sexta-feira, 13 de dezembro de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Recuo

Postado em 26 de novembro de 2019

O desconforto criado na administração municipal com a declaração do chefe do departamento de Estrada de Rodagem, Renato Sartori, de que haveria “laranjas” no setor, teve desdobramentos hoje.

Sartori publicou um pedido de desculpas ao prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) e ao secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos do município de Tijucas, vice-prefeito Adalto Gomes (PL). Na postagem, o servidor em cargo comissionado admitiu o erro. “Me expressei mal. Tinha gente se metendo no meu trabalho e só queria cuidar do meu espaço”, escreveu.

Camarão e Facebook

Postado em 17 de setembro de 2019

Bastou a vereadora Rosaura de Oliveira Rodrigues (PT) escrever, nas redes sociais, que “Foi-se o tempo em que o Festival do Camarão era gratuito” para que respostas imediatas, no mesmo canal, tanto do prefeito Emerson Stein (MDB) quanto do vice-prefeito Elias Cabral (PL) surgissem na timeline.

O adjunto publicou que o comentário da parlamentar oposicionista foi “para rir” e ratificou que “não será cobrado nem um centavo para entrar”; enquanto o chefe do Executivo portobelense, em vídeo, lembrou que “o festival dobrou de tamanho” e que as vendas se limitam apenas aos camarotes e área vip — por iniciativa da produtora, parceira do evento —, “que são uma novidade”.

QUEM DIZ O QUE QUER…

Stein aproveitou o ensejo, ainda, para alfinetar os adversários. “A vereadora esqueceu de dizer que pagamos R$ 500 mil de INSS da gestão anterior, mais R$ 150 mil do asfalto não concluído no Alto Perequê, os R$ 300 mil de contrapartida da Ironildo Conceição dos Santos, e não disse também, na publicação, que pagamos mais de R$ 1,2 milhão de vale alimentação que o governo passado ficou devendo aos servidores. Chega de mentiras! Vamos falar a verdade!”, esbravejou o prefeito.

Na jugular

Postado em 22 de janeiro de 2019

Pseudo presidente do PSL em Tijucas – a comissão provisória do partido no município foi extinta em dezembro –, o servidor público municipal Renato Sartori fez um apelo, ontem, aos vereadores, no Facebook, para que intervenham na aquisição de um veículo para o Departamento de Estrada de Rodagem, da Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Serviços Públicos, onde está lotado. “Estou sem caminhonete e não consigo visitar as obras do interior”, escreveu. O comentário foi publicado na postagem do vereador Ecio Helio de Melo (PP) sobre a entrega, pelo senador eleito Esperidião Amin (PP), de uma Mitsubishi/L200 Triton Sport, avaliada em mais de R$ 160 mil, para a Secretaria de Saúde do município; e provocou uma resposta imediata.

O gerente administrativo do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) e presidente do PSB em Tijucas, Fabiano Saramento, decidiu alfinetar Sartori: “como agora você tem acesso direto com o governador, peça a ele umas duas ou três caminhonetes. É hora d’ele retribuir”. Pois, então?!

Letras e política urbana

Postado em 27 de novembro de 2018

Ex-prefeito de Porto Belo, o advogado Evaldo Guerreiro, que é um intelectual, estudioso inveterado, publicou seu primeiro livro. Lançado pela Editora Lumen Juris, do Rio de Janeiro, que tem grande tradição – 30 anos – em publicações jurídicas e está entre as 10 maiores do país no campo do Direito, “A Outorga Onerosa e o Direito de Construir” faz uma abordagem geral da política urbana na Constituição Federal e na nova legislação do município de Itapema.

A obra já pode ser encontrada para compra no site da editora. Mas o lançamento oficial, com a presença do autor, deve acontecer em abril de 2019, na Livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, em Florianópolis.

Fake news

Postado em 30 de outubro de 2018

O prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (PSD), se diz vítima das famigeradas fake news nestas eleições. Ele usou o Facebook, domingo (28), para pedir que as pessoas “não participem dessa corrente do mal”. Segundo o mandatário batistense, alguns perfis falsos foram criados na rede social unicamente para “espalhar notícias mentirosas sobre a gestão” da Capital Catarinense do Calçado.

Na publicação, Cândido não especifica quais são as fake news que atormentaram, recentemente, o governo de São João Batista; mas o Blog, que tem fontes de A a Z, apurou. Uma das postagens perniciosas informava que servidores comissionados do município estavam sofrendo perseguição e sendo exonerados porque não aceitavam declarar apoio ao candidato a governador Gelson Merisio (PSD), para quem o prefeito fez campanha. E, de fato, não é fato. Não há registros, pelo menos oficiais, de demissões na administração batistense nas últimas semanas.

Penitenciária: candidatos prometem

Postado em 16 de outubro de 2018

A exemplo do empresário César Luiz dos Anjos Júnior, o Cezinha da Asseinfo, alguns tijuquenses vêm usando as redes sociais para questionar os candidatos a governador Gelson Merisio (PSD) e Carlos Moisés da Silva (PSL) sobre a instalação – de novo! – de uma penitenciária industrial em Tijucas durante a gestão 2019-2022. O assunto voltou à tona com uma publicação do Jornal Razão sob o título “Justiça autoriza Penitenciária Industrial em Tijucas” e, evidentemente, alarmou a população.

