quarta-feira, 4 de agosto de 2021 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Força somada

Postado em 2 de agosto de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A pré-candidatura do prefeito Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, a deputado estadual em 2022 vem ganhando adeptos. Na região, os correligionários emedebistas têm abraçado o projeto do mandatário portobelense em grande escala. No fim de semana, foi a vez do ex-prefeito Valério Tomazi (MDB), de Tijucas, aderir ao movimento.

 

Na vizinha Capital do Vale, aliás, Stein já havia conseguido somar os apoios do também ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), do vereador Edson Souza (MDB), do casal de ex-vereadores Fernanda Melo Bayer (MDB) e Esaú Bayer, além de suplentes — como Oscar Luiz Lopes (MDB) — e outras lideranças da legenda.

Pretensão

Postado em 16 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Esteio do PP para as eleições de 2020 — com a cessão de peças importantes para a reconstrução do partido, como o atual vereador Cláudio de Oliveira — o Podemos de Tijucas planeja se reestruturar no município. Tem o gerente administrativo do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Fabiano Saramento, e o empresário Paulo Sergio “Galinha” Pinto no pelotão de frente, e a pretensão de se tornar grande para as próximas eleições.

Uma das figuras que devem assinar filiação ao partido é a vereadora estreante Nadir Amorim (PSD), que aceitou convite pessoal do deputado federal Rodrigo Coelho (atualmente no PSB, mas com migração para o Podemos já anunciada). A regência municipal da legenda estima que em 2022, depois da janela de transferências partidárias, tenha pelo menos dois representantes no Legislativo tijuquense.

Decepção em dobro

Postado em 9 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O presidente do PP de Nova Trento, vereador Jucelino Marino Chini, não deve permanecer por muito mais tempo no partido. Fontes do Blog garantem, inclusive, que ele já teria redigido a carta de desfiliação e aguarda o momento certo para comunicar publicamente a decisão.

Chini não foi convidado para uma reunião dos progressistas com vistas nas eleições municipais de 2024, e estaria se sentindo duplamente desprestigiado: porque foi boicotado no encontro dos correligionários e porque não faz parte dos planos do partido para o próximo pleito na Terra de Santa Paulina. Informações preliminares dão conta de que o PP neotrentino já estaria decidido a trabalhar os nomes do ex-secretário de Saúde do município, Maxiliano de Oliveira, candidato a prefeito vencido na última eleição, e do vereador Silvio César Correia para tentar a retomada da prefeitura.

Difícil adaptação

Postado em 7 de julho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Caso a deputada estadual Ana Paula da Silva (sem partido) decida se filiar ao Podemos, seguramente teria a companhia do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT), segundo colocado na concorrência majoritária de Tijucas em 2020, com 4.238 votos. O tijuquense e a ex-prefeita de Bombinhas estão alinhados e têm um acordo para as eleições de 2022.

Peixoto dos Anjos teria uma barreira pessoal, porém, se a opção da parlamentar for pelo PP. De origem emedebista, o empresário vem revelando aos mais próximos que não consegue se ver no Progressistas e que enfrentaria muitas dificuldades para se adaptar.

Assediado

Postado em 25 de junho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Anteontem, antes de jantar com o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) na Casa d’Agronômica, o vice-prefeito de Canelinha, Antonio Carlos Machado Junior (PSL), precisou passar na Casa Civil do Estado. Recebeu o chamado durante a tarde, no mesmo dia, mas não foi informado do assunto. Especula-se que o teor da reunião, no domínio da cúpula do PSL estadual, tenha a ver com o partido e as eleições de 2022.

Machado Junior vem sendo incentivado por líderes peesselistas de Santa Catarina a se candidatar no próximo pleito. Consultado, ele diz que “por enquanto, não está nos planos”; mas revela que o assédio tem sido recorrente. Segundo o adjunto canelinhense, o comando do partido faz questão de lembrar, sempre, nesses contatos, de que “vice-prefeito não precisa se licenciar do cargo para ser candidato a deputado”.

