terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Margem alta

Postado em 20 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Tijucas atingiu um número recorde de eleitores aptos a participarem do pleito municipal de outubro. Na Capital do Vale, segundo números apurados e publicados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 34.348 pessoas terão direito ao voto.

O número é 18,6% maior em comparação ao registrado em 2020. Naquela eleição, o TSE contabilizava 28.948 eleitores no município, o que, em uma conta simples, mostra um aumento de exatos 5.400 novos votantes.

Nas demais cidades do Vale do Rio Tijucas também houveram aumentos significativos. Canelinha tem 10.126 (+11,8%), São João Batista atingiu 23.277 (+5,7%), Nova Trento chegou a 11.253 (+7,8%) e Major Gercino alcançou a marca de 3.339 (9,1%) eleitores.

Qualidade alta

Postado em 10 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Os números do IPS (Índice de Progresso Social) divulgados nesta semana apontaram que Nova Trento é a 11ª cidade com melhor qualidade de vida em Santa Catarina. A ferramenta utiliza três dimensões para analisar o desempenho social e ambiental dos territórios.

Entre os quesitos, estão as necessidades humanas básicas, os fundamentos do bem-estar e oportunidades. A cidade de Santa Paulina fez 67,16 pontos no ranking, número que fez o município ser o único do Vale do Rio Tijucas presente na lista.

O prefeito Tiago Dalsasso (MDB) celebrou e afirmou que a boa colocação é fruto de um trabalho desenvolvido pela administração municipal. “Resultado de um trabalho bem pensado para a nossa gente. É um destaque muito significativo. Esse é um reconhecimento ao esforço contínuo da comunidade e da administração em promover um ambiente de vida saudável e próspero para nossos habitantes”, explicou.

Terceira via

Postado em 4 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O PT de Nova Trento pretende lançar um candidato à prefeitura nas eleições municipais de outubro. O partido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem promovendo reuniões e encontros com o intuito de organizar uma chapa para o pleito.

Ao que tudo indica, o nome favorito para representar o grupo é o do secretário do PT neotrentino, Celso Greef. A legenda deve colocar outros dois nomes à disposição dos eleitores para a disputa de uma cadeira no Poder Legislativo.

Há poucos dias, o deputado estadual Padre Pedro Baldissera esteve na cidade de Santa Paulina para ajudar na construção do projeto e se comprometeu a contribuir com a candidatura petista.

Prato feito

Postado em 1 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A pouco mais de três meses das eleições municipais, agendadas para o próximo dia 6 de outubro, restam poucas dúvidas em Nova Trento. Os blocos de situação e oposição já têm praticamente definidos os nomes que concorrerão no pleito.

Do lado governista, a dupla vencedora em 2020 deve ser repetida neste ano. Tiago Dalsasso (MDB) e Moacir Dalla Brida (PSD), atuais prefeito e vice, devem seguir juntos para tentar o direito de governar a cidade por mais quatro anos.

Já o ex-vereador e ex-secretário municipal, Maxiliano de Oliveira (PL), deve representar a oposição. Nesta semana, o bloco liderado por Max definiu e oficializou a pré-candidatura do empresário Laerci Girola (PP) a vice-prefeito.

PSDB e UNIÃO BRASIL, que integram o movimento oposicionista, acataram a indicação do candidato à vice diante dos resultados de uma pesquisa de opinião popular, e devem indicar apenas postulantes ao parlamento municipal.

Pavimentaço

Postado em 18 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Uma parceria entre prefeitura de Nova Trento e Governo do Estado resultará em mais de quatro quilômetros de vias públicas asfaltadas. O anúncio oficial foi feito pelo prefeito Tiago Dalsasso (MDB), que pleiteava o recurso há algum tempo.

O investimento será em torno de R$ 14 milhões. A pavimentação será iniciada na junção dos bairros Espraiado e Morro da Onça, seguindo por ruas do Cascata e outras regiões centrais da terra de Santa Paulina.

