sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Presidência curta

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O vereador Cláudio Eduardo de Souza, de Tijucas, não responde mais pela regência local do PDT. Ele anunciou ontem que deixará o partido que presidiu por pouco mais de dois meses e onde esteve filiado durante quatro anos.

Em um texto de despedida, o parlamentar de primeiro mandato afirmou que o projeto estava “bem e crescendo”. Entretanto, parte da executiva teria optado por deixar o grupo e migrar para outras legendas. O que, por fim, esvaziou as fileiras pedetistas. Os escassos recursos financeiros também foram apontados como fatores preponderantes para a decisão.

“Vários nomes receberam convites de outros partidos e de outras lideranças políticas. E aceitaram mudar, restando poucos pré-candidatos, o que, para alguém que não tem dinheiro e nem promessas para fazer contrapropostas, significou o risco de não termos nominata suficiente para lançar sequer candidatos a vereador em 2024”, justificou Souza.

PRÓXIMA PARADA

Os indícios de que o jornalista esteja muito próximo de assinar a ficha de filiação ao MDB tijuquense são claros. Entretanto, questionado pelo Blog, o vereador revelou que ainda não definiu o futuro. “Estou analisando. Precisava, primeiro, resolver a situação com o PDT”, explicou.

Em contrapartida, no ninho periquito o pouso de Souza é dado como certo. E pode, inclusive, ocorrer nesta quarta-feira (3), quando o partido promove uma noite de filiações com vistas no pleito que se aproxima.

Dito e feito

Postado em 30 de janeiro de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto Divulgação

O deputado federal Darci de Matos (PSD-SC) cumpriu a palavra empenhada com o vereador Rudnei de Amorim (DEM) e com o empresário Eliel Hamilton Ventura, e esteve hoje em Tijucas para oficializar a destinação, em emenda parlamentar, de R$ 700 mil ao município. O recurso entra nos cofres municipais com apenas uma finalidade: o asfaltamento de mais de 1,5 quilômetro na localidade de Timbé, no interior da Capital do Vale.

Para a obra, orçada em pouco mais de R$ 1 milhão, entretanto, a prefeitura teria que arcar com a contrapartida de R$ 300 mil. E o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), a propósito, já garantiu esse complemento.

Água e asfalto

Postado em 1 de setembro de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O departamento de Comunicação da prefeitura de Bombinhas enviou release à imprensa, hoje, sobre a emissão da LAI (Licença Ambiental de Instalação) pela Fatma (Fundação do Meio Ambiente) para a instalação do sistema de captação e tratamento de água no município. Em 27 quilômetros de adutoras, a Capital do Mergulho Ecológico trará do Rio Tijucas a água que falta na cidade. De acordo com o projeto, 2,5% da capacidade hídrica de fornecimento do rio estão destinados à população bombinense.

“Finalmente temos a possibilidade de resolver esse grave problema que nos aterroriza há tantos anos”, comemora a prefeita Ana Paula da Silva (PDT), que, semanas atrás, na Câmara Municipal de Tijucas, garantiu que “a obra não trará qualquer prejuízo aos tijuquenses”.

O prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) ainda faz suspense sobre as contrapartidas do acordo para Tijucas. Mas o blog, que tem fontes de A a Z, pode assegurar que elas existem e que são bastante atraentes. Propostas de verba para o asfaltamento de diversas ruas e até avenidas da cidade foram postas na mesa durante as discussões do tratado entre os dois municípios.

Bônus pelo ônus

Postado em 3 de julho de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A sugestão  quase uma súplica  do vice-prefeito Adalto Gomes (PT), quinta-feira (29), na audiência pública sobre a possível instalação de uma penitenciária industrial em Tijucas, parece ter prosperado. O deputado estadual Serafim Venzon (PSDB) garantiu ao blog que deve protocolar requerimento na Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), juntamente com os colegas Mário Marcondes (PSDB) e Altair Silva (PP), pelo impedimento da obra.

Venzon lamenta que os trâmites estejam bastante adiantados, mas não esmorece. “Precisamos fazer o que estiver ao nosso alcance. Na pior das hipóteses, esses esforços servirão para que o Governo Estadual entenda que precisa dar sustentação a Tijucas nas contrapartidas, e que a segurança, a Saúde, devem ser muito melhoradas no município”, conclui o parlamentar.