domingo, 19 de maio de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Sob nova direção

Postado em 3 de maio de 2019

Tem fumaça branca na chaminé da Secretaria de Saúde de Canelinha. Com a negativa da ex-secretária Maria Jucélia Grippa Sousa à segunda chamada do prefeito Moacir Montibeller (MDB), a servidora efetiva Vera Lúcia de Jesus deve ser anunciada em breve no comando da pasta.

Vera Lúcia é funcionária de carreira da Saúde canelinhense e atuava, até então, como braço direito de Jucélia. O trâmite segue nos bastidores, mas a nomeação é dada como certa nos porões do poder da Cidade das Cerâmicas. Fontes do Blog garantem, ainda, que a primeira-dama Marise de Moraes Montibeller teria agido decisivamente na escolha da nova secretária.

Água e azeite

Postado em 2 de maio de 2019

Na seara política de São João Batista, ninguém mais tem dúvidas: o presidente do SincaSJB (Sindicato das Indústrias de Calçados de São João Batista), Almir Manoel Atanásio dos Santos, tem claras intenções de concorrer à prefeitura em 2020. E, pelo jeito, faz qualquer negócio; inclusive aliar o PP, partido que representa e que tem como maior expoente na cidade o irmão e ex-prefeito Aderbal Manoel dos Santos, com o sempre rival PSD, do atual mandatário Daniel Netto Cândido.

O empresário, inclusive, vem confidenciando aos mais próximos que considera ideal uma chapa formada por si e pela vereadora Rúbia Tamanini (PSD) para a disputa do próximo pleito. E já pediu a interlocutores que levem essa ideia a Cândido e à cúpula peessedista no município.

Glória compartilhada

Postado em 2 de maio de 2019
Foto: Divulgação

Era de se esperar que a deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) fosse prestigiar o parceiro e prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), no Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, segunda-feira (29), em Florianópolis. Mesmo com uma forte crise de amidalite, ela foi; e regozijou -se com o sucesso do amigo e braço direito na campanha ao parlamento catarinense de 2018.

Dalago Müller recebeu o Selo Prefeito Empreendedor e esteve entre os finalistas na categoria “Inovação e Sustentabilidade”, que teve como vencedor o prefeito da capital, Gean Loureiro (MDB).

Amigos rivais

Postado em 30 de abril de 2019

Os itinerários do vice-prefeito Adalto Gomes (PT) e do vereador Fernando Fagundes (MDB) têm coincidido bastante ultimamente. Quando não casualmente, em confraternizações e entre amigos comuns, os encontros são provocados; a exemplo de uma visita do adjunto tijuquense ao ex-prefeito Nilton “Gordo” Fagundes, pai do parlamentar. Pode ser apenas cortesia e diplomacia – já que o patriarca dos Fagundes esteve com a saúde comprometida recentemente –, mas há quem garanta que essa aproximação tem a ver com o pleito majoritário de 2020.

Gomes tem cada vez menos espaço entre os colas-brancas, e vê as chances de candidatura a prefeito, com suporte do governo, se esvaírem nos clamores de reeleição a Elói Mariano Rocha (PSD). E o vereador, presidente municipal do MDB, pode ser o fio condutor para uma composição com o partido que mais vezes governou Tijucas. Ninguém afirma e nem confirma, mas essa possível aliança vem sendo especulada desde que Fagundes foi recebido, amistosa e discretamente, para uma conversa, a portas fechadas, com o vice-prefeito na Secretaria de Obras, Transportes e Serviços Públicos meses atrás. Pois, então?!

Produto de exportação

Postado em 30 de abril de 2019
Foto: Antolini

Durante a Milano Design Week 2019, neste mês, em Milão, na Itália, a famosa Galeria Vitor Emanuelle e a Via Dante foram decoradas com mármore Corteccia, na exposição da italiana Antolini Luigi & C.s.p.a, uma das maiores companhias de rochas ornamentais do mundo. Para quem não liga o produto à pessoa, o Blog explica: as pedras são made in Brasil, de Camboriú, extraídas da Mineração Congonhas, do empresário Alexandre “Puera” Lamim, que também administra a BR Lamim Empreendimentos em Tijucas.

A propósito: quem acha que Puera é apenas um dos idealizadores do suntuoso Loteamento Mata Atlântica, não sabe da missa um terço.

Primeiro lugar

Postado em 30 de abril de 2019
Foto: Dirleni Dalbosco

Coube ao senador Jorginho Mello (PR-SC), presidente da Frente Parlamentar Mista da Micro e Pequena Empresa, a entrega do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2019 ao prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), ontem, na sede do Sebrae/SC, em Florianópolis. O jovem mandatário da Capital Catarinense do Calçado foi o vitorioso na categoria “Empreendedorismo nas Escolas”, com ações de desburocratização de processos, que possibilitaram mais investimentos na Educação municipal. Ele concorreu, na final, com os chefes dos Executivos de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (PSB), e Luzerna, Moisés Diersmann (PSL).

Da região, além de Cândido, apenas o prefeito de Bombinhas, Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), se credenciou ao prêmio: recebeu o Selo Prefeito Empreendedor e esteve entre os finalistas na categoria “Inovação e Sustentabilidade”, vencida por Gean Loureiro (MDB), de Florianópolis.

O objetivo do Sebrae é reconhecer a capacidade administrativa dos gestores públicos que tenham implantado projetos com resultados comprovados, ainda que parciais, de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública.

