segunda-feira, 21 de outubro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Verde amarelado

Postado em 14 de outubro de 2019

Se a nova regência do MDB de Tijucas quis chamar a atenção para a convenção municipal do partido, agendada para sábado (19), já conseguiu. Os tons de amarelo — cor tradicional dos adversários colas-brancas — nos convites, disseminados nas redes sociais, intrigaram tanto partidários e simpatizantes quanto rivais. Próxima presidente do Manda Brasa no município, a vereadora Fernanda Melo Bayer diz que o fundo amarelado na arte tem relação, única e exclusiva, com a bandeira nacional; e completa: “ordem e progresso!”.

A ordem deliberativa da convenção, aliás, também vem causando hesitação. Será a primeira vez que os filiados terão o direito de responder, no evento, em votação secreta, com quem eventualmente desejam coligar em 2020 e quem deve ser o representante emedebista na concorrência majoritária do município.

Pré-candidatura

Postado em 14 de outubro de 2019

O rol de pré-candidatos a prefeito em Tijucas continua aumentando. O empresário Osmar Vidal Rachadel Filho, o Mazinho da Borracharia, vem anunciando postulação ao cargo máximo do município nas eleições de 2020. Ele acaba de constituir razão social para o PRTB na Capital do Vale e já avisou: “estamos aptos a trabalhar na questão partidária”.

Mazinho frequentou as bases do PSL municipal, entre 2018 e o início deste ano — com envolvimento massivo nas campanhas locais dos então candidatos à presidência da República e ao governo estadual, Jair Bolsonaro e Carlos Moisés da Silva —, e, desde então, vem manifestando o desejo de participar ativamente do processo eleitoral de Tijucas e, sobretudo, de candidatura majoritária.

Atribulação e glória

Postado em 11 de outubro de 2019
Foto: Luiz Junnior/VipSocial

O prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), viveu um turbilhão de emoções nos últimos quatro dias. Da inusitada balbúrdia na prefeitura, terça-feira (8) — que envolveu polícia, advogados e chegou às vias de fato —, à assinatura, hoje, da ordem de serviço para a principal obra pública do município em décadas.

Na foto, o chefe do Executivo municipal anuncia, oficialmente, a construção da esperada terceira ponte, que vai ligar os bairros Cardoso e Ribanceira, desafogar o trânsito e acelerar o desenvolvimento da Capital Catarinense do Calçado.

CONFUSÃO

No início da semana, o advogado Fabrício Esperandio Loz acusou Cândido de agressão. Ele representava o servidor público Humberto Lanzarini Neto, que acumula três processos administrativos no município e com quem mantém uma relação afetiva, quando, supostamente, teria tomado um soco do mandatário batistense durante uma discussão no paço.

Lanzarini Neto, que é concursado, mas se vale de uma licença por questões médicas, seria autor de uma página de críticas ao governo municipal nas redes sociais e, recentemente, teria destratado a primeira-dama Jaqueline Gonçalves Cândido em um supermercado da cidade. Ele, a propósito, viria tumultuando recorrentemente o ambiente da prefeitura em visitas tempestuosas e periódicas. Recepcionistas e servidores do setor de Recursos Humanos confirmam os seguidos escândalos e desacatos, e, segunda-feira (7), inclusive, recorreram à guarnição policial para conter o ímpeto do colega.

Tanto o advogado quanto o prefeito registraram boletins de ocorrência na delegacia de São João Batista.

CORAÇÃO DE MÃE

Visivelmente angustiado, com voz embargada em alguns momentos, Cândido anunciou a construção da Ponte Gentil Silva — em homenagem ao primeiro prefeito da história de São João Batista — nesta manhã. E falou sobre a espera da comunidade, e os benefícios que a obra deve trazer ao município; da melhoria na mobilidade urbana à projetada contribuição para o desenvolvimento da Capital Catarinense do Calçado.

Entre o abalo emocional e a alegria da realização, o prefeito lembrou dos apelos da mãe e fez referência ao ocorrido e às agruras do cargo. “Minha mãe, que também foi mulher de prefeito, e sofreu, sempre quis que eu me afastasse da política. Sei o que ela passou e o que a Jaqueline passou agora. Mas também sei a importância de tudo o que estamos fazendo na cidade que eu amo. Ainda bem que não segui os conselhos dela”, pontuou o chefe do Executivo no ato.

Bastidores da relação

Postado em 10 de outubro de 2019

Há mais mistérios entre o céu e a terra do que a vã filosofia dos homens pode supor. Os comemorados R$ 8,23 milhões que o governo estadual destinou a Tijucas, para asfaltamento da Avenida Beira-Rio, têm algumas particularidades interessantes. E a política, evidentemente, seria a principal.

De acordo com um passarinho incolor — que jura ter ouvido o secretário adjunto da Casa Civil estadual, Matheus Hoffmann Machado, afirmar e confirmar —, a relação entre o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o PSL vai muito além da diplomacia. Diz a ave sinistra que existe um acordo, alinhado e sublinhado, para que o chefe do Executivo tijuquense concorra à reeleição, em 2020, com o número 17 na urna. Hum…

Microfone fechado

Postado em 7 de outubro de 2019

O voluntariado da ex-primeira-dama Denise Corrêa Silva na Rede Feminina de Combate ao Câncer de Canelinha pode ter sido, conforme se especula, um dificultador para que a entidade recebesse espaço na tribuna da Câmara Municipal, semana passada. O presidente do Legislativo, Arlindo de Simas (PL), havia concordado com a participação das voluntárias na sessão, mas, na hora, justificou que o regimento interno impedia a cessão do uso da palavra.

