domingo, 3 de março de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ato oficial

Postado em 8 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Bruno Collaço | Agência AL

O ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), tomou posse oficialmente, nesta quarta-feira (7), como deputado estadual interino. Cândido, que já estava na função desde o último dia 30, mas, no ato de hoje, estreou no plenário e foi recebido pelos colegas de parlamento.

Cândido discursou por cerca de 20 minutos. No texto, agradeceu pelos votos recebidos, pelo apoio dos amigos e familiares, relembrou histórias da infância e os primeiros passos na política, além de destacar ações dos períodos em que governador a Capital Catarinense do Calçado.

Em seguida, foi a vez dos deputados estaduais e novos colegas do batistense dedicarem alguns minutos de homenagem. Falaram, em sequência, Altair Silva (PP), Emerson Stein (MDB), Nilso Berlanda (PL), Lucas Neves (PODE), Luciane Carminatti (PT), Matheus Cadorin (NOVO), Júlio Garcia (PSD), Tiago Zilli (MDB), Carlos Humberto (PL), Ivan Naatz (PL) e Mauro de Nadal (MDB).

Ao término dos discursos, parte da plateia, praticamente toda convidada pelo ex-mandatário, aplaudiu, de pé, o novo deputado catarinense.

“É um sonho de criança. Não apenas meu, mas do meu pai, de São João Batista e de toda a região, que, há muito tempo esperava para ter um representante pra chamar de seu. Hoje, São João Batista e região tem esse deputado pra chamar de seu”, disse, com exclusividade ao Blog, minutos após a cerimônia.

Deputado Daniel

Postado em 2 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | VipSocial

Recém-empossado deputado estadual, o ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), não consegue conter a felicidade de, enfim, ocupar o lugar com que sempre sonhou. Aliás, o batistense nunca escondeu, nem mesmo no período em que governou a Capital Catarinense do Calçado, que planejava estar, um dia, entre os 40 membros do parlamento catarinense.

Tanto que, por ora, ele garante que o foco está em aproveitar ao máximo a oportunidade concedida pelo colega de legenda Camilo Martins (PODE). Entretanto, mesmo que de forma comedida, não descarta uma nova candidatura à chefia do Executivo municipal nas eleições deste ano.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, apresentado pelo colunista na TV Vip, o mais novo parlamentar catarinense afirmou, ontem, que gostaria de seguir como deputado, mas, se necessário fosse, retornaria à cidade natal para concorrer novamente à cadeira de prefeito.

“Amei ser prefeito de São João Batista. Eu quero ser deputado. Estou deputado por 30 dias, mas, se eu tiver que voltar a ser prefeito, para me dedicar e fazer melhor do que eu fiz em oito anos, com certeza não me furtaria”, disse.

CHANCE MÍNIMA

Os mais otimistas, inclusive, aguardavam ansiosamente pela chegada de abril e, com ele, a definição da eventual candidatura do deputado estadual Lucas Neves (PODE) à prefeitura de Lages. O fato poderia, na análise dos apoiadores de Cândido, abrir espaço para que o batistense assumisse novamente o cargo e, em caso de vitória do correligionário no pleito municipal, herdasse definitivamente na cadeira.

Entretanto, a expectativa não deve se confirmar. A legislação permite que um membro do Poder Legislativo concorra ao Executivo sem que precise renunciar, nem mesmo se licenciar da função.

Mas, além disso, o ex-mandatário batistense acredita que o colega dificilmente deixaria a Alesc. “Ele representa não somente Lages, mas toda a região. Certamente tem compromissos com essas cidades, se adaptou muito bem ao parlamento e não abriria mão disso”, explica.

ABERTO AO DIÁLOGO

Caso a pré-candidatura ao cargo máximo de São João Batista se confirme, Daniel Cândido consideraria uma conjuntura inédita, até mesmo com adversários de outras eleições. Durante a entrevista, o ex-prefeito e deputado estadual revelou, inclusive, que já conversou com lideranças de partidos rivais, como o presidente do PP batistense, ex-vereador Fábio Norberto Sturmer, e com antigos desafetos, a exemplo do empresário Felipe Lemos, presidente municipal do PL.

“É bom pra cidade? É um projeto pessoal ou um projeto cidade? Se for projeto cidade, sento com todos. Não tem problema nenhum”, garantiu.

