sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Vias variadas

Postado em 8 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Atendendo ao prazo de desincompatibilização para quem pretende concorrer a uma cadeira no Legislativo, em outubro, o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) assinou a exoneração de dois secretários e de outros quatro coordenadores que compõe a administração municipal.

Os substitutos, aliás, já foram anunciados. Um deles, em especial, chamou mais atenção. O vereador suplente Eduardo Furtado – que fez parte de três legislaturas no parlamento municipal -, passa a responder, a partir de agora, pela secretaria de Assistência Social, Habitação e Desenvolvimento Econômico.

Em sua primeira participação eleitoral, Furtado alcançou uma das cadeiras da Câmara, em 1982, pelo antigo PDS – hoje PP. Seis anos depois, tentou a vice-prefeitura, em chapa com João Dias (PFL), mas sem êxito. Em 2008, retornou ao cenário político e conquistou uma vaga na Câmara, novamente pelo PP. Mais tarde, presidiu o parlamento municipal.

CONTRAMÃO

Em 2016, Furtado – depois de um período na regência local do PP -, decidiu deixar a legenda e se filiou ao PSB, onde concorreu novamente à vereança, mas, desta vez, coligado ao MDB, de Moacir Montibeler, adversário de décadas. A mudança, à época, foi motivada pela não indicação do então prefeito Antônio da Silva (PP) ao projeto de sucessão, já que o candidato governista, naquele ano, foi Eloir João “Lico” Reis (então no PSDB).

Ao lado de Montibeler, Furtado venceu os ex-aliados e, como prêmio, foi alçado à diretoria do Semais (Serviço Municipal de Água, Infraestrutura e Saneamento). Para provar a fidelidade e lealdade ao mandatário, filiou-se ao MDB e concorreu, outra vez, ao Legislativo, mas atingiu apenas a suplência.

TERCEIRA VIA

Furtado chega à denominada “terceira via” com vasta experiência em processos eleitorais, com passagens, inclusive, pelos dois mais tradicionais movimentos políticos do município. O que pode, certamente, ser um trunfo a mais para o projeto de reeleição de Alves Maciel.

Hora do adeus 

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O prazo para a desincompatibilização de quem ocupa uma secretaria municipal e pretende, em outubro, concorrer a uma cadeira na Câmara de Vereadores, termina no próximo sábado (6), exatos seis meses antes do pleito municipal. 

As previsões e especulações iniciais indicavam que Tijucas teria, nesta data, uma série de saídas. O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), desde o início do ano, já listava as prováveis baixas e, principalmente, os nomes para substituição. O Blog apurou, em janeiro, que nove exonerações eram cogitadas pelo mandatário. 

Entretanto, restando poucos dias para a definição, alguns dos secretários ainda não bateram o martelo sobre a candidatura. O Blog, porém, confirmou que o número deve ser menor do que o previsto e, servidores do alto escalão, que tinham as candidaturas dadas como certas, optaram por seguir no comando das pastas. 

Os indecisos, aliás, têm encontros marcados com o mandatário tijuquense, nos próximos dias, para avaliar prós e contras, e definir o futuro. Enquanto isso, aves sedentas por informações seguirão sobrevoando o paço municipal para municiar o Blog com notícias precisas.

Baixas certas

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Prefeitura de Canelinha

Os efeitos das saídas provocadas pela chegada do prazo de desincompatibilização já podem ser sentidos em Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) já sabe que perderá três de seus secretários, além de outros servidores do segundo escalão.

No primeiro, as baixas confirmadas são as dos secretários Martinho Luiz Tomazzia (PL), de Agricultura, e Daniel José Pereira (PL), de Assistência Social, e o coordenador da Comutran (Coordenadoria Municipal de Trânsito), Sílvio Reis (PL).

Pelo menos outros cinco nomes que integram o segundo escalão já se despediram das funções ou se preparam para esvaziar as gavetas. Entre eles, a coordenadora de Cultura, Janaira Reis (PSD), o diretor da Comissão Municipal de Esportes, José Calbuch Júnior (PSD), o diretor da Intendência do Moura, Clodoaldo Mafra (PL), o chefe de departamento da Secretaria de Obras, Valdeci Nunes Filho (PSD) e o coordenador de Transportes, Jackson Miguel Machado (PL).

CONVERSAS ABERTAS

Com exclusividade ao Blog, o mandatário canelinhense revelou, ainda, que outras situações estão sob análise. Uma delas, aliás, é a da secretária de Saúde, Vanilda Rebelo (PL), que já se manifestou publicamente sobre a vontade de concorrer no pleito que se aproxima. Reuniões para tratar o tema estão marcadas para os próximos dias.

Futuro indefinido

Postado em 25 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Longe das urnas desde 2012, mas peça decisiva nas eleições municipais de 2016 e 2020, o presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), de Tijucas, Luiz Rogério da Silva, ainda não definiu os seus próximos passos e, sobretudo, qual será a sua participação no pleito de outubro.

