terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Time escalado

Postado em 22 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Agora é oficial. O vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD), de Bombinhas, será o candidato do grupo governista à sucessão do prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD). A confirmação veio ontem à noite, na convenção partidária da chapa.

O PSD, do candidato a prefeito, terá a companhia do PODEMOS, que indicou o postulante à vice-prefeitura, José Antônio “Tonho” Olímpio, além do UNIÃO BRASIL e do Progressistas, na formação da conjuntura eleitoral.

“É uma missão e uma responsabilidade muito maior, mas eu tô preparado para continuar esse trabalho. Fico feliz de ser escolhido por todos os partidos e de forma unânime. Isso é um reflexo do trabalho que faço há 16 anos. Coração transborda de alegria”, disse Silva ao Blog.

“É a continuidade de um trabalho que começou com a Paulinha, lá em 2012, quando começou esse trabalho com grandes obras e realizações, e agora com o Paulinho. Com o apoio dos dois, vamos fazer uma Bombinhas melhor”, resumiu Olímpio.

PREPARAÇÃO PRÉVIA

O mandatário bombinense, responsável direto pela indicação do adjunto para a disputa do pleito, explicou que a escolha foi fruto de um planejamento prévio e, ainda, da escolha da comunidade.

“É o Alexandre porque nos acompanhou, foi meu chefe de Gabinete, a gente preparou ele pra isso. Muitas vezes, o próprio governo não consegue definir o candidato porque não o prepara. Gestão pública é transformação, mas também é planejamento. A escolha deles é por conta da continuidade e a população já estava acostumada com os dois”, justificou Paulinho

MADRINHA ATIVA

A deputada estadual Ana Paula da Silva prometeu participar ativamente do processo eleitoral, sobretudo nos eventos públicos e agendas dos candidatos, além de assumir a missão de contribuir com a coordenação da campanha.

“Eleição é guerra. Não existe eleição ganha e tem muito trabalho pela frente. Eu vou trabalhar na coordenação da campanha e quero me fazer muito presente nas reuniões. Vou procurar estar nas caminhadas, reuniões públicas e, claro, como eleitora, votando no time”, frisou a parlamentar.

Pontapé eleitoral

Postado em 20 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD), de Bombinhas, deve ser oficializado como candidato a prefeito do grupo governista, logo mais, em convenção partidária. O encontro deve chancelar, também, o nome do vereador José Antônio “Tonho” Olímpio (PODE) para a disputa da vice-prefeitura na chapa.

Se nenhuma surpresa acontecer, a audiência, agendada para às 19h30, no Shopping Russi & Russi, também oficializará a coligação formada por PSD, UNIÃO BRASIL, PODEMOS e Progressistas.

Além da confirmação da dupla que concorrerá à prefeitura bombinense, também serão escolhidos os nomes que disputaram uma das nove cadeiras da Câmara de Vereadores.

Consenso

Postado em 15 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A chapa que tentará a sucessão do governo de Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), o Paulinho, de Bombinhas, está praticamente definida e aguarda somente a chegada do prazo do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para ser oficializada.

O vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) deve ser o indicado, conforme já se especulava há muito tempo. Entretanto, foi confirmada, na noite da última sexta-feira (12), a adesão do PODEMOS ao projeto, presidido em Santa Catarina pela deputada estadual Ana Paula da Silva, a Paulinha.

O vereador e ex-chefe de Gabinete, José Antônio Olimpio, o Tonho Olimpio, foi o escolhido para concorrer à vice-prefeitura, com o aval do atual mandatário e da parlamentar bombinense, em consenso com os demais integrantes do grupo.

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Afastamento

Postado em 27 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Diagnosticado com um câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, deve se licenciar do cargo a partir desta quinta-feira (27), para a realização de um procedimento cirúrgico. 

Paulinho ficará afastado por 10 dias e transmitirá a chefia do Executivo municipal ao vice-prefeito Alexandre da Silva. Em comunicado, o mandatário afirmou que “ficará em recuperação” durante o período. 

Malas prontas

Postado em 25 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A ex-prefeita de Bombinhas e deputada estadual Ana Paula da Silva não vai permanecer por muito mais tempo no PODEMOS. Ela deve usar a próxima janela de transferências partidárias, em abril, para assinar a filiação ao PSD.

Do mesmo grupo, o companheiro e prefeito Paulo Henrique Dalago Muller, que se reelegeu no DEM, já migrou para o PSD; e o vice-prefeito e pré-candidato à sucessão municipal Alexandre da Silva, que estava no PDT, revelou, em recente entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na TV Vip, que vai seguir o mesmo caminho.

