quarta-feira, 19 de junho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Ampliação

Postado em 19 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A dupla de vereadores tijuquenses Fernando Fagundes (PL) e Erivelto “Danone” Leal dos Santos (PL) celebrou, nesta semana, a confirmação do envio de uma emenda impositiva de R$ 150 mil para a ampliação da sede social do clube XV de Novembro.

O recurso foi encaminhado pelo deputado estadual licenciado e atual secretário de Infraestrutura de Santa Catarina, Jerry Comper (MDB). A dupla justifica que a ampliação permitirá que a comunidade organize eventos no espaço.

Fagundes e Danone gravaram um vídeo contando a novidade aos internautas. “Estávamos na expectativa pela chegada desse recurso e, agora que veio, só temos que celebrar”, frisaram os parlamentares.

Na Justiça

Postado em 19 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: TV Câmara

Os vereadores Ecio Hélio de Melo (PL) e Paulo César “Frango” Pereira (PSD) podem ter um encontro, muito em breve, nos tribunais. Isso porque o liberalista estuda a possibilidade de acionar o colega de parlamento na Justiça, sob alegação de danos morais.

Pereira, durante a discussão de um projeto na sessão ordinária da última segunda-feira (17), bradou no microfone do plenário que Melo “se vendeu” e que, por isso, passou a fazer críticas ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD).

“É uma vergonha pro vereador Ecinho. Você comeu o mamão, jogou a casca fora e ficou gozando. Eu não me vendo. Ninguém me compra. Já o senhor fez a coisa errada e agora critica o coitado. Não fala besteira. Até agora estava abraçado e agora fala mal do coitado. Se vendeu e agora quer falar mal do homem. Fica feio pra ti, Ecinho”, alfinetou o parlamentar.

O Blog apurou que Melo, inconformado com a acusação, acionou um advogado – que já o acompanha há algum tempo -, para avaliar possíveis medidas judiciais.

Diga-me com quem andas…

Postado em 18 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Tornou-se público que o empresário Sidney Machado, (PL) pré-candidato a prefeito de Tijucas, esteve com o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro, em Brasília, dias atrás. O que muitos desconhecem, entretanto, é que ele não viajou sozinho para a capital federal.

Na comitiva estiveram ainda o presidente do PL tijuquense, Alberto Carlos “Tito” Dolorini, acompanhado da esposa Josiéli Pacheco, e o líder honorário do partido na Capital do Vale, José Vicente “Zezinho” de Souza e Silva. O grupo foi guiado pelo deputado federal Jorge Goetten (PL-SC), com quem têm muita proximidade. Mas apenas Machado, com aval do senador Jorge Seif (PL-SC), foi recebido por Bolsonaro.

E a exclusividade teve motivo. Embora correligionário, Goetten, o cicerone de Zezinho e companhia – com exceção de Ney da Tijusat –, não goza da simpatia do ex-chefe da Nação. O deputado federal, inclusive, surpreendeu recentemente ao acompanhar a bancada de esquerda no Congresso em pautas governistas e chegou a ser rotulado de “traíra” por bolsonaristas nas redes sociais.

Benefícios

Postado em 18 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE), de Bombinhas, destinou R$ 250 mil em emendas parlamentares para Esporte e Educação de Tijucas. Os recursos foram liberados na última sexta-feira (14) e já podem ser usados pelo município.

Parte do valor, estimado em R$ 150 mil, será utilizado para custear e garantir a continuidade das atividades nas escolinhas esportivas, que atende gratuitamente a crianças e adolescentes. O restante atenderá à demanda de ampliação da infraestrutura educacional, como construção de novas salas de aula.

“Investir em educação e esporte é essencial para o desenvolvimento dos nossos jovens e da comunidade. Estou empenhada em assegurar que esses recursos sejam utilizados de maneira eficiente, beneficiando a população de Tijucas,” afirmou Paulinha.

Pavimentaço

Postado em 18 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Uma parceria entre prefeitura de Nova Trento e Governo do Estado resultará em mais de quatro quilômetros de vias públicas asfaltadas. O anúncio oficial foi feito pelo prefeito Tiago Dalsasso (MDB), que pleiteava o recurso há algum tempo.

O investimento será em torno de R$ 14 milhões. A pavimentação será iniciada na junção dos bairros Espraiado e Morro da Onça, seguindo por ruas do Cascata e outras regiões centrais da terra de Santa Paulina.

Dalsasso agradeceu ao secretário de Estado da Infraestrutura, Jerry Comper, com quem nutre longa relação de amizade, e ao governador Jorginho Mello (PL), pelo “compromisso com a cidade”. “São mais de quatro quilômetros que transformarão a vida da nossa gente. Um sonho sonhado juntos e que será realizado em várias mãos”, celebrou o mandatário.

Corrida educacional

Postado em 17 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Conscientizar politicamente a população de Porto Belo é a principal meta da professora e advogada Rosana Schlichta (PSB). O grupo avalia que a estratégia permitiria um melhor debate de ideias e, automaticamente, a adesão de eleitores na corrida pela prefeitura.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, quinta-feira passada (13), a peessebista explicou que vem buscando a participação de “eleitores conscientes”, mas que atuará para educar quem ainda não conhece os trâmites da política.

“Essa é a arma que a gente tem. Queremos levar uma conscientização política. A partir do momento que as pessoas entendem, elas começam a decidir de uma forma melhor. Quando você leva o conhecimento político, de como é, de como funciona, como se lida nesse ambiente… É o debate de ideias. As pessoas vão ter que decidir o que é melhor pra elas”, disse.

