sábado, 10 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Contenda digital

Postado em 2 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ineditismo acompanha o prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido). Único na história político-administrativa do município a alcançar o poder desatrelado dos chavões cola-preta ou cola-branca, o jovem advogado tem, ainda, outra peculiaridade que não se observa em chefes de Executivos tradicionais: a manifestação pessoal, direcionada a munícipes e eleitores em redes sociais. E essa postura pouco usual traz, ocasionalmente, alguns contratempos à governança da Cidade das Cerâmicas.

A polêmica do momento expõe a discussão entre Alves Maciel e a professora Glaucia Pacheco, da rede municipal. O prefeito questionou a publicação da educadora no Instagram sobre o reajuste salarial do magistério e perguntou, em conversa privada, se ela “sabia quais professoras seriam demitidas para que o valor fosse pago”. A classe entrou em polvorosa. Se havia uma incerteza, agora, com a manifestação do chefe do Executivo, são duas.

Algum tempo depois, entretanto, o mandatário canelinhense fez outra postagem para dizer que a frase foi tirada do contexto e que não se tratava de uma ameaça. “Apenas expliquei para uma profissional da educação que não recebemos dinheiro a mais para pagar os professores e que estamos na busca por uma solução. Se fosse pura e simplesmente pagar, já estaria pago. Tenho respeito pela classe, já conversei com seus representantes e, conforme prometido, até a data base teremos uma solução decidida por ambas as partes”, publicou.

Mão amiga

Postado em 28 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O acolhimento do prefeito Emerson Stein (MDB) ao PP na administração municipal de Porto Belo, ainda na primeira gestão e com aliança declarada na campanha de reeleição, gerou frutos em Nova Trento. O ex-mandatário neotrentino Gian Francesco Voltolini (PP), principal opositor do MDB na Terra de Santa Paulina, vai tentar convencer os amigos a votarem no portobelense para deputado estadual nestas eleições, independentemente da discrepância dos partidos na esfera local.

“Aqueles emedebistas com quem que tenho afinidade e sei que jamais votariam no PP, vou pedir para votarem no Emerson, que tem potencial para se eleger e contribuir com Nova Trento. Mas, que fique claro: vou apoiar e trabalhar para um candidato do PP, naturalmente”, explicou Voltolini ao Jornal Correio Catarinense de São João Batista.

Vale lembrar, em tempo, que Giovani Voltolini (PP), irmão do ex-chefe do Executivo de Nova Trento, foi vice-prefeito de Porto Belo entre 2013 e 2016; e, mesmo em grupo adversário, abrigado por Stein com parceiro da gestão municipal — assim como grande parte dos progressistas de Porto Belo, admitidos no município. Pois, então?!

Bandeiras à parte

Postado em 23 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ver um prefeito em visita a Brasília na companhia de um dos principais vereadores de oposição é como encontrar uma mosca branca. Principalmente quando os partidos que representam têm rivalidade histórica e militância ferrenha no município. Por bênção de Santa Paulina ou evolução natural da classe política, Nova Trento vem dando exemplo nessa questão.

Na virada da quinzena, o mandatário neotrentino Tiago Dalsasso (MDB) e o vereador Jucelino Marino Chini (PP) — que, a propósito, teria intenção de concorrer à prefeitura em 2024 — deram-se as mãos e foram juntos à capital federal em busca de recursos. De tão afinados, estiveram, inclusive, lado a lado, nos gabinetes dos senadores das bandeiras que carregam, Dário Berger (MDB-SC) e Esperidião Amin (PP-SC), no Congresso.

Se fosse um conto, teria quem duvidasse. Mas há fotos. Várias. Institucionais e pessoais. Para dizer e mostrar que a política partidária deve se restringir às campanhas e que, passado o pleito, o todo é que precisa vencer.

Por conta própria

Postado em 22 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) reafirmou a posição, manifestada na abertura do ano letivo, a respeito do reajuste do magistério. Ele gravou um vídeo, hoje, para dizer que em nenhum momento mudou de ideia sobre a concessão do piso aos professores e que vai assumir o pagamento, já em março, independentemente da regularização da lei federal que rege o tema. O chefe do Executivo tijuquense, conforme justificado ontem em comunicado oficial do município, mantinha-se diligente à orientação da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis, que recomendou o aguardo da oficialização da lei para que os critérios de amparo ao piso fossem assimilados uniformemente pelos municípios.

Mariano Rocha deve encaminhar, nos próximos momentos, um projeto ao Legislativo para que o município componha a sua própria lei de equiparação dos salários dos professores ao piso nacional. Os vereadores da base já têm conhecimento da matéria e devem discutir os detalhes com os colegas, muito provavelmente, na próxima sessão.