Dalsasso agradeceu ao secretário de Estado da Infraestrutura, Jerry Comper, com quem nutre longa relação de amizade, e ao governador Jorginho Mello (PL), pelo “compromisso com a cidade”. “São mais de quatro quilômetros que transformarão a vida da nossa gente. Um sonho sonhado juntos e que será realizado em várias mãos”, celebrou o mandatário.

Sem surpresas

Postado em 31 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Nada que já não se pudesse prever. Principais movimentos de oposição em Nova Trento, PP e PSDB se uniram novamente, assim como nas últimas quatro eleições, para tentar a retomada da prefeitura.

A coalizão, entretanto, deve, pela primeira vez, ser relegada ao arroubo de outro partido. O PL assumiu posição de protagonista no município, indicou o ex-vereador e ex-secretário municipal Maxiliano de Oliveira (ex-PP) como pré-candidato a prefeito, e angariou o apoio das duas tradicionais legendas. O quarteto oposicionista se consolida, ainda, com o UNIÃO BRASIL do pastor evangélico Luiz André Teixeira da Costa, concorrente ao cargo máximo do município em 2020 com 129 votos.

POR GRAVIDADE

O casamento entre PP e PSDB vinha enfrentando dificuldades. Muito por conta da imposta coadjuvação aos tucanos, que iniciaram o projeto conjunto em 2008 e foram, pouco a pouco, sendo minimizados à condição de adjuntos no processo.

Agora, com a ascensão do PL, as duas legendas formalizaram mais uma vez o acordo e assumem, desta vez, o mesmo volume. As possibilidades tendem à indicação do candidato a vice-prefeito, com Edson Hugen (PP), Lerci Girola (PP), Gabriel Battisti (PSDB) e Joel Garbari (PSDB) dispostos.

Braço forte

Postado em 14 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O drama vivido há mais de duas semanas pelo povo do Rio Grande do Sul sensibilizou o prefeito Tiago Dalsasso (MDB), de Nova Trento. O mandatário, que já havia determinado e organizado a arrecadação de donativos para as vítimas da enchente, decidiu ceder servidores para ajudar em resgates.

Leonardo Moritz, que atua como agente de Proteção e Defesa Civil na cidade de Santa Paulina, deslocou-se até a cidade de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, onde atuará em resgates aquáticos. Um grupo formado, ainda, por policiais militares de Tijucas e agentes da Defesa Civil de São João Batista, deve atuar na cidade gaúcha até o fim de semana.

A prefeitura de Canoas enfrenta uma situação de emergência com cerca de 50 mil habitantes em áreas de risco, indicadas por alertas de evacuação. Desde então, o município gaúcho passou a pedir ajuda de voluntários com embarcações para a retirada de moradores.

“Ficamos contentes em ajudar. Estamos assistindo as imagens devastadoras e ficamos muito sensibilizados. Recebemos esse pedido de ajuda e, prontamente, o nosso agente Leonardo aceitou embarcar nesta missão. Nova Trento seguirá fazendo o possível para ajudar o povo gaúcho”, disse o prefeito neotrentino.

Conjunturas 

Postado em 7 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Especula-se em Santa Catarina que a recente aproximação do governador Jorginho Mello (PL) com o senador da República, Esperidião Amim (PP), tem vistas eleitorais. Os gestos, feitos de parte a parte, podem indicar um alinhamento estratégico da dupla e, por consequência, das legendas que comandam. 

Reflexos disto, aliás, podem ser vistos no Vale. Em São João Batista, por exemplo, lideranças dos dois movimentos, como o empresário Felipe Lemos (PL) e o ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP), já conversam há algum tempo e, ao que tudo indica, estarão juntos no pleito municipal de outubro. Resta saber, entretanto, o papel de cada um na disputa. 

Na vizinha Nova Trento, o cenário é similar. Há uma clara preferência pela candidatura do ex-secretário municipal e ex-vereador Maxiliano de Oliveira (PL). O PP, de Amin, pode indicar o candidato a vice, caso a chapa se confirme. Nomes progressistas pipocam a todo instante. Entre os favoritos está o ex-vereador Edson Hugen (PP). Há, no entanto, a participação do PSDB na chapa, que também briga por espaços. 