Embora ainda existam dúvidas, o ex-vice-prefeito tem pouco tempo para analisá-las e tomar uma decisão. Isso porque, caso pretenda concorrer ao Legislativo, terá que deixar a presidência da autarquia municipal até o próximo dia 6. Ou, se concorrer no pleito majoritário, a desincompatibilização deve ser assinada até junho.

“Mas precisa fazer uma avaliação e passar pelo teste da urna. É uma coisa que ainda não está descartada. Tenho alguns dias ainda pra avançar. Tenho, ainda, que me desincompatibilizar, mas, ainda tenho uma decisão a ser tomada. Pode, também, mudar o caminho. Isso ainda está indefinido”, revelou Rogerinho, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira passada.

OPERAÇÃO ICEBERG

O desenrolar das investigações da Operação Iceberg que, segundo se especula, pode ter novos episódios, não assusta o presidente do Samae tijuquense que, à época, presidiu a Câmara de Vereadores. Entretanto, reafirma que as irregularidades citadas na denúncia, se de fato ocorreram, não foram no período em que chefiou o Legislativo municipal.

“Fez-se um circo. Mas, se houveram irregularidades, se isso for provado, não acredito que ocorreram no período em que estava à frente do Legislativo. E, no único curso que fui, em 2014, estava lá presente. Acredito na Justiça e que será feito um julgamento imparcial. Tenho certeza da minha inocência, do que fiz… acredito plenamente em todos os colegas e que não houveram irregularidades no momento em que fui presidente. Espero que isso se conclua o mais rápido possível, pois afeta a vida política, das famílias… Ainda resta a esperança de que dias melhores virão”, contou.

Vagas abertas

Postado em 2 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

2024 mal começou e muitos prefeitos da região já começam a refletir sobre as possíveis – ora prováveis – mudanças nos comandos das secretarias municipais, com a aproximação do prazo de desincompatibilização, visando as eleições de outubro.

Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, aliás, deve ter uma grande lista de saídas, já que boa parte do secretariado está entre os pré-candidatos, sobretudo ao Legislativo, sendo necessário, então, a saída até o fim de abril.

Vilson José “Tem” Porcíncula (Saúde), Ezequiel de Amorim (FME), Luiz Rogério da Silva (Samae), Bianca Bibiani Machado (Assistência Social), Odirlei Resini (Agricultura), Paula Regina da Silva (Cultura), Jean Carlos de Sieno dos Santos (Desenvolvimento), Vilson Natálio da Silva (Obras) e Maria Edésia da Silva Vargas (Procon) estão entre os nomes do grupo governista para a disputa. Destes, alguns já definiram e optaram pela candidatura, enquanto outros ainda devem avaliar o cenário.

CPI dos Combustíveis

Postado em 22 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução | NSC TV

A Câmara de Vereadores de São João Batista instaurou, nesta semana, a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar possíveis irregularidades no abastecimento dos veículos da frota municipal.

As inconsistências encontradas chamaram a atenção e já estão reunidas em um relatório, que, segundo informações apuradas pela reportagem da NSC TV, já tem aproximadamente 200 páginas.

Há, nos registros, uma série de possíveis irregularidades. De acordo com as ordens, um automóvel, por exemplo, com tanque de 47 litros, teria sido abastecido duas vezes no mesmo dia com 230 litros de gasolina.

A administração municipal, por meio de uma nota oficial, informou que parte do maquinário cedido por outros municípios para ajudar no enfrentamento à enchente, em dezembro do ano passado, teria sido abastecido com uso do cartão exclusivo para a frota municipal. A justificativa, entretanto, será apurada e, mesmo que comprovada, é considerada irregular do ponto de vista legal.

A CPI dos Combustíveis será presidida pelo vereador Nelson Zunino Neto (PP), com Teodoro Marcelo Adão (MDB) como relator e Edésio Pedrinho Tomazi (PSD) como vogal. O prazo para a conclusão da investigação é de 90 dias.

Outro patamar

Postado em 3 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O ex-prefeito de São João Batista e suplente de deputado estadual Daniel Netto Cândido (PODE) conta os dias para o fim do prazo de desincompatibilizações. Não porque pretenda deixar a assessoria da bancada do PODEMOS na Assembleia Legislativa para concorrer a qualquer cargo nas eleições municipais, mas porque um dos titulares do partido no parlamento catarinense, o deputado estadual Lucas Neves (PODE), deve deixar o posto para disputar a prefeitura de Lages em 2024.

Com o afastamento, previsto para o início de abril próximo, o batistense herdaria automaticamente a vaga na Alesc por pelo menos seis meses.

PLANOS
Daniel Cândido, ao contrário do que se especula, sequer considera se candidatar novamente à prefeitura de São João Batista – onde esteve por oito anos, entre 2013 e 2020. Ele quer estadualizar cada vez mais o nome para que em 2026, nas próximas eleições gerais, tenha maior sucesso no pleito estadual.

