quarta-feira, 8 de junho de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Recepção calorosa

Postado em 31 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Vice-presidente do PSB em Santa Catarina, o ex-prefeito Juliano Duarte Campos, de Governador Celso Ramos, foi recebido, hoje pela manhã, pelo presidente estadual da legenda Cláudio Vignatti em Chapecó. Eles regem encontro do partido agora à noite em Itapiranga para, em suma, planejar a campanha do senador Dário Berger (PSB) ao governo estadual na região Oeste.

 

Duarte Campos trabalha, ainda, paralelamente em objetivo próprio: a postulação ao parlamento catarinense no pleito que se aproxima. E usa a liderança no PSB, a harmonia entre os correligionários e importantes relações na esfera política para fortalecer o projeto e alcançar uma cadeira na Assembleia Legislativa nestas eleições.

Quadra garantida

Postado em 25 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), a propósito, pode fazer a quina no Vale do Rio Tijucas. Outro dos cinco prefeitos da região que ainda não haviam manifestado apoio ao projeto de reeleição do chefe do Executivo catarinense acaba de garantir participação na campanha. O jovem Tiago Dalsasso (MDB), de Nova Trento, publicou nas redes sociais que “de maneira real” aderiu à proposta.

 

O entusiasta da junção foi o deputado estadual Jerry Comper (MDB), que tem relação muito próxima com Moisés e alto prestígio com Dalsasso. Relação bem característica, como a que tem com o prefeito de São João Batista, Pedro Alfredo Ramos (MDB), a quem, obviamente, deve trazer para o mesmo projeto. O encontro entre o mandatário neotrentino e o governador ocorreu ontem à noite, em reunião da bancada estadual do MDB, com anuência de líderes eméritos da legenda, como os ex-governadores Eduardo Pinho MoreiraPaulo Afonso Vieira.

Santo de casa

Postado em 4 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Causou estranheza a ausência do ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE) na reunião entre representantes do SincaSJB (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista) e o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), nesta manhã. Do encontro, ainda participaram empresários, vereadores e membros do Executivo municipal, além do secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli.

Na pauta das discussões, a reivindicação de incentivos fiscais aos produtores de componentes para calçados — nos mesmos moldes dos vigentes para a indústria calçadista, conquistados a partir de um movimento iniciado em 2019, do qual, a propósito, Cândido, enquanto prefeito, participou ativamente. Pois, então?!

NON GRATO

Especula-se, entretanto, que o ex-prefeito não tenha recebido convite em razão da pré-candidatura a deputado estadual e da eventual disputa de atenções com a correligionária Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, que provocou a reunião e que, ocasionalmente, tenta angariar apoios em São João Batista, principal reduto eleitoral do ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social.

Na mealha

Postado em 6 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Agora ex-prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (UB), que assumiu pré-candidatura ao governo do Estado, vem percorrendo a seara barriga-verde em busca de de apoiadores. No início da semana, ele esteve em Tijucas com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e com o vice-prefeito Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) no primeiro gabinete do paço para tratar do assunto. Do encontro, ainda participaram o vice-presidente da Portobello, Cláudio Ávila da Silva, secretários municipais e vereadores — como o estreante Maurício Poli (PSB), declarado cabo eleitoral do ex-mandatário florianololitano na região e especialmente interessado em assumir a regência do UNIÃO BRASIL no município.

 

Na prefeitura, o apoio a um candidato a governador segue indefinido; e tanto Mariano Rocha quanto Cardoso aguardam a conclusão das negociações no PSD para se manifestarem publicamente. O partido que administra Tijucas tem, ainda, o ex-governador Raimundo Colombo e o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes, como pré-candidatos ao cargo máximo do Estado.

Saída na entrada

Postado em 22 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O burburinho vinha ecoando nos corredores da prefeitura de Porto Belo havia semanas. O vice-prefeito Elias Cabral (PL), substituto imediato do titular Emerson Stein (MDB), que planeja se candidatar a deputado estadual nestas eleições e programou a desincompatibilização para sexta-feira (25), estaria repensando a assunção do município. Embora se confabulasse que a famigerada “intriga da oposição” pudesse ser o foco das informações, também se considerava que o governo portobelense não tem, atualmente, oposição na cidade, e que, obviamente, existia um fundo de verdade em tudo que se dizia.

