quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Elegância

Postado em 15 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Bruno Collaço | Agência AL

A rivalidade histórica entre os grupos dos deputados estaduais Altair Silva (PP) e Daniel Netto Cândido (PODE), em São João Batista, ficou de lado, durante a cerimônia de posse do ex-mandatário batistense, nesta semana, na Assembleia Legislativa.

Silva foi um dos parlamentares que usou a tribuna para desejar boas-vindas ao novo colega. “Parabenizar pelo seu discurso. Agora, o Vale do Rio Tijucas tem dois deputados estaduais, já que eu tive o privilégio de nascer em Major Gercino e de ser criado em São João Batista”, disse o progressista.

“A política é uma missão, um trabalho, um desafio. Que bom que tem pessoas que tem paixão pela política. Que sua estadia aqui seja muito produtiva e estamos aqui para te ajudar. É uma alegria tê-lo aqui no parlamento”, completou o majorense.

Ao Blog, Cândido revelou que sempre nutriu uma boa relação com o parlamentar. “O Altair sempre foi um queridão. É um político exemplar. Tem uma capacidade de aglutinar e unir imensa. Nunca fomos adversários, sempre debatemos e buscamos aparar as arestas. Ele foi muito respeitoso comigo em São João Batista. Em nenhum momento me expôs ou constrangeu. Ele é um político com P maiúsculo”, afirmou.

 

Representatividade

Postado em 12 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A posse da técnica em enfermagem Adenilza Iolanda Ramos (PDT), na Câmara de Vereadores de Tijucas, dias atrás, foi histórica. Afinal, “Dedê”, como ficou conhecida, passa a ser a primeira – e única, até hoje -, mulher negra a ocupar uma cadeira do Legislativo municipal.

A vereadora permanecerá no cargo por 30 dias, durante a licença do titular, Cláudio Eduardo de Souza (PDT). Em sua posse, Adenilza reforçou a importância da representatividade. “Quando olho para trás, vejo o legado de mulheres inspiradoras, como minha mãe. Hoje, como primeira mulher negra a assumir uma cadeira nesta Casa, vejo que finalmente seremos representadas, ainda que tenha demorado 76 anos para que este momento chegasse”, pontuou.

O Poder Legislativo de Tijucas, instituído em 1948, teve apenas outros dois vereadores negros. O primeiro foi Luiz Antonio da Silva, conhecido como “Luiz da Farmácia”, em 1983. Somente em 2023, após 40 anos, o segundo, Édson Ferreira de Lima, o “Edinho do Casarão”, assumiu uma cadeira no parlamento municipal, mas, este, por 30 dias.

Ato oficial

Postado em 8 de fevereiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Bruno Collaço | Agência AL

O ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PODE), tomou posse oficialmente, nesta quarta-feira (7), como deputado estadual interino. Cândido, que já estava na função desde o último dia 30, mas, no ato de hoje, estreou no plenário e foi recebido pelos colegas de parlamento.

Cândido discursou por cerca de 20 minutos. No texto, agradeceu pelos votos recebidos, pelo apoio dos amigos e familiares, relembrou histórias da infância e os primeiros passos na política, além de destacar ações dos períodos em que governador a Capital Catarinense do Calçado.

Em seguida, foi a vez dos deputados estaduais e novos colegas do batistense dedicarem alguns minutos de homenagem. Falaram, em sequência, Altair Silva (PP), Emerson Stein (MDB), Nilso Berlanda (PL), Lucas Neves (PODE), Luciane Carminatti (PT), Matheus Cadorin (NOVO), Júlio Garcia (PSD), Tiago Zilli (MDB), Carlos Humberto (PL), Ivan Naatz (PL) e Mauro de Nadal (MDB).

Ao término dos discursos, parte da plateia, praticamente toda convidada pelo ex-mandatário, aplaudiu, de pé, o novo deputado catarinense.

“É um sonho de criança. Não apenas meu, mas do meu pai, de São João Batista e de toda a região, que, há muito tempo esperava para ter um representante pra chamar de seu. Hoje, São João Batista e região tem esse deputado pra chamar de seu”, disse, com exclusividade ao Blog, minutos após a cerimônia.

Histórico

Postado em 3 de novembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Câmara de Tijucas

A iniciativa de oportunizar que os colegas suplentes ocupem, por até 30 dias, uma cadeira na Câmara de Vereadores de Tijucas, encabeçada por Maickon Campos Sgrott (PP), produziu um fato histórico nesta semana, após nova mudança nos quadros do Legislativo.

Sgrott optou por se manter licenciado do cargo – ocupado no mês de outubro por Fernanda Estela Rocha -, e garantir a posse do também suplente Édson Ferreira de Lima, conhecido como “Édinho do Casarão”, durante o penúltimo mês de 2023.

Édinho, a propósito, será o primeiro negro a servir à comunidade tijuquense como vereador nas últimas quatro décadas. O último havia sido Luiz Antônio da Silva, o “Luiz da Farmácia”, eleito em 1982, pelo MDB.

Descentralização

Postado em 3 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O vereador Maickon Campos Sgrott (PP), de Tijucas, segue o projeto de dividir a vereança com colegas de partido, cedendo a cadeira no parlamento municipal por um mês, permitindo que os suplentes colaborem e participem da legislatura.

Desta vez, quem assumirá a função será Fernanda Estela Rocha (PP). Com a posse, realizada na noite desta segunda-feira (02), o Poder Legislativo tijuquense contará, mais uma vez, com duas representantes femininas.

