terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Oficializado

Postado em 12 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Uma comitiva da executiva nacional do Partido Novo, liderada pelo presidente Eduardo Rodrigues Fernandes Ribeiro, esteve em Tijucas, noite passada, para oficializar o apoio ao projeto do PL pela conquista da prefeitura.

A participação da legenda na chapa liberalista, conforme antecipado pelo Blog dias atrás na nota Aliado, foi engenhosamente costurada pelo vereador e pré-candidato a vice-prefeito, Fernando Fagundes.

O parlamentar, aliás, esteve junto do empresário e pré-candidato a prefeito liberalista, Thiago Peixoto dos Anjos, na recepção ao grupo novista. Na conjuntura, o Novo deve indicar uma nominata completa de postulantes ao Legislativo, mas não terá representação na chapa majoritária.

Retorno

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Passados 50 dias do diagnóstico de câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, está de volta ao comando do Executivo municipal, depois de passar por um procedimento cirúrgico.

Paulinho ficou afastado das funções por 12 dias. Neste período, o vice-prefeito Alexandre da Silva (PSD) assumiu a função. Nesta segunda-feira (8), o mandatário reassumiu a prefeitura e foi recebido por parte da equipe da gestão.

“Estou de volta com o coração cheio de gratidão e determinação. Foram 12 dias desafiadores, mas voltei com ainda mais vontade de melhorar nossas vidas. Agradeço imensamente pelo apoio e carinho que recebi”, escreveu Paulinho nas redes sociais.

Descarte 

Postado em 5 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Embora nunca houvesse confirmado publicamente o desejo, o ex-comandante da Polícia Militar no Vale do Rio Tijucas, coronel Éder Jaciel de Souza Oliveira, sempre esteve disposto a contribuir com a política tijuquense. Nos bastidores, aliás, especulava-se a possibilidade do militar concorrer à vice-prefeitura. 

Durante uma entrevista ao VipSocial, nesta semana, o policial, que acaba de ingressar na reserva remunerada, revelou que ocorreram tratativas sobre o tema, mas que as chances foram rechaçadas por “lideranças políticas locais”. 

“Eu sou muito amigo de um vereador de Tijucas. Chegamos a pensar em ajudá-lo como vice e construir algo na parte de ordem pública. Só que as lideranças políticas locais não me querem. Os caras não querem. Tudo bem, tô tranquilo. Queria ajudar. Conversamos bastante sobre isso”, afirmou. 

O Blog apurou que o “vereador” citado na entrevista é o presidente do Poder Legislativo, Rudnei de Amorim (PSD), que nutre relações estreitas com o militar e contava com o seu apoio no projeto eleitoral. 

Chá revelação

Postado em 4 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PSD), de São João Batista, não tem dúvidas de que é novamente candidato à chefia do Executivo municipal e reafirmou essa intenção através das redes sociais.

Cândido confirmou que segue em conversas com o MDB para uma eventual composição, embora o prefeito Pedro Alfredo Ramos tenha a intenção de concorrer à reeleição e conte com o apoio de parte da cúpula emedebista.

“Diferente do que estão falando, a minha pré-candidatura continua. Estamos em conversação com o MDB. O prefeito Pedroca tem dito que quer ser candidato e é um direito dele, assim como é um direito meu ser pré-candidato. As conversações estão acontecendo e temos até o fim do mês para decidir as candidaturas. A minha está mantida”, explicou o deputado estadual suplente.

REVELAÇÃO

O ex-mandatário batistense revelou ainda o que chamou de “segredinho”. Cândido garantiu que, se eleito for, cumprirá os quatro anos integralmente no cargo e rechaçou qualquer chance de renunciar para disputar as eleições gerais de 2026.

“Os palpiteiros têm dito que se o Daniel for prefeito vai ficar apenas dois anos na prefeitura. Não é verdade. Eu nunca brinquei de ser prefeito. Se assim for a vontade do povo, se nossa pré-candidatura tiver êxito, serei prefeito 24h por dia, sábado, domingo e feriado, pelos quatro anos”, disse.

