terça-feira, 23 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Presidência curta

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O vereador Cláudio Eduardo de Souza, de Tijucas, não responde mais pela regência local do PDT. Ele anunciou ontem que deixará o partido que presidiu por pouco mais de dois meses e onde esteve filiado durante quatro anos.

Em um texto de despedida, o parlamentar de primeiro mandato afirmou que o projeto estava “bem e crescendo”. Entretanto, parte da executiva teria optado por deixar o grupo e migrar para outras legendas. O que, por fim, esvaziou as fileiras pedetistas. Os escassos recursos financeiros também foram apontados como fatores preponderantes para a decisão.

“Vários nomes receberam convites de outros partidos e de outras lideranças políticas. E aceitaram mudar, restando poucos pré-candidatos, o que, para alguém que não tem dinheiro e nem promessas para fazer contrapropostas, significou o risco de não termos nominata suficiente para lançar sequer candidatos a vereador em 2024”, justificou Souza.

PRÓXIMA PARADA

Os indícios de que o jornalista esteja muito próximo de assinar a ficha de filiação ao MDB tijuquense são claros. Entretanto, questionado pelo Blog, o vereador revelou que ainda não definiu o futuro. “Estou analisando. Precisava, primeiro, resolver a situação com o PDT”, explicou.

Em contrapartida, no ninho periquito o pouso de Souza é dado como certo. E pode, inclusive, ocorrer nesta quarta-feira (3), quando o partido promove uma noite de filiações com vistas no pleito que se aproxima.

Vereador presidente

Postado em 22 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Os pedetistas de Tijucas estão sob nova direção. Segundo lugar na disputa majoritária de 2020 no município, o partido anunciou, hoje, a formação da nova executiva. O vereador Cláudio Eduardo de Souza, mais votado no último pleito ao parlamento, passa a presidir a legenda na Capital do Vale.

A suplente de vereadora Consuelo Azevedo assume a vice-presidência, enquanto Matheus Henrique Silva Peixer, Juliano de Oliveira e Nelson Zunino Duarte respondem como secretário geral, tesoureiro e membro, respectivamente.

Ao Blog, o novo presidente afirmou que vem mantendo conversas com todos os partidos, pensando no pleito de outubro. Mas garante que o grupo estará na oposição do governo do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD).

“Nosso compromisso é o de nos unirmos aos projetos que estejam em caminhos opostos ao da atual administração. O povo quer e precisa dessa mudança. Estamos dispostos a lutar por isso”, diz.

MDB

Especula-se há algum tempo que Cláudio do Jornal estaria cotado às fileiras do MDB. Entretanto, o plano, por ora, segundo ele, é de fortalecer o PDT e, no futuro, analisar o cenário e definir o melhor caminho.

“O grupo todo entende que estaremos unidos a um projeto de oposição à atual administração, o que nos aproxima de todas as siglas que pensem da mesma maneira, inclusive o MDB”, explica.

EXECUTIVO OU LEGISLATIVO?

A participação do parlamentar no pleito, neste momento, ainda não está definida. Consultado, o pedetista explicou que está à disposição do grupo para a disputa majoritária. Entretanto, dependeria da adesão dos correligionários.

“Teremos uma reunião entre os filiados para confirmar a possibilidade. Se entenderem que meu nome é o ideal para essa missão, vou com tudo”, disse.