quinta-feira, 22 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Poeira sacudida

Postado em 9 de outubro de 2020

“Aquele menino ali (o prefeito Daniel Netto Cândido (PSL)), que tenho como irmão, me ensinou que não existe PSL, PSD ou MDB, mas um grupo, uma família. É não é por uma frustração ou um desentendimento, porque não consegui alcançar meu objetivo pessoal, que eu abandonaria a continuação do trabalho” foi parte do discurso da vereadora Rúbia Tamanini (PSL), anteontem, em reunião dos governistas, para dizer que continua alinhada ao projeto do vice-prefeito Pedro Alfredo “Pedroca” Ramos (MDB) e do vereador Almir “Déi do Gás” Peixer (PSL) para a disputa da prefeitura de São João Batista nestas eleições.

Rúbia desde sempre esteve cotada para a vice-prefeitura na chapa situacionista, mas perdeu força na concorrência interna com Peixer, que contava com a preferência do adjunto batistense. Na manifestação, voluntária e surpreendente, ela se mostrou compreensiva e conformada. “Eu entendo. Também tenho a minha preferência. Por exemplo, se eu pudesse escolher com quem formar uma chapa, escolheria o prefeito Daniel”, pontuou.

A vereadora, figura capital do governo na Câmara, esteve resiliente com o agastamento do processo interno, desistiu de concorrer à reeleição no Legislativo e chegou a ser especulada na oposição. Mas pôs uma pedra sobre o braseiro, subiu nela e decidiu falar. “Se em abril o Pedroca era bom para ser o prefeito, por que agora, em outubro, teria deixado de ser? Retidão, ética e respeito é o que vocês terão de mim. Contem comigo”, finalizou.

Surpresa

Postado em 6 de outubro de 2020
Foto: Divulgação

Personagem marcante das fileiras emedebistas de Canelinha e do Vale do Rio Tijucas, a ilustre advogada Elineide Lícia Martins — ex-presidente da subseção regional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e figura das mais conceituadas no meio — assumiu de vez o apoio ao ex-prefeito Antônio da Silva (PP) na concorrência majoritária da Cidade das Cerâmicas. Ela e o ex-mandatário, a propósito, sempre estiveram em trincheiras opostas; mas, agora, surpreendentemente, em campanha contra um candidato do MDB e um advogado, estão abraçados.

Doutora Lícia, como é conhecida popularmente, sublinhou, semana passada, em reunião política no bairro Índia, o desejo de ver Silva novamente no comando do município. Além da advogada, chamaram a atenção, ainda, as presenças, no encontro, do irmão de uma colegiada do atual governo e da filha de um vereador oposicionista.

Medalha de louvor

Postado em 3 de setembro de 2019
Foto: Divulgação

De Lima diretamente para a quadra de esportes do Colégio Planeta, em Tijucas. Nem a família conseguiu rever o paratleta Ymanitu Silva — que esteve no Peru por duas semanas, para a disputa dos Jogos Parapan-americanos — antes dos professores e alunos do educandário. Ele desembarcou ontem pela manhã em Florianópolis, e, pouco tempo depois, já estava rodeado de crianças estupefatas.

Many discursou, respondeu perguntas, recebeu muito carinho, além de medalhas confeccionadas pelos próprios estudantes e um troféu da escola em reconhecimento à garra e determinação com que leva a vida e a carreira esportiva.

Na foto, professores do Planeta emolduram o paratenista tijuquense e os mimos que ele recebeu na celebrada visita ao colégio.

Agressão na Câmara

Postado em 19 de junho de 2019

O vereador Heriberto Eurides de Souza (CIDA), de São João Batista, registrou um boletim de ocorrência por agressão contra o sapateiro Carlos Fraga Feller. O parlamentar teria sido atacado, e tomado um tapa no rosto, nos corredores da Câmara, assim que terminou de discursar, durante a sessão de segunda-feira (17).

De acordo com testemunhas, a confusão iniciou no pronunciamento de Souza, no uso da tribuna. Feller, da plateia, manifestou-se diversas vezes e chegou a chamar o vereador para a briga. A sessão já havia sido interrompida por cinco minutos e a polícia acionada antes do ocorrido.

ANTECEDENTES

Carlos Fraga Feller, conhecido popularmente por Calinho da Téta, já responde a um processo por agressão ao ex-vereador e ex-prefeito Vilmar Francisco Machado (CIDA) na campanha eleitoral de 2016.

Provocação

Postado em 21 de maio de 2019

Dona do decote mais polêmico dos últimos tempos, a ex-prefeita de Bombinhas e deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) preferiu ignorar a declaração do colega Jessé Lopes (PSL), dias atrás, na tribuna do Legislativo catarinense, de que “mulheres de saia ou decote provocam os estupradores”.

“Foi uma infelicidade da parte dele. E, francamente, nem quero dar ibope a esse tipo de comentário”, diz Paulinha, com exclusividade ao Blog.

