quarta-feira, 7 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ferida aberta

Postado em 7 de dezembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A deputada estadual reeleita Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, participou da live do jornalista Upiara Boschi ontem e não fugiu das questões polêmicas. Até mesmo as rusgas com o ex-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e a possibilidade de um reencontro com o desafeto na Assembleia Legislativa, foram temas da conversa.

“Não sou rancorosa. O ingrato da história foi o Emerson. Mas, se por ventura, ele estiver na Alesc, vai ter o meu respeito, meu apreço, minha educação e vai contar com minha parceria em tudo que for positivo para Santa Catarina. Agora, meu amigo como foi um dia, nunca mais será. Nesta encarnação, pelo menos. Porque a gente não precisa se decepcionar duas vezes com a mesma pessoa na vida”, respondeu a parlamentar.

No pleito de 2018, o ex-mandatário portobelense foi um dos principais apoiadores da campanha de Paulinha ao Legislativo estadual. A relação, entretanto, que era estreita e de colaboração, foi deteriorando ao tempo em que a recente postulação de Stein ao parlamento catarinense tomava corpo na região.

“Desejo tudo de bom para o Emerson. Ele tem qualidades, fez uma votação relevante, é uma liderança da região, mas para compadre não me serve mais”, finalizou a deputada.

Afastamento emergencial

Postado em 29 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (UNIÃO), licenciou-se do cargo emergencialmente. Sentiu-se mal nos últimos dias e decidiu se afastar da prefeitura para realizar uma bateria de exames durante a semana. Já passou, inclusive, por um teste de Covid.

Se não houver necessidade de cumprir quarentena, Dalago Müller deve voltar ao trabalho nesta quinta-feira (1º). Até lá, o município segue sob o comando do vice-prefeito Alexandre da Silva (PDT).

Com pesar

Postado em 23 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A sentida morte do jornalista Carlos Damião, com quem trabalhei no Notícias do Dia, da RIC, não passou despercebida na Assembleia Legislativa. E foi a deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, quem protocolou moção de pesar na Casa em razão do ocorrido.

Damião tinha 67 anos. Sofreu um acidente doméstico, quinta-feira (17), em casa, em Florianópolis, e não resistiu. Seu falecimento consternou familiares, amigos, colegas de profissão, lideranças políticas e sociedade catarinense. Era um comunicador nato, além de poeta e cronista.

Entre vizinhos

Postado em 7 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor do polêmico discurso sobre o revés eleitoral do ex-prefeito de Porto Belo e candidato a deputado estadual Emerson Stein (MDB), o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (UNIÃO), manifestou-se publicamente a respeito do assunto.

Em nota de esclarecimento, o mandatário bombinense disse que a versão divulgada foi tirada do contexto e interpretada de maneira equivocada. Mas admitiu o “desabafo” justificado, segundo ele, em “inúmeros ataques promovido pelo candidato e por pessoas do seu grupo político, inclusive prejudicando Bombinhas e ferindo a honra dos seus moradores”.

Dalago Müller pontuou, ainda, que se sentiu “traído por alguém a quem ofereceu apoio político e pessoal durante anos”, pediu desculpas à população de Porto Belo, e reafirmou o respeito pelo município vizinho e seu povo. “Nossa gente está unida pelo sangue, pela luta por mais dignidade e justiça”, finalizou o prefeito.

Segundo turno local

Postado em 5 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As disputas locais que afastaram a deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) e o ex-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), que eram muito próximos, ganharam novos contornos no fim das eleições, domingo (2). Na festa da vitória, o prefeito de Bombinhas e companheiro da parlamentar reeleita, Paulo Henrique Dalago Müller (UNIÃO), disse que seu “maior orgulho foi ver o ex-prefeito de Porto Belo derrotado na eleição”. Não tardou para que a declaração, gravada em vídeo, fosse amplamente disseminada nos grupos de conversação online da região e se transformasse em assunto principal das rodas sociais e balcões de botequim.

Stein, por sua vez, manteve-se resiliente. Não respondeu à polêmica e chegou a dizer, em entrevistas pós-eleição, que torcia pelo sucesso de Paulinha no mandato renovado e que sua intenção, com a candidatura ao parlamento, era a de aumentar a representatividade da região na Assembleia.

A coordenação de campanha do ex-mandatário portobelense, no entanto, não se conteve. Fez questão de enaltecer a votação do candidato na regional litorânea e retrucar que, entre Bombinhas e Tijucas, na concorrência íntima com a deputada estadual, ele saiu vencedor com diferença considerável. Somados os resultados nos quatro municípios, foram 15.554 votos para Stein e 10.538 para Paulinha.

