terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

CPI dos Combustíveis

Postado em 22 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução | NSC TV

A Câmara de Vereadores de São João Batista instaurou, nesta semana, a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar possíveis irregularidades no abastecimento dos veículos da frota municipal.

As inconsistências encontradas chamaram a atenção e já estão reunidas em um relatório, que, segundo informações apuradas pela reportagem da NSC TV, já tem aproximadamente 200 páginas.

Há, nos registros, uma série de possíveis irregularidades. De acordo com as ordens, um automóvel, por exemplo, com tanque de 47 litros, teria sido abastecido duas vezes no mesmo dia com 230 litros de gasolina.

A administração municipal, por meio de uma nota oficial, informou que parte do maquinário cedido por outros municípios para ajudar no enfrentamento à enchente, em dezembro do ano passado, teria sido abastecido com uso do cartão exclusivo para a frota municipal. A justificativa, entretanto, será apurada e, mesmo que comprovada, é considerada irregular do ponto de vista legal.

A CPI dos Combustíveis será presidida pelo vereador Nelson Zunino Neto (PP), com Teodoro Marcelo Adão (MDB) como relator e Edésio Pedrinho Tomazi (PSD) como vogal. O prazo para a conclusão da investigação é de 90 dias.

Tranquilidade 

Postado em 10 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A provável abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar possíveis irregularidades na compra de kits de higiene bucal, por parte da prefeitura de Nova Trento, não tirou o sono do prefeito Tiago Dalsasso (MDB). Pelo contrário. 

O mandatário pediu aos cinco vereadores com inclinação governista, aliás, que aprovem a CPI e iniciem uma investigação sobre o caso. Dalsasso garantiu ao Blog, com exclusividade, que a compra dos itens ocorreu sem qualquer irregularidade. 

Explicou, ainda, que o programa atenderia 1.297 alunos da Rede Municipal de Ensino, mas não chegou a ser aplicado devido ao período de chuvas e, mais recentemente, foi suspenso após a veiculação das notícias relacionadas ao Crescer Sorrindo, em Laguna.