segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Saúde e Justiça

Postado em 28 de novembro de 2019

Os prefeitos de Porto Belo, Itapema e Bombinhas esgotaram todos os apelos ao mandatário de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (PSB), para que o Hospital Ruth Cardoso mantivesse as portas abertas. As súplicas, porém, não bastaram, e, em reunião, dias atrás, eles decidiram acionar a Justiça para garantir o atendimento.

Pacientes dos três municípios da Costa Esmeralda dependem do hospital balneocamboriuense para tratamentos e cirurgias de maior complexidade.

A iniciativa foi do prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e contou prontamente com a adesão dos vizinhos Nilza Simas (PSD) e Paulo Henrique Dalago Müller (DEM), que governam Itapema e Bombinhas respectivamente. Neste momento, o Ruth Cardoso atende por intimação de uma liminar.

Bancada contrária

Postado em 27 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Entre os vereadores de situação, há uma força-tarefa para impedir que o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) seja escolhido, novamente, para compor chapa com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) no pleito majoritário de 2020. Embora o adjunto tijuquense mantenha o favoritismo, a bancada governista na Câmara, por motivos pessoais e/ou ideológicos, tem maioria contrária ao bis da dupla.

Hoje, a propósito, os parlamentares situacionistas têm reunião com o Conselho — convencionado de empresários e líderes colas-brancas que orientam politicamente a administração municipal —; e devem tratar do assunto.

CONVERSA AFIADA

Presidente do Legislativo, o vereador Vilson Natálio Silvino (PP) é um dos que preferem — ou preferiam — a mudança na chapa governista para 2020. Mas ontem, porém, esteve com Gomes, amistoso e sorridente, na Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos.

Se o tom for suave, hoje, na reunião com o Conselho, imagina-se que o encontro entre o parlamentar progressista e o vice-prefeito tenha sido proveitoso. A foto, aliás, mostra que a harmonia, a diplomacia e a amizade continuam na ordem do dia.

Recuo

Postado em 26 de novembro de 2019

O desconforto criado na administração municipal com a declaração do chefe do departamento de Estrada de Rodagem, Renato Sartori, de que haveria “laranjas” no setor, teve desdobramentos hoje.

Sartori publicou um pedido de desculpas ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e ao secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município de Tijucas, vice-prefeito Adalto Gomes (PL). Na postagem, o servidor em cargo comissionado admitiu o erro. “Me expressei mal. Tinha gente se metendo no meu trabalho e só queria cuidar do meu espaço”, escreveu.

Major prestigiado

Postado em 26 de novembro de 2019
Foto: Divulgação

Os vereadores Cláudio Tiago Izidoro (sem partido) e Rudnei de Amorim (DEM), mais o secretário de Administração e Finanças do município, Rosenildo de Amorim, a chefe de gabinete Leila dos Anjos Costa e o superintendente da FME (Fundação Municipal de Esportes), José Roberto Giacomossi, com o major Eder Jaciel de Souza Oliveira na cerimônia de posse da 3ª Região do 12º Batalhão da Polícia Militar, hoje, em Balneário Camboriú.

No ato, o coronel Evandro de Andrade Fraga foi apresentado como novo comandante da PM em Tijucas e região. Não há definição, ainda, sobre o futuro do major Eder Jaciel de Souza Oliveira, que esteve à frente da companhia nos últimos 19 meses e se transformou num marco para a segurança pública do Vale do Rio Tijucas.

Fogo amigo

Postado em 25 de novembro de 2019

Chefe do departamento de Estrada de Rodagem — subordinado à Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos de Tijucas —, o servidor em cargo comissionado Renato Sartori certamente tem muito que explicar ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e à cúpula administrativa do município. Em manifestação pública nos grupos de conversação online, ele escreveu que “apareceu mais três chefe laranja (sic)” no setor que comanda, e que “é muito chefe para pouco índio”.

A publicação repercutiu freneticamente na seara oposicionista e se transformou em munição contra o governo tijuquense.

Chumbo trocado

Postado em 25 de novembro de 2019

Crítico contumaz da TPA (Taxa de Preservação Ambiental) de Bombinhas — e, agora, também da Eco TPA de Governador Celso Ramos —, o deputado estadual Ivan Naatz (PV) foi denunciado à Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) e à OAB-SC (Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina). As representações foram oferecidas pelo prefeito da Capital do Mergulho EcológicoPaulo Henrique Dalago Müller (DEM).

