domingo, 14 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Pix solidário

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Raissa Rocha

Classificado para a segunda fase da Copa Santa Catarina Sub-15, o Tiradentes Esporte Clube, de Tijucas, precisa de ajuda para custear a viagem até Seara, no Oeste catarinense, onde enfrentará o clube local.

O Azulão tijuquense terá que arcar com o transporte, além da hospedagem e alimentação dos atletas. Uma chave PIX foi disponibilizada pela diretoria para arrecadação de doações e contribuições financeiras espontâneas.

Qualquer quantia pode ser destinada ao clube através da chave CPNJ 83715367000119, com favorecimento ao TIRADENTES EC, através de Conta Corrente da Cooperativa Cresol.

Sem velinha

Postado em 12 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: TV Câmara

Os tradicionais festejos de aniversário de Tijucas, que completa 164 anos de emancipação político-administrativa nesta quinta-feira (13), serão modestos se comparados aos anteriores. Isso porque, dias atrás, a administração municipal anunciou o cancelamento das atividades.

A justificativa para a decisão foi a crise vivida pelo Rio Grande do Sul, devastado por uma das maiores catástrofes climáticas já registradas no país. Em solidariedade com o povo gaúcho, o município optou por organizar um ponto para arrecadação de donativos e não promover outros eventos públicos.

A narrativa não agradou a todos. O vereador Erivelto “Danone” Leal dos Santos (PL), por exemplo, tratou do cancelamento como uma “desculpa” e afirmou que a explicação era “cômica”.

“Achei a ação legal e importante, apesar de estarmos atrasados. Mas chega a ser cômico. Deixar passar em branco o que tanto defendem, que é a cultura do município. Mais valia dizer que não querem gastar dinheiro. Era melhor, muito mais válido. Era o que deviam ter feito”, pontuou.

Braço forte

Postado em 14 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O drama vivido há mais de duas semanas pelo povo do Rio Grande do Sul sensibilizou o prefeito Tiago Dalsasso (MDB), de Nova Trento. O mandatário, que já havia determinado e organizado a arrecadação de donativos para as vítimas da enchente, decidiu ceder servidores para ajudar em resgates.

Leonardo Moritz, que atua como agente de Proteção e Defesa Civil na cidade de Santa Paulina, deslocou-se até a cidade de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, onde atuará em resgates aquáticos. Um grupo formado, ainda, por policiais militares de Tijucas e agentes da Defesa Civil de São João Batista, deve atuar na cidade gaúcha até o fim de semana.

A prefeitura de Canoas enfrenta uma situação de emergência com cerca de 50 mil habitantes em áreas de risco, indicadas por alertas de evacuação. Desde então, o município gaúcho passou a pedir ajuda de voluntários com embarcações para a retirada de moradores.

“Ficamos contentes em ajudar. Estamos assistindo as imagens devastadoras e ficamos muito sensibilizados. Recebemos esse pedido de ajuda e, prontamente, o nosso agente Leonardo aceitou embarcar nesta missão. Nova Trento seguirá fazendo o possível para ajudar o povo gaúcho”, disse o prefeito neotrentino.

Pessoalmente 

Postado em 14 de maio de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, viajou ao Rio Grande do Sul, nesta segunda-feira (13), para entregar pessoalmente os donativos arrecadados na Cidade das Cerâmicas, para as vítimas da maior tragédia climática do Estado vizinho. 

Alves Maciel deve visitar, hoje, os municípios que compõem o Vale do Taquari, a mais devastada pelas enchentes. A região, aliás, já havia sofrido, em setembro passado, com o que seria, até então, o pior fenômeno ambiental de sua história. Entretanto, os estragos desta vez superaram com folga. 

“Vamos percorrer toda a região do Vale, distribuindo alimentos e mantimentos, tudo aquilo que trouxemos e arrecadamentos em Canelinha e na nossa região. Vamos enviar um pouco do carinho do povo canelinhense aos irmãos gaúchos”, pontuou o mandatário canelinhense. 

Retorno aguardado

Postado em 30 de janeiro de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | Arquivo

A retomada das atividades do Tiradentes Esporte Clube, que antes era apenas uma parte dos mais otimistas sonhos dos tijuquenses, passará a ser realidade em 2024. O Azulão deve reiniciar os trabalhos com categorias de base e tem, inclusive, um calendário esportivo para o ano.

O presidente do clube, Vinicius Voigt Severiano, anunciou, ontem, em entrevistas à imprensa local, que serão realizadas avaliações de desempenho para jovens atletas, nas categorias sub-15 e sub-17. Os treinamentos devem iniciar em março. A previsão, inclusive, é de que as equipes disputem a Copa Santa Catarina em ambas as categorias.

COMISSÃO TÉCNICA

Severiano confirmou, ainda, a equipe responsável pelas avaliações e por dirigir os jogadores. Adriano Franco “Bazola” de Camargo, Anderson Michel “Mainha” da Costa e Eduardo “Dudu” dos Santos Berto serão técnico, auxiliar técnico e preparador físico e de goleiros, respectivamente.

O presidente ponderou, ainda, que o trio foi escolhido com base em diferentes critérios. Entre eles, a ligação com o clube. Adriano Bazola é ex-jogador profissional de futebol e atleta revelado pelo Tiradentes. Já Anderson Mainha, atualmente, disputa as competições amadoras da região, mas tem passagens pelas categoria de base do próprio azulão tijuquense e do Avaí, além de competir profissionalmente em clubes do interior paulista. Dudu também disputa os Campeonatos Municipais de Tijucas e se destacou na base do Figueirense.

