quinta-feira, 24 de novembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Portas abertas

Postado em 23 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem imaginou que a dispensa da secretária de Administração do município de Porto Belo, Eliane Tomaz, quinta-feira (17), pelo prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), abreviaria a passagem da tijuquense pelo serviço público, enganou-se. A professora, também ex-secretária de Obras na gestão de Valério Tomazi (MDB) em Tijucas, vem sendo assediada por prefeitos da região desde que voltou ao mercado.

Uma das interessadas nos préstimos de Eliane seria a prefeita de Itapema, Nilza Simas (PSD). Mas as conversas, segundo fontes fidedignas do Blog, estariam mais adiantadas com o governo de Nova Trento, do jovem prefeito Tiago Dalsasso (MDB), que sempre elogiou a metodologia de trabalho da ex-secretária ainda na administração portobelense.

Relações públicas

Postado em 21 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Definitivamente, os representantes máximos do Executivo de São João Batista são um perigo com um microfone na mão. E, normalmente, fazem muito mal a si mesmos. Porque têm a pecha de serem homens simples, do povo, sem rebuscamento, ou porque, de fato, precisam ser orientados sobre a atuação política — independentemente da administrativa — e a pertinência do cargo que ocupam.

O titular da cadeira, Pedro Alfredo Ramos (MDB), já ficou conhecido por dizer o que pensa publicamente; e durante as eleições de 2020, que quase pôs em risco por manifestações nada ortodoxas em redes sociais e, sobretudo, por mensagens de áudio vazadas, teve de ser tolhido, inclusive, de entrevistas, debates e conversas ao telefone durante a campanha. Agora, o vice-prefeito Almir “Déi do Gás” Peixer (PSD) resolveu provocar a ira do Legislativo ao dizer, na rádio, que os vereadores batistenses são “um bando de rapaz pequeno“.

E o contraponto veio na mesma toada. De opositores, da bancada neutra e até de governistas. Enquanto o presidente da Câmara e correligionário Edésio Pedrinho Tomazi (PSD), mais ponderado, respondeu, na tribuna, que “os parlamentares não estavam (no Legislativo) para brincar, mas para trabalhar e contribuir com o Poder Executivo”, o vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA), que recentemente se envolveu em contendas com Pedroca e setores do governo, foi à forra e sugeriu que o vice-prefeito devesse se preocupar mais com outras questões “como, por exemplo, empregar o próprio genro na prefeitura”. Pois, então?!

Doeu menos

Postado em 11 de dezembro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Notabilizado pela frase “Aceita que dói menos” na campanha eleitoral de 2016 — quando provocava eleitores colas-brancas nas redes sociais e conjeturava vitória de Elmis Mannrich (MDB) no pleito majoritário —, o comerciário Gercy Joaquim Felício, popular Pota, deve iniciar 2020 no quadro de servidores municipais de Tijucas. Ele vem, há algum tempo, bendizendo a gestão do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e declarando voto no chefe do Executivo tijuquense na próxima concorrência.

Líder comunitário, presidente do Esporte Clube Renascença e personagem destacado do Bairro Praça, Felício já pediu dispensa da revendedora de veículos em que trabalhava. O vereador Rudnei de Amorim (DEM) teria atuado nos bastidores para a admissão.

Oportunidade

Postado em 25 de novembro de 2019
  •  
  •  
  • 34
  •  
  •  

Criminalista gabaritado, o tijuquense Marcio Rosa procura um jovem advogado — ou advogada — com inclinação e talento nas causas cíveis e criminais para compor o time da Reinert Calil Advogados e dividir a demanda.

Ele diz que seria “uma grande oportunidade para quem pretende se firmar na advocacia”, porque o escritório que representa “é um dos mais respeitados da região”. E que, quem estiver disposto e souber unir responsabilidade e entusiasmo, pode procurar a Reinert Calil, conversar, e se apresentar para o trabalho.

Independência

Postado em 30 de outubro de 2019
  •  
  •  
  • 73
  •  
  •  
Foto: Dirleni Dalbosco

A vereadora Rúbia Alice Tamanini Duarte (PSD) apresentou o projeto, e o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) sancionou a Lei. Agora, em São João Batista, mulheres em situação de violência doméstica, e que dependem economicamente do cônjuge, têm prioridade no mercado de trabalho do município.

A norma prevê que um banco de empregos seja criado na Capital Catarinense do Calçado para a disponibilização das vagas e encaminhamento das vítimas às empresas contratantes — que farão as admissões livremente, baseadas nos seus critérios de qualificação.