Prefeito Empreendedor

Postado em 29 de abril de 2019

Ações como os programas Jovem Talento e Jovens Empreendedores – Primeiros Passos, que desburocratizaram processos e possibilitaram mais investimentos na Educação, credenciaram o prefeito Daniel Netto Cândido (PSD), de São João Batista, ao Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2019 na categoria “Educação Empreendedora”. A cerimônia acontece hoje, às 19h, em Florianópolis.

O objetivo do Sebrae é reconhecer a capacidade administrativa dos gestores públicos que tenham implantado projetos com resultados comprovados, ainda que parciais, de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública. No evento, serão conhecidos os finalistas e vencedores de cada uma das oito categorias.

Pedra cantada no Blog e no quadro Política em Foco – que o colunista apresenta no Jornal TopNotícias, no Portal TopElegance às quintas-feiras – deu bingo. Já consta, desde ontem, no sistema de informações partidárias do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), a comissão provisória do PSL em Tijucas com o ex-bombeiro militar Gerson Henrique Marcelino na presidência.

O litígio entre Marcelino e o servidor público municipal Renato Sartori, que concorriam diretamente pelo comando da sigla no município, durou meses. Desde dezembro, o PSL não tinha representação na Capital do Vale. Nos bastidores do processo, porém, o jogo era intenso; e as melhores cartas sempre estiveram com o ex-bombeiro.

Aliado a figuras basais do partido na região – como o deputado estadual Onir Mocellin, militar reformado, de quem é assessor parlamentar na Assembleia Legislativa, e o próprio governador Carlos Moisés da Silva, a quem acompanhou nas incursões pelo estado durante a campanha –, não tardou para que o ex-diretor de Trânsito do município conquistasse a simpatia e a preferência da cúpula peesselista. Sartori, por sua vez, tinha apenas uma promessa do presidente estadual do PSL, Lucas Esmeraldino, e o discurso vago de que havia conquistado ampla votação para o chefe do Executivo estadual e para o presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2018 em Tijucas.

Pesaram, ainda, contra o chefe do Departamento de Estrada de Rodagem do município o histórico político no PT e uma candidatura a vereador rejeitada, em 2016, no PEN, por falta de prestação de contas com a Justiça Eleitoral, além da recorrente austeridade verborreica nas redes sociais e em encontros públicos confrontando cidadãos e parte da imprensa que não o reconheciam como presidente municipal da legenda – o que, de fato, não era, desde dezembro. Líderes do PSL estadual passaram a acompanhar atentamente o comportamento dos concorrentes ao comando do partido em Tijucas, a receber informações de ambos, e formaram a balança.

Marcelino se valeu da discrição, do lastro e do conhecimento prático sobre o trâmite político. Enquanto o concorrente se impunha no Facebook, o ex-bombeiro buscava perfis técnicos para a formação de uma comissão capaz de seduzir a cúpula peesselista e formalizava ofícios em papel timbrado, cordiais, rubricados por parlamentares afins, ao comando estadual do partido. Há 16 dias, o presidente do PSL em Santa Catarina rubricou o “visto” no pedido de homologação da legenda em Tijucas para um time que contava com ex-militares, um servidor da Justiça estadual, advogado e contador, além de jovens idealistas e empresários da cidade. O documento era sustentado, ainda, por quatro dos cinco deputados estaduais do PSL mais bem votados em 2018: Ricardo AlbaAna CampagnoloCoronel MocellinSargento Lima. Foi o xeque mate.

Na semana passada, no encontro regional do partido, o então postulante à presidência do PSL tijuquense Gerson Marcelino foi chamado à mesa protocolar e sentou ao lado de Esmeraldino; enquanto Sartori esteve o evento inteiro na plateia e, quando teve a palavra, achincalhou a mídia “mentirosa” e cobrou efusivamente uma posição do comando estadual do partido. E a decisão foi, enfim, tomada.

Prestação de contas

Postado em 24 de abril de 2019
Foto: Thaise Orsi

O paratleta tijuquense Ymanitu Silva esteve novamente, hoje, com o empresário Luciano Hang em Brusque. Foi apresentar o portfólio de conquistas desde que passou a ser patrocinado pela Rede Havan e tomar um café – com cuca da Casa do Pão, de Tijucas – com o dono da maior cadeia de lojas de departamentos do país.

Many vai disputar os Jogos Parapan-Americanos deste ano, em Lima, no Peru, e caminha a passos largos para as Paralimpíadas de Tóquio, no Japão, em 2020. Para chegar à Terra do Sol Nascente, o tijuquense precisa estar entre os 12 melhores do planeta na categoria Quad – de tenistas em cadeiras de rodas. Atualmente, ele ocupa a oitava posição no ranking mundial.

Cá e lá

Postado em 24 de abril de 2019
Foto: Divulgação

A ponte Tijucas-Brasília segue em ritmo mais acelerado que a Bulcão Viana. E o secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, é quem tem a incumbência de estreitar os caminhos entre a Capital do Vale e a presidência da República.

Por solicitação do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), ele viajou novamente para tratar dos recursos para o município, de projetos aprovados em 2017 e 2018, que foram contingenciados pelo governo federal. E já foi direto no secretário especial da Casa Civil para o Senado, o catarinense Paulo Bauer, que prometeu intermediar a liberação das verbas.

Página 3 de 206« Primeira...234...1020...Última »