Relações públicas

Postado em 21 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Definitivamente, os representantes máximos do Executivo de São João Batista são um perigo com um microfone na mão. E, normalmente, fazem muito mal a si mesmos. Porque têm a pecha de serem homens simples, do povo, sem rebuscamento, ou porque, de fato, precisam ser orientados sobre a atuação política — independentemente da administrativa — e a pertinência do cargo que ocupam.

O titular da cadeira, Pedro Alfredo Ramos (MDB), já ficou conhecido por dizer o que pensa publicamente; e durante as eleições de 2020, que quase pôs em risco por manifestações nada ortodoxas em redes sociais e, sobretudo, por mensagens de áudio vazadas, teve de ser tolhido, inclusive, de entrevistas, debates e conversas ao telefone durante a campanha. Agora, o vice-prefeito Almir “Déi do Gás” Peixer (PSD) resolveu provocar a ira do Legislativo ao dizer, na rádio, que os vereadores batistenses são “um bando de rapaz pequeno“.

E o contraponto veio na mesma toada. De opositores, da bancada neutra e até de governistas. Enquanto o presidente da Câmara e correligionário Edésio Pedrinho Tomazi (PSD), mais ponderado, respondeu, na tribuna, que “os parlamentares não estavam (no Legislativo) para brincar, mas para trabalhar e contribuir com o Poder Executivo”, o vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA), que recentemente se envolveu em contendas com Pedroca e setores do governo, foi à forra e sugeriu que o vice-prefeito devesse se preocupar mais com outras questões “como, por exemplo, empregar o próprio genro na prefeitura”. Pois, então?!

Reajuste do magistério

Postado em 21 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um grupo de professores — e, inclusive, ex-professores — de Tijucas vem reivindicando sistematicamente um reajuste salarial de 33,24% para a classe, conforme o piso nacional. E os protestos ecoam na classe política, com manifestações efusivas de opositores do governo. Um dos críticos mais veementes tem sido o vereador Cláudio Eduardo de Souza (PDT), que protocolou ofício na Câmara para exigir a correção salarial do magistério, e, hoje, no calor das discussões, publicou texto nas redes sociais em que pergunta, em letras garrafais, “cadê o reajuste dos professores?”.

O prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), que é professor, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Mas a comunicação da prefeitura emitiu nota oficial em que esclarece a questão. No comunicado, o município diz que “aguarda a regulamentação da matéria por intermédio de uma lei específica a ser aprovada no Congresso Nacional” e que, “de acordo com nota técnica da Associação dos Municípios da Grande Florianópolis, emitida dia 12, ‘até que a lei venha a ser editada, entende-se não haver critério válido para amparar a atualização ao piso salarial nacional dos profissionais do magistério'”.

Enquanto isso, como forma de amenizar a situação, o Executivo apresentou projeto de lei à Câmara Municipal para que os 8% de reajuste concedido aos servidores municipais seja, também, outorgado aos professores da rede.

Coluna do Blog | 18 de fevereiro, 2022

Postado em 18 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

.

VOLTA TRIUNFAL

Quem é do mar não enjoa. Promotor de eventos gabaritado, o canelinhense Ricardo Orlandi, agora presidente do Semais (Serviço Municipal de Água, Infraestrutura e Saneamento), voltou às festas. Ontem organizou o “Encontro de Gigantes” com os excelentes Nando KruscinsckiFá Booz — e canjas de Richard Limeira e Rodrigo Osky — no palco do Refúgio, nos fundos do extinto Posto Dinho, em Tijucas. Grande espetáculo para um público eclético e numeroso. Foi o primeiro de outros tantos.

CHUVEIRO

O excêntrico empresário Luciano Hang vai instalar um chuveiro da Havan na Costa Esmeralda. Escolheu a praia de Porto Belo para lançar a novidade e, midiático, já publicou foto ao lado do letreiro da cidade nas redes sociais. Viralizou! Até mesmo o prefeito Emerson Stein (MDB), da Capital Catarinense dos Transatlânticos, compartilhou a postagem do brusquense em tom de comemoração, e teve resposta: “Prefeito, em breve vou aí para juntos tomarmos um banho no chuveirão”.

INCÔMODO

O médico e empresário Rogério de Souza, popular Dr. Rogério, de Tijucas, que é progressista de carteirinha, revelou, ontem, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, na TV Vip, que se sente frustrado com a coadjuvação do PP na política local. Há 30 anos, o partido não lança um candidato a prefeito, embora seja, historicamente, um dos mais respaldados e tradicionais da cidade.

