quarta-feira, 18 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Exoneração

Postado em 5 de junho de 2019

O autointitulado secretário geral do PSL em Tijucas, Daniel Umbelino, deixou de constar na lista de assessores do deputado estadual Felipe Estevão (PSL) na Assembleia Legislativa. Era um dos cargos sob indicação do servidor público municipal Renato Sartori, de Tijucas, que chegou a presidir uma comissão provisória do partido no município e apoiou o parlamentar nas eleições de 2018.

Assim que Sartori perdeu o comando do partido, Umbelino perdeu o emprego.

Repúdio desatinado

Postado em 22 de junho de 2017

Em texto vago e farto de inadvertências ortográficas, encaminhado ontem ao blog e repercutido nas redes sociais, o tenro e volúvel Daniel Umbelino que se autodefine como “jovem da melhor qualidade, de origem familiar ilibada e com conceitos e postura dignas em qualquer atividade”, e que assina, ainda que em contrariedade aos registros no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), como secretário geral do PEN (Partido Ecológico Nacional) em Tijucas exige, em nome do partido, publicação de “nota de repúdio” contra o Blog do Léo Nunes em atenção à publicação sob o título “Casaca virada“, de anteontem.

Umbelino, em desfrute da comissão provisória do PEN no município, garante que o presidente da legenda, Renato Sartori, e “todos os membros da atual diretoria” reivindicam respeito ao “LIVRE ARBITRE” provavelmente em referência ao livre arbítrio, como prega a gramática e concluem que a captura do “secretário geral” é motivo para “satisfação e regozijo do partido”.

Curiosamente, em atenção ao blog, Sartori assegura que desconhece e que sequer autorizou a mencionada nota de repúdio. “Não permiti que ninguém fizesse algo nesse sentido”, revela o presidente da comissão provisória. O vice-presidente Ademar Campos também estranha a iniciativa. “Nem estou sabendo disso”, garante.

De algo, porém, tem-se certeza: se os responsáveis pelo PEN de Tijucas procuravam elevar a reputação do partido nos quesitos controvérsia e desvario, parecem ter encontrado o personagem adequado para a função. O autor dessa fastidiosa invencionice traz tudo o que se condena na classe política atual: a mentira, a dissimulação, a nocividade e o descrédito.

Casaca virada

Postado em 20 de junho de 2017

Causou grande alvoroço nas redes sociais a apresentação, em foto, pelo servidor público municipal Renato Sartori, do inconstante Daniel Umbelino como secretário do PEN em Tijucas. Na sequência do registro, choveram comentários incrédulos; alguns sobre a instabilidade comportamental do rapaz, outros a respeito de caráter, de falta de hombridade e personalidade; e não faltaram também adjetivos tacanhos do tipo “baba ovo” e “abobado”.

Umbelino colhe o que vem semeando há tempos. Antes defensor ferino da ex-vereadora Lialda Lemos (PSDB) nas contendas políticas contra os governos do PMDB, descobriu-se periquito de coração e passou a bendizer o ex-prefeito Valério Tomazi (PMDB) de quem se julgava amigo íntimo até declarar incondicional lealdade ao candidato peemedebista nas eleições majoritárias de 2016, Elmis Mannrich (PMDB), e hostilizar, constante e publicamente, especialmente no Facebook, eleitores e simpatizantes adversários.

Atualmente, o PEN integra a base de governo do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD). Motivo suficiente para que o garoto passasse, nas últimas incursões na web, a devotar elogios à administração municipal e, sobretudo, às ações da Secretaria de Obras, Transportes e Serviços Públicos, onde Sartori serve. Pois, então?!