Postura diferente, no entanto, teve a presidente do MDB Mulher em Santa Catarina e também deputada estadual Dirce Heiderscheidt, que emitiu nota de repúdio ao discurso do parlamentar peesselista. “É inadmissível que, nos dias atuais, enquanto tanto se discute feminicídio, assédio, violência contra a mulher e tantos outros desafios enfrentados por nós, um representante do povo, que deveria nos defender, vem a público afirmar que podemos ser culpadas por um crime tão brutal que fere e mata centenas de mulheres todos os dias no Brasil”, diz, no texto.

De ovo virado

Postado em 16 de maio de 2019

O vereador batistense Heriberto Eurides de Souza (PPS) roubou a cena, semana passada, na audiência pública sobre a “cratera de Tigipió”, em Major Gercino. Primeiro, não quis respeitar os três minutos preestabelecidos para os discursantes e disse, em alto e bom som, que ultrapassaria o tempo limite; e depois falou sobre tudo, das emendas parlamentares que “provocam a corrupção” ao “luxo” da Assembleia Legislativa, que “tem uma pessoa só para cuidar do elevador e apertar o zero, o um, o dois e o três” em comparação à escola onde estudou quando criança, menos da Rodovia SC-108, tema da reunião.

Interrompido pelo proponente da audiência, deputado estadual Altair Silva (PP) – com quem travou um cabo de guerra em São João Batista nas eleições de 2018, quando foi candidato ao parlamento catarinense –, Betinho largou o microfone abruptamente sobre a mesa e saiu cuspindo marimbondos. Pois, então?!

Legítima defesa

Postado em 23 de janeiro de 2019

No discurso e nos bastidores da assinatura do decreto que flexibiliza o porte de armas no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) encheu a bola do deputado federal reeleito Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento, de quem é muito amigo.

Bolsonaro confortou Peninha dizendo que o neotrentino não deveria se incomodar quando é pejorativamente qualificado como integrante da “Bancada da Bala” e, sim, se orgulhar de participar da “Bancada da Legítima Defesa”.

Metralhadora

Postado em 7 de novembro de 2017

O vereador Rudnei de Amorim (DEM) vem recebendo cumprimentos dos mais variados nas redes sociais por conta do eloquente discurso, ontem pela manhã, na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), a respeito da morosidade na resolução dos problemas do tráfego nas marginais da BR-101 em Tijucas. “Dezenas de reuniões já foram feitas. E nunca se apresenta uma solução. Só nos enrolam. Me causa estranheza que essa portaria existe desde março de 2015, e apenas em dezembro de 2016, entre Natal e ano novo, quando a cidade estava vazia, e na troca de governo, foram efetuadas as obras”, bradou o parlamentar.

Amorim criticou também o motivo das alterações no trânsito dos acessos à cidade e o desrespeito à principal empresa do município. “Desviaram 70% da nossa travessia para um shopping em Porto Belo, que nem está funcionando e nem sabemos se terá sucesso. Fizeram três pistas no acesso a Tijucas: duas em sentido Porto Belo e apenas uma para nós tijuquenses. Defendo a comunidade, os empresários e a Cerâmica Portobello, que detém quase 50% da nossa arrecadação, que tem mais de 2 mil funcionários, e que estes precisam acessar a cidade vizinha e retornar a Tijucas para poder trabalhar. Perdoem a minha indignação. Mas não é justo! Estamos de saco cheio!”, concluiu.

Arroto

Postado em 9 de agosto de 2016

Presidente do PSC em Tijucas, o vereador Jean Carlos de Sieno dos Santos pode ter perdido uma excelente oportunidade de emudecer, sexta-feira (5), na convenção municipal do PMDB. A frase “vamos dizimar o inimigo”, proferida em discurso pelo parlamentar, beirou a infelicidade extrema.

De acordo com os dicionários, “dizimar” significa provocar a morte (de grande número de pessoas). Termo nada convencional nos tempos atuais, sobretudo quando expressado por alguém que representa um partido socialista e, principalmente, cristão.

Filho pródigo

Postado em 9 de agosto de 2016

Pré-candidato à prefeitura de Tijucas pela oposição, o advogado Marcio Rosa (PSD) – que sonhava enfrentar Elmis Mannrich (PMDB) nos debates eleitorais –, sentiu-se em casa, sexta-feira (5), na convenção do PMDB. Iniciou um inflamado discurso falando em “saudade”, e terminou com as frases “tenho coração 15, sangue 15 e alma 15”, levando a militância ao frenesi.

Durante todo o evento, Rosa esteve na mesa protocolar, vestido de verde, com o “15” no peito, ao lado de peemedebistas históricos, como se ainda fosse o presidente do partido no município. Cena inimaginável semanas atrás; mas que a política, senhora das surpresas, é capaz de proporcionar à sua vasta carteira de espectadores. Pois, então?!