segunda-feira, 15 de julho de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Recepção calorosa

Postado em 10 de junho de 2019
Foto: Divulgação

O tijuquense Edemir Alexandre Camargo Neto (segundo, da esquerda para a direita, agachado), secretário adjunto de Estado da Justiça e Cidadania, esteve na recepção ao ministro Sérgio Moro (quarto, agachado), da Justiça e Segurança Pública, sexta-feira (7), no Complexo Penitenciário de Chapecó.

Moro vem elogiando sistematicamente o modelo de ressocialização de presos praticado em Santa Catarina e veio conhecer in loco a estrutura referenciada nos discursos; e disse que foi “uma visita inspiradora e gratificante”. O governador Carlos Moisés da Silva (PSL) e o deputado estadual licenciado Altair Silva (PP), natural de Major Gercino, também estiveram na comitiva de recepção ao ministro.

Com exclusividade para o Blog, Camargo Neto, que já administrou, com elogiada atuação, o Presídio Regional de Tijucas e o Complexo Penitenciário de São Pedro de Alcântara, comentou que “quando a sociedade civil organizada se integra com os órgãos de segurança e o poder público, os resultados são muito positivos. Comunidade e empresários de Chapecó são exemplos disso”.

De ovo virado

Postado em 16 de maio de 2019

O vereador batistense Heriberto Eurides de Souza (PPS) roubou a cena, semana passada, na audiência pública sobre a “cratera de Tigipió”, em Major Gercino. Primeiro, não quis respeitar os três minutos preestabelecidos para os discursantes e disse, em alto e bom som, que ultrapassaria o tempo limite; e depois falou sobre tudo, das emendas parlamentares que “provocam a corrupção” ao “luxo” da Assembleia Legislativa, que “tem uma pessoa só para cuidar do elevador e apertar o zero, o um, o dois e o três” em comparação à escola onde estudou quando criança, menos da Rodovia SC-108, tema da reunião.

Interrompido pelo proponente da audiência, deputado estadual Altair Silva (PP) – com quem travou um cabo de guerra em São João Batista nas eleições de 2018, quando foi candidato ao parlamento catarinense –, Betinho largou o microfone abruptamente sobre a mesa e saiu cuspindo marimbondos. Pois, então?!

Dentro e fora

Postado em 14 de maio de 2019

Bastou coordenar, satisfatoriamente e com pronto atendimento do governo estadual, a audiência pública sobre a famigerada “cratera de Tigipió”, semana passada, para o deputado estadual Altair Silva (PP) – que representa Major Gercino e São João Batista na Assembleia Legislativa – pedir afastamento do cargo.

Nos próximos 60 dias, Silva não vai frequentar o parlamento catarinense. Não tem problemas de saúde e nem qualquer outro impedimento. Apenas, entrou no questionável “rodízio” que os partidos costumam promover nos Legislativos.

Para justificar, o parlamentar disse, em nota, que está retribuindo um gesto que recebeu no passado – quando suplente, entre 2015 e 2018, assumiu uma das cadeiras do PP na Alesc por seis vezes, durante as licenças dos titulares. “Acredito que é assim que o partido cresce e que o espírito de grupo se fortalece, até porque ninguém chegou aqui sozinho”, pontuou.

Rogai por nós

Postado em 8 de maio de 2019

Enfim, alguém, na quase indigência que a região sempre enfrentou no Legislativo estadual, com um mínimo de atenção ao Vale. É do deputado estadual Altair Silva (PP) – promotor da audiência pública sobre a Rodovia SC-108 e a absurda “cratera de Tigipió”, anteontem – o projeto de lei que institui o Fundo de Manutenção e Conservação das Rodovias Estaduais. Seria constituído por 10% da arrecadação do IPVA no estado, mais 10% da receita estadual relativa a multas de trânsito e da exploração comercial das faixas de domínio, e da devolução voluntária do duodécimo dos poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas.

Silva é natural de Major Gercino e cresceu em São João Batista, e, talvez por isso, seja quem pode advogar, com conhecimento de causa, contra a condição de abandono das rodovias estaduais na região. Um dos piores exemplos é a SC-411, que interliga Tijucas e Nova Trento, e que, há tempos, freqüenta o topo das estatísticas de mortes no trânsito em Santa Catarina.

Todos por um

Postado em 7 de maio de 2019

A classe política de São João Batista deu exemplo, ontem, de civilidade e respeito ao bem comum. Entre cerca de 500 presentes na audiência pública sobre a famigerada “cratera de Tigipió”, estiveram os quatro últimos prefeitos da Capital Catarinense do Calçado. Oposição e situação se uniram e cobraram uma solução do governo estadual para a Rodovia SC-108.

Jair Sebastião “Nonga” de Amorim (ex-MDB), Aderbal Manoel dos Santos (PP), Vilmar Francisco Machado (PP) e Daniel Netto Cândido (PSD) atenderam ao chamado do deputado estadual Altair Silva (PP) e dividiram o mesmo espaço, no salão comunitário da Capela de São Sebastião, no distrito de Tigipió.

Restou a promessa: a obra de recuperação da estrada, no trecho onde há dois anos houve um deslizamento, deve iniciar em 90 dias. De acordo com o levantamento do governo, serão investidos R$ 2,7 milhões no local.

