quinta-feira, 2 de julho de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Sonhos e vaidades

Postado em 12 de fevereiro de 2020

O presidente da Câmara Municipal de Canelinha, vereador Arlindo de Simas (PL), vai, enfim, realizar um sonho antigo. Candidato a prefeito por quatro vezes — sem jamais ter vencido o pleito majoritário da Cidade das Cerâmicas —, ele assume interinamente a chefia do Executivo canelinhense por 30 dias, a partir desta sexta-feira (14), durante as férias do titular, Moacir Montibeler (MDB).

O substituto natural, vice-prefeito Edson Orsi (MDB), entra em licença-saúde e deve cumprir um tratamento médico durante esse período.

STATUS

Com a incursão de Simas no comando do município, a vice-presidente do Legislativo, vereadora Neli Ferreira (MDB), estreia na presidência da Casa do Povo e, de quebra, ganha, também, de forma inédita, espaço na Galeria Édio Flores — que expõe cronologicamente retratos de ex-presidentes da Câmara no hall do parlamento canelinhense.

O projeto de resolução que “considera (também) ex-presidente o vereador que exercer a presidência em substituição ao titular a partir de 2020” foi posto em votação, de rompante, durante a última sessão.


Em tempo: na gestão anterior da Casa, o então presidente Fernando de Souza (PRB), alegando desconhecer a impessoalidade do feito, já havia mandado confeccionar, pelas mãos de um artista plástico e com recursos do Legislativo, o próprio retrato em óleo..