terça-feira, 10 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Pulmões à prova

Postado em 29 de agosto de 2019
Foto: Divulgação

O advogado Nelson Zunino Neto (E), aos 47 anos, foi o segundo batistense da história a concluir uma maratona (42,2 quilômetros), semana passada, em Florianópolis. O primeiro foi o professor dele, Tiago da Conceição — natural de Canelinha, radicado em São João Batista há mais de 20 anos.

Zunino Neto passou por um processo de reeducação alimentar e, desde que adquiriu a forma física ideal, vem treinando diariamente e se dedicando às provas de resistência. Em um ano e meio conseguiu eliminar 28 quilos e se tornou atleta de alto rendimento. Quando não está no escritório ou no Fórum, está correndo. Em dezembro, ficou na 3.569ª posição entre 30 mil competidores na tradicional Corrida de São Silvestre, em São Paulo.

Condenação mantida

Postado em 7 de junho de 2019

Os juízes do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) decidiram, nesta manhã, manter a cassação dos vereadores e suplentes de São João Batista envolvidos na “Operação Ressonância” – que apurou um esquema de violação na fila de espera do SUS (Sistema Único de Saúde) para exames de ressonância e tomografia, por intermédio de procedimentos irregulares e cobrança de valores dos pacientes. Diante da condenação, Alécio Boratti (PP) e Carlos Francisco da Silva (PP) perdem o assento na Câmara Municipal e ficam inelegíveis por oito anos; e os suplentes Mário José Soares (PP) e Sebastião Formento Filho (PP), da mesma forma, perdem os direitos políticos.

A partir da publicação do acórdão, Nataniel “Chulipa” de Oliveira Valença (PP) e Tarciso Soares (PP) devem assumir as cadeiras do PP no Legislativo batistense.

TEM MAIS

Boratti é, também, motorista da Secretaria Municipal de Saúde com função efetiva, e ainda pode perder o emprego em outro processo, na vara criminal. De acordo com a acusação, ele teria usado o cargo, o veículo da frota oficial do município e o telefone para a prática do crime.

RECURSO

O advogado de defesa Nelson Zunino Neto diz, com exclusividade para o Blog, que o resultado era esperado e que vai recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

(Re)reeleição

Postado em 19 de março de 2019

Adversários, adversários; opiniões sinceras à parte. O advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista, tem muitas diferenças, pessoais e políticas, com o vereador Leôncio Cipriani (MDB), mas diz que o parlamentar tem razão quando coloca o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) como apto à concorrência majoritária de 2020.

Eles comungam do entendimento de que Cândido não foi reeleito em 2016 e, portanto, não tem mandatos consecutivos. Para ambos, o chefe do Executivo batistense governou o município entre 1º de janeiro de 2013 e 29 de agosto de 2016, foi sucedido por Vilmar Francisco Machado (PPS) – que comandou a Capital Catarinense do Calçado por imposição da Justiça entre 30 de agosto e 31 de dezembro de 2016 –, e voltou ao posto, democraticamente, em 1º de janeiro de 2017.

Ou seja: tanto para Cipriani quanto para Zunino Neto, o atual prefeito cumpre, neste momento, um primeiro mandato e estaria naturalmente livre para tentar a reeleição no próximo pleito.

Além do esperado

Postado em 7 de janeiro de 2019

Saiu a classificação final da Corrida Internacional de São Silvestre. Representante da região, o advogado e ex-vereador Nelson Zunino Neto – presidente estadual da Rede Sustentabilidade –, de São João Batista, comemora a 3.569ª posição entre 30 mil competidores. Como meta, ele planejava ficar entre os primeiros 15 mil classificados.

Zunino Neto iniciou, há alguns meses, um projeto de reeducação alimentar e atividades físicas frequentes. Desde então, vem participando de competições de resistência. O advogado diz, agora, que o objetivo é concluir uma maratona – 42 quilômetros – e conquistar classificação ainda melhor na São Silvestre deste ano.

São Silvestre

Postado em 2 de janeiro de 2019
Foto: Divulgação

Presidente da Rede Sustentabilidade em Santa Catarina, o advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista, foi um dos 30 mil competidores na tradicionalíssima Corrida Internacional de São Silvestre, anteontem, em São Paulo. Tinha o objetivo de cruzar a linha de chegada nas primeiras 15 mil posições e, desde então, vem aguardando ansiosamente a publicação do ranking na página oficial da competição.