Pauta política

Postado em 16 de junho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A relação entre o vice-prefeito Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) e o senador Jorginho Mello (PL-SC) é cada vez mais estreita. Com o diretor do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Luiz Rogério da Silva, o adjunto tijuquense cumpre agenda em Brasília nesta semana e, entre compromissos protocolares, esteve mais uma vez com o presidente do PL em Santa Catarina.

 

Desde que se tornaram próximos, o senador vem assediando Coisa Querida a ingressar no PL e, além disso, comandar o partido em Tijucas. Neste recente encontro, na capital federal, o convite foi refeito; mas, ainda, sem o esperado “sim” do vice-prefeito.

De malas prontas

Postado em 19 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Caso o empresário Thiago Peixoto dos Anjos realmente se candidate a deputado federal, fatalmente não será pelo PDT, por onde concorreu à prefeitura de Tijucas em 2020. Ele, neste momento, vem sendo tutorado pela deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) e deve, com ela, migrar para outra legenda assim que a janela de transferências for aberta.

Há opções sobre a mesa, e um partido nem tão à esquerda e muito menos à direita seria o caminho mais viável. Hoje, a alternativa mais atraente para ambos, de acordo com fontes ligadas ao grupo, seria o Podemos; mas o projeto continua sob análise.

Sem retorno

Postado em 17 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se o ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) quiser, de fato, voltar às fileiras do PT — onde conquistou todas as vitórias eleitorais do currículo, em quatro décadas de militância —, vai mesmo precisar recorrer a instâncias superiores. A regência municipal do partido em Tijucas não admite, de maneira alguma, o retorno do policial rodoviário federal aposentado aos quadros petistas.

Na semana passada, o PT da Capital do Vale emitiu nota oficial a respeito do tema e tratou a saída de Gomes, no fim de 2019, para o PL, como “estratégia personalista”. O comunicado diz, ainda, que “a direção executiva, o diretório municipal, a militância e os simpatizantes do partido não compactuam com velhas práticas autoritárias e coronelistas, que ferem a construção democrática e o socialismo”, evidenciando, de forma incisiva, o desagrado com o caminho tomado pelo ex-companheiro para a disputa das eleições de 2020.

Ordem assinada

Postado em 12 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Conforme combinado, o deputado federal Fábio Schiochet (PSL-SC) veio a Tijucas, ontem, especialmente para entregar ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e ao secretário de Saúde do município, Vilson “Tem” Porcíncula, o empenho de R$ 100 mil na atenção básica dos tijuquenses. Intermediador da solicitação, o empresário Bruno Bordin (PSL), candidato a vice-prefeito nas eleições municipais de 2020, acompanhou o ensejo.

SEM BANDEIRAS

No discurso, Schiochet — presidente estadual do PSL — lembrou o resultado do pleito municipal em Tijucas e disse que, passado o período eleitoral, é preciso “enrolar as bandeiras e pensar conjuntamente”. Enalteceu a postura de Bordin e pediu, abertamente, que ele assuma os desígnios do partido na Capital do Vale.

De acordo com o deputado, o jovem diretor administrativo da Manecar Veículos reúne todas as qualidades que um líder precisa ter.

Café amargo

Postado em 7 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O café, na área de convivência do Hipermercado Koch, que reuniu o ex-vice-prefeito Adalto Gomes (PL) e o presidente do PT em Tijucas, artista plástico Leandro Serpa, nesta semana, foi frio e sem açúcar. Na mesa, além das xícaras, o projeto de retorno do policial rodoviário federal aposentado para as fileiras do partido onde sempre militou, mas que, por estratégia eleitoral, abdicou.

Serpa, assim como a maior parte da regência petista do município, não admite a volta do ex-adjunto tijuquense aos quadros do partido. E deixou claro, olho no olho, durante o encontro. Gomes, por sua vez, avisou que, se necessário, acionaria a executiva estadual da legenda. Pois, então?!