quarta-feira, 19 de junho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Benefícios

Postado em 18 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, destinou R$ 250 mil em emendas parlamentares para Esporte e Educação de Tijucas. Os recursos foram liberados na última sexta-feira (14) e já podem ser usados pelo município.

Parte do valor, estimado em R$ 150 mil, será utilizado para custear e garantir a continuidade das atividades nas escolinhas esportivas, que atende gratuitamente a crianças e adolescentes. O restante atenderá à demanda de ampliação da infraestrutura educacional, como construção de novas salas de aula.

“Investir em educação e esporte é essencial para o desenvolvimento dos nossos jovens e da comunidade. Estou empenhada em assegurar que esses recursos sejam utilizados de maneira eficiente, beneficiando a população de Tijucas,” afirmou Paulinha.

Projeto Sgrott

Postado em 17 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Cinco ou seis conversas em um intervalo de 30 dias foram determinantes para que o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, convencesse o vereador Maickon Campos Sgrott (PP) a colocar novamente o seu nome à disposição para representar o grupo governista no projeto de sucessão.

Algumas delas, aliás, contaram com a relevante participação do pai do parlamentar, o ex-prefeito Uilson Sgrott. Apesar da insistência de Mariano Rocha, a aceitação não foi tão simples. Naquele momento, a empresa TCA Transportes, administrada pelos Sgrott, demandava a atenção total dos dois gestores.

A condição mudou após a contratação de um novo servidor, que conseguiu suprir as necessidades e permitiu o retorno de Maickon ao cenário. “Fomos reavaliando e pontuei pra ele que nosso retorno dependia da substituição do Maickon na empresa”, revelou o vereador, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE.

“Pedi duas semanas para entrar no processo de negociação e contratação. Depois do aperto de mãos com a pessoa que está me substituindo, eu fui ao gabinete, conversei com o prefeito e, se não fosse ele, eu não estaria como pré-candidato hoje. O pedido dele foi: ‘Maickon, precisamos da sua ajuda e do seu nome’. Era sim ou não. Simples assim”, completou.

RELAÇÃO SAUDÁVEL

Embora sejam adversários dentro da trincheira governista, Sgrott garante que nutre uma relação de “extrema parceria, saudável e de respeito” com os outros dois pré-candidatos do movimento à prefeitura, Sérgio “Coisa Querida” Cardoso e Rudnei de Amorim, ambos do PSD.

O parlamentar, entretanto, defende a escolha do “melhor nome”. “Tenho certeza que o grupo de situação vai escolher o melhor nome, para que se tenha maior chance de êxito. Precisamos fazer com que a situação tenha o melhor time para levarmos o grupo a administrar o município por mais quatro anos. Se não escolher bem esse nome, pode ocorrer a alternância”, opinou.

INTERVENÇÃO ESTADUAL

A especulada interferência de lideranças estaduais do PSD, como o deputado estadual Júlio Garcia e o prefeito de Chapecó, João Rodrigues – que teriam preferências óbvias para que o candidato seja do partido do prefeito Eloi Mariano Rocha -, seria, na avaliação de Sgrott, uma atitude “abrupta” e “autoritária”.

“Agir dessa maneira seria um erro. Colocar determinado nome a qualquer custo pode quebrar o vaso e não conseguir mais colar. Um partido não chega sozinho. Em 2020, o PSD fez chapa pura, mas teve o apoio do PP e do PSB. Se não for o 55, o grupo tem que olhar como um todo. Se não entendermos que a calculadora está somando, algo pode acontecer e prejudicar o resultado do pleito”, explicou.

Socorro na vizinhança

Postado em 4 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O incessante caos administrativo do Hospital São José, de Tijucas, que lidera a lista de protestos no município, passou a refletir na saúde pública da vizinha Canelinha.

No fim de semana, o Hospital Maria Sartori Bastiani, na Cidade das Cerâmicas, registrou sobrecarga na demanda devido à entrada de pacientes de Tijucas no rol de atendimentos. De acordo com informações da gerência da unidade, um grupo de tijuquenses veio “em lotação” porque não conseguiu ser atendido no São José.

Entre as alegações, os pacientes reclamaram principalmente da demora na fila de espera. Ontem, aliás, segundo os relatos, teria havido confusão generalizada e acionamento da polícia para que o direito do cidadão fosse respeitado na unidade hospitalar de Tijucas – e, ao que parece, sem sucesso.

Por conta do arroubo nos atendimentos do Maria Sartori Bastiani, funcionários e corpo clínico manifestaram preocupação ao prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL). “Inviável e desumano”, descreveram ao chefe do Executivo canelinhense.

TEORIA E PRÁTICA

As queixas, que são constantes e insolucionáveis, interpõem a máxima sobre o abismo que existe na arrecadação entre Canelinha e Tijucas, e o fato de a primeira conseguir manter um hospital municipal e a Capital do Vale viver esse pandemônio interminável na sua histórica unidade hospitalar.

Desfalque

Postado em 17 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Quem procurar por vagas de emprego em Canelinha, a partir desta sexta-feira (17), encontrará o cargo de secretário de Obras e Serviços Urbanos disponível. Isso porque Silvio Reis, comandante da pasta desde 2020, pediu exoneração.

O Blog apurou que o agora ex-secretário classificou a alta demanda como fator principal, já que é uma das mais exigidas e cobradas pastas da administração municipal. Pesaram, também, os acontecimentos dos anos anteriores, quando fenômenos climáticos afetaram drasticamente grande parte do município, o que exigiu ainda mais trabalho.

Nas redes sociais, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (Republicanos) publicou um texto de agradecimento pela dedicação. Com exclusividade ao Blog, o mandatário canelinhense confirmou que Clodoaldo Mafra — então chefe da Intendência Distrital do Moura —, passa a ocupar o cargo interinamente. O novo secretário será anunciado somente em abril.

