sábado, 22 de fevereiro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Sonhos e vaidades

Postado em 12 de fevereiro de 2020

O presidente da Câmara Municipal de Canelinha, vereador Arlindo de Simas (PL), vai, enfim, realizar um sonho antigo. Candidato a prefeito por quatro vezes — sem jamais ter vencido o pleito majoritário da Cidade das Cerâmicas —, ele assume interinamente a chefia do Executivo canelinhense por 30 dias, a partir desta sexta-feira (14), durante as férias do titular, Moacir Montibeler (MDB).

O substituto natural, vice-prefeito Edson Orsi (MDB), entra em licença-saúde e deve cumprir um tratamento médico durante esse período.

STATUS

Com a incursão de Simas no comando do município, a vice-presidente do Legislativo, vereadora Neli Ferreira (MDB), estreia na presidência da Casa do Povo e, de quebra, ganha, também, de forma inédita, espaço na Galeria Édio Flores — que expõe cronologicamente retratos de ex-presidentes da Câmara no hall do parlamento canelinhense.

O projeto de resolução que “considera (também) ex-presidente o vereador que exercer a presidência em substituição ao titular a partir de 2020” foi posto em votação, de rompante, durante a última sessão.


Em tempo: na gestão anterior da Casa, o então presidente Fernando de Souza (PRB), alegando desconhecer a impessoalidade do feito, já havia mandado confeccionar, pelas mãos de um artista plástico e com recursos do Legislativo, o próprio retrato em óleo..

Sonho realizado

Postado em 13 de maio de 2019

No ato em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, semana passada, o decreto que facilita o porte de armas para políticos eleitos, caminhoneiros, caçadores e atiradores esportivos, moradores de áreas rurais e repórteres policiais, entre outra categorias, quem ficou a seu lado o tempo todo, sorridente e aplaudindo freneticamente, foi o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento.

Ali, naquela feita, Peninha viu concretizado tudo o que vem defendendo nos últimos anos.

Sai, mas fica

Postado em 30 de janeiro de 2019

O vice-prefeito de Tijucas, Adalto Gomes, sai, de fato, do PT. Mas o PT realmente não sai dele. Apesar de alguns militantes petistas terem ficado muito contrariados com a decisão do adjunto tijuquense, caciques do partido vêm garantindo que estarão abraçados a ele numa possível candidatura majoritária em 2020, seja por que legenda for.

O advogado Roberto Vailati, ex-vice-prefeito e bastião do PT na Capital do Vale, a propósito, foi um dos que orientaram Gomes, em tempos passados, a deixar o partido de LulaDilma Rousseff se quisesse realizar o sonho de governar o município.

Cidadania europeia

Postado em 14 de março de 2018

Quem não quer ter um passaporte da União Europeia, e o consequente livre acesso ao Velho Continente? Para algumas famílias, inclusive em Tijucas, este tornou-se um sonho possível. Tudo porque o Grão Ducado de Luxemburgo – entre a França, a Alemanha e a Bélgica –, flexibilizou a legislação para que descendentes de luxemburgueses ao redor do mundo também possam se tornar cidadãos europeus. Vários deles estão na Grande Florianópolis e vêm se esmerando numa verdadeira “corrida pelo ouro”, com a busca por documentos que comprovem essa genealogia. Dezembro é o prazo para requerer a dupla cidadania.

Na Capital do Vale, a família do empresário Pedro Paulo Laus, da Terraza Urbanismo – e um dos idealizadores do famoso Loteamento Mata Atlântica –, está em vias de conseguir a cidadania europeia. “De Luxemburgo veio Peter Steil. A neta dele era esposa do coronel Gaspar Laus. Daí vem a nossa relação com ele e com a Europa”, explica o jovem Ricardo Laus, que vem juntando a documentação necessária para comprovar a descendência luxemburguesa. “Mas existem várias outras famílias, também em Tijucas, que conheço e que estão no mesmo processo”, revela.