terça-feira, 17 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Reafirmação

Postado em 10 de setembro de 2019
Foto: Léo Nunes

O vereador Vilson Natálio Silvino fez suspense, mas, no fim, reassumiu, sem surpresas, a presidência do PP tijuquense por mais um mandato. A cerimônia de homologação da única chapa, por aclamação, ontem, na sede social do Jardim das Amendoeiras, contou com progressistas de Tijucas, Canelinha, São João Batista, Major Gercino e Nova Trento, e, destacadamente, com o prestigiado senador Esperidião Amin, acompanhado da mulher, a deputada federal Ângela Amin, e do filho, deputado estadual João Amin — seguramente, os maiores expoentes do partido no estado.

Nem somente, porém, os pepistas formaram o quórum do evento. Além do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e do vice-prefeito Adalto Gomes (PL), que estiveram na mesa de honra, representantes de outras legendas — como o ex-prefeito Uilson Sgrott (DEM), os vereadores Rudnei de Amorim (DEM), Fabiano Morfelle (PDT) e Odirlei Resini (MDB), mais o empresário Thiago Peixoto dos Anjos, que deve concorrer à prefeitura em 2020 no PDT — ainda participaram do ato.

Figuras preminentes do partido, como o ex-prefeito Nilton de Brito, o empresário Helio Gama e o médico Rogério de Souza, evidentemente, também assinaram o protocolo na prestigiada convenção do PP tijuquense.

Fruta da estação

Postado em 6 de setembro de 2019

A burlesca sugestão do presidente da Câmara Municipal de Canelinha, vereador Arlindo de Simas (PL), semana passada, para que o município invista no cultivo do cambucá — o que, na visão dele, incentivaria o turismo e movimentaria a economia —, segue gerando pilhérias de toda sorte na Cidade das Cerâmicas. Todos os dias, nas rodas de cavaco e nos grupos de WhatsApp, alguém menciona a fruta e faz uma chalaça. Virou folclore.

Simas, porém, continua sendo o único que não vê graça nenhuma nos comentários jocosos sobre o tema. Terça-feira (3), aliás, ele pediu à secretária do Legislativo que lesse, no encerramento da sessão, um memorando repleto de parábolas e ensinamentos. A nota atentou para o fato de que “enquanto o eucalipto leva cinco anos para se transformar numa árvore de R$ 500, cada cambucazeira geraria R$ 2 mil anuais” e argumentou que “as pessoas só jogam pedras em árvores que estão dando frutos; e que são pedradas de inveja”.

Na manhã seguinte, provavelmente sensibilizado com a lição, um cidadão canelinhense escreveu alguns versos e divulgou nas redes sociais. Diz o texto, gravado em áudio, que “São João Batista tem sapatarias, e em Nova Trento vamos para rezar. Em Tijucas tem um dinossauro, e em Canelinha temos cambucá”. Pois, então?!

Apoio massivo

Postado em 4 de setembro de 2019

Mais de 120 Câmaras de Vereadores em Santa Catarina aprovaram, até o momento, moções de apoio ao projeto de lei do deputado estadual Altair Silva (PP), que institui o Fundo de Manutenção e Conservação das Rodovias Estaduais — com, no mínimo, 10% das arrecadações com o IPVA, mais 10% da receita estadual relativa a multas de trânsito e, ainda, da exploração comercial das faixas de domínio.

Natural de Major Gercino e usuário frequente das combalidas SC-410, entre Tijucas e Nova Trento, e SC-108, no interior de São João Batista, o parlamentar conhece bem a triste realidade da malha rodoviária catarinense.

Viaduto no papel

Postado em 2 de setembro de 2019
Foto: Lilian Freitas

O deputado federal Darci de Matos (PSD-SC) faz questão de divulgar, via assessoria de comunicação, a reunião de semana passada, na ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), noticiada com exclusividade no Blog, com os prefeitos de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e de Tijucas, Elói Mariano Rocha (PSD), além de membros do Fórum Parlamentar Catarinense — entre eles o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC) — e representantes da Arteris SA, que controla as ações da Autopista Litoral Sul em Santa Catarina.

Matos reforça que o projeto executivo das alças de acesso em Porto Belo e do viaduto de contorno em Tijucas foi autorizado. As obras devem custar cerca de R$ 100 milhões. “A construção deste elevado, que fica no Km 161 da BR-101, próximo à Ponte de Santa Luzia, trará mais mobilidade e facilitará o acesso para os municípios de Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Major Gercino. Estamos acompanhando esse pleito aqui em Brasília, junto à ANTT, para que ele seja atendido”, finaliza.

