terça-feira, 17 de setembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Apoio massivo

Postado em 4 de setembro de 2019

Mais de 120 Câmaras de Vereadores em Santa Catarina aprovaram, até o momento, moções de apoio ao projeto de lei do deputado estadual Altair Silva (PP), que institui o Fundo de Manutenção e Conservação das Rodovias Estaduais — com, no mínimo, 10% das arrecadações com o IPVA, mais 10% da receita estadual relativa a multas de trânsito e, ainda, da exploração comercial das faixas de domínio.

Natural de Major Gercino e usuário frequente das combalidas SC-410, entre Tijucas e Nova Trento, e SC-108, no interior de São João Batista, o parlamentar conhece bem a triste realidade da malha rodoviária catarinense.

Um entra, outro sai

Postado em 27 de agosto de 2019

Presidente do PL de Tijucas — ainda que as ações da executiva municipal estejam suspensas por falta de prestação de contas —, o empresário Ricardo Oliveira trata de “política suja” a inclusão do vice-prefeito Adalto Gomes, a ser oficializada na sexta-feira (30), nas fileiras do partido. “Falei para o Jorginho (Mello, senador e líder da legenda no estado) que se o Adalto entrasse, eu sairia”, revela.

Oliveira reforça, ainda, que discorda, sobretudo, dos rumos do PL na Capital do Vale. “O senador foi eleito com apoio do MDB e agora põe um petista no comando do partido? Então, que fiquem pra eles. Não era isso que queríamos”, reclama.

Gratidão vizinha

Postado em 21 de agosto de 2019

Por instrução do presidente da Casa, Altino Torquato dos Santos Júnior (PSD), o vereador canelinhense Fernando de Souza (PRB) recebeu Moção de Agradecimento e Parabenização da Câmara Municipal de Porto Belo na semana passada.

Souza, quando presidente do Legislativo de Canelinha, em 2018, instituiu, com relativo sucesso, o Programa Vereador Mirim no município e foi copiado — e orientou o projeto, espontaneamente — no parlamento da Capital Catarinense dos Transatlânticos neste ano. Pelas prestações voluntárias de apoio e intendência, o vereador canelinhense foi gratificado com a honrosa moção da Câmara vizinha.

Fala, presidente!

Postado em 18 de julho de 2019

Presidente do PT em Tijucas, o servidor público municipal Diogo dos Santos assina correspondência ao Blog para ressalvar a nota “Grupo fechado“, de ontem. A carta reconhece a importância do vice-prefeito Adalto Gomes “em todos os momentos do partido”, mas esclarece que não há, neste momento, uma definição sobre o apoio petista no pleito majoritário de 2020. “Nossos debates giram em torno da escolha de uma nova direção e da formação de uma nominata forte de candidatos a vereadores que representem o PT nas eleições de 2020”, pontua.

Santos diz, ainda, que o apoio a Gomes, “ou a qualquer outra alternativa que possa surgir”, não está descartado, mas reforça que essa discussão, por ora, “não está na pauta” do partido.

Sem retrovisor

Postado em 5 de julho de 2019

Alguns surpresos e outros indignados. Assim estão os emedebistas com a notícia, ora interna, nas searas do partido, de que o ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB) estaria articulando, entre vereadores oposicionistas, o livramento do sucessor Valério Tomazi (MDB) das garras do Tribunal de Contas e das sanções da Justiça Eleitoral.

Questionado por confrades periquitos, Mannrich tem dito apenas – parafraseando o padrinho e finado ex-governador Luiz Henrique da Silveira – que “não se pode fazer política olhando no retrovisor”.

Em tempo: desde a pré-convenção do MDB tijuquense em abril de 2016, quando duelaram internamente pelo direito de representar o partido nas eleições municipais daquele ano, Tomazi e Mannrich não se falam, sequer se cumprimentam. Os emedebistas locais atribuem ao ex-prefeito engenheiro, inclusive, a derrota no último pleito majoritário, em que ele, supostamente, teria apoiado a campanha de Elói Mariano Rocha (PSD) contra o correligionário.

Plano traçado

Postado em 24 de junho de 2019

Candidata a prefeita em 2008 e a vice-prefeita em 2012, a empresária Geraldina Mafra, popular Geralda, e o estrategista político Túlio Tavares Santos – responsável direto, há anos, por diversas campanhas vitoriosas no Vale do Rio Tijucas – têm um projeto comum para 2020: renovar o Executivo canelinhense com a eleição do jovem vereador Fernando de Souza (PRB) a prefeito.

Eles têm dito abertamente que Souza apresenta o perfil ideal para encabeçar a via alternativa no próximo pleito majoritário da Cidade das Cerâmicas, e que pretendem encampar a candidatura do parlamentar ao cargo máximo do município. A proposta, inclusive, vem tomando corpo e ganhando adeptos, sobretudo em setores da oposição, no Legislativo e na iniciativa privada.

Exoneração

Postado em 5 de junho de 2019

O autointitulado secretário geral do PSL em Tijucas, Daniel Umbelino, deixou de constar na lista de assessores do deputado estadual Felipe Estevão (PSL) na Assembleia Legislativa. Era um dos cargos sob indicação do servidor público municipal Renato Sartori, de Tijucas, que chegou a presidir uma comissão provisória do partido no município e apoiou o parlamentar nas eleições de 2018.

Assim que Sartori perdeu o comando do partido, Umbelino perdeu o emprego.

Birra

Postado em 13 de maio de 2019

Acusado por grande parte dos emedebistas de “trair o partido” nas eleições de 2016 – quando, supostamente, teria apoiado Elói Mariano Rocha (PSD) contra o correligionário Elmis Mannrich (MDB) –, o ex-prefeito Valério Tomazi vem confessando a gente próxima que nem pensa em deixar o MDB e que, se voltar à cena política de Tijucas, será pelo MDB.

Tomazi é o único ex-prefeito periquito, ainda vivo, não contemplado na tradição de integrar a executiva municipal do partido. E vez ou outra volta à pauta do diretório, sempre que o tema “expulsão” vem à tona.

Candidato ou apoiador

Postado em 6 de março de 2019

Ex-prefeito Antônio da Silva (PP), que governou Canelinha entre 2009 e 2016, vem pondo as manguinhas de fora para as eleições municipais de 2020. Na semana passada, reuniu correligionários e lideranças oposicionistas na Cidade das Cerâmicas para “organizar a coligação”.

Diz que “prega a renovação” e que só assumiria novamente uma candidatura a prefeito “se houver um chamado do povo”; e que estaria disposto, inclusive, a apoiar um candidato que represente uma reformulação na política canelinhense.

Desaceleração

Postado em 5 de fevereiro de 2019

Crescem os burburinhos, tanto nos corredores do paço quanto nas searas oposicionistas, de que o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) estaria desacelerando na intenção de concorrer à reeleição em 2020. O mandatário tijuquense vem se recuperando de outro derrame, ocorrido em dezembro; e limitando as atenções à gestão do município, à saúde pessoal, e nem tanto à política.

Assim, abre-se o caminho para o vice-prefeito Adalto Gomes, que deve deixar o PT nos próximos momentos e continua crente no cumprimento do tratado com o grupo governista, de apoio integral no próximo pleito majoritário. Mas, entre os canários ainda persiste o sonho de firmar a campanha em torno da candidatura do engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD)  que, mais uma vez, desfaz expectativas e diz que não quer e não vai.