terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Novo governador

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O deputado estadual Emerson Stein (MDB), de Porto Belo, acompanhou a transmissão de cargo do governador Jorginho Mello (PL) para o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Mauro de Nadal (MDB).

A passagem do comando do Governo do Estado ocorreu em ato oficial, realizado na Casa d’Agronômica, residência oficial do chefe do Poder Executivo catarinense. Nadal permanecerá no cargo até o próximo domingo (14), enquanto Jorginho Mello estará em viagem a Portugal.

Stein goza de uma relação muito próxima com o governador em exercício e fez questão de parabenizá-lo pela posse. “Desejo muito sucesso ao governador interino Mauro de Nadal. Espero e torço para que o amigo realize um excelente trabalho na gestão do Estado”, escreveu o portobelense.

Envelope aberto

Postado em 25 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Com composição ou em carreira solo, o MDB de Tijucas quer estar preparado e organizado nas convenções eleitorais. A abertura de uma pesquisa de intenção de votos ontem, na frente de boa parte da executiva e dos pré-candidatos da legenda, serviu para nortear as ações do grupo.

A apresentação do estrategista político Jairo Comper, da JC Pesquisas, ocorreu sob os olhares atentos do presidente do MDB catarinense, deputado federal Carlos Chiodini, do deputado estadual e principal articulador emedebista da região, Emerson Stein, e do pré-candidato a prefeito – e mais interessado no assunto -, Elmis Mannrich.

De posse dos números, as lideranças periquitas repetiram seguidamente palavras motivacionais e frisaram, mais de uma vez, que os dados mais importantes das eleições só serão divulgados a partir das 17h do dia 6 de outubro. Até lá, o trabalho precisa ser intenso.

COMPOSIÇÕES

Mannrich, em seu discurso, garantiu aos presentes no evento que o MDB tijuquense continua aberto para receber “parceiros” que queiram contribuir com o projeto, mas ponderou que o grupo precisa estar preparado para outro cenário.

“Vamos seguir conversando com partidos e grupos que queiram ser nossos parceiros. Mas precisamos estar prontos para enfrentar uma campanha com chapa pura”, frisou o ex-mandatário.

FAVORITOS

Se a chapa pura se confirmar, os nomes do vereador Cláudio Eduardo de Souza e do ex-vereador Antônio Zeferino Amorim, o Tonho Polícia, aparecem com amplo favoritismo para a disputa da vice-prefeitura. Amorim, com a simplicidade peculiar, prometeu dedicação total independemente da indicação. “Com vice ou sem vice, eu tô junto”, bradou.

Legenda à parte

Postado em 13 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

Se a designação da deputada estadual Ana Paula da Silva na presidência do PODEMOS catarinense tinha como objetivo a reorganização do partido para as eleições deste ano, ela parece muito interessada em priorizar São João Batista neste início de trabalho. Os vereadores Elisandro dos Santos (PP) e Mario Antônio Garcia Teixeira (UNIÃO) têm recebido sondagens da ex-prefeita de Bombinhas para integrarem o projeto e, se dispostos, concorrerem no pleito majoritário.

Os convites, a propósito, amofinam a principal liderança podemista no município: o ex-prefeito e suplente de deputado estadual Daniel Netto Cândido, da base de sustentação do presidente deposto Camilo Martins e com quem Paulinha, embora correligionária, dividiu atenções – e votos – nas eleições de 2022 no Vale do Rio Tijucas.

EM TEMPO
Cândido ainda não bateu o martelo sobre retornar à cena local e concorrer novamente ao cargo máximo de São João Batista nestas eleições, mas, caso assim decida, tem, agora, os planos do comando do partido como maior obstáculo.

Deputado Daniel

Postado em 2 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | VipSocial

Recém-empossado deputado estadual, o ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), não consegue conter a felicidade de, enfim, ocupar o lugar com que sempre sonhou. Aliás, o batistense nunca escondeu, nem mesmo no período em que governou a Capital Catarinense do Calçado, que planejava estar, um dia, entre os 40 membros do parlamento catarinense.

Tanto que, por ora, ele garante que o foco está em aproveitar ao máximo a oportunidade concedida pelo colega de legenda Camilo Martins (PODE). Entretanto, mesmo que de forma comedida, não descarta uma nova candidatura à chefia do Executivo municipal nas eleições deste ano.

Em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, apresentado pelo colunista na TV Vip, o mais novo parlamentar catarinense afirmou, ontem, que gostaria de seguir como deputado, mas, se necessário fosse, retornaria à cidade natal para concorrer novamente à cadeira de prefeito.

“Amei ser prefeito de São João Batista. Eu quero ser deputado. Estou deputado por 30 dias, mas, se eu tiver que voltar a ser prefeito, para me dedicar e fazer melhor do que eu fiz em oito anos, com certeza não me furtaria”, disse.

CHANCE MÍNIMA

Os mais otimistas, inclusive, aguardavam ansiosamente pela chegada de abril e, com ele, a definição da eventual candidatura do deputado estadual Lucas Neves (PODE) à prefeitura de Lages. O fato poderia, na análise dos apoiadores de Cândido, abrir espaço para que o batistense assumisse novamente o cargo e, em caso de vitória do correligionário no pleito municipal, herdasse definitivamente na cadeira.

Entretanto, a expectativa não deve se confirmar. A legislação permite que um membro do Poder Legislativo concorra ao Executivo sem que precise renunciar, nem mesmo se licenciar da função.

Mas, além disso, o ex-mandatário batistense acredita que o colega dificilmente deixaria a Alesc. “Ele representa não somente Lages, mas toda a região. Certamente tem compromissos com essas cidades, se adaptou muito bem ao parlamento e não abriria mão disso”, explica.

ABERTO AO DIÁLOGO

Caso a pré-candidatura ao cargo máximo de São João Batista se confirme, Daniel Cândido consideraria uma conjuntura inédita, até mesmo com adversários de outras eleições. Durante a entrevista, o ex-prefeito e deputado estadual revelou, inclusive, que já conversou com lideranças de partidos rivais, como o presidente do PP batistense, ex-vereador Fábio Norberto Sturmer, e com antigos desafetos, a exemplo do empresário Felipe Lemos, presidente municipal do PL.

“É bom pra cidade? É um projeto pessoal ou um projeto cidade? Se for projeto cidade, sento com todos. Não tem problema nenhum”, garantiu.