domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Novo governador

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O deputado estadual Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, acompanhou a transmissão de cargo do governador Jorginho Mello (PL) para o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB).

A passagem do comando do Governo do Estado ocorreu em ato oficial, realizado na Casa d’Agronômica, residência oficial do chefe do Poder Executivo catarinense. Nadal permanecerá no cargo até o próximo domingo (14), enquanto Jorginho Mello estará em viagem a Portugal.

Stein goza de uma relação muito próxima com o governador em exercício e fez questão de parabenizá-lo pela posse. “Desejo muito sucesso ao governador interino Mauro de Nadal. Espero e torço para que o amigo realize um excelente trabalho na gestão do Estado”, escreveu o portobelense.

Afastamento

Postado em 27 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Diagnosticado com um câncer na região do pescoço, o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (PSD), de Bombinhas, deve se licenciar do cargo a partir desta quinta-feira (27), para a realização de um procedimento cirúrgico. 

Paulinho ficará afastado por 10 dias e transmitirá a chefia do Executivo municipal ao vice-prefeito Alexandre da Silva. Em comunicado, o mandatário afirmou que “ficará em recuperação” durante o período. 

Chancelada 

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se a decisão final depender única e exclusivamente do prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), de Porto Belo, a chapa formada com Ailto Neckel de Souza (PL), na eleição suplementar de 2022, será reeditada em 2024. O projeto de reeleição do mandatário tem como vice, justamente, o atual adjunto portobelense. 

Além da afinidade, Lucinda pontuou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira passada (28), que confia extremamente no vice-prefeito e entende, ainda, que a manutenção da dupla é uma questão ética. 

“Eu sempre fui uma pessoa muito correta na minha vida pública. Eu não vou enganar. Cabe ao partido, mas a decisão principal é minha. Tivemos um mandato de dois anos. Por que eu vou usar ele para me eleger no primeiro mandato e no segundo não? Eu não faço isso. A pessoa é valorizada. Nunca discutimos, sempre conversamos. É como se fosse da família. Tem união, a gente vê trabalhar e somar”, explicou o mandatário. 

A boa relação, aliás, pôde ser vista meses atrás, na transmissão da chefia do Executivo municipal ao adjunto, durante as férias do titular. “Em Santa Catarina, muitos prefeitos têm medo de passar a cadeira pro vice-prefeito. No começo do ano, peguei 12 dias de férias, entreguei a chave da prefeitura, a caneta e falei: ‘nem me incomoda’. Ele tava lá trabalhando. A união faz a força”, completou. 

PROCURA-SE RIVAL

A ausência de grupos oposicionistas à administração municipal, fato recorrente desde o pleito municipal de 2020, não preocupa Lucinda. O mandatário portobelense entende que o processo acontecerá naturalmente e no futuro. 

“Pelo crescimento, o desenvolvimento… É difícil criar um grupo pra ir contra uma coisa boa. Quando é uma administração fraca, irregular, tem mil candidatos pra tentar chegar no poder. Mas hoje, Porto Belo, pelo jeito que tá sendo administrada, mesmo com algumas falhas, ainda é difícil. Só o tempo vai dizer quem virá para a concorrência”, afirmou.

Adjunto titular

Postado em 2 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Samara Melim | Arquivo

O último ano da gestão 2021/2024 começará com um novo comandante no Poder Executivo de Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL) deve, já no próximo dia 03, transmitir a função ao vice, Antônio Carlos Machado Júnior (PSD).

Machado Júnior seguirá como prefeito em exercício por um mês, durante as férias do titular. Entretanto, Alves Maciel, consultado pelo Blog, garante que permanecerá ativo neste período, participando de compromissos e executando tarefas necessárias para o andamento da gestão.

Esta será, aliás, a terceira oportunidade em que o adjunto assumirá o governo canelinhense. A primeira ocorreu em janeiro de 2022 e a segunda, mais recente, em março deste ano.

