quarta-feira, 4 de agosto de 2021 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Substituição

Postado em 16 de junho de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Presidente do PDT em Tijucas, o suplente de vereador João Luiz Lopes assumiu, ontem, a cadeira do partido na Câmara Municipal. Ele substitui Cláudio Eduardo de Souza (PDT), que se licenciou para tratamento de saúde.

Lopes conquistou 270 votos em 2020 e ficou na segunda suplência do PDT para a legislatura atual. O primeiro suplente da legenda, Fabiano Morfelle, optou por não requerer a vaga.

O titular, Cláudio do Jornal, que ainda se recupera de sequelas da Covid-19 e passou recentemente por um procedimento para retirada de um pequeno tumor, anunciou nas redes sociais que volta à vereança em 16 de julho.

Livre, leve e solta

Postado em 26 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A deputada estadual Ana Paula da Silva conseguiu o que queria — inclusive com provocação clara, semana retrasada, no LINHA DE FRENTE, na VipSocial TV — e, enfim, foi expulsa, hoje, do PDT. A decisão, da executiva nacional, tomou como base a acusação de “indisciplina partidária”. O processo interno teve início quando ela decidiu assumir a liderança do governo de Carlos Moisés da Silva (PSL) na Assembleia Legislativa, no início de 2020.

Paulinha, a propósito, esperava por isso e já vinha considerando convites de outras legendas. MDB, DEM e PSL são algumas das opções sobre a mesa.

DESABAFO

Assim que a decisão foi divulgada, o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), usou as redes sociais para congratular a deputada pela “libertação” e criticar ferozmente o PDT, que, segundo ele, “nunca fez nada de positivo para Santa Catarina”. O mandatário bombinense pontuou, ainda, que Paulinha foi eleita por si e “não por uma sigla que engana o povo”.

No encerramento, Dalago Müller parabenizou novamente a companheira “por não se ajoelhar aos coronéis da política que o PDT ainda cultua” e invocou “sonhos de uma Santa Catarina melhor”. Pois, então?!

De malas prontas

Postado em 19 de maio de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Caso o empresário Thiago Peixoto dos Anjos realmente se candidate a deputado federal, fatalmente não será pelo PDT, por onde concorreu à prefeitura de Tijucas em 2020. Ele, neste momento, vem sendo tutorado pela deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) e deve, com ela, migrar para outra legenda assim que a janela de transferências for aberta.

Há opções sobre a mesa, e um partido nem tão à esquerda e muito menos à direita seria o caminho mais viável. Hoje, a alternativa mais atraente para ambos, de acordo com fontes ligadas ao grupo, seria o Podemos; mas o projeto continua sob análise.

Repatriamento

Postado em 14 de abril de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No bojo do MDB tijuquense, um nome estaria sendo sistematicamente posto à mesa: o do empresário Thiago Peixoto dos Anjos, candidato a prefeito em 2020 pelo PDT. O repatriamento do segundo colocado nas recentes eleições tem sido visto como alternativa segura para 2024. O jovem administrador contaria, inclusive, com a preferência de emedebistas gabaritados, tanto para a cabeça quanto para uma dobradinha com um periquito de alta plumagem no próximo pleito municipal.

Peixoto dos Anjos nunca negou que tem “carinho e gratidão” ao MDB. É filho do ex-vereador, militante e figura histórica do partido na cidade Rogério “Guelo” dos Anjos, e, em 2016, quando ainda filiado ao Manda Brasa, ficou a um passo de compor chapa com Elmis Mannrich (MDB) para a disputa da prefeitura.

Distanciamento

Postado em 3 de março de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Se uma vez o PDT tijuquense não tomava qualquer decisão sem a bênção da deputada estadual Ana Paula da Silva, o cenário, agora, é outro. Desde a campanha para a prefeitura, no fim de 2020, a relação entre a regência municipal do partido e a ex-prefeita de Bombinhas vem azedando. Parte do diretório pedetista não engoliu a proximidade entre ela e o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e reclamou da falta de apoio da parlamentar nas eleições municipais.

