terça-feira, 20 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Águas passadas

Postado em 14 de outubro de 2020
Foto: Divulgação

A candidatura da servidora pública municipal Nadir Amorim (PSD) ao parlamento tijuquense foi determinante para que o irmão, Henrique Amorim — que abraçou a campanha de Elmis Mannrich (MDB) à prefeitura em 2016 —, voltasse ao ninho cola-branca nestas eleições. A quem pergunta, ele diz apenas que “foi MDB no pleito passado e agora vai votar em Eloi Mariano Rocha (PSD), e mudaria quantas vezes quisesse, porque é dono do próprio nariz”.

O mais ilustre dos Amorim, ex-vereador Antônio Zeferino “Tonho Polícia” Amorim, porém, continua resiliente. Ainda magoado com o desfecho das conjunturas de 2016, quando foi preterido por Mariano Rocha na diligência cola-branca para a conquista da prefeitura, ele prefere apenas acompanhar a batalha de Nadir e o silêncio sobre o pleito majoritário — e, inclusive, trabalha com material paralelo, sem fotos do prefeito atreladas à irmã. Pois, então?!

Paz, amor e votos

Postado em 5 de outubro de 2020

A estratégia da vereadora e candidata a prefeita Fernanda Melo (MDB) é muito clara nestas eleições: falar de propostas, evitar a polêmica e conquistar o eleitor indeciso. A postura crítica, denunciadora e, por vezes, agressiva das tribunas do Legislativo foi posta de lado; e, sensivelmente, notada na entrevista que a emedebista concedeu ao programa Linha de Frente, quinta-feira (1º) na VipSocial TV.

Com discurso linear, sóbrio e conciliador, a presidente do MDB municipal garantiu que as divisões internas do partido já não existem, que adversários não serão inimigos no pleito, e que pensa apenas em um “jeito certo de fazer melhor” — frase que adotou como slogan de campanha. Assista:

Talk show com personalidades da política que tenham relação direta ou indireta com o Vale do Rio Tijucas e a Costa Esmeralda, o Linha de Frente vai ao ar semanalmente, todas as quintas-feiras, às 19h30, na VipSocial TV e com transmissões simultâneas nas redes FacebookYouTube e Instagram.

Segue o líder

Postado em 28 de fevereiro de 2020

Pergunta: o que têm em comum o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Tijucas, Jean Carlos de Sieno dos Santos (PSC), e os vereadores Cláudio Tiago Izidoro (sem partido) e Odirlei Resini (MDB)? Resposta: eles aguardam orientação do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) sobre a filiação partidária que devem assumir para o pleito proporcional.

Sieno dos Santos aceitou se transferir para o PSD, já tem a ficha de filiação em mãos, e só não assinou ainda porque correria o risco de perder o mandato — de vereador, para o qual foi reeleito em 2016 — caso antecipasse a mudança. Izidoro e Resini também estão inclinados ao PSD, mas devem definir os rumos e metas apenas no fechamento da janela, em março, sob supervisão de Mariano Rocha e de acordo com as conjunturas.

Malas prontas

Postado em 11 de fevereiro de 2020

O jovem mandatário de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), passou a ser fortemente especulado no PSL recentemente. No fim de janeiro, a propósito, o presidente estadual da legenda, deputado federal Fabio Schiochet, esteve na Capital Catarinense do Calçado especialmente para formalizar o convite.

Neste sábado (15), a cúpula peesselista do Estado promove um evento de filiações para prefeitos catarinenses, e o chefe do Executivo batistense está na lista. A aproximação entre Cândido e o PSL teria sido intensificada durante um jantar com o governador Carlos Moisés da Silva na semana passada.

Consultado pelo Blog, o prefeito garante que não há nada definido. “Ainda não bati o martelo. Na sexta-feira (14), vou me reunir com o PSD local para explicar tudo e, se for o caso, comunicar minha decisão. Estou considerando, sim. Quero o melhor para minha cidade e para a região, e minha filiação ao PSL poderia ajudar”, esclarece.

Com unhas e dentes

Postado em 21 de agosto de 2019

O presidente da comissão do PSL em Tijucas, psicólogo Gerson Henrique Marcelino, rebate a nota “O escolhido“, de anteontem no Blog, e diz que “a executiva municipal vem fazendo um belo trabalho, com filiações crescentes, reuniões mensais, proposições de recursos para entidades e se preparando para o pleito que se aproxima”.

De acordo com Marcelino — que garante manter contato regular com o presidente estadual da legenda, deputado federal Fabio Schiochet —, “essas ações afastam qualquer possibilidade de mudança no comando do PSL no município”.

Proposta

Postado em 20 de agosto de 2019

Sem clima no MDB, o vereador Odirlei Resini vem considerando o convite do prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) para se juntar oficialmente ao escrete cola-branca. A proposta envolveria, ainda, uma pasta na estrutura municipal de Tijucas; e o parlamentar teria, em contrapartida, que abandonar de vez o ninho periquito e assinar filiação no PSD.