Condenação mantida

Postado em 7 de junho de 2019
  •  
  •  
  • 15
  •  
  •  

Os juízes do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) decidiram, nesta manhã, manter a cassação dos vereadores e suplentes de São João Batista envolvidos na “Operação Ressonância” – que apurou um esquema de violação na fila de espera do SUS (Sistema Único de Saúde) para exames de ressonância e tomografia, por intermédio de procedimentos irregulares e cobrança de valores dos pacientes. Diante da condenação, Alécio Boratti (PP) e Carlos Francisco da Silva (PP) perdem o assento na Câmara Municipal e ficam inelegíveis por oito anos; e os suplentes Mário José Soares (PP) e Sebastião Formento Filho (PP), da mesma forma, perdem os direitos políticos.

A partir da publicação do acórdão, Nataniel “Chulipa” de Oliveira Valença (PP) e Tarciso Soares (PP) devem assumir as cadeiras do PP no Legislativo batistense.

TEM MAIS

Boratti é, também, motorista da Secretaria Municipal de Saúde com função efetiva, e ainda pode perder o emprego em outro processo, na vara criminal. De acordo com a acusação, ele teria usado o cargo, o veículo da frota oficial do município e o telefone para a prática do crime.

RECURSO

O advogado de defesa Nelson Zunino Neto diz, com exclusividade para o Blog, que o resultado era esperado e que vai recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Exoneração

Postado em 5 de junho de 2019
  •  
  •  
  • 34
  •  
  •  

O autointitulado secretário geral do PSL em Tijucas, Daniel Umbelino, deixou de constar na lista de assessores do deputado estadual Felipe Estevão (PSL) na Assembleia Legislativa. Era um dos cargos sob indicação do servidor público municipal Renato Sartori, de Tijucas, que chegou a presidir uma comissão provisória do partido no município e apoiou o parlamentar nas eleições de 2018.

Assim que Sartori perdeu o comando do partido, Umbelino perdeu o emprego.

Brusque na veia

Postado em 10 de janeiro de 2019
  •  
  •  
  • 26
  •  
  •  

Ex-assessora do brusquense Serafim Venzon (PSDB) – que não conseguiu se reeleger – na Assembleia Legislativa, a jornalista Ana Maria Leal da Veiga, de Tijucas, já achou emprego. Foi trabalhar em Brusque, no curral eleitoral do ex-chefe, mas para a iniciativa privada. Está no departamento de marketing da rede Havan, e atua na assessoria pessoal do famoso empresário Luciano Hang.

Aos que perguntam, ela responde, categoricamente, que, apesar da coincidência, Venzon não teve qualquer influência na contratação. Garante que a vaga estava disponível, e que enviou o currículo e foi chamada para o emprego.

Governador em Canelinha

Postado em 21 de novembro de 2018
  •  
  •  
  • 13
  •  
  •  
Foto: Luiz Junnior

O prefeito de Canelinha, Moacir Montibeler (MDB), mostra prestígio, mais uma vez, com a cúpula do MDB estadual. Agora à tarde, recebeu o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) na cerimônia de inauguração da unidade canelinhense da Costa Rica Malhas – a segunda empresa beneficiada pelo Promover (Programa Municipal de Emprego e Renda) a se instalar no município.

Em julho de 2017, na solenidade de início das atividades da Calçados Ala no município, também pelo Promover, foi o presidente do MDB em Santa Catarina e deputado federal Mauro Mariani – que mais tarde seria o candidato emedebista ao governo estadual – quem posou para a foto ao lado de Montibeler e dos sócios da empresa.

Metralhadora

Postado em 21 de março de 2018
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Críticas ao chefe do Executivo, à gestão municipal de Tijucas e aos defensores do governo se transformaram em obsessão para o tempestuoso Douglas Porcíncula, o popular Dólar. Quase que diariamente ele faz das redes sociais uma tribuna de protestos contra a administração municipal. As gravações, algumas bastante ousadas e efusivas, viram munição para os adversários do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), que disseminam os desaforos normalmente acompanhados da manchete “o Dólar está em alta”.

Cunhado da secretária de Educação, Neide Maria Reis, e sobrinho do secretário de Saúde, Vilson José Porcíncula – o que agrava a situação –, o jovem não poupa sequer os familiares. “Se o senhor, Seu Elói, dissesse no palanque que a turma da Iceberg estaria no seu governo, nem eu, que indiquei o senhor como candidato, votaria no senhor”, diz, em mensagem de áudio, numa referência ao processo que o tio, ex-vereador, enfrenta na Justiça.

VÍTIMAS ATUAIS

Nos últimos dias, Dólar vem atacando ex-opositores, agora alinhados à administração municipal, como o vereador Cláudio Tiago Izidoro (MDB) e o comandante da pasta de Indústria, Comércio e Turismo do município, Jean Carlos de Sieno dos Santos (PSC). Segundo ele, nem o parlamentar e sequer o secretário têm direito de frequentar os quadros do governo, uma vez que foram eleitos nas bases adversárias.

As ofensivas, porém, têm um motivo particular. Ele cobra internamente um compromisso que teria firmado com o prefeito durante a campanha, e jura que não quer emprego – pelo menos não para si. Pois, então?!