O primeiro postulante ao Executivo catarinense a se manifestar foi Merisio, que negou peremptoriamente a intenção de ampliar o Presídio Regional de Tijucas. “Não farei penitenciária em Tijucas. É um compromisso meu com a cidade”, prometeu o candidato, que tem o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) e o engenheiro Sérgio “Coisa Querida” Cardoso como principais avalistas na cidade.

Em seguida, o comandante de reserva dos Bombeiros também respondeu. “Precisamos, sim, construir uma nova penitenciária no Estado. Mas não será em Tijucas”, pontuou Comandante Moisés.

A preocupação com o tema gerou, sobretudo, uma audiência pública, proposta pelos vereadores Rudnei de Amorim (DEM) e Juarez Soares (PPS) e regida pela Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) em junho de 2017. Naquela feita, lideranças políticas do Vale e da Costa Esmeralda deixaram claro que não admitem a obra e que a região já tem feito a sua parte – com o Presídio Regional de Tijucas, na Itinga. Desde então, a administração municipal vem combatendo os planos do governo do Estado em litígios judiciais e com a exposição de empecilhos de toda sorte.

Linhas ao léu

Postado em 11 de julho de 2018

Em artigo parco de fundamentação, baseado sucintamente em comentários do Facebook e opiniões severas e muito particulares , o diário itapemense O Atlântico decidiu tomar para Cristo o prefeito de Tijucas, Elói Mariano Rocha (PSD), no editorial de ontem. Na publicação, o jornal destacou que a cidade “sofre as consequências do voto inconsciente”, que o chefe do Executivo “não mostrou a que veio”, que a “ineficiência no quadro é visível” e que a gestão do município é “apática”.

Para compor o texto, o diretor geral Ricardo Gabeluca – que é natural de Ponta Grossa, está em Itapema e assina a coluna – pinçou comentários em perfis de motejo, como a página Tijucas M1L GR4U, e cravou que em Tijucas há um governo “pouco qualificado intelectualmente para o desafio que se propôs”. Ele cita, ainda, como exemplo de “má gestão”, a “promessa falsa e descomprometida” com a “ponte Vulcão (sic) Viana, no bairro Joairá (sic)“, surpreendentemente na semana em que, segundo o anúncio da administração municipal, iniciam-se as obras de reconstrução da histórica Ponte Bulcão Viana, entre os bairros XV de Novembro e Pernambuco.

Por fim, e para justificar o prognóstico de “uma gestão frustrada na incapacidade fundada no amadorismo”, o editorial conclui que “as consequências podem ser de fato o jargão popular ‘cada povo tem o governo que merece’, fundada na lei da atração, os iguais se unem”. Pois, então?!

Letras afiadas

Postado em 1 de março de 2018

As contendas entre o jornalista Leopoldo Barentin e o secretário de Saúde do município de Tijucas, Vilson José Porcíncula (PSD), o Tem, vão muito além da nota “Essa foi de trincar os grãos“, publicada hoje, que praticamente responsabiliza o gestor municipal pelo fechamento da obstetrícia do Hospital São José.

O litígio passa pelas reuniões de governo, onde, segundo fontes próximas de ambos, o secretário repete sistematicamente que “não precisa da imprensa” e que o Jornal Razão é um “jornal de m…”. Porcíncula, aliás, raramente concede entrevistas aos veículos locais – especialmente quando assuntos polêmicos que envolvem a Saúde municipal vêm à tona –, e mantém, como mantra, relativa distância da mídia.

Um trecho da comentada nota, em que Barentin destaca que o prefeito Elói Mariano Rocha (PSD) “não pode protelar mais um dia a substituição do secretário”, inclusive, seria o grafismo de um recado antes direcionado. De acordo com um passarinho incolor, o jornalista teria encostado o chefe do Executivo tijuquense na parede, tempos atrás, com o aviso “ou ele, ou nós”. Pois, então?!

Ela e ele

Postado em 23 de novembro de 2016
Foto: Luiz Junnior

A jornalista Karina Peixoto com o empresário Marco Aurélio Sedrez, ontem, no lançamento da revista Solarium – que ela desenvolveu e edita, e onde ele é colunista –, na Casa da Noiva, em Tijucas.

Sedrez assina a coluna Essere Semplice (Ser Simples em italiano), que, além das demais reportagens e artigos da publicação, pode ser lida online pelo endereço revistasolarium.com.br. A revista começa a circular hoje no Vale do Rio Tijucas e em Itapema.

Boa leitura

Postado em 18 de novembro de 2016

Profissional de excelência, a jornalista Karina Peixoto – da ComuniKar Serviços em Comunicação – apresenta ao público, terça-feira (22), com coquetel na Casa da Noiva, em Tijucas, o primeiro número da Revista Solarium, que chega para atender exclusivamente os setores imobiliário, da construção civil e de decoração do Vale.

O veículo, inédito na região, surge como guia privativo dos segmentos atendidos, com matérias especiais em cada edição, e pretende destacar sempre as potencialidades do nosso próspero pedaço de mundo.