Em tempo: para um amigo, que telefonou ao fim da corrida, Zunino Neto, bem humorado, disse que só não venceu a São Silvestre porque foi superado por um queniano na reta final.

Contraponto

Postado em 25 de setembro de 2018

O presidente estadual da Rede Sustentabilidade, advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista, faz contraponto à nota “Infidelidade“, de ontem no Blog – que informou sobre a possível, ora provável, expulsão do suplente de vereador Paulo Cesar Venera das fileiras da REDE por infidelidade partidária.

“Não é verdade. Não houve qualquer comunicado oficial. Paulinho esteve ontem no meu escritório e está firme na Rede”, garante o comandante do partido de Marina Silva em Santa Catarina.

Infidelidade

Postado em 24 de setembro de 2018

A declaração de apoio, sábado (22), do prefeito de Rio do Sul, Jose Eduardo Rothbarth Thome (ex-PSDB, agora sem partido), a candidatos da coligação “Aqui é Trabalho”, liderada por Gelson Merisio (PSD), provocou reação imediata entre os tucanos – que têm Napoleão Bernardes como candidato a vice-governador e Paulo Bauer tentando a reeleição ao Senado, no grupo de Mauro Mariani (MDB): logo na sequência, o PSDB de Santa Catarina expulsou o mandatário rio-sulense das fileiras do partido.

A propalada infidelidade partidária deve abreviar, também, a estada do suplente de vereador Paulo Cesar Venera (REDE), de São João Batista, no renque da Rede Sustentabilidade. Ele vem manifestando apoio ao deputado estadual e candidato à reeleição Serafim Venzon (PSDB) e, por isso, irritando a gerência estadual da legenda, comandada pelo também batistense Nelson Zunino Neto. Paulinho da Ambulância, a propósito, já teria recebido um comunicado oficial da REDE.

DOIS PESOS

Quem navega em mar de almirante, contudo, é o vereador Cláudio Tiago Izidoro (MDB), de Tijucas, que, mesmo sob diretriz emedebista, reza a cartilha do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) nas demandas do Legislativo municipal e acompanha, publicamente, Merisio e Marlene Fengler (PSD) no vigente processo eleitoral.

Izidoro, aliás, pela postura, já foi tema – assim como o ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) – de assembleias internas do partido. Em janeiro, a propósito, decidiu-se que o vereador, mais o ex-mandatário, seriam degredados das fileiras emedebistas em breve. Em tempo: nem tão “em breve”, afinal. Pois, então?!

Suplente não recebe

Postado em 5 de setembro de 2018

O advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista, usa o Facebook para esclarecer – porque há quem questione – que “a função de suplente (de senador) não é remunerada, e serve apenas para substituir o titular em caso de necessidade”. Presidente da Rede Sustentabilidade em Santa Catarina, ele aceitou formar chapa, como suplente, com a pedagoga e ambientalista Miriam Prochnow (REDE) na disputa por uma vaga no Senado nestas eleições.

Zunino Neto lembra, ainda, que “neste ano são dois votos para o Senado” e que esta seria uma oportunidade para eleger “quem não é da política tradicional”. Pois, então?!

Candidato a suplente

Postado em 21 de agosto de 2018

Não basta comandar; é preciso participar. Com essa premissa, o advogado e ex-vereador Nelson Zunino Neto, de São João Batista, aceitou a suplência da candidata a senadora Miriam Prochnow (REDE). Ele é o presidente da Rede Sustentabilidade em Santa Catarina e um dos fundadores do partido na Capital Catarinense do Calçado.

O convite para a suplência ao Senado partiu da própria candidata, mas Zunino Neto, apesar de ter concordado, deve ter participação discreta na campanha.

Carona ilustre

Postado em 30 de julho de 2018
Foto: Divulgação

Durante a estada da ex-senadora, ex-ministra e presidenciável Marina Silva (REDE) em Santa Catarina, na semana passada, as honras ficaram por conta do presidente estadual da Rede Sustentabilidade, advogado Nelson Zunino Neto, de São João Batista.

Na foto, ela decidia e resolvia, pelo telefone, no carro dele, enquanto os compromissos urgiam no estado.