“Me incomoda. E muito! Não consigo conceber, e já deixei claro nas nossas reuniões. Acho, inclusive, que deveríamos, pelo menos, ter indicado o vice na primeira eleição do Eloi (Mariano Rocha, prefeito de Tijucas), em 2016″, bronqueou o ex-presidente da Acit (Associação Comercial e Industrial de Tijucas).

DINHEIRO NA CONTA

Deputado estadual Ricardo Alba (PSL) — o mais votado para o parlamento catarinense nas eleições de 2018 e que agora, no pleito que se avizinha, vai concorrer à Câmara Federal — esteve em Tijucas terça-feira (15) para anunciar a destinação de R$ 150 mil, em emenda parlamentar, para a revitalização da praça recreativa da Avenida Carlos Humberto Ternes, no bairro Joáia. A solicitação do recurso partiu do vereador Paulo Cesar Pereira (PSD), que organizou a recepção.

Cabeça branca

Postado em 16 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-prefeito e ex-vice-prefeito Eloir João Reis (PSD), popular Lico, se deu um novo apelido. Agora vereador, ele destaca os cabelos grisalhos como marca registrada na tribuna do parlamento canelinhense. Dispensou o clichê “este vereador”, usado exaustivamente nos microfones de qualquer Câmara Municipal do país, e adotou, no lugar, “este cabeça branca” quando trata dos feitos pessoais na vereança da Cidade das Cerâmicas.

Para os apoiadores, já foi “o homem da bicicleta” — porque pedalou, literalmente, os quatro cantos de Canelinha para conquistar a prefeitura em 2004 —, e para os rivais era, pejorativamente, “Rosinha” — em alusão à dupla sertaneja e humorística “Rosa e Rosinha”, e por conta da excentricidade e despojamento.

Seguramente, o “cabeça branca” canelinhense não tem lancha e nem passa os fins de semana em alto mar com mulheres e champanhe. Mas que tem personalidade, eleitores fiéis, um currículo admirável e já entrou para a história da política do Vale do Rio Tijucas, não há dúvidas.

Preferidos

Postado em 14 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Dirigentes do PT em Tijucas já definiram preferências a pré-candidatos nestas eleições. Para a presidência da República, obviamente, estarão com Luiz Inácio Lula da Silva; mas devem, também, oficializar apoio a Pedro Uczai para a Câmara Federal e se dividir por Pedro BaldisseraLuciane Caminatti no pleito ao parlamento estadual.

 

As confirmações foram feitas diretamente aos interessados, semana passada. Na comitiva à Assembleia Legislativa estiveram o presidente municipal do PT, Leandro Serpa, o vice-presidente Tannay Vaz Júnior e o secretário de Organização do partido, Pedro Costa. Durante os encontros, anunciaram, ainda, que pretendem instalar um comitê de campanha na Capital do Vale.

UNIDOS, MAS NEM TANTO

Os anúncios, entretanto, não contemplam o pré-candidato do PT ao governo estadual, Décio Lima. O alinhamento da regência municipal com o presidente do partido em Santa Catarina ficou comprometido.

Desde que Lima decidiu anuir o retorno do ex-vice-prefeito Adalto Gomes às fileiras petistas, contrariando a recomendação — ou exigência — do comando da legenda em Tijucas, a relação esfriou. A definição antecipada de preferidos para o Legislativo estadual e para a Câmara dos Deputados pode, ainda, ser uma retaliação à postura do pré-candidato ao governo, que, provavelmente, contava com o apoio dos correligionários tijuquenses à campanha da mulher, Ana Paula Lima, que tem raízes na cidade.

Desenferruje

Postado em 11 de fevereiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A vida em sociedade e as celebrações festivas vêm sendo retomadas gradativamente. Não poderia ser diferente com o tradicional Desenferruje, habitual encontro social do Carnaval tijuquense e peça basal no calendário de eventos do Movimento de Casais Shalom.

Primeira opção do Reinado de Momo na cidade, a festa foi agendada para amanhã, dia 12, a partir das 14h30, na aconchegante House Clube Beira Rio, na Praça Nereu Ramos, região central de Tijucas. Assim como o local, o casting de atrações também impressiona. Shows de Lucas Walker e do Grupo Sem Pressão estão confirmados. Outras informações e sorteios de brindes para o evento estão na página @houseclubeirario, no Instagram.

Os ingressos continuam à venda nas lojas Inocent’sModa & Romance, na Lupel Embalagens e na Relojoaria Sbors.