Hoje, entretanto, Cabral foi às redes sociais para confirmar que desistiu de assumir o comando da Capital Catarinense dos Transatlânticos. No texto, ele diz que a decisão “é pessoal e não decorre de qualquer fato ou ato vivido ou presenciado na administração municipal” e que retorna automaticamente para o serviço público estadual como professor na Escola de Educação Básica Tiradentes. Aos mais próximos, porém, o vice-prefeito trata do assunto com brevidade: “Entrei com o Emerson e vou sair com o Emerson”, pontua, conforme relata, com exclusividade ao Blog, um vereador da base governista.

INCONSISTÊNCIA

Em meio à indecisão, Elias Cabral cumpria naturalmente a agenda de transição. Iniciou o processo com reuniões nos órgãos essenciais do governo, e tudo caminhava na mais absoluta normalidade. Depois, porém, faltou a compromissos em setores subsequentes e reacendeu a chama da desconfiança na cúpula governista. “Ele marcou conosco na Assistência Social, depois de ter ido na Secretaria de Administração, e não apareceu. Ficamos receosos, claro! Sabíamos que ele estava querendo desistir”, conta um servidor comissionado do município.

ÚLTIMO APELO

Não faltaram súplicas do prefeito Emerson Stein para que o companheiro voltasse atrás. Desde que Cabral comunicou a decisão, o clima na prefeitura é de incredulidade e preocupação. E o chefe do Executivo, que teve o vice-prefeito no planejamento da pré-candidatura a deputado estadual e a promessa de continuidade do modelo administrativo no município, não deixou de cobrar, insistir e, contam fontes do Blog, até implorar para que a programação engendrada logo após a reeleição fosse cumprida.

Consultado, Stein não quis comentar a postura do vice-prefeito, mas garantiu que o fato em nada afeta o projeto de candidatura ao parlamento catarinense, e que vai cumprir todo o cronograma previamente estabelecido.

CURSO NATURAL

Imediatamente, definiu-se que o governo não interfere politicamente e que o presidente da Câmara Municipal, vereador Joel Orlando Lucinda (MDB), assume o comando do município. De acordo com a legislação, ele deve convocar nova eleição para a chefia do Executivo em 90 dias.

Dos males, o menor. Lucinda goza de prestígio com o prefeito Emerson Stein e participa do rol de confiança do mandatário portobelense.

O presidente do Legislativo, aliás, já teria se colocado à disposição para se candidatar à prefeitura no pleito extraordinário. Outra opção seria o jovem Diogo dos Santos (MDB), que também teria a mesma intenção. Nos bastidores da Câmara, as confabulações seguem à toda. Na preferência da maioria, por enquanto, estaria Lucinda, que acumula sete mandatos consecutivos no parlamento e seria, independentemente de Elias Cabral, uma das alternativas governistas altamente cotadas para a sucessão municipal em 2024.

Acolhimento

Postado em 16 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Figuras como o ex-prefeito Elmis Mannrich e os ex-vereadores Lialda LemosElói GeraldoEsaú Bayer, Neri Martins e Oscar Lopes, mais o atual Edson Souza, além dos ex-secretários municipais Eliane TomazGilmar Martins, estarão no palanque do prefeito de Porto Belo, Emerson Stein, durante a concorrência eleitoral que se avizinha. As confirmações foram postas à mesa, ontem, em reunião do mandatário portobelense com a maior parte do diretório do MDB de Tijucas.

Stein deixa o comando da Capital Catarinense dos Transatlânticos no próximo dia 25 e, a partir de então, vai se dedicar exclusivamente à campanha. Mas os encontros com lideranças do Vale do Rio Tijucas e da Costa Esmeralda, bem como com prefeitos dirigentes da Amfri (Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí), entidade que presidiu nos últimos doze meses, sempre com as eleições de 2022 no pano de fundo, vinha sendo uma constante na caminhada política do pré-candidato a deputado estadual.