ALTERNATIVA
A gente próxima, o ex-prefeito revela, ainda, que poderia concorrer a uma cadeira na Câmara Federal em 2026.
Cândido projeta uma disputa ainda mais acirrada na esfera local, com lideranças destacadas na região – a exemplo, especialmente, do prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel (PL) -, e, para não dividir o eleitorado, entende que, caso seja bem-sucedido na passagem pela Alesc, adquira condições para pleitear uma vaga no Congresso Nacional.

Prazo prorrogado

Postado em 17 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Hoje, apenas 21,8% dos produtores rurais catarinenses têm habilitação para emitir notas fiscais eletrônicas ao comprador. E o Confaz (Conselho Nacional de Políticas Fazendárias), em contrariedade ao que já havia anunciado, determinou que a obrigatoriedade da NFP-e passa a valer somente em 2024, a partir de 1º de maio. Antes, a adequação seria realizada em 1º de julho deste ano.

O deputado estadual Altair Silva (PP), de Major Gercino, ex-secretário de Estado da Agricultura e atual presidente da Comissão de Agricultura na Alesc, comemorou a prorrogação do prazo.

“É uma excelente notícia! Os agricultores terão mais tempo para se adaptar”, pontuou o parlamentar, que na semana passada havia convidado a equipe da Secretaria de Estado da Fazenda para falar sobre o assunto na Comissão de Agricultura.

Brecha

Postado em 17 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

As chances do ex-prefeito de Governador Celso Ramos, Juliano Duarte Campos (PSB), na esperança de garantir uma cadeira na Assembleia Legislativa, aumentaram. Semana passada, o procurador-geral da República, Augusto Aras, apresentou ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedido de revisão na regra da distribuição de vagas nas eleições proporcionais. Ele deu parecer favorável a três ADIs (Ações Diretas de Inconstitucionalidade), em tramitação no STF, que contestam um trecho da reforma eleitoral, realizada em 2021 pelo Congresso.

Caso os argumentos sejam aceitos, o gancheiro poderia herdar o posto inicialmente atribuído a Rodrigo Minotto (PDT).

Na apuração nominal, Duarte Campos somou 18.816 votos e Minotto fez 28.685. Entretanto, na contagem final, incorporados os votos na legenda, o PSB supera o PDT: 92.851 contra 82.141. E seria esse total partidário, acima do quociente eleitoral, que, segundo a proposta, garantiria o ingresso na Alesc.

O prazo, entretanto, seria um entrave. O caso está nas mãos do ministro Ricardo Lewandowski, que vai se aposentar compulsoriamente do STF em 11 de maio.

Coluna do Blog | 14 de setembro, 2022

Postado em 14 de setembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

PRIORIDADES

O vereador Cláudio Eduardo de Souza (PDT), de Tijucas, se licenciou do mandato por 30 dias. Diz, em comunicado público, que precisou se afastar da vereança e do trabalho na rede estadual de ensino, onde leciona Língua Portuguesa, para se dedicar integralmente à filha recém-nascida, Luíza, de parto prematuro.

A professora Consuelo Azevedo, primeira suplente do PDT, assumiu o posto no Legislativo para o período previamente estabelecido.

RETOMADA

O prefeito de Porto Belo, Joel Orlando Lucinda (MDB), vai resgatar o tradicional Festival do Camarão. O evento, lançado no governo do ex-prefeito Evaldo Guerreiro Filho (PT) e alçado ao calendário oficial de Santa Catarina, teve sequência interrompida em 2016; foi retomado na gestão de Emerson Stein (MDB), a partir de 2017, e novamente suspenso durante o período pandêmico.

De acordo com as primeiras informações, o festival volta, agora, em novo formato. Lucinda e o departamento de Turismo do município dão conta das novidades na próxima terça-feira (20), em reunião com a imprensa e setores envolvidos.

CARTAS NA MESA

Por tabela, o vereador Nelson Zunino Neto (PP), de São João Batista, pode ajudar o ex-prefeito e candidato a deputado estadual Daniel Netto Cândido (PODE), a quem se opõe politicamente. Ele é o autor do requerimento, já aprovado na Câmara Municipal, que exige documentos que comprovem as recentes declarações do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de que a prefeitura estaria “quebrada” e a culpa seria da gestão anterior. Se o prazo for cumprido, tudo se esclarece antes das eleições.

A coordenação de campanha de Cândido vem tratando o tema como “perseguição” e “fake news“, uma vez que os esforços do chefe do Executivo são todos para a reeleição do deputado estadual Jerry Comper (MDB). Pedroca, no entanto, garante que consegue provar o que diz a quem quiser e a qualquer momento. Pois, então?!

ESPORTE E CULTURA

Além da ultramaratona Sicoob Mons Ultra Trail, com atletas do Brasil e do exterior, Nova Trento também recebe, nos dias 22, 23 e 24, o festival de música Adventure Rock e Jazz, com diversas apresentações no Centro de Eventos, anexo ao Ginásio Inácio Gullini, no Centro.

O evento reúne musicistas de várias regiões de Santa Catarina para performances instrumentais dos gêneros rock, blues e jazz. Todas as apresentações são gratuitas e abertas ao público.