quinta-feira, 8 de dezembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Portas abertas

Postado em 23 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem imaginou que a dispensa da secretária de Administração do município de Porto Belo, Eliane Tomaz, quinta-feira (17), pelo prefeito Joel Orlando Lucinda (MDB), abreviaria a passagem da tijuquense pelo serviço público, enganou-se. A professora, também ex-secretária de Obras na gestão de Valério Tomazi (MDB) em Tijucas, vem sendo assediada por prefeitos da região desde que voltou ao mercado.

Uma das interessadas nos préstimos de Eliane seria a prefeita de Itapema, Nilza Simas (PSD). Mas as conversas, segundo fontes fidedignas do Blog, estariam mais adiantadas com o governo de Nova Trento, do jovem prefeito Tiago Dalsasso (MDB), que sempre elogiou a metodologia de trabalho da ex-secretária ainda na administração portobelense.

Feijoada da Rede

Postado em 19 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Divulgação

Para a sequência do imprescindível trabalho de acolhimento e acompanhamento de pacientes com câncer de mama — e são oito, neste momento, em Tijucas —, a regência local da Rede Feminina de Combate ao Câncer, fundada em maio na cidade, pretende arrecadar fundos com sua primeira Feijoada Beneficente.

 

As atrações tijuquenses Júnior Alexandre e Duetou animam o evento, nas excelentes dependências d’O Tijucano Restaurante & Pub, em 6 de novembro próximo, a partir das 11h30. Os convites custam R$ 30 e já estão à venda. Todos os proventos serão revertidos em exames, biópsias e campanhas de prevenção do câncer de mama propostas pela Rede.

Honra ao mérito

Postado em 11 de julho de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

De se destacar, com todos os louvores e ovações, a diligência da abnegada Maria Círia Aragão Zunino na presidência da importante Rede Feminina de Combate ao Câncer em Santa Catarina. Foi durante a gestão da canelinhense radicada em São João Batista, que iniciou oficialmente em março de 2021, que a instituição passou a ter o excepcional trabalho que presta voluntariamente à sociedade reconhecido no governo e, ainda, devida e justamente contemplado na distribuição de verbas públicas do Estado.

Vigora desde semana passada, quando foi sancionada, a Lei 18.427, que permite a aplicação de recursos do Fundo Estadual de Saúde nas unidades municipais da Rede, que, hoje, já são 75 legalmente estabelecidas no território catarinense — a de Tijucas foi uma das mais recentes a ser instituída — e outras cinco em processo de constituição. Luta, a propósito, com créditos divididos entre Círia e o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PODE), de São João Batista, ex-secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social.

Em números, a Rede envolve mais de 4 mil voluntárias em Santa Catarina e realiza cerca de 100 mil atendimentos por ano.

Piloto

Postado em 10 de setembro de 2021
  •  
  •  
  • 15
  •  
  •  
Foto: Divulgação

São João Batista foi o município brasileiro escolhido para receber um projeto piloto do governo federal, encabeçado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Nacional de Assistência Social, para inclusão de beneficiários do BPC (Benefício de Prestação Continuada) no Auxílio-Inclusão. Uma comitiva formada por representantes do Poder Público batistense e da iniciativa privada foi a Brasília para conhecer detalhes da iniciativa, que tem como foco a inserção de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

O grupo — com a secretária municipal de Assistência Social, Rúbia Alice Tamanini Duarte (E), na dianteira — foi recepcionado pelo ministro da Cidadania, João Roma Neto (D), pela secretária nacional de Assistência Social, Maria Yvelônia, e pelo diretor nacional de Benefícios Assistenciais, André Rodrigues Veras.

 

COMO FUNCIONA?

O projeto piloto é voltado a beneficiários atuais do BPC. E, ainda, a quem recebeu o benefício nos últimos cinco anos e exerça atividade remunerada de até dois salários mínimos. Sendo incluída no mercado de trabalho, a pessoa receberá o salário da atividade que exerce e o valor do Auxílio-Inclusão (correspondente a meio salário mínimo). Caso a relação de trabalho termine, o beneficiário pode solicitar ao INSS a reativação do BPC.

A proposta deve ser implementada em etapas no município, por intermédio da administração municipal e operacionalização da secretaria de Assistência Social em parceria com a iniciativa privada.