Os reflexos desse distanciamento já aparecem nas expectativas para o pleito geral de 2022. Neste momento, o prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), que vem anunciando a pré-candidatura a deputado estadual, soma mais prestígio que Paulinha no PDT da Capital do Vale para a próxima concorrência à Assembleia Legislativa; e conta com a preferência do empresário Thiago Peixoto dos Anjos, candidato pedetista à prefeitura em 2020, e da secretária geral do partido Mariana Ferreira do Amaral, que vem manifestando publicamente apoio ao mandatário portobelense.

Suspensão

Postado em 2 de fevereiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A ex-prefeita de Bombinhas e deputada estadual Ana Paula da Silva foi suspensa de todas as atividades do PDT por 90 dias. Na prática, ela não pode representar o partido em qualquer situação. A suspensão tem assinatura do presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, que foi ministro do Trabalho no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e com quem a parlamentar bombinense trabalhou, lado a lado, em Brasília.

Paulinha ainda responde a um processo interno por ter apoiado o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) em 2020, inclusive, como líder do governo na Assembleia Legislativa.

Saída iminente

Postado em 26 de janeiro de 2021
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Figura emblemática do partido em Santa Catarina e brizolista confessa, a ex-prefeita de Bombinhas e deputada estadual Ana Paula da Silva deve deixar o PDT num futuro não muito distante. O dead line seria a janela partidária de 2022, quando ela teria planos de assinar filiação em outra legenda.

Paulinha entrou em rota de colisão com caciques pedetistas do Estado quando decidiu aceitar o convite do governador Carlos Moisés da Silva (PSL), no início de 2020, para assumir a liderança do governo na Assembleia Legislativa; e, desde então, não fala a mesma língua dos correligionários. Um dos convites que mais seduz a parlamentar vem do PP, para onde, se as conversas seguirem o mesmo ritmo, ela deve migrar.

Apoio irrestrito

Postado em 19 de agosto de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Antes receosa, a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) parece, enfim, confiante no projeto brizolista em Tijucas. Ela pretendia que o partido fosse aliado de Eloi Mariano Rocha (PSD) nestas eleições, mas voltou atrás, em reunião com correligionários locais, segunda-feira (17), e sublinhou apoio irrestrito à postulação de Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) e Paulo Roberto Severiano (PSL) à prefeitura.

Paulinha se aproximou de Mariano Rocha nas eleições de 2018, quando o mandatário tijuquense destacou membros do governo para a campanha da ex-prefeita de Bombinhas ao parlamento catarinense; mas, recentemente, se frustrou com o grupo governista nas negociações fracassadas com a cúpula estadual do PSL — com quem, nos últimos tempos, a deputada criou relação estreita.

Sem surpresa

Postado em 29 de julho de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Eram favas contadas. O jornalista Cláudio Eduardo de Souza, editor do Jornal Daqui, de Tijucas, enfim, assumiu pré-candidatura a vereador nestas eleições. Já vinha trabalhando diuturna e silenciosamente há tempos, apesar do discurso de indecisão.

É mais uma aposta do PDT para a concorrência proporcional do município. Conhecido e promotor de movimentos filantrópicos na cidade, Souza tem a política na essência; e, como cabo eleitoral, conquistou, em 2018, 178 votos na Capital do Vale para a advogada itajaiense Anna Carolina Cristofolini Martins (PSDB), que concorreu à Assembleia Legislativa naquele pleito.

Chapa pronta

Postado em 8 de julho de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Fontes precisas do Blog garantem que o nome da contabilista Giselle Varela Serpa estaria praticamente certo, como futura candidata a vice-prefeita na chapa do empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) para o pleito majoritário de novembro. Estreante na política local, ela é filha do ex-secretário de Indústria, Comércio e Turismo do município Antônio Cantalício Serpa, também contabilista, que integrou o colegiado do ex-prefeito Valério Tomazi (MDB) entre 2013 e 2014 — quando deixou o cargo para assumir a presidência da Acit (Associação Comercial e Industrial de Tijucas).

A escolha parte, sobretudo, de uma pré-disposição do PDT tijuquense: disputar o pleito em chapa pura e com personagens alheios ao movimento político tradicional da Capital do Vale. Ao que tudo indica, a dupla Thiago & Giselle deve ser oficializada e anunciada em breve.

Por Luan Lucas, especialmente para o Blog do Léo Nunes