Sob nova direção

Postado em 4 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Nova Trento terá um novo governante pelos próximos 20 dias. Isso porque o prefeito Tiago Dalsasso (MDB) está de férias desde a manhã desta segunda-feira (4), quando transmitiu o comando do Executivo neotrentino ao vice, Moacir Dalla Brida (sem partido).

O prefeito em exercício estará incumbido de manter as atividades administrativas e o atendimento à população. Além disso, deverá visitar obras, localidades e demais tarefas executadas desde 2020 por Dalsasso.

O titular reuniu o secretariado municipal para a transmissão do cargo, em reunião no Gabinete. “Tenho certeza que nossos secretários vão continuar exercendo seus trabalhos com excelência, tendo o Moacir no comando”, disse Dalsasso na saída.

Satisfação à classe

Postado em 8 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação/SAR

Ex-secretário de Estado da Agricultura, o deputado estadual Altair Silva (PP), natural de Major Gercino e radicado no Oeste catarinense, onde administra empresas do setor agrícola, segue como forte representante, na Assembleia Legislativa, da classe a que pertence. Ele é o proponente da criação, e, portanto, o coordenador da Frente Parlamentar da Suinocultura na Alesc, que será lançada oficialmente nesta quarta-feira (10) no Palácio Barriga Verde.

De acordo com o gabinete do parlamentar, o objetivo da frente é a busca de soluções para os problemas que os suinocultores catarinense e que toda a cadeia produtiva enfrentam no dia a dia. A cerimônia tem início às 17h, com transmissão em tempo real no canal “Assembleiasc” do YouTube.

 

LIDERANÇA

Santa Catarina é o maior produtor e exportador de carne suína do Brasil, com acesso aos mercados mais competitivos do mundo. O estado conta com oito mil suinocultores, sendo que 15% trabalham de forma independente, ou seja, não participam do sistema de integração com as agroindústrias.

Rodízio

Postado em 4 de abril de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O compromisso do vereador Maickon Campos Sgrott com a suplência do PP na Câmara Municipal segue de pé. Neste mês, ele se licenciou do cargo novamente para que a suplente Tânia Roncálio (PP) experimentasse a vereança por 30 dias. A transmissão foi oficializada ontem, no plenário do Legislativo tijuquense.

Sgrott iniciou o cumprimento do acordo, firmado nas eleições de 2020, já no primeiro ano da legislatura. Os suplentes Júlio César Bucoski (PP) e Leonel João David (PP), respectivamente, foram os escolhidos para assumir a cadeira em 2021. No ano seguinte, como presidente da Casa, o filho do ex-prefeito Uilson Sgrott não pôde se afastar do cargo e, por isso, ficou impossibilitado de abrir espaço para os correligionários.

“É o reconhecimento de um resultado que foi alcançado com o trabalho em grupo”, destacou o parlamentar antes de desejar sucesso à substituta. Tânia, que somou 141 votos nas eleições de 2020, alcançou a sexta suplência do PP e permanece na Câmara até o fim do mês, quando o titular reassume o posto.

Pazes e mais áudios

Postado em 21 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Houve quem apostasse que o vice-prefeito de São João Batista, Almir “Déi do Gás” Peixer (MDB) — seguramente aquele que mais vezes esteve no comando do município no mandato atual, na região —, jamais teria uma nova oportunidade na chefia do Executivo. Os palpites têm motivo: as acusações públicas, em setembro, do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) sobre o adjunto “fazer rolo” com a retirada, sem permissão, segundo ele, de um documento da prefeitura para fins político-eleitorais.

Mas as rusgas parecem ter sido superadas com o fim das eleições. Pedroca entrou novamente em férias e passou, hoje, o bastão para Déi, que administra a Capital Catarinense do Calçado nos próximos 15 dias.

TURBULÊNCIA

O mandatário batistense vem passando por um período turbulento na gestão. A greve dos professores da rede municipal, de acordo com as especulações, tem sido uma das principais razões.

Por mensagens de áudio — que, obviamente, como todas as outras que ele enviou antes, durante e depois da campanha de 2020, passaram a ser compartilhadas sucessivamente nas redes de conversação online do município e da região —, Pedroca chegou a criticar severamente vereadores de oposição que teriam remetido salgadinhos para os professores que se reuniam no protesto. Pois, então?!