No coreto

Postado em 13 de agosto de 2019
Foto: Divulgação

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT), de Bombinhas, mais o colega de parlamento Altair Silva (PP), natural de Major Gercino, e o ex-governador Leonel Pavan (PSDB) estiveram entre os convidados especiais do prefeito Gian Francesco Voltolini (PP), sábado (10), para o brinde no palanque da Incanto Trentino — o festival que resgata as tradições ítalo-trentinas na convidativa Nova Trento.

Paulinha, a propósito, anunciou, no evento, a destinação de uma emenda de R$ 300 mil a R$ 400 mil para a cobertura frontal do pavilhão da festa.

Festa de despedida

Postado em 29 de julho de 2019

Prestes a embarcar para a Itália, para defender o Perugia, a oposto Rosamaria Montibeller, de Nova Trento e da Seleção Brasileira de voleibol, recebe amigos, familiares e convidados especiais em 7 de agosto, na Sociedade Primavera, para se despedir do Brasil e da cidade natal. Ela assinou contrato com o clube italiano por uma temporada.

O evento une, em parceria, a Sigo Esporte — empresa social de fomento ao esporte, do Grupo Accipiens, que apoia a atleta — e a prefeitura de Nova Trento, e margeia com a tradicional Incanto Trentino, que resgata e preserva o intercâmbio e os costumes italianos na Terra de Santa Paulina.

Com a Seleção, Rosamaria foi campeã mundial em 2017, em Nanquim, na China, e sul-americana em 2018. Ela se profissionalizou a partir do projeto Voleibol Nova Trento, da professora Vandelina Maria Tomasoni Ribeiro, a Vandeca, que existe desde 1999 na cidade.

Mosteiro

Postado em 18 de julho de 2019

Conhecida nacional e internacionalmente como a cidade em que viveu Santa Paulina, a cativante Nova Trento vem sendo cogitada para sediar um mosteiro — em regime de clausura.

A proposta vem da tricentenária congregação francesa das Irmãs Adoradas do Santíssimo Sacramento, que, formada por cerca de 300 religiosas, está presente em diversos países da Europa, África e América do Sul.

Vice de meio mês

Postado em 3 de julho de 2019

Diz um adágio muito conhecido na política regional que “vice não berra, apenas geme”. E em Nova Trento o dito foi levado à risca. Durante as férias de 30 dias do prefeito Gian Francesco Voltolini (PP), couberam ao vice-prefeito Jaison Moacir Marchiori (PSDB) apenas 15 dias no comando do Executivo. A conta não fecha, mas foi assim. Na segunda quinzena de descanso do titular, quem administra o município é o presidente da Câmara, vereador Valdemir Quaiatto (PP). Tudo para prestigiar a coligação.

Voltolini retoma o posto na segunda-feira (8) e Quaiatto volta para o Legislativo. Marchiori, o vice-prefeito de fato – e de meio mês –, segue aguardando nova oportunidade. Sem berrar. Apenas gemendo. Pelo bem da coligação.

Sonho realizado

Postado em 13 de maio de 2019

No ato em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, semana passada, o decreto que facilita o porte de armas para políticos eleitos, caminhoneiros, caçadores e atiradores esportivos, moradores de áreas rurais e repórteres policiais, entre outra categorias, quem ficou a seu lado o tempo todo, sorridente e aplaudindo freneticamente, foi o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento.

Ali, naquela feita, Peninha viu concretizado tudo o que vem defendendo nos últimos anos.

Rogai por nós

Postado em 8 de maio de 2019

Enfim, alguém, na quase indigência que a região sempre enfrentou no Legislativo estadual, com um mínimo de atenção ao Vale. É do deputado estadual Altair Silva (PP) – promotor da audiência pública sobre a Rodovia SC-108 e a absurda “cratera de Tigipió”, anteontem – o projeto de lei que institui o Fundo de Manutenção e Conservação das Rodovias Estaduais. Seria constituído por 10% da arrecadação do IPVA no estado, mais 10% da receita estadual relativa a multas de trânsito e da exploração comercial das faixas de domínio, e da devolução voluntária do duodécimo dos poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas.

Silva é natural de Major Gercino e cresceu em São João Batista, e, talvez por isso, seja quem pode advogar, com conhecimento de causa, contra a condição de abandono das rodovias estaduais na região. Um dos piores exemplos é a SC-411, que interliga Tijucas e Nova Trento, e que, há tempos, freqüenta o topo das estatísticas de mortes no trânsito em Santa Catarina.