LEMBRANÇAS

Embora represente uma frente com ideologias alinhadas à esquerda, em um município com eleitorado mais conservador e próximo das pautas direitistas, Rosana Schlichta acredita que o portobelense conseguirá deixar de lado a divisão nacional nas urnas.

“Porto Belo já foi comandada pelo Evaldo (Guerreiro, do PT). As pessoas lembram dele, que ele fez seis postos de saúde. Isso é o Estado. Ele zerou vaga de creche. É isso que pensamos. As pessoas começam a refletir. Acredito que em Porto Belo é diferente, porque as pessoas estão mais preocupadas com o dia a dia”, pontuou.

Méritos e honrarias

Postado em 13 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O título de Cidadão Honorário de Tijucas, concedido ontem em sessão solene da Câmara Municipal ao deputado estadual Júlio Garcia (PSD) serviu, segundo justificativa da Casa, para agradecer o parlamentar por contribuir com inúmeras causas tijuquenses. Mas pode significar mais do que isso.

Garcia é um dos mais respeitados – ora temidos – estrategistas políticos de Santa Catarina e conhecido por liderar o PSD nas articulações. Portanto, o gesto de agradecimento poderia, também, servir para chamar a atenção do deputado para os movimentos políticos da Capital do Vale.

Neste momento, a legenda que indicou e elegeu Eloi Mariano Rocha em duas oportunidades teve seu espaço reduzido no grupo e pode ter, inclusive, que oferecer protagonismo ao UNIÃO BRASIL na construção governista. Assinaram a indicação, a propósito, os vereadores Rudnei de Amorim, Paulo César “Frango” Pereira, Claudemir “Bigodinho” Correa e Nadir de Amorim, todos peessedistas.

Se a visita justificada pela homenagem resultará em mudanças na conjuntura, ainda não se pode afirmar. Mas, propositalmente ou não, os olhos da principal liderança da legenda estiveram por algumas horas, bem abertos, sobre Tijucas e suas nuances eleitorais.

Condecoração

Postado em 13 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O empresário e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Sidney Machado, conseguiu algo raro para políticos da região: uma audiência informal com o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro, na Capital Federal.

As conversas foram intermediadas pelo senador Jorge Seif Júnior, com quem o tijuquense nutre relações estreitas. Ney da Tijusat, como ficou conhecido, levou ao líder liberalista uma bandeira do município e posou orgulhoso para fotos.

Além disso, recebeu das mãos do presidente de honra do PL uma medalha do “Clube Bolsonaro – Imorrível, Imbrochável e Incomível”. O presente, via de regra, é dado somente àqueles que representam e seguem as diretrizes conservadoras defendidas pelo bolsonarismo.

NA CARTOLA

O encontro, a propósito, pode ser um trunfo para Machado na corrida interna do PL. Integrante da “velha-guarda”, ala composta por pessoas que acompanham o ex-presidente desde os tempos de deputado federal, Ney costuma se apresentar como o “único pré-candidato conservador”.

Agora “condecorado” com um objeto tão simbólico, quase que exclusivo para as pessoas próximas de Bolsonaro, a tese pode ser defendida com mais intensidade. Os efeitos poderão ser vistos – ou não -, a partir de agora. A conferir.

Condição única 

Postado em 12 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Das duas, uma: ou o UNIÃO BRASIL de Tijucas garante representação na chapa majoritária, ou a legenda pode desembarcar do projeto governista e buscar uma nova composição para o pleito de outubro. 

O partido, embora esteja concentrada na conjuntura com PP e PSD, não abre mão de ter um candidato a prefeito ou vice-prefeito na chapa. O nome do vereador e ex-presidente do Poder Legislativo municipal, Maurício Poli, por direito, é o indicado para uma das vagas. 

O parlamentar, em atenção ao Blog, não titubeou em afirmar que o grupo vem pleiteando o papel de destaque e que não aceitaria qualquer outro cenário, sob pena, inclusive, de procurar “outro lado”. 

“O União Brasil não abre mão. Criamos um grupo pra estar na majoritária e não vamos abrir mão. Já conversamos com alguns, mas ninguém abraçou ninguém e ainda não sabemos quem será o candidato. Com certeza absoluta não abrimos mão. Isso é um fato. Se não tiver espaço de um lado, vamos abrir uma porta de outro lado. Não tem porque ficar no governo sem espaço”, frisou Poli. 

Sem velinha

Postado em 12 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: TV Câmara

Os tradicionais festejos de aniversário de Tijucas, que completa 164 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta-feira (13), serão modestos se comparados aos anteriores. Isso porque, dias atrás, a administração municipal anunciou o cancelamento das atividades.

A justificativa para a decisão foi a crise vivida pelo Rio Grande do Sul, devastado por uma das maiores catástrofes climáticas já registradas no país. Em solidariedade com o povo gaúcho, o município optou por organizar um ponto para arrecadação de donativos e não promover outros eventos públicos.

A narrativa não agradou a todos. O vereador Erivelto “Danone” Leal dos Santos (PL), por exemplo, tratou do cancelamento como uma “desculpa” e afirmou que a explicação era “cômica”.

“Achei a ação legal e importante, apesar de estarmos atrasados. Mas chega a ser cômico. Deixar passar em branco o que tanto defendem, que é a cultura do município. Mais valia dizer que não querem gastar dinheiro. Era melhor, muito mais válido. Era o que deviam ter feito”, pontuou.