sábado, 6 de junho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Agenda trocada

Postado em 18 de novembro de 2019
Foto: Dirleni Dalbosco

No momento em que o empresário brusquense Luciano Hang palestrava em São João Batista, segunda-feira (11), o prefeito da Capital Catarinense do CalçadoDaniel Netto Cândido (PSD), devolvia a visita e se acomodava no plenário da Câmara Municipal de Brusque para ouvir o ex-governador do Rio Grande do Sul e ex-senador Pedro Simon no Ciclo de Conferências Magnas Temáticas, que marca o Bicentenário da Independência do Brasil e da fundação do Império.

O ciclo, idealizado em 2015, teve início em solo batistense no ano seguinte, com a participação de Dom Bertrand de Orleans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel. O historiador Paulo Kons — que trabalha para que São João Batista, com a Colônia Nova Itália, seja reconhecido pioneiro da imigração italiana no Brasil — é o principal organizador do evento.

Finaliste double

Postado em 11 de junho de 2019
Foto: Divulgação

Na foto, para ver, rever e se orgulhar, o tijuquense Ymanitu Silva posa com o troféu de vice-campeão do torneio de duplas, em Roland Garros, na França, e com a famosa Torre Eiffel ao fundo. Ele foi o primeiro brasileiro em cadeiras de rodas a participar de um Grand Slam do circuito mundial de tênis; e teve, na torcida, nada menos que o tricampeão Gustavo “Guga” Kuerten.

Many continua na Europa para a disputa de mais três torneios classificatórios. Antes de Roland Garros, ele ocupava a oitava posição no ranking mundial – já credenciado para os Jogos Parapan-Americanos deste ano em Lima, no Peru, e muito próximo das Paralimpíadas de Tóquio, no Japão, em 2010.

Verdadeira história

Postado em 4 de abril de 2019
Foto: Dirleni Dalbosco/Divulgação

Ações na PGR (Procuradoria-Geral da República), no STF (Supremo Tribunal Federal) e na Assembleia Legislativa deram sequência, ontem, ao movimento “Non si può negare la storia, la vera storia! (Não se pode negar a história, a verdadeira história!)”, que pretende corrigir o erro da Lei Federal 13.617/2018 – que atribui ao município de Santa Tereza, no Espírito Santo, o título de Pioneiro da Imigração Italiana no Brasil.

De acordo com o historiador Paulo Vandelino Kons, que é o coordenador do movimento, e de todos os integrantes da Adanpib (Associação dos Descendentes e Amigos do Núcleo Pioneiro da Imigração Italiana no Brasil), o título, de fato, pertence à Colônia Nova Itália, em São João Batista.

Na foto, o abraço de gratidão e amizade do prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) no presidente do Legislativo catarinense, deputado Júlio Garcia (PSD), que encampou a luta.