sábado, 24 de outubro de 2020 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Otimismo compreensível

Postado em 6 de outubro de 2020

O lateral esquerdo do Flamengo, Filipe Luís, de fato fez contato com os pais da pequena Anna Laura Orsi Batista, de Nova Trento, que luta contra a AME (Atrofia Muscular Espinhal) e precisa de R$ 12 milhões para pagar o tratamento. Ele se dispôs a ajudar no que for possível; mas não é verdade — pelo menos, por enquanto — que o clube carioca foi mobilizado na campanha Salve a Laurinha, e que deve expor um mosaico com o rosto da criança no próximo jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. A notícia, compreensivelmente otimista, foi divulgada por um amigo da família em grupos de conversação online e gerou grande expectativa na região.

O que há, na realidade, segundo os mantenedores do projeto de arrecadação de recursos, é, neste momento, apenas a disposição do jogador em contribuir e, quem sabe, envolver o Rubro-Negro na proposta. Na esperança, foram enviadas 20 camisetas da campanha para a sede do Flamengo, no Rio de Janeiro, para facilitar o trabalho junto à diretoria do clube. A ideia inicial é que os atletas entrem em campo, no início de alguma partida com transmissão nacional, com a hashtag Salve a Laurinha no peito.

Dano moral

Postado em 17 de junho de 2020

A juíza Maria Cristina Slaibi, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o ator e comediante Gregório Duvivier a pagar uma indenização de R$ 25 mil por danos morais ao empresário Luciano Hang, de Brusque, por uma postagem feita no Twitter em maio do ano passado.

Na publicação,  Duvivier escreveu: “to tisti alguém mata o véio da havan (sic)”. Dois dias depois, o comediante usou a mesma rede social para justificar que não estava desejando a morte do empresário, mas “apenas reproduzindo um meme”. Hang processou o artista.

Em sua decisão, a juíza entendeu que Duvivier excedeu o limite da liberdade de expressão ao usar o verbo “matar” na postagem e explicou que a condenação por dano moral tem “caráter repressivo-pedagógico”. A magistrada ordenou ainda que o comediante exclua, em 48 horas, a palavra “mata” da publicação.

Selo Paravox

Postado em 16 de janeiro de 2020

No segundo semestre de 2019, a Uniclãs, de Porto Belo, esteve no estúdio Órbita Music, no Rio de Janeiro, para realizar as gravações do seu terceiro disco, que tem lançamento previsto para os próximos meses. O trabalho vem sendo produzido por Carlos Trilha, nome à frente do selo Paravox, com quem a banda acaba de assinar contrato.

O selo Paravox atua na distribuição musical, organização e catalogação de repertório, registro e resoluções de direitos autorais e direcionamento artístico.

Com público bastante consolidado na região, a Uniclãs busca outros horizontes com o lançamento do novo álbum. Um show com as músicas inéditas foi agendado para 1º de fevereiro, no Vintage Rock Bar, em Porto Belo.

“Eu amo meu time”

Postado em 26 de agosto de 2019

No vídeo, a emoção do suplente de vereador Oscar Luiz Lopes (MDB), de Tijucas, com a vitória do seu Vasco da Gama por 2 a 0 sobre o São Paulo, ontem, no Rio de Janeiro, em confronto válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019.

Lopes viajou para a Cidade Maravilhosa com um grupo de amigos, todos vascaínos, especialmente para acompanhar o jogo do Gigante da Colina contra o Tricolor Paulista e, no fim da partida, com o coração aberto, banhou as arquibancadas de São Januário com lágrimas copiosas e apaixonadas.

Ciclo retomado

Postado em 5 de agosto de 2019
Foto: Vinícius Giffoni

Depois de 11 anos, a Uniclãs voltou aos estúdios. O terceiro disco da banda de Porto Belo vem sendo produzido há duas semanas no Orbita Music, no Rio de Janeiro, por onde já passaram monstros sagrados da música brasileira como Erasmo CarlosJerry Adriani, LenineNando ReisRenato Russo.