Em ação civil pública em tramitação na 2ª Vara da comarca de Porto Belo, cuja autora é a ACDC (Associação Catarinense de Defesa dos Direitos Constitucionais), em face do município de Bombinhas, Naatz, que é advogado, assinou eletronicamente a petição inicial, documentos que a instruem, assim como uma petição intermediária.

De acordo com a lei, a conduta do parlamentar seria incompatível com o exercício do mandato legislativo. Tanto a Constituição do Estado de Santa Catarina quanto o Regimento Interno da Alesc proíbem deputados estaduais de “firmar ou manter contrato com pessoa jurídica de direito público, autarquia, empresa pública, sociedade de economia mista ou empresa concessionária de serviço público”. Ainda de acordo com os dispositivos legais, infrações do gênero são passíveis de perda do mandado.

Oportunidade

Postado em 25 de novembro de 2019

Criminalista gabaritado, o tijuquense Marcio Rosa procura um jovem advogado — ou advogada — com inclinação e talento nas causas cíveis e criminais para compor o time da Reinert Calil Advogados e dividir a demanda.

Ele diz que seria “uma grande oportunidade para quem pretende se firmar na advocacia”, porque o escritório que representa “é um dos mais respeitados da região”. E que, quem estiver disposto e souber unir responsabilidade e entusiasmo, pode procurar a Reinert Calil, conversar, e se apresentar para o trabalho.

Reeleição

Postado em 22 de novembro de 2019

Na convenção da bancada situacionista — que tem maioria na Casa —, o próximo presidente do Legislativo tijuquense, em 2020, seria o vereador Rudnei de Amorim (DEM). Mas o líder do governo na Câmara vem alegando indisponibilidade para conciliar o trabalho com o comando da mesa diretora, e abriu mão do posto.

Atual presidente, Vilson Natálio Silvino (PP) já se dispôs à reeleição e tem aprovação dos governistas. O progressista deve ser confirmado na função naturalmente, sem maiores surpresas, na próxima eleição interna do parlamento tijuquense.

Chapa pronta

Postado em 22 de novembro de 2019

Vitoriosos juntos em 2016, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o vice, Adalto Gomes (PL), puseram as cartas na mesa, segunda-feira (18). Um cara a cara definitivo entre eles tratou de recolocar o trem nos trilhos para a campanha de 2020.

Mariano Rocha e Gomes estavam distantes politicamente. A conversa, porém, reaproximou a dupla e, neste momento, se depender apenas deles, a reedição da chapa na próxima concorrência majoritária de Tijucas está garantida. O chefe do Executivo manifestou o desejo pela manutenção, e o adjunto, que tem um projeto paralelo, cedeu.

Aliança

Postado em 20 de novembro de 2019

Mesmo sem existir de fato, o Aliança pelo Brasil — projeto embrionário especulado como próximo reduto do presidente Jair Bolsonaro — já movimenta a pauta de conjecturas em Tijucas. De acordo com algumas elucubrações, o secretário municipal de Desenvolvimento, Jean Carlos de Sieno dos Santos, estaria cotado para comandar o futuro partido na Capital do Vale. O vereador licenciado, no entanto, ainda na presidência do PSC tijuquense, jura que sequer conhece o assunto.

“Pelo que sei, porque leio e ouço, esse partido não existe. Ninguém conversou comigo a respeito. E por que eu?”, comenta — e questiona — Sieno dos Santos, com exclusividade para o Blog. O secretário revela, ainda, que tem convites de partidos tradicionais, mas que vai deixar a atividade política somente para a campanha de 2020.

PREFERÊNCIA

Se o secretário de Desenvolvimento desconhece o trâmite, o bombeiro militar de reserva Gerson Henrique Marcelino — que, recentemente, esteve à frente do PSL municipal — está atento. É certo que, com a migração de Bolsonaro para o projetado Aliança, o deputado estadual Onir Mocellin (PSL) siga os passos do presidente da República e abra caminho para os seus na regência tijuquense do futuro partido.

Marcelino é assessor de Mocellin na Assembleia Legislativa e, por intermédio do parlamentar, comandou o PSL em Tijucas entre abril e agosto. Para a nova legenda, eles teriam, novamente, a preferência.