segunda-feira, 21 de outubro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Plano em prática

Postado em 24 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

Chegou, entrou, abriu a geladeira e já deitou na cama. O vice-prefeito Adalto Gomes (D) está se sentindo em casa no PL. Desde que assumiu a presidência do partido em Tijucas, não parou de confabular com líderes da legenda. Nesta tarde, a propósito, esteve na Assembleia Legislativa — acompanhado do vice-presidente municipal do PL, Edjalma Matos — para cumprir agendas com os deputados estaduais Maurício Eskudlark (C) e Nilso Berlanda.

As conversas com a cúpula liberal, embora embasadas na obtenção de recursos para benfeitorias públicas, têm uma razão extraordinária. Gomes ostenta garantias de suporte da executiva catarinense para o pretenso projeto de candidatura majoritária em 2020 na Capital do Vale. As promessas foram reafirmadas pelo senador Jorginho Mello (PL-SC), que comanda o diretório estadual, no evento que oficializou o ingresso do adjunto tijuquense nas fileiras do PL, no fim de agosto.

Vira, virou

Postado em 18 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

Se as portas do PL se fecharam para o ex-presidente do partido em Tijucas, empresário Ricardo Oliveira, as do PDT ficaram escancaradas.

Na semana passada, o ex-liberal passou às fileiras brizolistas sob aprovação e celebração de três dos principais nomes da legenda no município — o vereador Fabiano Morfelle, o presidente João Luiz Lopes e o pré-candidato a prefeito Thiago Peixoto dos Anjos.

Bom proveito

Postado em 11 de setembro de 2019

Único não cola-branca na mesa de honra da convenção do PP de Tijucas, anteontem, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) aproveitou estrategicamente os holofotes e matou três coelhos com apenas uma cajadada. Além de ter marcado território no rol de autoridades, usou o discurso para propagandear veladamente o PL — partido que passou a presidir no município — e devolveu a gentileza ao progressista Vilson Natálio Silvino, que prestigiou o encontro dos liberais dias atrás.

Gomes segue entre as opções, claras e manifestas, para a concorrência majoritária de 2020 e vem mantendo postura diplomática com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), que planeja concorrer à reeleição, e com os diversos partidários do grupo governista.

Partido de Tijucas

Postado em 3 de setembro de 2019

O vice-prefeito Adalto Gomes foi alçado à regência do PL tijuquense, e a vereadora Maria Edésia da Silva Vargas (PT) virou alvo do partido do amigo e ex-correligionário. Contatos prévios já foram realizados, e uma segunda rodada de conversas deve marcar as próximas semanas.

Déda, que cumpre o primeiro mandato na Câmara Municipal, confirma o convite, mas diz que, por ora, continua no “Partido de Tijucas” — uma maneira branda que ela encontrou para se referir ao PT dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso, e Dilma Rousseff, que sofreu impeachment, sem provocar desagrado em quem ouve.

Liberal e oficial

Postado em 2 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

Se o ex-presidente do PL em Tijucas, Ricardo de Oliveira, foi contra o ingresso do vice-prefeito Adalto Gomes no partido, o mesmo não se diz do ex-vice-presidente da legenda, Eduardo Gil — o terceiro, da esquerda para a direita, abraçado ao adjunto tijuquense —, que se manteve nas fileiras liberais e garantiu, inclusive, um posto na executiva municipal.

Na foto estão, ainda, o ex-vice-prefeito Roberto Vailati (PT), o empresário Pedro Pierezan, o senador Jorginho Mello (PL-SC) e o presidente da Câmara Municipal, vereador Vilson Natálio Silvino (PP), todos no evento de reestruturação do partido na Capital do Vale, sexta-feira (30).

Gomes assumiu a presidência do PL tijuquense e foi lançado, oficialmente, com a bênção do senador e presidente estadual da legenda, pré-candidato a prefeito nas eleições de 2020. Cerca de 200 pessoas, entre políticos, eleitores e simpatizantes, participaram do ato, no pavilhão de eventos da Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, na Praça.

Um entra, outro sai

Postado em 27 de agosto de 2019

Presidente do PL de Tijucas — ainda que as ações da executiva municipal estejam suspensas por falta de prestação de contas —, o empresário Ricardo Oliveira trata de “política suja” a inclusão do vice-prefeito Adalto Gomes, a ser oficializada na sexta-feira (30), nas fileiras do partido. “Falei para o Jorginho (Mello, senador e líder da legenda no estado) que se o Adalto entrasse, eu sairia”, revela.

Oliveira reforça, ainda, que discorda, sobretudo, dos rumos do PL na Capital do Vale. “O senador foi eleito com apoio do MDB e agora põe um petista no comando do partido? Então, que fiquem pra eles. Não era isso que queríamos”, reclama.

Encontro liberal

Postado em 23 de agosto de 2019

Na próxima sexta-feira (30), no salão de eventos da Capela de Nossa Senhora dos Navegantes, às 20h, o vice-prefeito Adalto Gomes, de Tijucas, enfim, será oficializado nas fileiras do PL. O senador Jorginho Mello (PL-SC) deve comandar o ato, e o deputado estadual Nilso Berlanda (PL), que convenceu o adjunto tijuquense a migrar para o partido, já confirmou presença.

A cerimônia marca, ainda, a remontagem do PL na Capital do Vale — com novos dirigentes empossados —, que se mantém sob o comando dos empresários Ricardo OliveiraEduardo Gil mas foi suspenso por falta de prestação de contas.

Mudar faz bem

Postado em 8 de julho de 2019

Pedra cantada no Blog fechou o bingo. O vice-prefeito Adalto Gomes, enfim, deixou oficialmente o PT – partido onde militou por 30 anos, foi eleito vereador em três legislaturas consecutivas (2001 a 2012) e concorreu à Assembleia Legislativa (2010) e à prefeitura de Tijucas (2012). O pedido de desfiliação foi assinado ontem, com direito a carta de agradecimento aos companheiros.

Gomes, que pretende pleitear novamente o cargo máximo do município em 2020, deve protocolar o ingresso no PL (ex-PR) nos próximos momentos. Os detalhes da transferência já foram acordados com líderes estaduais do partido – e o deputado estadual Nilso Berlanda (PL), um dos maiores caixas-altas de Santa Catarina, dono de uma cadeia de lojas de eletrodomésticos no estado, teve participação decisiva no trâmite.