quarta-feira, 26 de janeiro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Contas prestadas

Postado em 26 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Ainda presidente do PDT em Tijucas — o empresário Thiago Peixoto dos Anjos assume o comando do partido oficialmente em 12 de fevereiro —, o suplente de vereador João Luiz Lopes contrapõe a nota “Nova direção“, do dia 14 no Blog, e explica que a perda da vigência da comissão provisória no sistema do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) se deve, única e exclusivamente, à desatualização da nominata de dirigentes. “Resolvemos não atualizar em função da nova presidência e seus integrantes”, pontua.

Lopes apresenta, ainda, o certificado de prestação de contas do exercício 2020 e garante que não houve qualquer problema dessa ordem na condução do partido. “Procuro dar o meu melhor em tudo que assumo”, conclui.

Sepulcro caiado

Postado em 26 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Para a procuradora geral do município de São João Batista, Neiva Cordeiro, o vereador Gustavo Grimm (CIDADANIA) é um “sepulcro caiado”. Ela usou a expressão bíblica em resposta às declarações do parlamentar — que frequentemente recorre à religiosidade nos discursos na Câmara —  sobre “não confiar” na orientação jurídica do governo. O termo, segundo estudiosos do Livro Sagrado, traduz algo com boa aparência externa e interior fétido.

“Estás fazendo média e usando o nome de Deus, que é o maior pecado do mundo. És um falso moralista. És, como diz na Bíblia, um sepulcro caiado. Até o teu sorriso é falso. Quem te conhece, sabe. E as pessoas estão começando a ver”, disse a procuradora em mensagem de áudio enviada ao vereador.

As diferenças com Neiva renderam a Grimm, ainda, a ruptura na relação com o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB). No fim do ano, o chefe do Executivo batistense, também por mensagem de áudio, recomendou ao parlamentar que “a partir de 1º de janeiro, tocasse a vidinha de vereador” e que “se precisasse de algo da prefeitura, que procurasse outra pessoa”.

Desacordo

Postado em 25 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A nomeação da professora Sueli Grimm na regência da Secretaria Municipal de Saúde de Canelinha não foi por acaso. Era um acordo político entre o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido) e o irmão da secretária, ex-vereador Abel Grimm (PSD), que quase concorreu à vice-prefeitura em chapa com Antônio da Silva (PP) em 2020, e, no frigir dos ovos, decidiu acompanhar o projeto do PSL naquele pleito.

O tratado, a propósito, tem dias contados. O mês sabático de Alves Maciel, em fevereiro, e a prenunciada troca de comando na Saúde municipal, devem marcar, sobretudo, a ruptura com Abel. O chefe do Executivo municipal, inclusive, já estaria apalavrado com a ex-vereadora Vanilda Rebelo (PSD) para a vaga atualmente ocupada por Sueli.

Licença não remunerada

Postado em 25 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Mudanças à vista na administração municipal de Canelinha. O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido) vai se licenciar do cargo por 30 dias no fim do mês. Diz que não são férias, mas uma licença não remunerada; e quer viajar com a família para a Bahia. Atualmente no comando da Secretaria Municipal de Assistência Social, o vice-prefeito Antonio Carlos Machado Junior (sem partido) assume a chefia do Executivo durante o afastamento do titular.

Existem indicativos, ainda, de que Alves Maciel use esse período para avaliar possíveis trocas no colegiado. Uma das pastas na berlinda seria a da Saúde, que tem gestão da professora Sueli Grimm e que estaria no topo do ranking de queixas da municipalidade.

Interrupção

Postado em 24 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A prefeitura de Tijucas comunicou, hoje, que os atendimentos ao público na Vigilância Sanitária do município estão suspensos até quarta-feira (26). Casos de Covid entre os servidores do setor motivaram a interrupção do serviço.

A nota diz, ainda, que a Vigilância em Saúde — combate à dengue e departamento de epidemiologia — segue atendendo normalmente.

Maioria na Câmara

Postado em 21 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido), de Canelinha, experimenta o dissabor de não ter maioria na Câmara Municipal. Dos 29 projetos que o Executivo encaminhou ao parlamento recentemente, sequer um foi à pauta da Casa do Povo depois do recesso.

Ontem, a propósito, o mandatário canelinhense recorreu a especialistas e a uma apresentação detalhada para convencer os vereadores da importância da instalação, em consórcio com a Associação de Municípios da Grande Florianópolis, de uma usina de fabricação de asfalto no bairro Cobre — proposta que considera prioritária, e que deve gerar descontos de 40% na pavimentação das estradas do município.

DISPENSA

Na vizinha São João Batista, entretanto, o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) dispensa a prevalência no Legislativo. Apesar da maioria constituída nas urnas, ele contava, também, com apoio do “Centrinho” — dissidentes de setores da oposição que mantinham inclinação governista —, mas, no fim do ano, abdicou desse préstimo.

Em mensagens enviadas a Gustavo Grimm (CIDADANIA) e Mário Teixeira (PSL), o chefe do Executivo batistense disse que não precisa de maioria na Câmara. “Vereador pra mim é tudo igual. A partir de primeiro de janeiro, vocês tocam a vidinha de vocês de vereadores, e eu toco a minha de prefeito. E quando precisarem de alguma coisa, vão consultar outras pessoas. Porque na prefeitura quem manda sou eu!”, recomendou Pedroca.