Coluna do Blog | 1º de junho, 2022

Postado em 1 de junho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação/PMNT

.

TRANSMISSÃO

O prefeito de Nova Trento, Tiago Dalsasso (MDB), entrou em férias. Ele se afasta do comando do município por dez dias e ontem transmitiu o cargo ao vice-prefeito Moacir Dallabrida (PL), que assumiu oficialmente hoje.

 

No itinerário do prefeito em exercício estão o atendimento ao público e as visitas a obras em andamento. “Vou continuar a fazer o bom trabalho realizado pelo Tiago”, prometeu Dallabrida na assinatura da ata, diante de todos os secretários municipais.

PONTO ELETRÔNICO

Enquanto o ex-prefeito de São João Batista e pré-candidato a deputado estadual Daniel Netto Cândido (PODE) era entrevistado no Jornal do Meio-Dia, na Rádio Super, quinta-feira (26), o desafeto, também ex-prefeito e dono da estação Aderbal Manoel dos Santos (PP) sugeria, remotamente, de casa, perguntas ao convidado. Foi a primeira vez que o ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social esteve na emissora.

Sobre o fatídico discurso de posse em 1º de janeiro de 2013, que culminou na incurável inimizade entre ambos, Cândido disse, mais uma vez, que se arrepende, que apenas cumpriu orientações e que, naquele momento, foi uma questão de sobrevivência.

HONRA AO MÉRITO

Pouca gente soube — justamente por sua bem-posta discrição — que o professor e doutor Celso Leal da Veiga Júnior, com décadas de dedicação ao Direito em Tijucas e região, foi homenageado, no fim de maio, com a Medalha de Sócio Benemérito do Instituto dos Advogados de Santa Catarina, a mais antiga e tradicional associação de advogados do Estado.

A honraria foi entregue pelo vice-presidente do Iasc, Harisson Araújo Almeida, em cerimônia muito prestigiada no campus da Univali (Universidade do Vale do Itajaí) de Tijucas.

PLEITO EXTRAORDINÁRIO

Porto Belo não é o único município catarinense a passar por eleição suplementar neste domingo (5). Os eleitores da pequena Presidente Castello Branco, com menos de 2 mil habitantes, no Vale do Contestado, também vão às urnas.

Nas duas cidades, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) pretende fazer um acompanhamento minucioso do processo, testando novidades da transparência eleitoral.

ALTRUÍSMO

O vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA), de São João Batista, já doou mais de R$ 50 mil em salários como parlamentar para projetos e entidades assistenciais. Desde que assumiu a vereança, em janeiro de 2021, ele vem contribuindo, mensalmente, com instituições, associações comunitárias, igrejas, grupos de escoteiros, campanhas filantrópicas e afins.

Um vereador recebe, em São João Batista, quase R$ 3,5 mil mensais.

Cara a tapa

Postado em 3 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Duas coisas não se pode dizer a respeito do ex-vice-prefeito Luiz Rogério da Silva (PSB): que ele seja acomodado e que não tenha competência para o serviço público. As melhorias no Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) de Tijucas, autarquia que administra desde a reeleição do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), têm sido frequentes e nítidas. Mas é na atenção pessoal e técnica, no trato intimista das situações de maior gravidade, que ele vem se destacando.

Hoje, por exemplo, com as chuvas que assolam o município e comprometem a distribuição de água, Rogerinho fez questão de participar in loco das resoluções. E fez transmissão ao vivo para a população, no Facebook, diretamente da unidade de captação, na Itinga, para dizer o que observou e orientar quem precisasse.

Dar a cara a tapa, aliás, é outra das virtudes do presidente do Samae. Nunca fugiu das cobranças e satisfações ao contribuinte. Para alguns, é um marqueteiro excepcional — o que não deixa de ser verdade —; mas para muitos continua sendo um servidor público ciente das suas obrigações e sensível ao interesse comum.