segunda-feira, 28 de novembro de 2022 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Compartilhamento

Postado em 18 de novembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Integrante da indigesta “lista de cancelamentos” da região, a Churrascaria Dalla Brida, de Nova Trento, precisou se posicionar publicamente em razão dos ataques que vem sofrendo desde que um vídeo com supostos colaboradores do estabelecimento comemorando o resultado da disputa pela presidência da República passou a circular nos grupos de conversação online.

Em nota de esclarecimento, a empresa ressalta que “não manifesta opinião ou apoio de natureza política a qualquer candidato ou partido”, classifica a publicação como “falsa”, e diz que adotou medidas para apurar a responsabilidade dos envolvidos na divulgação do vídeo.

Antes disso, porém, a filha do proprietário da churrascaria havia recorrido às redes sociais para mostrar uma foto do pai e informar que ele não aparece em momento algum na famigerada gravação. Pois, então?!

Despojamento

Postado em 18 de outubro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O maratonista Sandro Rafael Decker, que tem mais de 200 provas no currículo, ficou surpreso que o prefeito de Nova Trento, Tiago Dalsasso (MDB), estivesse no staff da Sicoob Mons Ultra Trail, que o município sediou em setembro. “Lá embaixo da escadaria (da basílica de Santa Paulina), no frio da noite, um jovem estava dando as orientações do percurso. Muito simpático e solícito. No outro dia, descobrimos ser o prefeito, que estava ali, sem seguranças, sem afetações, trabalhando de staff”, publicou o atleta no Instagram.

Pelo segundo ano consecutivo, a Sicoob Mons Ultra Trail é realizada em Nova Trento. Nas duas, a propósito, Dalsasso atuou como voluntário, na equipe de retaguarda do evento.

“Um tapa na cara dos políticos deste Brasil não tão varonil, que não acreditam no esporte e que agem como estrelas. Grande exemplo deste jovem prefeito”, concluiu Decker.

Carne de pescoço

Postado em 2 de setembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo o ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), o ex-prefeito de Governador Celso Ramos e candidato a deputado estadual Juliano Duarte Campos (PSB) é “carne de pescoço”. O termo, evidentemente, foi usado como referência à obstinação do gancheiro nas pautas que representa.

França gravou um vídeo para elencar as qualidades do correligionário, que foi prontamente repercutido nas redes sociais do vice-presidente estadual do PSB. Na publicação, o ex-chefe do Executivo paulista pede, ainda, que os catarinenses reconduzam Dário Berger (PSB) ao Senado Federal.

Pedido aberto

Postado em 19 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Segundo colocado na eleição majoritária de 2020 em Tijucas — e, obviamente, consolidado postulante à prefeitura no próximo pleito —, o empresário Thiago Peixoto dos Anjos (PDT) entrou de cabeça na campanha do ex-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), ao parlamento catarinense.

Ontem, a propósito, Peixoto dos Anjos publicou um texto nas redes sociais para dizer porque decidiu apoiar o ex-mandatário portobelense nestas eleições. “Quando vi um jovem assumir a prefeitura de Porto Belo, cheio de energia, disposição e bons princípios, vi renovadas as minhas iniciativas voltadas para a política”, escreveu.

O empresário aproveitou o ensejo para pedir que os amigos e eleitores busquem se informar sobre Stein e que, se aprovarem a trajetória do candidato, confiem o voto. “Tenho certeza que nossa região e Santa Catarina poderão contar com um grande representante na Assembleia”, concluiu.

Toma lá, dá cá

Postado em 2 de agosto de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma postagem enigmática da deputada estadual Ana Paula da Silva (PODE) nas redes sociais atiçou a curiosidade dos seguidores da ex-prefeita de Bombinhas. No Twitter, ela reproduziu o adágio “pau que dá em Chico, dá em Francisco”, antes de dizer que “tem Deus para corrigir as injustiças”. O motivo da publicação, no entanto, não foi revelado.

As especulações, contudo, apontam para as rusgas recentes entre Paulinha e o colega de parlamento Bruno Souza (NOVO), que vem criticando duramente o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS) e aliados, e que teve, recentemente, a vida devassada publicamente por um familiar. No Instagram, o deputado foi acusado por um irmão de crimes como lavagem de dinheiro, omissão de bens, falsificação de documentos e agiotagem.

IMPULSO

Espavorido com as acusações, o ex-prefeito de Governador Celso Ramos e pré-candidato a deputado estadual Juliano Duarte Campos (PSB) foi mais um que registrou, em comentário nas postagens do irmão do parlamentar, o desejo de encontrar Bruno Souza no plenário da Assembleia Legislativa a partir de 2023.

O embate, entretanto, deve ficar para outra oportunidade. Souza já anunciou candidatura a deputado federal nestas eleições.

