quarta-feira, 19 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Filas 24 horas

Postado em 11 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As filas para atendimento especialmente no Posto de Saúde 24 Horas, na região central de Tijucas, têm gerado grande repercussão na cidade e manifestações diversas nas redes sociais. Mas a situação, segundo a prefeitura, embora preocupante, tem sido a mesma em toda Grande Florianópolis. De acordo com um comunicado da administração municipal publicado hoje, a demanda nas unidades sanitárias e no Hospital São José mais do que dobrou na última semana, e o motivo seria o alto fluxo de turistas na região.

O secretário municipal de Saúde, Vilson “Tem” Porcíncula, pediu compreensão e cautela aos munícipes. “Infelizmente, todas as cidades da região estão com essa dificuldade. Portanto, pedimos a todos que se cuidem e caso realmente precisem ir a uma unidade de saúde, compreendam a situação que estamos enfrentando”, alertou.

Já o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), que antecipou a reabertura do Pronto Atendimento 24 Horas — que passou por reformas e seria reinaugurada em breve —, autorizou, também, a contratação de mais médicos para o PA, mas, até o momento, nenhum profissional mostrou interesse nas vagas abertas. “Mesmo assim, nossa equipe está empenhada e os desafios são grandes. Precisamos contar com a ajuda de todos para enfrentar mais este momento difícil”, comentou o mandatário tijuquense.

Dados da Secretaria Municipal de Saúde mostram que os principais casos são de pessoas com sintomas respiratórios e suspeitas de Covid.

3 Comentários em “Filas 24 horas”

  1. Nacier Abdala disse:

    É preciso ter paciência. Todos que estão na fila querem ser atendidos. Impossível tem um médico para cada pessoa com exclusividade.

  2. Joaquim Barbosa disse:

    Da nisso é Tijuca ser uma cidade das mais procuradas pelos turistas do Brasil e do mundo…precisa se estruturar.

  3. jose reis disse:

    Atendente, auxiliar de enfermage e auxiliar administrativo tem bastante, basta ir nestes postos que nada servem. Falta é enfermeiro graduado e médico no ambulatório central.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O que você procura?