quinta-feira, 21 de novembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Aliança

Postado em 20 de novembro de 2019

Mesmo sem existir de fato, o Aliança pelo Brasil — projeto embrionário especulado como próximo reduto do presidente Jair Bolsonaro — já movimenta a pauta de conjecturas em Tijucas. De acordo com algumas elucubrações, o secretário municipal de Desenvolvimento, Jean Carlos de Sieno dos Santos, estaria cotado para comandar o futuro partido na Capital do Vale. O vereador licenciado, no entanto, ainda na presidência do PSC tijuquense, jura que sequer conhece o assunto.

“Pelo que sei, porque leio e ouço, esse partido não existe. Ninguém conversou comigo a respeito. E por que eu?”, comenta — e questiona — Sieno dos Santos, com exclusividade para o Blog. O secretário revela, ainda, que tem convites de partidos tradicionais, mas que vai deixar a atividade política somente para a campanha de 2020.

PREFERÊNCIA

Se o secretário de Desenvolvimento desconhece o trâmite, o bombeiro militar de reserva Gerson Henrique Marcelino — que, recentemente, esteve à frente do PSL municipal — está atento. É certo que, com a migração de Bolsonaro para o projetado Aliança, o deputado estadual Onir Mocellin (PSL) siga os passos do presidente da República e abra caminho para os seus na regência tijuquense do futuro partido.

Marcelino é assessor de Mocellin na Assembleia Legislativa e, por intermédio do parlamentar, comandou o PSL em Tijucas entre abril e agosto. Para a nova legenda, eles teriam, novamente, a preferência.

Convocação

Postado em 20 de novembro de 2019

Os vereadores situacionistas estão convocados para, na próxima semana, discutir o planejamento das eleições de 2020 com Helio GamaRogério de SouzaUilson SgrottGeremias Teles SilvaRoberto Vailati e companhia.

O recôndito Conselho — grupo formado por empresários e líderes colas-brancas para orientar politicamente o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e a administração municipal de Tijucas — tem pressa. As estratégias para as próximas eleições repousam na mesa e a impaciência retumba.

Aplausos

Postado em 19 de novembro de 2019

O paratleta Ymanitu Geon da Silva, popular Many, de Tijucas, recebe Moção de Aplausos da Assembleia Legislativa de Santa Catarina na próxima quarta-feira (27) “pela trajetória de superação e conquistas como tenista profissional paralímpico e primeiro brasileiro em cadeira de rodas a disputar o Grand Slam de Roland Garros, bem como pelos excelentes serviços prestados ao paradesporto tijuquense, com repercussão catarinense e nacional”.

A proposição foi do deputado estadual Jerry Comper (MDB), por sugestão do vereador Fernando Fagundes (MDB). A matéria recebeu aprovação do Legislativo catarinense em 3 de julho.

Leilão milionário

Postado em 19 de novembro de 2019

A fim de evitar depreciação, e reduzir custos de pátios e galpões, a recente Lei Federal 13.886 foi criada para dar agilidade à alienação de bens apreendidos — entre imóveis, veículos, aeronaves e equipamentos eletrônicos — em processos criminais. Nos casos de Santa Catarina, a Secretaria Nacional de Administração já contratou um leiloeiro para realizar os encaminhamentos.

Dos 600 imóveis apreendidos no estado, dois estão em Itapema e valem, juntos, cerca de R$ 8 milhões. O objetivo da proposta é que, com a venda desses bens, sejam implementadas políticas públicas de prevenção ao tráfico de drogas.

Acerto de contas

Postado em 19 de novembro de 2019

Demorou, mas a relação de amizade e fidelidade entre o deputado federal Rogério “Peninha” Mendonça (MDB-SC), de Nova Trento — vice-líder do governo na Câmara —, e o presidente Jair Bolsonaro (PSL) começa, enfim, a gerar vantagens para o povo barriga-verde. A bancada catarinense recebeu R$ 130 milhões em emendas coletivas empenhadas no Orçamento da União para 2020. A do Pará, por exemplo, conseguiu pouco mais de R$ 1 milhão.

Para o jornal O Estado de S. Paulo, Peninha disse que “é reflexo da aproximação com o Planalto, já que o presidente teve 75% dos votos no estado”. Segundo o parlamentar neotrentino, “Bolsonaro havia prometido atenção especial a Santa Catarina”.