Sob manifestações de vereadores, ponderações e discussões, Simas foi convencido, enfim, no encerramento do encontro, a ignorar o regulamento e abrir os microfones para a Rede. A presidente Berenice Goulart conseguiu alguns minutos para discorrer sobre o Outubro Rosa, mas, desde então, os termos “politicagem” e “humilhação” passaram a recorrer entre as voluntárias e nas rodas de conversa da Cidade das Cerâmicas.

In loco

Postado em 7 de outubro de 2019
Foto: Divulgação

Propositor da audiência pública, em maio, com mais de 500 presentes, que chamou a atenção do governo estadual para a urgência de recuperação da SC-108, entre São João Batista e Major Gercino, o deputado estadual Altair Silva (PP) visitou, semana passada, as obras, que já estão em curso.

A famigerada “cratera de Tigipió” (foto), que se abriu há quase dois anos, no quilômetro 166, é o ponto mais crítico. Silva, que é majorense de natureza, acredita que a revitalização da rodovia esteja concluída antes do fim do ano.

Projeto à prova

Postado em 7 de outubro de 2019

Presidente da recém-suspensa comissão provisória do PSL em Tijucas, o psicólogo Gerson Henrique Marcelino mostrou preocupação com a proximidade entre o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) — confirmada, publicamente, na cerimônia que oficializou a destinação de R$ 8,23 milhões dos cofres estaduais para o asfaltamento da Avenida Beira-Rio, sexta-feira (4).

Ao fim do evento, Marcelino conversou com o deputado estadual Onir Mocellin (PSL), uma das autoridades presentes no cerimonial e a quem o tijuquense assessora na Assembleia Legislativa, sobre os rumos do partido na Capital do Vale. O bombeiro militar de reserva, no entanto, parece não se opor à sugerida aliança entre PSD e PSL para o pleito de 2020, mas diz que “precisa haver um diálogo entre as partes”. Pois, então?!

Anfitrião

Postado em 4 de outubro de 2019
Foto: Divulgação

Representante, por procuração oficial, do senador Jorginho Mello (PL-SC) no cerimonial desta manhã — que oficializou a destinação de R$ 8,23 milhões do governo estadual para o asfaltamento da Avenida Beira-Rio —, o vice-prefeito Adalto Gomes (PL), de Tijucas, aproveitou o ensejo para posar com a comitiva de Major Gercino na fachada do Anfiteatro Leda Regina de Souza.

Na foto, com o adjunto tijuquense (C) e seu assessor pessoal Ivorlei “Ney” Alves de Assis, o vereador Augustinho Orlandi (PSDB), o prefeito Valmor Pedro Kammers (PSDB) e o secretário municipal de Planejamento, Rogério Resner.

Gomes segue como opção para o pleito majoritário da Capital do Vale em 2020, e, como secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município, comemora: vai encorpar o curriculum com a regozijada pavimentação asfáltica da Beira-Rio.

Politicamente alinhados

Postado em 4 de outubro de 2019
Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Mais que diplomáticos, o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) rasgaram seda no cerimonial desta manhã — que oficializou a destinação de R$ 8,23 milhões do governo estadual para o asfaltamento da Avenida Beira-Rio. Nem parecia que estiveram em trincheiras opostas 12 meses atrás, na eleição majoritária de Santa Catarina.

A relação entre eles, a propósito, começou a ser talhada na visita do chefe do Executivo estadual à Cerâmica Portobello, em junho. Naquela feita, Mariano Rocha e Moisés teriam tratado, inclusive, de política; e alinhado a participação do PSL no projeto de reeleição do mandatário tijuquense.

Para o Blog, com exclusividade, o prefeito revelou que “as conversas (sobre a aliança partidária) estão adiantadas”, e comentou que “a política é a arte de agregar” e que se identifica com a gestão estadual, que, segundo ele, é “íntegra e para o bem das pessoas”.

Na foto, o chefe da Casa Civil estadual, Douglas Borba, o prefeito Elói Mariano Rocha e o governador Carlos Moisés da Silva juntos, hoje pela manhã, no Anfiteatro Leda Regina de Souza, para a assinatura do convênio.

Asfalto e presídio

Postado em 4 de outubro de 2019

A agenda do governador Carlos Moisés da Silva (PSL) em Tijucas inflamou as redes sociais. Não por conta dos R$ 8,23 milhões que o governo estadual destinou ao município para o asfaltamento da Avenida Beira-Rio, mas porque supuseram que o recurso seria uma compensação por conjecturadas obras de ampliação do Presídio Regional.

No cerimonial, pelo menos, ninguém tocou no assunto. E para o Blog, com exclusividade, o subchefe da Casa Civil estadual, Matheus Hoffmann Machado, desmentiu o burburinho e garantiu que “não existe qualquer conversa nesse sentido”.