Ponto final

Postado em 4 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se as eleições municipais de outubro fossem antecipadas para a tarde desta terça-feira (4), o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, não concorreria à reeleição. “Não serei candidato”, declarou o mandatário, em atenção ao Blog.

Pedroca decidiu que terminará a gestão em dezembro e dará por encerrada a carreira política. “Estou muito orgulhoso do que fiz em São João Batista. Agora vou cuidar da minha saúde, da minha família e curtir o resto da minha vida bem e com tranquilidade”, revelou.

Durante o processo eleitoral, Ramos pretende se manter isento e garante que não apoiará nenhum candidato à chefia do Executivo municipal. “Vou votar e voltar para minha casa. Não sou candidato e não apoiarei ninguém”, frisou o mandatário.

REUNIÃO COM O PT

Circulou nas rodas de conversa sobre a política batistense um possível encontro entre o prefeito e a executiva municipal do PT. Ao Blog, Pedroca confirmou que houve a reunião, principalmente para atender ao pedido da deputada federal Ana Paula Lima (PT) que, segundo o prefeito, “ajudou muito” o município.

“Tenho muita gratidão pela Ana Paula Lima. Ela ajudou muito São João Batista. Já recebemos R$ 16 milhões através dela e de outros deputados federais e estaduais, como meus amigos Carlos Chiodini, Rafael Pezenti e Jerry Comper, do MDB, Ismael dos Santos e Ricardo Guidi, do PSD, da senadora Ivete Appel da Silveira, do próprio governador Jorginho Mello… Isso me deixa muito grato. Recebi os membros do PT como prefeito. Nessa função, tenho a obrigação de receber qualquer cidadão que queira conversar com o prefeito”, explicou.

Tira cá, põe lá

Postado em 26 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A lacuna que se abriu com o distanciamento entre o PL e o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) pode ser devidamente preenchida. O interesse em um acordo parece mútuo para a regência liberalista em Tijucas e o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB). As negociações têm se intensificado nos últimos dias.

Os entraves, em princípio, seriam os projetos e as expectativas para as eleições de outubro. Uma vez que o PL tem três pré-candidatos a prefeito, Mannrich, por ora, não abre mão da cabeça de chapa. Mas as conversas devem continuar até que uma das partes decida ceder.

Como trunfo, os liberalistas teriam um cargo de alto escalão no governo de Jorginho Mello para oferecer ao ex-prefeito em troca do apoio do MDB. Mannrich, caso aceitasse, ficaria entre os coordenadores de campanha, ou, na melhor das hipóteses, a depender de consenso, candidato a vice-prefeito.

Uma colocação estratégica no governo estadual não seria novidade para o ex-chefe do Executivo tijuquense. Entre 2015 e meados de 2021, Mannrich vagueou por autarquias como Imetro-SC (Instituto de Metrologia de Santa Catarina) e Aresc (Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina), sempre em postos de comando, durante as gestões de Raimundo Colombo (PSD), Eduardo Pinho Moreira (MDB) e Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS).

ÚLTIMO ATO

Cientes das tratativas com a principal força de oposição, e na tentativa derradeira de uma reaproximação, interlocutores da administração municipal teriam sondado lideranças do PL sobre a possibilidade de uma retomada. As respostas foram claras e concisas: “neste momento, não”.

Adesão

Postado em 12 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O projeto de candidatura à prefeitura de São João Batista, construído pelo empresário Felipe Lemos (PL), pode receber o apoio de uma importante liderança política de Santa Catarina: o ex-deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça.

Lemos e Peninha estiveram reunidos, no início da semana, na Capital Catarinense do Calçado. Fontes do Blog garantem que o ex-parlamentar vê o nome do engenheiro ambiental com bons olhos e estaria disposto, inclusive, a apoiá-lo no pleito.