Em campanha

Postado em 29 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O sonho de presidir o Poder Legislativo de Tijucas segue vivo para o vereador Ecio Hélio de Melo (PP). O parlamentar, que atualmente ocupa a vice-presidência da casa, estaria sondando colegas em pedidos de apoio na eleição da mesa diretora de 2024.

No ano passado, aliás, Ecinho também tentou, nos bastidores, conquistar o comando da Câmara. Teria, inclusive, procurado o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e pedido a intervenção do chefe do Executivo na eleição. Entretanto, não obteve sucesso.

Há, segundo um pássaro alvissareiro, certa rejeição dos correligionários à candidatura do progressista. A forma peculiar de se comunicar seria um dos principais entraves do projeto.

A concorrência interna também pesa. Afinal, tanto o atual, Maurício Poli (PSB), quanto o ex-presidente Rudnei de Amorim (PSD), que também aparecem como opções, têm, entre os colegas, mais estofo para a reconquista do cargo.

Renascimento

Postado em 12 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas/Arquivo

Embora esteja fechada desde 2018, muitos tijuquenses ainda sonham com a reabertura da Maternidade Chiquinha Gallotti. A unidade esteve aberta por quase 80 anos, anexa ao Hospital São José, que continua ativo no município.

Nas redes sociais, Evandro Souza, irmão do vereador Edson Souza (MDB), organiza um abaixo-assinado pedindo a retomada das atividades. O intuito é garantir um atendimento adequado para as gestantes da Capital do Vale, especialmente as que enfrentam dificuldades financeiras.

Prontamente, alguns internautas opinaram a respeito da solicitação. Há quem seja favorável, enquanto outras pessoas acreditam que não exista demanda necessária e recursos para manter a maternidade em funcionamento, o que, justamente, provocou o fechamento há cinco anos.

 

PARTOS NO PRÓPRIO HOSPITAL

O atual diretor do Hospital São José, Marcos Marcelino, garantiu ao Blog que há uma expectativa, ainda a médio prazo, de que partos de baixa complexidade sejam realizados no local, permitindo o atendimento em casos de pouco risco.

A ideia é aproveitar a estrutura atual do centro cirúrgico. A prática dependeria da autorização da secretaria de Estado da Saúde e a direção do HSJ já discute a possibilidade. A prestação do serviço não seria, necessariamente, a reabertura da maternidade.

Neste momento, o retorno dependeria do Estado e do planejamento regional aprovado pelo Ministério da Saúde. Hoje, o Hospital Regional Helmuth Nass, em Biguaçu, realiza partos e tem, inclusive, uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) neonatal.

Presente e futuro

Postado em 28 de julho de 2021
  •  
  •  
  • 2
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O vice-prefeito de Porto Belo, professor Elias Cabral (PL), acaba de concretizar um sonho. Foi aprovado na banca de doutorado da Universidade Columbia, em Assunção, no Paraguai, e agora tem o título de doutor em Educação.

 

Cabral, aliás, tem outra realização encaminhada: a de comandar o Executivo portobelense. O prefeito Emerson Luciano Stein (MDB) segue pavimentando a candidatura a deputado estadual em 2022 e, assim que confirmar a postulação à Assembleia Legislativa, precisa renunciar o cargo e entregar, definitivamente, as chaves do município ao adjunto.

“Nunca sonhei em ser primeiro”

Postado em 15 de dezembro de 2020
  •  
  •  
  • 41
  •  
  •  

Vereador eleito com a maior votação em Tijucas, o jornalista Cláudio Eduardo de Souza (PDT) garante que as campanhas de doações a famílias carentes que promove corriqueiramente — chamadas por ele de “Correntes do Bem” — não tiveram relação alguma com a quantidade de votos que recebeu nestas eleições. “É a mais rasas das análises que fazem. Não bati na porta de ninguém que ajudei. Não fui, justamente para que não parecesse uma cobrança. E muito provavelmente não recebi votos dessas pessoas”, explicou, quinta-feira (10), durante entrevista ao LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV.