Recado essencial

Postado em 12 de março de 2021
  •  
  •  
  • 8
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O empresário Rafael Souza, filho do vereador tijuquense Edson Souza (MDB) e ex-presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Porto Belo, manda recado para o governo estadual sobre a prorrogação do lockdown em Santa Catarina. Com anuência do sócio, Diogo Silva, ele decidiu expor banners com a frase “Qualquer trabalho que provê o pão de cada dia é ESSENCIAL” nas três lojas e na distribuidora da Cacau Show que administra.

Souza, assim como a esmagadora maioria dos empresários e comerciantes catarinenses, discorda dos critérios dos governantes sobre o que é “essencial” para o consumidor durante a pandemia. E não faz questão nenhuma de se omitir nessa discussão. Pois, então?!

Nota máxima

Postado em 1 de dezembro de 2020
  •  
  •  
  • 14
  •  
  •  

O ex-vice-prefeito Luiz Rogério da Silva, de Tijucas, foi aprovado, semana passada, na banca do curso de Direito da Univali, no campus do Kobrasol, em São José. Enfermeiro de primeira formação, ele juntou o que já sabia e o que passou a saber, e apresentou o trabalho “Contratação direta e medidas de enfrentamento perante a pandemia de coronavírus (Covid-19) à luz da Lei”. Recebeu nota máxima.

Rogerinho deve, agora, se dedicar integralmente à prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e, a partir daí, se apresentar como mais novo jurisperito da Capital do Vale.

Recuperação caseira

Postado em 7 de julho de 2020
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Internado após testar positivo para o novo coronavírus no fim do mês passado, o prefeito de Canelinha, Moacir Montibeler (MDB), deixou a Fundação Hospitalar do município para concluir a recuperação em casa. O mandatário da Cidade das Cerâmicas precisou ficar no hospital por onze dias, somados a outros três domiciliares, para completar o protocolo de isolamento.

Apesar de ter concluído o período de distanciamento social e de estar bem de saúde, os médicos, por precaução, orientaram o prefeito a continuar em isolamento doméstico por mais dez dias. Mesmo em casa, Montibeler já está realizando algumas funções na chefia do Executivo e deve, no decorrer da semana, retornar definitivamente ao trabalho.

Por Luan Lucas, especialmente para o Blog do Léo Nunes

Oportunidade

Postado em 25 de novembro de 2019
  •  
  •  
  • 34
  •  
  •  

Criminalista gabaritado, o tijuquense Marcio Rosa procura um jovem advogado — ou advogada — com inclinação e talento nas causas cíveis e criminais para compor o time da Reinert Calil Advogados e dividir a demanda.

Ele diz que seria “uma grande oportunidade para quem pretende se firmar na advocacia”, porque o escritório que representa “é um dos mais respeitados da região”. E que, quem estiver disposto e souber unir responsabilidade e entusiasmo, pode procurar a Reinert Calil, conversar, e se apresentar para o trabalho.

Com unhas e dentes

Postado em 21 de agosto de 2019
  •  
  •  
  • 7
  •  
  •  

O presidente da comissão do PSL em Tijucas, psicólogo Gerson Henrique Marcelino, rebate a nota “O escolhido“, de anteontem no Blog, e diz que “a executiva municipal vem fazendo um belo trabalho, com filiações crescentes, reuniões mensais, proposições de recursos para entidades e se preparando para o pleito que se aproxima”.

De acordo com Marcelino — que garante manter contato regular com o presidente estadual da legenda, deputado federal Fabio Schiochet —, “essas ações afastam qualquer possibilidade de mudança no comando do PSL no município”.

Tem Saída

Postado em 19 de junho de 2019
  •  
  •  
  • 1
  •  
  •  

O projeto da deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT), de Bombinhas, que institui o programa “Tem Saída” em Santa Catarina, foi aprovado por unanimidade, ontem, na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa. Agora, a proposta segue para análise na Comissão de Trabalho e na Comissão de Direitos Humanos antes de ir ao plenário.

O “Tem Saída” já existe em São Paulo e tem como objetivo firmar parcerias com instituições que ofereçam vagas de emprego para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, ajudando na recuperação da autoestima e garantindo a volta delas ao mercado de trabalho.