terça-feira, 20 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Surpresa

Postado em 6 de outubro de 2020
Foto: Divulgação

Personagem marcante das fileiras emedebistas de Canelinha e do Vale do Rio Tijucas, a ilustre advogada Elineide Lícia Martins — ex-presidente da subseção regional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e figura das mais conceituadas no meio — assumiu de vez o apoio ao ex-prefeito Antônio da Silva (PP) na concorrência majoritária da Cidade das Cerâmicas. Ela e o ex-mandatário, a propósito, sempre estiveram em trincheiras opostas; mas, agora, surpreendentemente, em campanha contra um candidato do MDB e um advogado, estão abraçados.

Doutora Lícia, como é conhecida popularmente, sublinhou, semana passada, em reunião política no bairro Índia, o desejo de ver Silva novamente no comando do município. Além da advogada, chamaram a atenção, ainda, as presenças, no encontro, do irmão de uma colegiada do atual governo e da filha de um vereador oposicionista.

Paz, amor e votos

Postado em 5 de outubro de 2020

A estratégia da vereadora e candidata a prefeita Fernanda Melo (MDB) é muito clara nestas eleições: falar de propostas, evitar a polêmica e conquistar o eleitor indeciso. A postura crítica, denunciadora e, por vezes, agressiva das tribunas do Legislativo foi posta de lado; e, sensivelmente, notada na entrevista que a emedebista concedeu ao programa Linha de Frente, quinta-feira (1º) na VipSocial TV.

Com discurso linear, sóbrio e conciliador, a presidente do MDB municipal garantiu que as divisões internas do partido já não existem, que adversários não serão inimigos no pleito, e que pensa apenas em um “jeito certo de fazer melhor” — frase que adotou como slogan de campanha. Assista:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Nostalgia

Postado em 5 de outubro de 2020

O histórico hit “Vinte e Cinco Que é Bom” — parodiado do sucesso “Mexe Que é Bom”, de Zezé Di Camargo & Luciano — que impulsionou a campanha de Uilson Sgrott (então no PFL) à prefeitura de Tijucas nas eleições de 2000 foi avivado agora, 20 anos depois, pelo filho do ex-prefeito, Maickon Campos Sgrott (PP), candidato a vereador.

Na homenagem ao pai, à militância canarinha e a tudo que foi visto e sentido na última eleição do milênio, o jovem usa a nostalgia e a mesma música para inflamar o eleitorado e, assim como o progenitor, sua maior inspiração, alcançar o sucesso nas urnas com “todo mundo ligado, coração acelerado, Maickon Sgrott que é bom”. Pois, então?!

Cartão vermelho

Postado em 30 de setembro de 2020

O advogado e candidato a vice-prefeito Fernando Rodrigues corrige a nota “Abandono“, de anteontem no Blog, e garante que o vice-presidente do PL municipal Edjalma Matos não pediu desfiliação do partido, mas foi expulso das fileiras liberais. “A decisão foi da comissão executiva do partido. Estamos observando os trâmites legais, e faremos a comunicação para a Justiça Eleitoral nos próximos dias”, completa.

De acordo com Rodrigues, o ex-coordenador da campanha de Adalto Gomes (PL) à prefeitura de Tijucas estava negociando, sem autorização da executiva, com outro grupo de oposição. Matos, segundo o advogado, tentou reiteradamente “vender” a desistência dos liberais do pleito majoritário. “Chegaram a nos oferecer o custeio de todas as nossas despesas até o momento para desistirmos. Lógico que rejeitamos essa proposta absurda. E ele (o ex-coordenador), com a nossa negativa, passou a influenciar os candidatos a vereadores do PL e do Republicanos a retirarem as candidaturas. Por isso, decidimos expulsá-lo”, esclarece o candidato a vice-prefeito.

Prato cuspido

Postado em 30 de setembro de 2020

Quem imaginou que, com a ausência do prefeito e candidato à reeleição Moacir Montibeler (MDB), o debate entre postulantes à prefeitura de Canelinha, sexta-feira (25), no VipSocial, seria um jogo de compadres entre Antônio da Silva (PP) e Diogo Francisco Alves Maciel (PSL) — com ataques congregados à administração municipal —, enganou-se redondamente. Especialmente da parte do estreante na eleição, que chegou, inclusive, a elogiar a atual gestão em determinado momento, e, com frequência surpreendente, descompor o concorrente progressista.

Por estratégia ou motivos escusos, nem pareceu, durante o embate, que Alves Maciel nutria alguma estima por Silva, que ganhou lastro eleitoral no comando do PP e abraçado ao ex-prefeito, e que quase chegou a firmar aliança com os colas-brancas na véspera da convenção peesselista. Se a intenção era mostrar que o divórcio foi assinado e consumado, o advogado seguiu fielmente a cartilha. Pois, então?!