Paulinha tem muita proximidade com o colega de parlamento Júlio Garcia (PSD) – uma das figuras mais importantes da atualidade na política catarinense –, relação que teve peso fundamental na decisão. A adesão tem sido especialmente comemorada nas internas do partido, no Estado e na região.

Postulante à sucessão

Postado em 20 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Não há no horizonte do vice-prefeito Alexandre da Silva (PDT), de Bombinhas, qualquer razão que o faça abdicar de concorrer ao cargo de prefeito, em 2024. O ex-secretário de Saúde bombinense, inclusive, é apontado como a única opção do grupo governista para a sucessão de Paulo Henrique Dalago Muller (PSD).

O próprio adjunto revelou, ontem, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, que as motivações são várias. Entre elas, está o desejo de dar continuidade a um governo exitoso – iniciado com Ana Paula da Silva (PODE), em 2013 -, além dos números positivos levantados em pesquisas de avaliação popular.

“Quem vai ter coragem de mudar esse modelo de gestão de Bombinhas que se iniciou lá em 2013? Bombinhas teve uma transformação. As entregas e melhorias estão lá pra todo mundo ver”, afirmou Silva.

Faz o 55

Ainda filiado ao PDT, Alexandre da Silva está com as malas prontas para desembarcar no PSD. O partido, que recentemente contou com a adesão do prefeito, vem se estruturando para a disputa das eleições municipais.

“Está bem encaminhado com o PSD, onde o prefeito Paulinho já está. O caminho provavelmente será esse. Temos alguns partidos na caminhada, conversamos com todos, mas eu devo seguir no PSD”, confirmou.

Nova chefia

Postado em 3 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (sem partido), de Bombinhas, oficializou ontem seu novo chefe de Gabinete. O escolhido foi o vereador de inclinação governista José Antônio Olímpia (União Brasil), mais conhecido como “Tonho Olímpio”.

Com dois mandatos consecutivos no parlamento bombinense, Olímpia precisou se licenciar do cargo, após seis anos e nove meses de atuação. O novo chefe de Gabinete é servidor público efetivo e, entre 2015 e 2016, atuou como diretor de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Bombinhas.

No primeiro dia na nova função, Olímpia foi recebido pelo mandatário bombinense e pelo vice-prefeito Alexandre da Silva (PDT). A vaga deixada na Câmara de Vereadores será preenchida pelo suplente Ernani Mateus da Silva (União Brasil).

Nome quase certo 

Postado em 10 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O nome do vice-prefeito e secretário de Saúde de Bombinhas, Alexandre da Silva (PDT), continua com amplo favoritismo para representar o grupo governista no pleito de sucessão ao prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (sem partido), em 2024. 

Silva mantém boa relação com o atual mandatário e, também, com a deputada estadual e ex-prefeita bombinense, Ana Paula da Silva (PODE). Paulinha, aliás, confirmou, dias atrás, no LINHA DE FRENTE, a preferência pelo adjunto. 

“Hoje, o Alexandre se habilita não por ser o vice. E sim, porque nas pesquisas de opinião, ele, disparadamente, é o que tem a melhor avaliação e a melhor condição de assumir a cidade. Se será ele, não posso responder. O desenho hoje é para que o Alexandre ocupe esse espaço. Ele tem a minha aprovação e minha total confiança”, justifica. 

Estatística

A escolha, a propósito, não estaria baseada em proximidade ou no bom trânsito da relação. Paulinha pondera que os resultados das pesquisas de opinião pública, realizadas regularmente no município, mostram um “recado da sociedade” e avalia que o pedido deve ser atendido. 

“A cidade não é minha e nem do Paulinho. É de um coletivo de pessoas. Tem que ter delicadeza pra ouvir o recado que a sociedade transmite. A gente faz pesquisas com muita frequência, porque tememos ser traídos pelo nosso coração. Não adianta eu escolher A, B ou C, se a cidade não pensa assim”, explica. 

Afastamento emergencial

Postado em 29 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (UNIÃO), licenciou-se do cargo emergencialmente. Sentiu-se mal nos últimos dias e decidiu se afastar da prefeitura para realizar uma bateria de exames durante a semana. Já passou, inclusive, por um teste de Covid.

Se não houver necessidade de cumprir quarentena, Dalago Müller deve voltar ao trabalho nesta quinta-feira (1º). Até lá, o município segue sob o comando do vice-prefeito Alexandre da Silva (PDT).