Redemoinho

Postado em 19 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A recente e preocupante falta d’água em São João Batista motivou uma série de discussões na Câmara Municipal. No calor dos debates, uma proposta — que pode ser rejeitada por inconstitucionalidade — para que as unidades consumidoras afetadas sejam isentadas do pagamento da fatura de janeiro chegou ontem à mesa da diretora do Sisam (Serviço de Infraestrutura, Saneamento e Abastecimento de Água Municipal), Andreia Costa. Os autores do requerimento foram os vereadores Mário Teixeira (PSL), Gustavo Grimm (CIDADANIA) e Elisandro dos Santos (PP).

Parte da vereança batistense estuda, ainda, a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o Sisam. Setores da oposição afirmam, e dizem ter provas, de que práticas ilícitas estariam ocorrendo sistematicamente na autarquia.

Marketing gratuito

Postado em 19 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Carismático, o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido) continua chamando a atenção — sobretudo de adversários — em São João Batista; e, vez ou outra, servindo como alvo para referências zombeteiras e memes em redes sociais. O mais recente tiro, a propósito, saiu pela culatra.

Uma publicação no Facebook quis atribuir a Cândido a pecha de, agora, por conta da egressão política com o atual prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), ser indiferente aos problemas da Capital Catarinense do Calçado. Na postagem, o autor usou um gift com a imagem do jogador de futebol Cristiano Ronaldo sorrindo e a frase “Daniel Cândido vendo quatro assaltos, três feminicídios, duas explosões, cinco assassinatos e um homem com um facão em frente à prefeitura”.

O secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, pretenso postulante ao parlamento catarinense nestas eleições, tirou de letra: “Já vou avisando que não vou deixar de sorrir e nem de trabalhar muito por causa disso, não”, escreveu. E o meme viralizou. Desde então, já alcançou mais de 8 milhões de visualizações.

Coluna do Blog | 18 de janeiro, 2022

Postado em 18 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

RESPOSTA

O senador Jorginho Mello (PL-SC), que tem relação familiar com Tijucas, recorreu às redes sociais, semana passada, para desmentir notícia do ND Mais. Segundo ele, não há, ainda, um nome definido para vice na chapa que pretende encabeçar na corrida ao governo estadual nestas eleições.

O motivo do contraponto foi a publicação do colunista Cacau Menezes, de que a deputada federal Ângela Amin (PP) estaria acertada com Mello para a disputa do Executivo catarinense.

PRAIA MAIOR

Depois de Balneário Camboriú, o próximo município a promover o alargamento da orla é Itapema, na Costa Esmeralda. A proposta, que começou a ser avaliada no segundo semestre de 2021, saiu do planejamento e passou ao trâmite de execução. A prefeita Nilza Simas (PSD) já autorizou a obra, que deve iniciar em março.

PAUTA BRANDA

O vice-prefeito Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), de Tijucas, garante que a recepção ao prefeito de Chapecó, João Rodrigues (PSD), e à primeira-dama Fabiana Matte Rodrigues (PSD) — que deve concorrer a uma cadeira no parlamento catarinense nestas eleições —, semana passada, em casa, nada teve a ver com política ou com o movimento eleitoral do pleito que se avizinha.

“Foi apenas um jantar com um casal de amigos muito querido. João tem apartamento em Itapema, e, sempre que possível, nos encontramos e confraternizamos. Nem falamos sobre eleições ou de política”, explica Cardoso, em atenção à nota “Coração de mãe“, de ontem no Blog.

TROCA-TROCA

Partido da base do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), o Podemos tem tudo para ser representado na Câmara Municipal de Tijucas mesmo sem ter concorrido diretamente nas eleições de 2020. A vereadora Nadir Amorim (PSD) estaria de malas prontas para a nova legenda, e, muito provavelmente, usaria a próxima janela partidária, em março, para oficializar a transferência.

Coração de mãe

Postado em 17 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Quando se trata de apoio a deputados estaduais — e pretendentes ao cargo —, a administração municipal de Tijucas vira alvo de cobiça. Se for listar todos os que já visitaram o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o vice, Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), com olhares voltados para o pleito eleitoral deste ano, perde-se a conta.

 

Desta vez, e com visita especial ao adjunto tijuquense na semana passada, quem se apresentou foi a primeira-dama de Chapecó, Fabiana Matte Rodrigues (PSD), que, inclusive, trouxe o pistolão e principal entusiasta da campanha João Rodrigues (PSD), prefeito, ex-deputado federal e especulado pré-candidato ao governo estadual. Ela vem percorrendo o Estado, com o marido na dianteira, em busca de parceiros e cabos eleitorais; e, estimam amigos e apoiadores, deve figurar entre as mais votadas de Santa Catarina assim que as urnas de outubro forem abertas. A conferir.

PREFERÊNCIA

Por ora, os nomes preferidos no paço tijuquense são o do ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (sem partido), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, e o da deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido), de Bombinhas, exatamente nesta ordem. Mas os flertes com outros postulantes à Assembleia Legislativa são constantes e variados. Todos querem uma fatia dos 12.151 votos que Mariano Rocha e Cardoso conquistaram em 2020.