Souza disse, ainda, que jamais considerou ser o mais votado no pleito proporcional da Capital do Vale; e que esperava entrar, nem que fosse, na 13ª cadeira do Legislativo municipal. “As pessoas me diziam que torciam por mim, mas que tinham compromisso com outro candidato. Eu sabia que teria uma grande torcida, mas me preocupava que isso não fosse revertido em votos. No melhor cenário, eu tinha esperança de conseguir, ao menos, a última vaga. Mas nunca sonhei com o primeiro lugar”, revelou. Assista ao programa na íntegra:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o LINHA DE FRENTE vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Sonho real

Postado em 13 de julho de 2020
  •  
  •  
  • 40
  •  
  •  
Foto: Divulgação/PMT

A tão sonhada obra de asfaltamento da Avenida Beira Rio de Tijucas começa, enfim, a se tornar realidade. O maquinário começou a operar hoje na drenagem da via.

Se o adágio popular diz que é preciso ver para crer, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) começa a crer no que vê. O chefe do Executivo tijuquense testemunhou, in loco, o início dos serviços e definiu a obra nas redes sociais como “o grande sonho sendo realizado”. A pavimentação asfáltica do corredor do Vale tem, agora, ao menos, uma ilustração realista.

Por Luan Lucas, especialmente para o Blog do Léo Nunes

“Naatz quer aparecer”

Postado em 15 de abril de 2020
  •  
  •  
  • 65
  •  
  •  

Autor, na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), da proposta de extinção das taxas ambientais em municípios litorâneos, o deputado estadual Ivan Naatz (PL) foi criticado pelo prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), semana passada, no Linha de Frente, na VipSocial TV. De acordo com o chefe do Executivo bombinense, o parlamentar tem outros interesses nessa questão. “Na verdade, a briga dele não é com Bombinhas e Governador Celso Ramos. É com a empresa responsável pela TPA, para quem ele pretendia prestar serviço”, afirmou o mandatário.

Quarto convidado do programa, Dalago Müller garantiu, também, durante a atração, que a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) jamais se envolveu em assuntos da administração municipal de Bombinhas desde que renunciou à prefeitura para concorrer nas eleições de 2018; e que não pensa, por ora, em seguir os passos da antecessora e se candidatar ao parlamento catarinense num futuro próximo. “Não tenho esse sonho”, revelou.

Talk show direcionado à política regional, o Linha de Frente tem transmissão semanal, todas as quintas-feiras, às 19h30, ao vivo e com a participação do público espectador em tempo real. A edição de semana passada, com a participação do prefeito de Bombinhas, permanece disponível nas redes YouTubeFacebook. Assista:

Sonhos e vaidades

Postado em 12 de fevereiro de 2020
  •  
  •  
  • 9
  •  
  •  

O presidente da Câmara Municipal de Canelinha, vereador Arlindo de Simas (PL), vai, enfim, realizar um sonho antigo. Candidato a prefeito por quatro vezes — sem jamais ter vencido o pleito majoritário da Cidade das Cerâmicas —, ele assume interinamente a chefia do Executivo canelinhense por 30 dias, a partir desta sexta-feira (14), durante as férias do titular, Moacir Montibeler (MDB).

O substituto natural, vice-prefeito Edson Orsi (MDB), entra em licença-saúde e deve cumprir um tratamento médico durante esse período.

STATUS

Com a incursão de Simas no comando do município, a vice-presidente do Legislativo, vereadora Neli Ferreira (MDB), estreia na presidência da Casa do Povo e, de quebra, ganha, também, de forma inédita, espaço na Galeria Édio Flores — que expõe cronologicamente retratos de ex-presidentes da Câmara no hall do parlamento canelinhense.

O projeto de resolução que “considera (também) ex-presidente o vereador que exercer a presidência em substituição ao titular a partir de 2020” foi posto em votação, de rompante, durante a última sessão.


Em tempo: na gestão anterior da Casa, o então presidente Fernando de Souza (PRB), alegando desconhecer a impessoalidade do feito, já havia mandado confeccionar, pelas mãos de um artista plástico e com recursos do Legislativo, o próprio retrato em óleo..

Sonho realizado

Postado em 13 de maio de 2019
  •  
  •  
  • 3
  •  
  •  

No ato em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) assinou, semana passada, o decreto que facilita o porte de armas para políticos eleitos, caminhoneiros, caçadores e atiradores esportivos, moradores de áreas rurais e repórteres policiais, entre outra categorias, quem ficou a seu lado o tempo todo, sorridente e aplaudindo freneticamente, foi o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento.

Ali, naquela feita, Peninha viu concretizado tudo o que vem defendendo nos últimos anos.