quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Onde há fumaça…

Postado em 1 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O status da relação entre PL e PP passou ao próximo nível em São João Batista. As principais lideranças dos dois partidos se reuniram ontem no Centro Administrativo do Estado para assumir o “namoro”.

Sentados à mesa, estavam o presidente do PL batistense Felipe Lemos, o ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos, maior expoente do PP na Capital Catarinense do Calçado, e o braço direito do governador Jorginho Mello (PL) e presidente do PL de Florianópolis, Heleno Orlandino.

O interesse na construção de um projeto conjunto, segundo apuração do Blog, tem sido mútuo e conta com o aval da cúpula liberalista estadual. Lemos acredita que uma composição com o PP, legenda tradicional e de grande apelo eleitoral no município, engrandeceria o projeto, tanto na aliança majoritária quanto na proporcional.

Prefeito de 2005 a 2012, Santos, por sua vez, entende que o jovem empreendedor, estreante na política, além de apresentar a novidade ao pleito, ajudaria na oxigenação do PP, que já não administra São João Batista há 11 anos, quando, justamente, ele deixou a prefeitura.

ABERTO AO DEBATE

Consultado pelo Blog, Felipe Lemos confirmou a aproximação com o PP e revelou que “as conversas evoluíram bastante nos últimos dias”. Entretanto, pondera que se mantém aberto ao diálogo com todas as correntes possíveis e que, em princípio, deve seguir avaliando o cenário.

“Nós do PL vemos com bons olhos uma aliança com o PP. É uma das grandes forças de São João Batista e tem o ex-prefeito Aderbal, que é meu amigo pessoal, como grande liderança. Mas, tenho dito que nossa construção nos deu credibilidade para conversar com todos os grupos. Nós não abrimos mão das nossas convicções e ideais. Vamos seguir debatendo e pensando em uma São João Batista melhor”, justifica.

Sem estragos

Postado em 9 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O angustiante fim de semana em Santa Catarina foi de muito trabalho para o prefeito Paulo Henrique Dalago Muller (sem partido), de Bombinhas. O mandatário, desde o início das previsões de fortes chuvas, mobilizou toda a equipe da prefeitura para monitorar pontos críticos.

Paulinho, inclusive, visitou pessoalmente cada um deles. O intuito era, justamente, identificar os graus de riscos nas áreas mapeadas. O balanço final foi positivo. Para o prefeito, comparada com outras cidades catarinenses, Bombinhas “passou ilesa”.

A avaliação foi de que os investimentos em sistemas de drenagem e saneamento foram fundamentais para a diminuição do problema. “Com um nível de chuva bastante elevado, não tivemos nenhuma ocorrência grave, por causa dos investimentos, dos projetos e da preocupação com as pessoas”, afirmou o mandatário.

Sem estragos, o município, a partir de agora, estuda formas de contribuir com cidades que não tiveram a mesma sorte. “O foco agora é ajudar as mais de 60 cidades que estão em situação de emergência”, completou o prefeito.