sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Presidência curta

Postado em 2 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O vereador Cláudio Eduardo de Souza, de Tijucas, não responde mais pela regência local do PDT. Ele anunciou ontem que deixará o partido que presidiu por pouco mais de dois meses e onde esteve filiado durante quatro anos.

Em um texto de despedida, o parlamentar de primeiro mandato afirmou que o projeto estava “bem e crescendo”. Entretanto, parte da executiva teria optado por deixar o grupo e migrar para outras legendas. O que, por fim, esvaziou as fileiras pedetistas. Os escassos recursos financeiros também foram apontados como fatores preponderantes para a decisão.

“Vários nomes receberam convites de outros partidos e de outras lideranças políticas. E aceitaram mudar, restando poucos pré-candidatos, o que, para alguém que não tem dinheiro e nem promessas para fazer contrapropostas, significou o risco de não termos nominata suficiente para lançar sequer candidatos a vereador em 2024”, justificou Souza.

PRÓXIMA PARADA

Os indícios de que o jornalista esteja muito próximo de assinar a ficha de filiação ao MDB tijuquense são claros. Entretanto, questionado pelo Blog, o vereador revelou que ainda não definiu o futuro. “Estou analisando. Precisava, primeiro, resolver a situação com o PDT”, explicou.

Em contrapartida, no ninho periquito o pouso de Souza é dado como certo. E pode, inclusive, ocorrer nesta quarta-feira (3), quando o partido promove uma noite de filiações com vistas no pleito que se aproxima.

Penitência

Postado em 12 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Redes Sociais

Embora a executiva local do PL tenha dado por encerradas as tratativas com o grupo governista de Tijucas, sobretudo com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), o mandatário segue, por remorso ou ufania, tentando uma reaproximação entre as legendas.

O que antes era dado como certo, foi, dia após dia, desfeito, principalmente, pela ausência de uma posição clara do mandatário tijuquense. Após o “não” do PL, Mariano Rocha passou a cortejar as lideranças liberalistas, em especial o presidente José Vicente de Souza e Silva.

Entretanto, episódios recentes, como uma resposta atravessada em um telefonema dias atrás, a tentativa de construção com blocos oposicionistas e a veiculação de um vídeo anunciando candidatura própria mostram que pode não haver mais tempo para a costura.

GESTOS

Mariano Rocha, porém, não se deu por vencido. Dias atrás, publicou em suas redes sociais fotos de um encontro com o presidente do PL local, além de outros membros da executiva e, ainda, com o deputado estadual Nilso Berlanda (PL), na entrega da Capela Mortuária do bairro Nova Descoberta.

Na legenda, o prefeito acenou para a militância liberalista agradecendo Berlanda pelas emendas parlamentares que contribuíram para a obra e, também, para a nova iluminação da rodovia SC-410. Sobrou espaço, inclusive, para acariciar o líder do movimento tijuquense. “Agradeço também ao Zezinho, presidente da Associação (de Moradores do bairro Nova Descoberta), por acompanhar sempre de perto as demandas da nossa comunidade”, escreveu.