Resini, segundo mais votado em 2016 — com 1.069 votos — e afilhado do ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), tornou-se persona non grata para a regência emedebista quando decidiu acompanhar a bancada situacionista na eleição da presidência do Legislativo, no fim de 2018. A partir daí, entretanto, ele passou, inclusive, a defender os pleitos da administração municipal na Câmara.

Verde amarelado

Postado em 1 de agosto de 2019
Foto: Divulgação

Os empresários Paulo Sergio “Galinha” PintoEliel Ventura, ambos de Tijucas, comemoram uma façanha. Conseguiram convencer o emedebista Carlos Alberto da Silva, o Carlinhos da Nita ou Periquito Doido — que, agora, já vem se apresentando como Canário Doido —, a entrar para o time dos colas-brancas.

O pedido de desfiliação do MDB — legenda que defende há quase quatro décadas — foi redigido anteontem e encaminhado ao presidente do partido, vereador Fernando Fagundes. Desde então, Silva vem prometendo lealdade ao prefeito Elói Mariano Rocha e, nos próximos momentos, a rubrica na ficha do PSD.

Tudo ou nada

Postado em 18 de julho de 2019

Eleito na base da ex-prefeita e deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) — e, consequentemente, do prefeito Paulo Henrique Dalago Müller (DEM) —, o vereador Flávio Henrique de Souza (PDT), tijuquense radicado em Bombinhas, vai para o tudo ou nada em 2020. Diz, com abono da família e apoiadores, que a reeleição ao Legislativo está descartada e que chegou a hora de se lançar no pleito majoritário.

Obviamente sem o suporte de Paulinha, que deve entrar de corpo e alma na reeleição de Dalago Müller, o sempre Flavinho do Pagode da Paz estuda, inclusive, a mudança de partido. Uma chapa com a colega de parlamento e ex-vice-prefeita Lourdes Matias (PDT), recordista de votos na história da Capital do Mergulho Ecológico em 2016, é vista como ideal no projeto do vereador.

Tucano na muda

Postado em 25 de junho de 2019
Foto: Divulgação

Sempre cotado para a concorrência majoritária em Canelinha, o vereador Antônio Carlos Flores (PSDB) vem sendo seduzido pelo senador Jorginho Mello (PL-SC) a ingressar no PL (ex-PR). As promessas são de suporte integral do partido para a corrida pela prefeitura em 2020. O ex-servidor da Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) balançou com a proposta.

O encontro, na sexta-feira (21), em que o convite foi reafirmado, serviu, ainda, para garantir um micro-ônibus para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) da Cidade das Cerâmicas e o pleito da obra de reforma e ampliação da sede da entidade, orçada em R$ 700 mil.

Flores ainda não confirmou a filiação ao PL, mas já decidiu que não fica no PSDB.

Rachou

Postado em 27 de maio de 2019

Reuniões e conversas definitivas à parte, o vice-prefeito Adalto Gomes (PT) já decidiu: só aceita compor uma chapa com o PSD em 2020 se estiver na cabeça. O secretário municipal de Obras garante, via assessoria pessoal, que “não está sabendo de nada” sobre o noticiado encontro, para breve, com o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD), para definir a conjuntura das próximas eleições.

Gomes segue irredutível quanto à candidatura a prefeito em 2020 e se esteia num “termo de compromisso” supostamente firmado em setembro de 2016 que garantiria a inversão da chapa nas próximas eleições municipais, com recursos financeiros advindos do PSD. O documento, enviado ao Blog, não tem a assinatura de Mariano Rocha ou de qualquer peessedista, mas, de acordo com a assessoria do vice-prefeito, o atual chefe do Executivo, então candidato, teria assegurado que “não precisaria assinar, pois tinha palavra”.

NOVOS ARES

O adjunto tijuquense, que já havia decidido deixar o PT, está de malas prontas para o PR. As articulações da mudança de partido teriam envolvido o ex-vice-prefeito e advogado Roberto Carlos Vailati (PT) e o deputado estadual Nilso Berlanda (PR).

DENTRO, MAS FORA

Gomes vem, ainda, conversando sistematicamente com líderes oposicionistas e postulantes ao cargo máximo do município em 2020. Depois da aproximação com o presidente municipal do MDB, vereador Fernando Fagundes, o vice-prefeito estaria mantendo contato com o empresário Thiago Peixoto dos Anjos, que assumiu pré-candidatura majoritária no PDT.

“Uma grande coalizão de partidos será montada em Tijucas para as próximas eleições. O Elói e o PSD estão sozinhos”, diz a assessoria pessoal do adjunto, com exclusividade ao Blog. Pois, então?!