Dever de casa

Postado em 3 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem não decepcionou, aliás, foi a deputada estadual reeleita Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, que garantiu a oitava posição geral na corrida ao parlamento catarinense com 58.694 votos e se manteve como representante única, genuína e residente da região do Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda no Legislativo barriga-verde.

Embora os apoiadores de Paulinha conjeturassem uma votação extraordinária, próxima dos 100 mil, ela, ainda assim, superou a marca de 2018 em mais de 7 mil votos e liderou com sobras a lista de postulantes do PODEMOS à Assembleia. As exceções, mais uma vez, vieram da “avalanche bolsonarista” no Estado, com as eleições de nada menos que 11 deputados estaduais do PL.

Um revés, entretanto, ficou na performance da parlamentar como cabo eleitoral. Durante toda a campanha, ela tentou emplacar a reeleição do governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), que sequer alcançou o segundo turno. Fato que, a propósito, considerado o fraco desempenho do chefe do Executivo estadual, pode ter, inclusive, refletido negativamente na colheita pessoal da ex-prefeita de Bombinhas nestas eleições.

Frente dupla

Postado em 21 de setembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Não se sabe o que a deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) quer mais: a reeleição dela ou a do governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS). Em todas as ações de campanha que promove, o apelo para a recondução do chefe do Executivo catarinense ao Centro Administrativo tem sido uma prioridade nos discursos da parlamentar.

Considere-se, entretanto, que Paulinha mantenha amplo favoritismo para seguir entre os 40 deputados estaduais na próxima legislatura — e com gordura para queimar, segundo os prognósticos —; e que Moisés, que já esteve em situação semelhante, venha oscilando na reta final das eleições.

Na mais recente mobilização da ex-prefeita de Bombinhas, ela pede que os seus mais de 70 mil seguidores nas redes sociais estimulem amigos a conhecerem o trabalho realizado por ela e pelo governador em Santa Catarina durante o mandato vigente. “Vamos levar essa mensagem para frente”, provocou a deputada na postagem.

Opção caseira

Postado em 23 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Candidato a deputado estadual, o tijuquense Diocélio Adelino dos Santos (SOLIDARIEDADE) visitou, ontem, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) no primeiro gabinete do paço para apresentar as propostas que tem para Tijucas caso seja eleito. O presidente estadual do SOLIDARIEDADE, ex-deputado federal Osvaldo Mafra, participou da conversa.

 

Dio, como prefere ser chamado, no entanto, chega tarde para uma parceria eleitoral com Mariano Rocha e equipe. A administração municipal já foi mapeada em função das candidaturas da atual deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) e do ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), ao parlamento catarinense — com maior adesão de secretários e servidores ao projeto da ex-prefeita de Bombinhas.

Dia “D”

Postado em 15 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com expectativa de receber mais de 3 mil convidados, a deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) programou para sábado (20), às 15h, no suntuoso Music Park BC, em Balneário Camboriú, o lançamento oficial da campanha de reeleição ao parlamento catarinense. Aos mais próximos, a ex-prefeita de Bombinhas conta que já tem, na numerosa lista de presenças confirmadas, lideranças de praticamente todos os municípios de Santa Catarina e dos mais variados partidos. A mais importante, evidentemente, é a do governador e também candidato à reeleição Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), um dos primeiros a garantir participação no evento.

O encontro deve seguir modelo semelhante ao promovido em Canelinha meses atrás, quando Paulinha conseguiu atrair cerca de 700 prefeitos, vereadores, secretários municipais e de Estado, e líderes políticos de todas as searas barrigas-verdes.

Toma lá, dá cá

Postado em 2 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma postagem enigmática da deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) nas redes sociais atiçou a curiosidade dos seguidores da ex-prefeita de Bombinhas. No Twitter, ela reproduziu o adágio “pau que dá em Chico, dá em Francisco”, antes de dizer que “tem Deus para corrigir as injustiças”. O motivo da publicação, no entanto, não foi revelado.

As especulações, contudo, apontam para as rusgas recentes entre Paulinha e o colega de parlamento Bruno Souza (NOVO), que vem criticando duramente o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) e aliados, e que teve, recentemente, a vida devassada publicamente por um familiar. No Instagram, o deputado foi acusado por um irmão de crimes como lavagem de dinheiro, omissão de bens, falsificação de documentos e agiotagem.

IMPULSO

Espavorido com as acusações, o ex-prefeito de Governador Celso Ramos e pré-candidato a deputado estadual Juliano Duarte Campos (PSB) foi mais um que registrou, em comentário nas postagens do irmão do parlamentar, o desejo de encontrar Bruno Souza no plenário da Assembleia Legislativa a partir de 2023.

O embate, entretanto, deve ficar para outra oportunidade. Souza já anunciou candidatura a deputado federal nestas eleições.