A revelação foi feita ontem, durante entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, ao vivo, na VipSocial TV. “Queremos que ele seja nosso representante aí. Ficaríamos muito maiores e mais qualificados. Ele vai ser o que quiser!”, disse.

Mello, a propósito, confirmou que o PL tijuquense — que tem o ex-vice-prefeito Adalto Gomes na presidência — passa por reformulações. De acordo com o senador, o cozinheiro José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho, presidente da Associação de Moradores de Nova Descoberta, que alcançou 643 votos na disputa proporcional de 2020 e não se elegeu por quociente eleitoral, teria preferência para gerir o diretório na Capital do Vale. “Ele, junto com Coisa Querida, vão comandar o partido”, profetizou. Assista à entrevista na íntegra:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Líder em ascensão

Postado em 11 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  • 32
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Adalto Gomes, que concorreu à prefeitura de Tijucas nas eleições de 2020 e somou apenas 556 votos, não deve permanecer no comando do PL municipal. Pelo menos foi o que ficou sublinhado na visita do senador Jorginho Mello (PL-SC) à Capital do Vale, sábado (9).

Durante reunião com correligionários em Nova Descoberta — e sem a presença de Gomes —, o senador considerou que “o partido precisa de uma reformulação”. Mello, que vem pavimentando a estrada para a disputa do governo estadual em 2022, foi recepcionado pelo cozinheiro José Vicente de Souza e Silva, o Zezinho, presidente da Associação de Moradores do bairro, que alcançou 643 votos na disputa proporcional de 2020 e não se elegeu por quociente eleitoral, e que teria intenção de tomar as rédeas do PL tijuquense.

Vitória na derrota

Postado em 18 de novembro de 2020
  •  
  •  
  • 53
  •  
  •  

Se alguns favoritos na corrida à Câmara Municipal de Tijucas lamentam não terem sido eleitos por falta de votos, o cozinheiro José Vicente de Souza e Silva (PL), presidente da Associação de Moradores do Bairro Nova Descoberta, só pode reclamar dos colegas de partido. Ele fez a sétima maior votação do pleito (643) e, mesmo assim, não conseguiu uma vaga entre as 13 do Legislativo municipal. Esbarrou no quociente eleitoral, que, desta vez, girou em torno de 1.577 votos por chapa para eleger um vereador.

No total, os 12 candidatos do PL somaram 989 votos — número insuficiente para garantir uma cadeira na Câmara. Metade dos postulantes liberais ao Legislativo municipal nestas eleições, inclusive, ficou aquém dos 25 votos. Zezinho da Associação, mesmo com marca expressiva, pagou o pato.

SUPLÊNCIA E ESPERANÇA

Situação semelhante, mas com expectativas diferentes, passam o ex-superintendente da Fundação Municipal de Esportes, José Roberto Giacomossi (PSD), e o empresário Ezequiel de Amorim (PSD), que conquistaram 536 e 510 votos respectivamente, e também não foram eleitos. Na lista de maiores votações, figuram em 10º e 11º; e, agora, estão na suplência imediata do PSD, que elegeu cinco representantes no Legislativo.

Se, por mérito, Giacomossi voltar à superintendência da FME, o que, muito provavelmente, deve acontecer, Amorim passa à primeira suplência. E bastaria, ainda, que um dos cinco peessedistas eleitos fosse convidado para o primeiro escalão do próximo governo do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) — e as chances são gigantescas — para que o jovem empresário assumisse, finalmente, a vereança.