Passagem relâmpago

Postado em 4 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A bancada do PP na Câmara Municipal de Tijucas, definitivamente, foi realinhada à gestão de Eloi Mariano Rocha (PSD). As rusgas do início da legislatura, quando vereadores progressistas cobraram maior participação no governo — e, sobretudo, mudança de comando na Secretaria Municipal de Saúde — e ameaçaram criar um bloco independente no parlamento, foram superadas. O cenário atual é de paz, amor e consonância absoluta.

A conciliação ficou mais do que comprovada, agora, na passagem relâmpago do suplente de vereador Juarez Soares (PP) pelo Legislativo municipal. Ele foi chamado a assumir uma cadeira do partido na Câmara no dia 1º, e hoje, depois de reunião com a bancada, desconvidado. O agente penitenciário, que tem feito críticas frequentes à administração municipal nas redes sociais, não aceitou seguir a orientação da legenda e manter postura de conformidade com o governo no parlamento. A portaria de convocação foi revogada. Pois, então?!

Nova direção

Postado em 14 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Candidato a prefeito de Tijucas em 2020 — quando conquistou 4.238 votos, atrás, apenas, do prefeito reeleito Eloi Mariano Rocha (PSD) —, o jovem empresário Thiago Peixoto dos Anjos vai assumir a presidência do PDT municipal. A regência local do partido esteve reunida anteontem e, em comum acordo, decidiu que o segundo colocado no último pleito seria a melhor escolha para comandar a legenda. Os trâmites seguem até 12 de fevereiro, na apresentação e formalização da chapa.

Uma das primeiras ações de Peixoto dos Anjos na gestão do PDT tijuquense deve ser o registro e oficialização de um diretório municipal para o partido. A comissão provisória perdeu a vigência no sistema do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) por falta de prestação de contas no exercício de 2020.

Cabo de guerra

Postado em 30 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Adalto Gomes, de Tijucas, quer regressar ao PT de qualquer maneira. Para tanto, e diante da negativa unânime e definitiva da regência municipal, ele vem recorrendo à executiva do partido em Santa Catarina — especialmente ao presidente estadual da legenda, ex-deputado federal Décio Lima, com quem mantém relação histórica e inabalada — para ter novamente portas abertas.

Lima, que advoga em favor do ex-adjunto tijuquense, tentou convencer o presidente do PT na Capital do Vale, artista plástico Leandro Serpa, de que a admissão de Gomes deveria ser chancelada no diretório municipal; e informou que uma reunião, imbuída de ato solene para filiação do policial rodoviário federal aposentado, estava agendada para os próximos dias. Mas o comando local do partido segue irredutível, considera a postura do presidente estadual desrespeitosa e arbitrária, e ameaça levar a questão à executiva nacional.

No fim de 2019, o ex-vice-prefeito deixou as fileiras petistas, onde militou por quatro décadas, para ingressar no PL e concorrer à prefeitura nas eleições passadas. Mas certamente não imaginou que o retorno às origens seria tão tortuoso.

Base unida

Postado em 5 de novembro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O deputado federal Rodrigo Coelho (PODE) e o presidente estadual do Podemos, Camilo Martins, ex-prefeito de Palhoça, estiveram em Tijucas ontem para um encontro local do partido. E contaram com recepção do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), em gratidão, principalmente ao parlamentar, por emendas na casa dos R$ 600 mil para a Saúde municipal e obras de infraestrutura.

 

Mariano Rocha, aliás, tem o Podemos como aliado do governo. O presidente da comissão em Tijucas, Fabiano Saramento, é gerente administrativo do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), e, em 2020 — com anuência dos correligionários Paulo Sergio “Galinha” Pinto, Jamil Calil e Rosimere Furtado, que compõem a foto — articulou internamente para que filiados à legenda fortalecessem o PP, outro dos partidos da base governista.

MALAS PRONTAS

Conforme antecipado no Blog, a vereadora Nadir Amorim (PSD), que participou da reunião de ontem, já acertou a transferência para o Podemos na próxima janela. Foi convidada meses atrás por Coelho — que destinou recurso à Saúde, por intermédio dela, para zerar a fila de exames de alta complexidade no município —, e aceitou de pronto.