Chapa enxuta

Postado em 29 de setembro de 2020

Se depender da nominata proporcional para alcançar o cargo máximo do município, o suplente de vereador e candidato a prefeito Sidney Machado (PSC), de Tijucas, tem um desafio dos grandes nestas eleições. Na chapa de candidatos a vereadores do PSC, foram registrados apenas três nomes; enquanto os demais partidos largam com elencos de 14 a 20 postulantes ao Legislativo municipal.

Em tempo: no trio peessessista estão, ainda, marido e mulher — ele, a propósito, um dos braços direitos do ex-secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e também candidato a vereador Jean Carlos de Sieno dos Santos (PSD) e, por tabela, simpatizante do prefeito e candidato à reeleição Eloi Mariano Rocha (PSD).

Polenta e reconciliação

Postado em 29 de setembro de 2020
Foto: Léo Nunes

O ex-prefeito Orivan Jarbas Orsi (PSDB), de Nova Trento, reuniu amigos no sábado (26), em casa, para conversar sobre política e apresentar os vinhos que produz ocasionalmente. No cardápio, a típica polenta italiana com galinha caipira. Entre os convidados, estiveram, entre outros, os comunicadores Jonatam CordeiroJardel LaurentinoLucas Eccel, além do empresário Silvio Eccel, todos da Rádio Clube de São João Batista.

No encontro entre políticos e imprensa, evidentemente, havia rusgas — que foram devidamente sanadas em torno da mesa. Somente em razão da pandemia e dos protocolos de saúde, não houve abraços de anistia. Jarbas Orsi, com o sucesso da primeira edição, pensa, agora, em oficializar a proposta e batizar o evento de “Polenta da Reconciliação”. Pois, então?!

Abandono

Postado em 28 de setembro de 2020

Se o vice-prefeito Adalto Gomes (PL) já disputaria a eleição majoritária de Tijucas com estrutura e base de apoio enxutas, as dificuldades da campanha podem ter sido amplificadas consideravelmente no fim de semana. Vice-presidente do PL municipal, o coordenador do projeto eleitoral do adjunto tijuquense Edjalma Matos abandonou a cruzada e assinou pedido de desfiliação do partido ontem.

Com ele, saíram, ainda, dois candidatos a vereadores liberais e mais dois filiados ao Republicanos, que devem trabalhar em campanha paralela, sem suporte a Gomes e ao advogado Fernando Rodrigues (PL) no pleito majoritário. Os desentendimentos envolveram, sobretudo, a escassez de recursos do PL, prometidos pela cúpula estadual da legenda e não direcionados ao diretório da Capital do Vale.

Desistências

Postado em 24 de setembro de 2020

Braço direito do prefeito Daniel Netto Cândido (PSL) na Câmara de São João Batista, a vereadora Rúbia Tamanini Duarte (PSL) não vai concorrer à reeleição. Tinha situação confortável, e era nome praticamente certo para a próxima legislatura; mas declinou da disputa, surpreendentemente.

Cotada para a vice-prefeitura na chapa governista, que indicou o também vereador Almir Peixer (PSD) para a vaga, ela já havia liberado apoiadores e cabos eleitorais para acompanharem outro pré-candidato à vereança, de quem é muito próxima, e não quis voltar atrás. Preferiu manter a palavra e se afastar da concorrência.

TIJUCAS

Outra baixa na disputa, mas em Tijucas, é a do vereador Cláudio Tiago Izidoro (PP). Decidiu que não vai concorrer no pleito que se avizinha e que pretende, assim que terminar o mandato, se dedicar integralmente à carreira profissional, na construção civil e montagem industrial.

Ex-secretário de Obras, de Agricultura e diretor da Ditran (Diretoria de Transito e Transportes) em governos anteriores, Izidoro deve cumprir a campanha apenas como apoiador do projeto governista, com o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e o engenheiro Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) na disputa majoritária.

Eleição inflada

Postado em 23 de setembro de 2020

Tijucas deve ter um recorde de candidatos a prefeito nestas eleições. Se nada mudar, serão cinco postulantes ao cargo máximo do município no pleito que se avizinha. Nas últimas décadas, a disputa sempre foi polarizada em duas opções, e, no máximo, apresentou uma terceira — sempre com expressão e favoritismo reduzidos.

Dentre as candidaturas que vinham sendo trabalhadas nas bases, o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD), a vereadora Fernanda Melo (MDB) e o empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) nunca foram dúvidas; e confirmaram as previsões. As incertezas eram o vice-prefeito Adalto Gomes (PL), que pretendia representar o projeto governista, e o suplente de vereador Sidney Machado (PSC), que tem estrutura enxuta e um grupo modesto — em comparação aos demais — de apoiadores.

Gomes e Machado, entretanto, já garantiram participação no certame. O adjunto tijuquense traçou um plano paralelo, apresentou oficialmente o advogado Fernando Rodrigues (PL) como companheiro de chapa e já vem divulgando material de campanha; e o suplente de vereador assegura que, mesmo sem a mass media dos rivais, vai concorrer à prefeitura “com certeza” de braços dados com o pastor evangélico Wesley Paiva (PSC).