Antes de Fernanda, já haviam assumido o exercício do cargo, no sistema de rodízio implementado por Sgrott, os suplentes Júlio Bucoski, Leonel João David, Tânia Roncálio e Rogério Freitas. “No PP, os suplentes tem vez e podem ajudar apresentando suas demandas para a melhoria da nossa cidade”, frisou o agora vereador licenciado.

Até a próxima vida

Postado em 8 de agosto de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

A relação entre os deputados estaduais Ana Paula da Silva (PODE) e Emerson Stein (MDB), que no passado foi de grande amizade, estima e carinho, hoje, limita-se apenas ao respeito e ao trabalho em conjunto em prol da Costa Esmeralda, região base de ambos.

No ano passado, após a reeleição, a bombinense afirmou em uma entrevista que não seria mais amiga do portobelense, pelo menos “nesta vida”. A declaração foi reforçada, na 141ª edição do programa LINHA DE FRENTE, exibido na TV Vip, quinta-feira passada.

“A frase continua valendo. Amigos, não seremos mesmo. Eu tinha uma estima pessoal gigantesca. O Emerson era uma pessoa que eu cuidava, amparava, me preocupava… Essa laço foi rompido. Não é porque ele foi candidato, mas pela forma. Ele não foi correto comigo”, pontuou a ex-prefeita de Bombinhas.

Discurso

Paulinha, ainda, revelou que não aprovou o discurso de Stein, durante a sua posse como deputado estadual, na Alesc. “Ele botou uma pimenta no MDB e faz um discurso de ‘vão ter que me engolir’. Claro que foi direcionado [à deputada]. Eu fiz questão de descer para acompanhar”, contou a deputada.

Apesar das diferenças pessoais, a parlamentar garante que elas ficam em segundo plano quando há uma pauta de interesse da região. “A gente se encontrou na Amfri e falei pra ele sentar do meu lado. Falei que agora, para o que é importante pro nosso povo e pra nossa gente, temos que trabalhar juntos”, explicou.

Prioridade

Postado em 7 de março de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Uma das pautas primordiais da deputada estadual Ana Paula da Silva (Podemos), neste segundo mandato na Assembleia Legislativa, será a causa feminina. Tanto que a bombinense assumirá a coordenadoria da bancada das mulheres na Alesc.

Única a integrar a mesa diretora, Paulinha tem apenas duas colegas no parlamento: Luciane Carminatti (PT) e Ana Campagnolo (PL). Na legislatura passada, eram cinco. “Se o número de mulheres na Alesc caiu quase pela metade, nossa responsabilidade será dobrada”, revelou ao Blog.

No primeiro dia do mês, Paulinha presidiu pela primeira vez uma sessão ordinária da Alesc, em uma gentileza do presidente Mauro de Nadal (MDB). Um ato oficial está marcado para o Dia Internacional das Mulheres, nesta quarta (8), oficializando a posse da bombinense na coordenadoria da bancada feminina.

Na agenda

Postado em 22 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo pessoal

Amanhã é o “Dia D” para o ex-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), e para o ainda deputado estadual Jerry Comper (MDB). O primeiro ingressa oficialmente no parlamento catarinense, enquanto o outro, logo em seguida, assume o comando da Secretaria de Estado da infraestrutura e Mobilidade.

Caravanas do Vale do Rio Tijucas e da Costa Esmeralda, onde ambos têm forte esteio eleitoral e apoiadores em todos os municípios, organizam-se para presenciar os atos.

Quórum

Postado em 6 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Blog do Léo Nunes

Dos cinco prefeitos do Vale do Rio Tijucas, apenas dois foram vistos na posse dos deputados estaduais catarinenses, na última quarta-feira (1º), no Palácio Barriga Verde, em Florianópolis. E justamente os mais jovens e estreantes no Executivo municipal: Diogo Francisco Alves Maciel (REPUBLICANOS), de Canelinha, e Tiago Dalsasso (MDB), de Nova Trento.

O canelinhense e o neotrentino prestaram apoio, no pleito de 2022, aos reeleitos Ana Paula da Silva (PODE) e Jerry Comper (MDB), respectivamente. Mesmos candidatos, a propósito, de Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, e Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, que não estiveram na cerimônia.

Único que talvez não tivesse quem saudar, ou com quem comemorar e justificasse a falta seria Valmor Pedro Kammers (REPUBLICANOS), de Major Gercino, apoiador de Daniel Netto Cândido (PODE), que não alcançou a vaga no parlamento nas recentes eleições.

Orgulhosa e exibida

Postado em 2 de fevereiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) não poderia estar mais orgulhosa. Ou “exibida”, como disse ao microfone do Blog ontem, durante a posse dos eleitos, na Alesc (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina).

O motivo é histórico. Após 86 anos, uma mulher volta a ocupar uma cadeira na Mesa Diretora do parlamento catarinense. Paulinha, em seu segundo mandato, igualou o feito de Antonieta de Barros e assumiu a primeira secretaria. “É como deixar de sentar na cadeira das crianças para sentar na dos adultos”, compara a bombinense.

A conquista, que chamou de “vaga relevante”, influenciou, inclusive, no figurino. Diferentemente de 2019, quando usou um decote exuberante – alvo de críticas -, Paulinha optou por um vestido mais discreto. “Achei de bom tom”, explica.

RELAÇÃO COM O EXECUTIVO

Próxima do ex-governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS), a ex-prefeita de Bombinhas também se colocou à disposição do novo chefe do Executivo catarinense, Jorginho Mello (PL). Mas, para ela, o gesto deve partir do governador. “O telefone tem que tocar de lá pra cá. Ele tem que nos chamar, nos demandar”, justifica Paulinha.