Sobre a cratera

Postado em 15 de abril de 2019

A situação crítica da SC-108, entre os municípios de São João Batista e Major Gercino, é tema de audiência pública solicitada pelo deputado estadual Altair Silva (PP). O problema é antigo e a cada enxurrada a situação só piora. Segundo os moradores, com as recentes chuvas, o asfalto apresentou novas rachaduras e quedas de barreiras. Há pelo menos um ano e meio que a população aguarda uma solução, principalmente para o ponto mais atingido, no quilometro 166, onde uma cratera se formou às margens do Rio Tijucas.

A audiência, realizada pela Assembleia Legislativa, por meio da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano, está marcada para 6 de maio próximo, às 19 horas, no salão comunitário da Capela de São Sebastião, no distrito de Tigipió, na Capital Catarinense do Calçado.

COBRANÇA

Diversos encontros foram realizados neste ano com o secretário de Infraestrutura, Carlos Hassler, e com o secretário adjunto da pasta, Pedro Luiz Stonoga, para cobrar a realização da obra. Os pedidos também foram estendidos ao secretário de Estado da Casa Civil, Douglas Borba, e ao governador Carlos Moisés da Silva (PSL).

Na legislatura passada, aliás, Altair Silva, que é natural de Major Gercino e tem relação estreita com São João Batista, conversou com o então governador Raimundo Colombo (PSD) e solicitou melhorias na rodovia. Por meio de indicações e cobranças ao governo estadual, o projeto foi realizado, mas a obra não saiu do papel.

Rumo à posse

Postado em 28 de janeiro de 2019

Caravanas se formam em Tijucas para a posse da ex-prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva (PDT), como deputada estadual, sexta-feira (1º de fevereiro), na Assembleia Legislativa, em Florianópolis. Comitivas locais devem ser organizadas no PDT tijuquense e com o vereador Rudnei de Amorim (DEM) – que teve atuação destacada na campanha da ex-mandatária bombinense na Capital do Vale. A euforia tem sentido: a região volta, depois de anos, a ter representação genuína no Legislativo catarinense.

Na legislatura anterior, por exemplo, Altair Silva (PP) e Mário Marcondes (MDB) estiveram nesse posto, porque são nascidos em Major Gercino e São João Batista respectivamente; mas não convenciam – uma vez que estão radicados nas respectivas Chapecó e São José há muito tempo. Paulinha, quinta mais votada entre todos os candidatos ao parlamento estadual, agora, é quem, de fato, responde e deve ao Vale do Rio Tijucas e principalmente à Costa Esmeralda.

Dois dentro, quatro fora

Postado em 10 de outubro de 2018

Os representantes do Vale do Rio Tijucas e da Costa Esmeralda na Assembleia Legislativa, a partir de 2019, serão dois. Das seis candidaturas ao parlamento catarinense que apresentavam relação direta com a região, somente as de Ana Paula da Silva (PDT) – de Bombinhas, que somou 51.739 votos gerais – e Altair Silva (PP) – de Major Gercino, radicado no Oeste catarinense, com 30.497 – foram bem-sucedidas.

Depois, vêm Mário Marcondes do Nascimento (MDB) – de São João Batista, atualmente em São José, que alcançou 18.257 votos –, Heriberto Eurides de Souza (PPS) – também de São João Batista, com 5.573 –, Angelo Zuino Azambuja (PT) – outro batistense, com 1.205 – e Leopoldo Barentin (PRP) – de Tijucas, com 224 –, todos reprovados no crivo popular.

Comenda encomendada

Postado em 14 de agosto de 2018

Figura de expressão entre os batistenses, o empresário Laudir “Alemão” Kammer deve receber, em novembro, a Comenda do Legislativo Catarinense – a maior honraria que o parlamento estadual concede. A indicação é do deputado Mário Marcondes do Nascimento (MDB).

No ano passado, o ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP), também de São João Batista, foi agraciado com o laurel. Na condição de deputado estadual, o majorense Altair Silva (PP) propôs a homenagem na Assembleia Legislativa ao ex-mandatário da Capital Catarinense do Calçado.

CAMINHO LIVRE

Natural de Leoberto Leal, Alemão penou para conseguir o título de Cidadão Honorário de São João Batista. Os litígios políticos com o ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos – que regia a bancada oposicionista na Câmara – adiaram por anos a concessão da honraria.

Em 2015, entretanto, sanadas as desavenças e firmada a surpreendente aliança entre ambos, o galardão foi, enfim, aprovado no parlamento municipal e entregue, com pompa e circunstância, ao empresário.

Em família

Postado em 25 de abril de 2018

Se realmente confirmar candidatura a deputado estadual, o vereador Heriberto Eurides de Souza, o Betinho (PPS), de São João Batista, precisa construir outro mote apoiador. O primo, ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos (PP) – que conta com estruturas política e econômica muito sólidas na Capital Catarinense do Calçado –, ratificou o compromisso com o amigo Altair Silva, de Major Gercino, suplente de deputado estadual do PP.

Ao Blog, com exclusividade, o ex-prefeito rechaçou qualquer pré-acordo com o parente. “Ele não me pediu apoio. Apenas comunicou a decisão de se candidatar”, revelou.

RELAÇÃO ABALADA

Um agravante: Betinho Souza conta com forte rejeição no PP batistense, o que, de certa maneira, dificulta a acolhida. Alguns discursos em que ataca a família Amin – expoente do partido no Estado – vêm pesando demais contra o vereador e pré-candidato ao parlamento catarinense.