O brilhante Moriel Adriano da Costa, guitarrista da consagrada Dazaranha, de Florianópolis — que também já gravou no Orbita —, e intérprete do impagável Mané Darci nos shows de stand-up comedy, é o padrinho deste projeto e quem, inclusive, aproximou os portobelenses do gabaritado produtor Carlos Trilha, dono do estúdio carioca. Ainda não há, porém, uma data para que o novo álbum da Uniclãs chegue às prateleiras.

Pé quente

Postado em 10 de julho de 2019
Foto: Divulgação

Pretenso candidato a prefeito de Tijucas em 2020, o empresário Thiago Peixoto dos Anjos puxou a fila, na foto, com os também empresários Anderson FariaArnaldo Peixoto FilhoTiago Neri Pereira, além do corretor imobiliário Roberto Henrique Furtado e do advogado Philipe Peixoto, semana passada, na torcida pela Seleção Brasileira na Copa América.

A caravana tijuquense esteve em Belo Horizonte e Rio de Janeiro, nas respectivas semifinal e final da competição, contra Argentina e Peru, e mostrou que é pé quente. Peixoto dos Anjos espera, agora, mesma sorte nas urnas, no campeonato eleitoral que se aproxima.

Jubileu de coral

Postado em 22 de abril de 2019

Já se passaram 35 anos desde que os Schürmann içaram velas em Porto Belo e zarparam na primeira volta ao mundo, em abril de 1984. A aventura, e outras sequentes, foram acompanhadas, ao longo desse tempo, por grandes canais de mídia do Brasil e do planeta; o que tornou VilfredoHeloísa Schürmann, além dos filhos PierreDavidWilhelm – mais a adotiva Kat, que morreu em 2006 os 13 anos – famosos mundialmente.

Dias atrás, eles se reuniram em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, para comemorar essa memorável passagem.

Político e escritor

Postado em 4 de abril de 2019

Ex-prefeito de Porto Belo, o advogado Evaldo José Guerreiro Filho apresenta oficialmente, em 6 de maio, às 19h, na Livraria Catarinense, no Beira Mar Shopping, em Florianópolis, a primeira obra da carreira de escritor: “A Outorga Onerosa e o Direito de Construir.

Lançado pela Editora Lumen Juris, do Rio de Janeiro, que tem grande tradição – 30 anos – em publicações jurídicas e está entre as 10 maiores do país no campo do Direito, o livro faz uma abordagem geral da política urbana na Constituição Federal e na nova legislação do município de Itapema.

Cinco ponto cinco

Postado em 19 de março de 2019
Foto: Divulgação

Já virou praxe. Como faz recorrentemente, o advogado Marcio Rosa –  líder do MDB em Tijucas, e, especula-se, próximo, e novamente, presidente municipal do partido – celebrou aniversário, sexta-feira (15), no Rio de Janeiro, na companhia da mulher, Carina Desidério.

A quem pergunta, ele diz que chegou aos “cinco ponto cinco”. “Não tem nada de cinquenta e cinco! É cinco ponto cinco”, reforça. Pois, então?!

Claquete

Postado em 8 de janeiro de 2019

O gabaritado diretor de cinema Marco Bellocchio está iniciando, no Rio de Janeiro, as filmagens de um longa-metragem sobre Tommaso Buscetta, o mais famoso dos mafiosos italianos. Resta saber, entretanto, se o litoral norte de Santa Catarina e a nossa Costa Esmeralda estarão entre os cenários do filme.

Conta a história que a primeira prisão do criminoso em solo brasileiro ocorreu em Itapema, em 2 de novembro de 1972. Depois de inúmeras fugas no mundo quase inteiro, foi na atual Cidade dos Ultraleves, que ainda não era tão povoada e muito menos turística, que Buscetta passou a se esconder.