Som, luz e polêmica

Postado em 30 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A reserva do Fundo Municipal de Saúde de Canelinha para contratação de serviços de sonorização e iluminação deu vez a nova polêmica na Cidade das Cerâmicas. De acordo com o processo licitatório, realizado em 12 de maio, o município pode dispender, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, quase R$ 329 mil para eventos e campanhas da pasta em 2022. No ano passado, para o mesmo fim, foram gastos pouco mais de R$ 43 mil.

Outro ponto que chama atenção e desencadeia discussões diz respeito à exclusividade do montante. Embora o valor reservado impressione, ele deve servir apenas à demanda específica de eventos da Saúde e sem qualquer possibilidade de remanejamento — seja para outras necessidades ou pastas da estrutura municipal.

Ao jornal Correio Catarinense, de São João Batista, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS) justificou que a estipulação de uma reserva não significa despesa real. “(Os pagamentos) serão efetuados à medida em que os serviços forem realizados. Até porque os órgãos públicos também necessitam de publicidade para seus atos”, explicou.

Segundo o quadro de quantitativos e especificações, a maior reserva coube ao “som fixo para eventos de médio porte”, onde, no documento, admite-se pagar 200 horas de serviço a R$ 513,33/hora, o que totaliza mais de R$ 102 mil. As empresas vencedoras do processo licitatório são Nilton Antonio Zancanaro FilhoSC Som e Eventos Eireli.

Filas 24 horas

Postado em 11 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As filas para atendimento especialmente no Posto de Saúde 24 Horas, na região central de Tijucas, têm gerado grande repercussão na cidade e manifestações diversas nas redes sociais. Mas a situação, segundo a prefeitura, embora preocupante, tem sido a mesma em toda Grande Florianópolis. De acordo com um comunicado da administração municipal publicado hoje, a demanda nas unidades sanitárias e no Hospital São José mais do que dobrou na última semana, e o motivo seria o alto fluxo de turistas na região.

O secretário municipal de Saúde, Vilson “Tem” Porcíncula, pediu compreensão e cautela aos munícipes. “Infelizmente, todas as cidades da região estão com essa dificuldade. Portanto, pedimos a todos que se cuidem e caso realmente precisem ir a uma unidade de saúde, compreendam a situação que estamos enfrentando”, alertou.

Já o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), que antecipou a reabertura do Pronto Atendimento 24 Horas — que passou por reformas e seria reinaugurada em breve —, autorizou, também, a contratação de mais médicos para o PA, mas, até o momento, nenhum profissional mostrou interesse nas vagas abertas. “Mesmo assim, nossa equipe está empenhada e os desafios são grandes. Precisamos contar com a ajuda de todos para enfrentar mais este momento difícil”, comentou o mandatário tijuquense.

Dados da Secretaria Municipal de Saúde mostram que os principais casos são de pessoas com sintomas respiratórios e suspeitas de Covid.

Castração

Postado em 24 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O problema do abandono de animais, principalmente cães e gatos, é tão preocupante em Santa Catarina que uma das demandas mais recorrentes de lideranças municipais a deputados estaduais, para que sejam cadastradas como emendas impositivas, diz respeito à compra de veículos que sirvam como “castramóveis” — para as castrações itinerantes.

Na região do Vale do Rio Tijucas, por exemplo, que está entre as mais atuantes na causa, há uma mobilização para que, se vingar, a proposta atinja os cinco municípios como uma espécie de consórcio.

Produção conjunta

Postado em 26 de outubro de 2021
  •  
  •  
  • 32
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Vereadores do PP nos municípios do Vale do Rio Tijucas, membros do grupo de articulação do partido na região, estão em Brasília. A viagem foi proposta nos encontros que eles promovem mensalmente para fortalecer a legenda e compartilhar conhecimento e experiências.

 

A comitiva tem projetos comuns, para o âmbito regional; mas, evidentemente, cada participante vai aproveitar o ensejo para tratar, inclusive, de demandas individuais, para cada município, nos gabinetes do Congresso e governo federal.

Tchau e obrigado

Postado em 4 de maio de 2021
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  

Assessora de Comunicação na prefeitura de Nova Trento até ontem, a publicitária Adriana Carla “Drica” Soares jogou a toalha e limpou as gavetas. Em comunicado aos colegas, ela informou que pediu exoneração do cargo porque trabalhava demais e recebia de menos.

Segundo Drica — que, entre 2017 e 2020 comandou a Imprensa no governo de Moacir Montibeler (MDB), em Canelinha —, o expediente da prefeitura de Nova Trento, das 7h às 13h, não era suficiente para cumprir a demanda de trabalho na Comunicação, e, na comparação com outros municípios da região, o ordenado era menor. “Eu ficava até as 19h para dar conta. Mas sou grata pela oportunidade”, pontuou.

Procura-se

Postado em 7 de maio de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Partido que mais vezes governou Tijucas, o MDB busca um presidente para o biênio 2020-2021. Recentes convites foram direcionados ao advogado Marcio Rosa e ao diretor do Sindicato dos Bancários de Brusque, Adriano Silva, o Guinho. Ambos declinaram.

Rosa confirma que recebeu investidas do ex-prefeito Elmis Mannrich e do próprio presidente municipal da legenda, Fernando Fagundes, e que não quer, definitivamente, se envolver na política; que está trabalhando muito, se dedicando integralmente à advocacia, e muito mais feliz.

Para o bancário, o chamado partiu da vereadora Fernanda Melo. Ele diz, com exclusividade ao Blog, que rejeitou a proposta porque a demanda financeira de um partido com o porte do MDB seria incompatível com sua condição econômica.