segunda-feira, 6 de julho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

“Abrimos as portas para o PP”

Postado em 25 de maio de 2020

Adversários no pleito de 2016, os progressistas já estão instalados na atual gestão de Porto Belo e devem participar do projeto de reeleição do prefeito Emerson Stein (MDB). Décimo convidado do Linha de Frente, na VipSocial TV, quinta-feira (21), o mandatário portobelense falou da aproximação com o ex-vice-prefeito Giovanni Voltolini, da composição com o PP para a próxima concorrência municipal e, entre outros temas, da rivalidade com o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT).

Stein revelou, ainda, que tem monitorado frequentemente o cenário eleitoral da Capital Catarinense dos Transatlânticos e que, segundo as pesquisas, o governo tem níveis de aprovação extremamente satisfatórios. “Uma gestão se mede pela rotatividade. Até hoje, precisamos trocar apenas um secretário”, pontuou o chefe do Executivo. Assista à íntegra do programa:

Programa de entrevistas no formato talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Números

Postado em 21 de maio de 2020

Pesquisadores do ICP (Instituto Catarinense de Pesquisas) foram vistos, dias atrás, em bairros e localidades estratégicas de Porto Belo. Conjetura-se que o levantamento tenha sido contratado pelo prefeito e pré-candidato à reeleição Emerson Stein (MDB), que monitora frequentemente a cena eleitoral da Capital Catarinense dos Transatlânticos. Os resultados, entretanto, provavelmente já conhecidos, são apenas para uso interno e não serão publicizados.

Stein, a propósito, vem hoje ao programa Linha de Frente, na VipSocial TV, às 19h30, e deve responder, entre outros temas, sobre as pesquisas e chances de sucesso nas próximas eleições. Quem viver, verá!

Camarão estragado

Postado em 6 de maio de 2020

Presente no calendário oficial do Estado, o tradicional Festival do Camarão, em Porto Belo, sucumbiu, neste ano, à queda na arrecadação do município e às incertezas da pandemia Covid-19. O prefeito Emerson Stein (MDB) e o vice, Elias Cabral (PSD), comunicaram hoje o cancelamento do evento, que aconteceria em outubro. Com a dirimição da festa, a prefeitura pretende economizar R$ 400 mil, que serão destinados prioritariamente à Saúde municipal.

“Para que possamos preservar a saúde da população e também a saúde financeira do município, precisamos tomar essa decisão. Não sabemos o que esperar dessa pandemia, e isso nos preocupa. É com muita tristeza, mas bastante tranquilidade que decidimos não realizar o evento neste ano”, explicou o prefeito. Com a baixa, a eleição da rainha e das princesas do Festival do Camarão — outra iniciativa de sucesso comprovado na Capital Catarinense dos Transatlânticos — também foi cancelada.

Top ten

Postado em 27 de abril de 2020

A atuação dos chefes dos Executivos de todos os municípios brasileiros vem sendo posta à prova no site Prefeitos.org. A partir dos resultados, medidos em estrelas, de 1 a 5, a página exibe os 50 mais bem colocados em todo o território nacional. E a região tem representante na lista.

Em décimo lugar, com mais de quatro estrelas, aparece o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB). A votação continua aberta. Até a publicação desta nota, 211 pessoas haviam avaliado o mandatário portobelense.

Toma lá, dá cá

Postado em 21 de abril de 2020

A postagem da vereadora Rosaura de Oliveira Rodrigues (PT) no Facebook, que cobrava a distribuição da merenda escolar às famílias de alunos da rede pública em situação de vulnerabilidade, gerou, na mesma rede, resposta imediata do prefeito Emerson Stein (MDB). De acordo com a parlamentar, “a merenda já estava comprada, com dinheiro público, e nada mais justo que distribuí-la nesta situação, que é emergencial”. O chefe do Executivo portobelense classificou a publicação como “politicagem”.

Stein pontuou que a medida foi incessantemente discutida e que “o município esteve em contato direto com a Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí) e com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação para tirar dúvidas sobre a lei 13.987/2020, de 7 de abril, que possibilita a distribuição da merenda escolar para famílias carentes”.