Se as intenções de Mello e Amin visam um fortalecimento para apenas para as eleições gerais de 2026, a união dos grupos, já em 2024, ainda nos pleitos municipais, pode facilitar ainda mais o caminho. Pois então… 

Sem surpresas

Postado em 6 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A aliança vencedora de 2020, em Nova Trento, deve ser mantida em 2024, custe o que custar. O prefeito Tiago Dalsasso (MDB) e o vice-prefeito Moacir Tadeu Dalla Brida (PSD) estarão juntos, outra vez, concorrendo ao direito de permanecer nas respectivas funções por mais quatro anos.

Dalsasso tem dito que a fidelidade do adjunto é um dos fatores decisivos para a manutenção da chapa, mas pontua, ainda, o trabalho realizado a quatro mãos. Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (2), o mandatário explicou a decisão de reeditar a dupla Tiago&Moacir.

“Desde o começo, sempre tive uma conversa muito clara de que iriamos avaliar ao longo do tempo se teríamos condições ou não de sermos candidatos ou não. Eu e o Moacir, juntos, construímos um trabalho, junto de pessoas que nos rodeiam. Conseguimos entregar muito resultado. Erramos, mas acertamos muito. Então, eu sou pré-candidato a prefeito, com o Moacir como pré-candidato a vice. Essa é a nossa chapa e vamos pra eleição assim. É eu e Moacir. Pra vencer ou pra perder”, bradou Dalsasso.

GRUPO UNIDO

A ida do adjunto ao PSD, após a traumática saída do PL, também teve vistas ao pleito municipal. A boa relação e a proximidade com lideranças da legenda no Estado, como os deputados estaduais Napoleão Bernardes e Júlio Garcia, facilitaram o caminho.

“Tudo tem um começo. O PSD, em Nova Trento, começou junto com o MDB. Foi criado para as eleições de 2012, onde o candidato a vice foi Natal Tomasoni, pelo PSD. Como já tivemos uma origem lá atrás, óbvio que sempre conversamos. Foram conversas claras e honestas, que incentivaram o Moacir a dar esse passo. Em 30 dias, foram filiadas 100 pessoas. Foi feito um grande trabalho pelo grupo que se reuniu ao redor deles”, explicou o prefeito.

Time formado

Postado em 16 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O presidente do MDB e vereador de Nova Trento, Luiz Fernando Eccel Rachadel, confirmou, em entrevista a uma rádio local, que a chapa encabeçada pelo prefeito Tiago Dalsasso, candidato natural do partido à reeleição, está praticamente fechada. 

Além da própria legenda que administra a cidade desde 2021, PSD, do vice-prefeito Moacir Tadeu Dalla Brida, e o Podemos, estarão coligados no projeto. Reuniões para tratar da candidatura já foram realizadas, com participações de membros dos três partidos. 

“Hoje a coligação será formada pelo MDB, PSD e Podemos, já que esses dois partidos mostraram interesse de estar com o MDB”, resumiu o parlamentar. A tendência, a propósito, é de que apenas MDB e PSD lancem nominata de vereadores, condição que, inclusive, teria sido acordada nos encontros. 

CANDIDATOS À REELEIÇÃO 

O Manda Brasa neotrentino também vem trabalhando para manter a condição favorável à bancada governista da Câmara de Vereadores. Atualmente, o partido tem a maioria no Legislativo e quatro dos cinco parlamentares devem concorrer novamente a uma das nove cadeiras. 

Eccel Rachadel revelou que, além dele, os vereadores Emerson Machado, Flávio Felipe Dalprá e Gustavo Orsi demonstraram o interesse de tentar a reeleição, enquanto Genésio “Édo” Luiz Piazza, que cumpre sua terceira legislatura, já informou a executiva local do MDB que não concorrerá novamente.