Embora seja ligado ao MDB, Peninha possui laços estreitos com a alta cúpula do PL, em especial, com o ex-presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Tanto que se comprometeu a organizar, em breve, um encontro entre Bolsonaro e Lemos.

Doce apoio

Postado em 19 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Será apreciado pela Câmara de Vereadores de Canelinha, logo mais, um projeto de Lei de autoria do Poder Executivo que pretende contribuir financeiramente com melhorias habitacionais do município, garantindo habitabilidade, segurança, salubridade e acessibilidade em moradias de famílias de baixa renda.

O “Doce Lar” concederá R$ 2.000,00 ao cidadão que comprovar a necessidade. A quantia, entretanto, só poderá ser usada para a compra de produtos no próprio comércio canelinhense ou, em caso de contratação de mão de obra.

Segundo o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), mais de 300 pessoas estão cadastradas para receber auxílios da Assistência Social. “Essas pessoas precisam do nosso apoio. Além de ajudá-las a ter uma moradia mais digna e segura, o Doce Lar ajudará a movimentar a economia local. É certamente um dos maiores projetos já desenvolvidos em Canelinha”, afirmou o mandatário.

Lideranças canelinhenses alinhadas ao governo têm pedido, em encontros públicos ou nas redes sociais, que o projeto seja votado ainda em 2023, mais precisamente, na última sessão do Legislativo, marcada para hoje. A primeira-dama Elaine Busnardi, a propósito, é uma das “garotas-propagandas” do Doce Lar.

Condição

Postado em 7 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Na primeira entrevista como político, o empresário Rafael Souza, popular Rafa da Cacau Show, garantiu que se eleito vereador por Tijucas em 2024 doaria os subsídios que recebesse durante a legislatura. “Não preciso da política para viver. Então, nem salário eu quero”, respondeu ao repórter Elson Lopes, do Portal TopElegance.

Filho do saudoso vereador Edson Souza, o ex-presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Porto Belo diz, ainda, com exclusividade ao Blog, que uma candidatura ao Legislativo tijuquense dependeria apenas de quem tivesse que apoiar no pleito majoritário. “Quero votar no Fernando (Fagundes (MDB), vereador e pré-candidato a prefeito). Se para que ele seja candidato a prefeito eu tenha que eventualmente abrir mão da minha candidatura a vereador, assim eu farei”, revela.

Desde o falecimento do pai – em agosto –, político gabaritado, com seis mandatos na Câmara Municipal, o empresário vem recebendo investidas de eleitores e amigos para seguir o legado familiar.

Patriota raiz 

Postado em 4 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O ex-vereador e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Sidney Machado, o Ney da Tijusat, confia que o envolvimento ideológico com as pautas defendidas pelo PL nacional podem alavancar o seu nome para representar o partido nas eleições do ano que vem.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na última quinta-feira (30), o empresário afirmou que, embora os liberais trabalhem com outros nomes para o pleito, a vaga deveria ser dele, por reconhecimento aos apoios irrestritos.

“Pela minha caminhada e defesa das bandeiras. Desde a minha ida ao PL, não tive opiniões diferentes. Sou taxativo no que acredito e vou até o final. Não é poder pelo poder. Quero entrar, com apoio do partido, e fazer diferente. Por merecimento. Por vestir a camisa e estar junto”, explicou.

CONCORRÊNCIA

A disputa eleitoral, aliás, já começou dentro do próprio PL de Tijucas. O empresário não poupou críticas, inclusive, a outro pré-candidato do partido, Thiago Peixoto dos Anjos. “Estamos no mesmo partido, mas somos concorrentes. Hoje disputou com ele dentro do partido”, bradou.

“Posso disputar com o Coisa Querida [Sérgio Fernandes Cardoso, prefeito em exercício], que já esteve em Florianópolis conversando com o Seu Heleno [Orlandino Martins, assessor do governador Jorginho Mello], posso disputar com o Fernando [Fagundes, vereador de Tijucas]… Isso não é uma disputa? Então toda disputa tem concorrência”, completou Machado