Por fim, o prefeito escreveu que “se fosse possível, faria isso (a distribuição da merenda) desde o primeiro dia (de quarentena)” e que “se (os críticos) estivessem na cidade ajudando as pessoas, participando efetivamente do enfrentamento da crise, talvez esses ‘questionamentos’ não existissem”.

 

Por necessidade

Postado em 19 de março de 2020
Foto: Divulgação

O empresário Romário Luiz Tancredo (D) assinou filiação ao Republicanos e lançou pré-candidatura a prefeito de Porto Belo nestas eleições. É a segunda vez consecutiva que ele se dispõe ao pleito majoritário da Capital Catarinense dos Transatlânticos. Em 2016, pelo PSDB, somou 831 votos.

Na foto, com Tancredo, estão, ainda, o vereador Jonatha Cabral (ex-PT) — que também se transferiu para o Republicanos — e o secretário geral do partido em Santa Catarina, Nelson Custódio da Silva.

URGÊNCIA

A aposta no popular Romário da Farmácia vem da necessidade de enfrentamento ao atual prefeito e pré-candidato à reeleição Emerson Stein (MDB). Setores da oposição, pouco a pouco, vêm esmorecendo sobre a possibilidade de candidatura do ex-prefeito Evaldo Guerreiro Filho (PT), que, teoricamente, seria o principal adversário da chapa governista no pleito de outubro.

Nomes à disposição

Postado em 26 de fevereiro de 2020

Na litorânea Porto Belo, a oposição considera lançar o ex-presidente da Fundação de Turismo, Vilson Jaques, na concorrência majoritária que se aproxima. O nome da vereadora Rosaura de Oliveira Rodrigues (PT) é outro em stand-by para a corrida ao paço municipal.

Entre os governistas, porém, existe uma certeza: o candidato adversário deve ser o ex-prefeito Evaldo Guerreiro (PT); e qualquer especulação acerca de outros postulantes objetiva única e exclusivamente a despolarização da disputa.

SITUAÇÃO

No grupo situacionista, tudo definido. O prefeito Emerson Stein (MDB) e o vice-prefeito Elias Cabral (PSD) concorrem novamente, com a mesma formação, no pleito de outubro. E comemoram a adesão do PP, do ex-vice-prefeito Giovani Voltolini, ex-aliado do PT na Capital Catarinense dos Transatlânticos.

Três vezes quinze

Postado em 14 de janeiro de 2020

Nas eleições de 2016, em Porto Belo, o MDB e o PSDB estiveram em trincheiras opostas. E, pelo jeito, continuam rivalizando. Tanto que o prefeito Emerson Stein (MDB) comemorou 45 anos na semana passada, com festa aberta à comunidade, e se esquivou das propagandas ao número dos tucanos no convite.

Para celebrar a nova idade, Stein publicou, no material, que estava completando “15+15+15” primaveras. Pois, então?!

Clima natalino

Postado em 17 de dezembro de 2019
Foto: Divulgação

O prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e o vice-prefeito Elias Cabral (PSD) trouxeram Papai Noel Mamãe Noel, semana passada, para a abertura oficial do verão na Capital Catarinense dos Transatlânticos.

E o que tem a ver os símbolos do Natal com a alta temporada e o turismo? Em Porto Belo, tudo. Nos últimos anos, a cidade vem se destacando, nesta época, pela decoração natalina da Praça da Bandeira, que tem arrancado elogios tanto de moradores quanto de visitantes; e se transformou em tradição.

Manda Brasa unido

Postado em 3 de dezembro de 2019
Foto: Léo Nunes

Coube ao prefeito de Porto Belo, Emerson Stein, a organização e recepção no terceiro Encontro de Prefeitos e Vices Emedebistas, sábado (30), no Hotel Morro do Sol, na Capital Catarinense dos Transatlânticos. O evento, apinhado de expoentes do partido — como o ex-governador Eduardo Pinho Moreira, o senador Dário Berger e o prefeito de Joinville, Udo Döhler (todos na foto) — teve, ainda, palestra do ministro da Cidadania, Osmar Terra, como ponto alto.

Das 295 prefeituras catarinense, o MDB governa 102 e tem 67 vice-prefeitos. O encontro serviu, sobretudo, para programar as eleições de 2020 e apresentar os cases de Stein e Döhler, que o partido considera modelos de sucesso.