Agenda trocada

Postado em 18 de novembro de 2019
Foto: Dirleni Dalbosco

No momento em que o empresário brusquense Luciano Hang palestrava em São João Batista, segunda-feira (11), o prefeito da Capital Catarinense do CalçadoDaniel Netto Cândido (PSD), devolvia a visita e se acomodava no plenário da Câmara Municipal de Brusque para ouvir o ex-governador do Rio Grande do Sul e ex-senador Pedro Simon no Ciclo de Conferências Magnas Temáticas, que marca o Bicentenário da Independência do Brasil e da fundação do Império.

O ciclo, idealizado em 2015, teve início em solo batistense no ano seguinte, com a participação de Dom Bertrand de Orleans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel. O historiador Paulo Kons — que trabalha para que São João Batista, com a Colônia Nova Itália, seja reconhecido pioneiro da imigração italiana no Brasil — é o principal organizador do evento.

Uma dezena

Postado em 18 de novembro de 2019
Foto: Luiz Junnior/VipSocial

Os sócios Rafael FumagaliCamila GuillAline Pacheco Daniel Luz, todos de Tijucas, inauguraram a 10ª FitLand, semana passada, juntamente com o Komprão Koch Atacadista em Balneário Piçarras. A rede, que começou como Container Suplementos Alimentares, é, atualmente, a segunda maior do segmento em Santa Catarina.

Especializada em produtos naturais e suplementos, a FitLand tem, hoje, nove lojas próprias e uma franquia em São João Batista — com outra prestes a inaugurar em Brusque, e mais seis em negociação. A próxima unidade, com assinatura dos quatro empresários tijuquenses, deve, mais uma vez, acompanhar o Komprão, em São José, na Grande Florianópolis, em dezembro.

Gratidão e coração

Postado em 18 de novembro de 2019

A gratidão ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), bem como à vereadora Elizabete Mianes da Silva (PSD) e ao secretário municipal de Saúde, Vilson “Tem” Porcíncula, e, especialmente, ao vereador Rudnei de Amorim (DEM) — em razão do apoio recebido nas eleições gerais de 2018 —, pesou no envolvimento da deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) na construção da aliança entre o PSL estadual e o governo de Tijucas para as eleições de 2020. Os motivos foram postos às claras, semana passada, na reunião mensal do PDT tijuquense.

Paulinha, no entanto, garantiu apoio irrestrito aos correligionários da Capital do Vale em qualquer cenário; apesar de considerar uma derrota de Mariano Rocha na concorrência municipal de 2020 muito improvável. Para ela, a formação de uma nominata consistente de candidatos a vereadores teria que ser priorizada. A parlamentar acredita que o PDT seria capaz de iniciar a legislatura 2021-2024 com três representantes na Câmara Municipal.

Moção de aplausos

Postado em 13 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Prestes a deixar o comando da Polícia Militar de Tijucas, o major Eder Jaciel de Souza Oliveira foi homenageado, agora à tarde, na Assembleia Legislativa por “excelentes e relevantes serviços prestados” à região. O vereador Rudnei de Amorim (DEM) e o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) participaram da cerimônia.

O subcomandante da companhia, tenente Daniel Duering — cotado para a assunção do posto —, também recebeu a moção do parlamento catarinense.

O proponente da honraria foi o deputado estadual Ismael dos Santos (PSD), que destacou, ainda, “o agradecimento de toda a sociedade” à atuação de Souza Oliveira e Duering no comando da 3ª Companhia de Polícia Militar.

Preocupação fiscal

Postado em 13 de novembro de 2019

Se as administrações públicas do Vale do Rio Tijucas, em geral, conquistaram posições destacadas no IFGF (Índice Firjan de Gestão Fiscal) 2019, o mesmo não se pode dizer de Canelinha. No levantamento, a Cidade das Cerâmicas aparece no preocupante 267º lugar entre os 295 municípios catarinenses.

Os números, a propósito, deram margem para o requerimento 89/2019, do vereador Antônio Carlos Flores (PSDB), que cobra explicações do prefeito Moacir Montibeller (MDB) sobre o “comprometimento do orçamento com os gastos na folha de pagamento”. O parlamentar quer, ainda, que a prefeitura deixe a Câmara a par da “real situação financeira do município”.