Foco dividido

Postado em 31 de maio de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ex-prefeito de Porto Belo, Emerson Stein (MDB), tem jornada dupla nesta reta de decisão para o município. Além das andanças pelo Estado, em razão da pré-campanha ao parlamento catarinense, ele tem trabalhado internamente para que o prefeito interino Joel Orlando Lucinda (MDB) conquiste o comando do Executivo, de fato e de direito, na eleição suplementar da Capital Catarinense dos Transatlânticos, neste domingo (5).

Anteontem, a propósito, Stein usou as redes sociais para pedir que os eleitores portobelenses “não esqueçam de ir às urnas, mesmo fora de época” e que elejam Lucinda “para dar continuidade ao trabalho” que ele e equipe iniciaram em 2017.

Parem as máquinas!

Postado em 13 de abril de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução/Facebook

Os veículos de imprensa de São João Batista não receberão “mais nem um centavo” da prefeitura. Pelo menos foi o que garantiu o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) em live nas redes sociais, dias atrás. A carraspana foi motivada por uma nota em jornal local, de que o governo batistense estaria contratando uma agência para a produção de vídeos institucionais e dispenderia cerca de R$ 160 mil anuais para o serviço.

 

“Não vou pagar ninguém para falar mal de mim”, bradou o chefe do Executivo com a publicação em riste e arrimado no coordenador de Comunicação do município, Ademir José Rover.

 

Pedroca, a propósito, na mesma transmissão, entre urros e socos na mesa, elencou as empresas de mídia da Capital Catarinense do Calçado e revelou quanto cada uma recebia mensalmente da prefeitura antes de assegurar que interromperia os repasses. Pois, então?!

Às claras

Postado em 7 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução/Facebook

Enfim, o ex-prefeito de São João Batista, Daniel Netto Cândido (sem partido), atual secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, falou publicamente como postulante a uma cadeira na Assembleia Legislativa. Embora as pretensões do batistense fossem de conhecimento geral — especialmente na região —, ele se mantinha comedido sobre o assunto até então. Hoje pela manhã, no entanto, as coisas mudaram.

Cândido usou as redes sociais, como faz costumeiramente, para se lançar ao próximo nível. Na publicação, escreveu que “coloca o nome à disposição como pré-candidato a deputado estadual para trabalhar não só pelo Vale do Rio Tijucas, mas por toda Santa Catarina”. Os comentários na postagem são integralmente de apoio ao ex-prefeito. Somados, os seguidores do secretário adjunto de Estado no Facebook e no Instagram ultrapassam a casa dos 40 mil.

Contenda digital

Postado em 2 de março de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ineditismo acompanha o prefeito de Canelinha, Diogo Francisco Alves Maciel (sem partido). Único na história político-administrativa do município a alcançar o poder desatrelado dos chavões cola-preta ou cola-branca, o jovem advogado tem, ainda, outra peculiaridade que não se observa em chefes de Executivos tradicionais: a manifestação pessoal, direcionada a munícipes e eleitores em redes sociais. E essa postura pouco usual traz, ocasionalmente, alguns contratempos à governança da Cidade das Cerâmicas.

A polêmica do momento expõe a discussão entre Alves Maciel e a professora Glaucia Pacheco, da rede municipal. O prefeito questionou a publicação da educadora no Instagram sobre o reajuste salarial do magistério e perguntou, em conversa privada, se ela “sabia quais professoras seriam demitidas para que o valor fosse pago”. A classe entrou em polvorosa. Se havia uma incerteza, agora, com a manifestação do chefe do Executivo, são duas.

Algum tempo depois, entretanto, o mandatário canelinhense fez outra postagem para dizer que a frase foi tirada do contexto e que não se tratava de uma ameaça. “Apenas expliquei para uma profissional da educação que não recebemos dinheiro a mais para pagar os professores e que estamos na busca por uma solução. Se fosse pura e simplesmente pagar, já estaria pago. Tenho respeito pela classe, já conversei com seus representantes e, conforme prometido, até a data base teremos uma solução decidida por ambas as partes”, publicou.

Marketing gratuito

Postado em 19 de janeiro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Carismático, o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (sem partido) continua chamando a atenção — sobretudo de adversários — em São João Batista; e, vez ou outra, servindo como alvo para referências zombeteiras e memes em redes sociais. O mais recente tiro, a propósito, saiu pela culatra.

Uma publicação no Facebook quis atribuir a Cândido a pecha de, agora, por conta da egressão política com o atual prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), ser indiferente aos problemas da Capital Catarinense do Calçado. Na postagem, o autor usou um gift com a imagem do jogador de futebol Cristiano Ronaldo sorrindo e a frase “Daniel Cândido vendo quatro assaltos, três feminicídios, duas explosões, cinco assassinatos e um homem com um facão em frente à prefeitura”.

O secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, pretenso postulante ao parlamento catarinense nestas eleições, tirou de letra: “Já vou avisando que não vou deixar de sorrir e nem de trabalhar muito por causa disso, não”, escreveu. E o meme viralizou. Desde então, já alcançou mais de 8 milhões de visualizações.