PATROCÍNIOS E ARRECADAÇÃO

A diretoria do Tiradentes, atualmente, é composta por diferentes comissões. Uma delas busca viabilizar financeiramente os projetos. Por ora, a equipe já foi contemplada na Lei das Emendas Impositivas, com indicações de vereadores para o envio de verbas.

Entretanto, o grupo ainda trabalha para receber benefícios de incentivo ao esporte, promovidos pelos governos Federal e de Estado. Além disso, os patrocinadores do novo uniforme ainda estão em fase de negociação e deverão ser anunciados em breve.

Constelação 

Postado em 24 de julho de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O evento de comemoração dos 39 anos do empresário Felipe Lemos (PL), de São João Batista, foi estrelado. Diversas lideranças do Partido Liberal, da região e de Santa Catarina, compareceram ao almoço realizado na Banda Musical, no último sábado (22). 

Destaque, evidentemente, para o deputado estadual Carlos Humberto Metzner Silva (PL) – considerado por Lemos como um padrinho na política -, e pro mais antigo assessor do governador Jorginho Mello (PL), Heleno Orlandino

Do Vale, compareceram o prefeito Diogo Francisco Alves Maciel (PL), de Canelinha, o vereador Fernando Fagundes (MDB) – sondado pelo PL para concorrer à prefeitura de Tijucas -, e os ex-prefeito Elmis Mannrich (MDB), de Tijucas, e Aderbal Manoel dos Santos (PP), de São João Batista. 

ARRECADAÇÃO 

Com quase 500 pessoas presentes, a organização contabiliza a arrecadação de aproximadamente duas toneladas de alimentos não-perecíveis. Os produtos serão destinados para entidades beneficentes de São João Batista.

De fora para dentro

Postado em 23 de maio de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Agência Alesc

A pressão popular pode ser o empurrão que falta para que o Projeto de Lei 113/2019, em tramitação há quatro anos na Assembleia Legislativa, seja aprovado no parlamento. De autoria do deputado Altair Silva (PP), de Major Gercino, a proposta cria um fundo permanente para a manutenção e conservação das rodovias estaduais catarinenses — uma das principais fontes de reclamação em praticamente todas as regiões do Estado.

De acordo com o texto, 10% das arrecadações com IPVA e multas de trânsito, além das doações de contribuintes em contrapartida de benefícios fiscais seriam destinados ao fundo e usados na recuperação das SCs. Mas o PL continua inerte no Legislativo barriga-verde.

Para que o movimento ganhe força, Silva vem conclamando prefeitos, vereadores e cidadãos catarinense a encamparem essa luta. O parlamentar, que trouxe o tema mais uma vez à mesa das discussões, agora pede que a sociedade reivindique a leitura e aprovação do projeto na Alesc.

Otimismo compreensível

Postado em 6 de outubro de 2020
  •  
  •  
  • 7
  •  
  •  

O lateral esquerdo do Flamengo, Filipe Luís, de fato fez contato com os pais da pequena Anna Laura Orsi Batista, de Nova Trento, que luta contra a AME (Atrofia Muscular Espinhal) e precisa de R$ 12 milhões para pagar o tratamento. Ele se dispôs a ajudar no que for possível; mas não é verdade — pelo menos, por enquanto — que o clube carioca foi mobilizado na campanha Salve a Laurinha, e que deve expor um mosaico com o rosto da criança no próximo jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. A notícia, compreensivelmente otimista, foi divulgada por um amigo da família em grupos de conversação online e gerou grande expectativa na região.

O que há, na realidade, segundo os mantenedores do projeto de arrecadação de recursos, é, neste momento, apenas a disposição do jogador em contribuir e, quem sabe, envolver o Rubro-Negro na proposta. Na esperança, foram enviadas 20 camisetas da campanha para a sede do Flamengo, no Rio de Janeiro, para facilitar o trabalho junto à diretoria do clube. A ideia inicial é que os atletas entrem em campo, no início de alguma partida com transmissão nacional, com a hashtag Salve a Laurinha no peito.

Além do esperado

Postado em 6 de maio de 2020
  •  
  •  
  • 75
  •  
  •  
Foto: Divulgação

A campanha “Chope Humanitário”, que visava a arrecadação de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade — proposta na parceria da cervejaria Sunset Brew, o Grupo Mãos Solidárias e a Asmut (Associação Musical União Tijuquense) —, sexta-feira (1), superou as expectativas.

De acordo com o empresário Carlos Eduardo Petry, da Sunset Brew, o chope empenhado na campanha precisou ser reposto para atender a demanda. “Foi mais que o dobro do previsto”, revelou. Na contabilidade final, uma tonelada de alimentos foi trocada por cerveja em quatro horas de evento. As instituições organizadoras estão, agora, formando cestas básicas e distribuindo à comunidade carente.

Viabilidade à prova

Postado em 6 de novembro de 2019
  •  
  •  
  • 11
  •  
  •  

No entendimento do Tribunal de Contas do Estado, Major Gercino deveria ser reintegrado a São João Batista. Um levantamento do TCE-SC, elaborado em 2017 e autuado em março, apontou o menor município do Vale como inviável, já que tem menos de 5 mil habitantes e receita insuficiente para se manter sem repasses estaduais e da União.

Agora, o governo federal entrou no jogo. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) entregou ontem, no Senado, a PEC do pacto federativo, que, entre outras medidas, propõe a reintegração de municípios com população menor que 5 mil habitantes e receita própria inferior a 10% das despesas às cidades de origem. No primeiro desses critérios, Major Gercino, com 3.416 moradores, seria enquadrada. A salvação, porém, estaria na arrecadação: 12,6% do que gasta com estrutura administrativa e Poder Legislativo.

Mais de 1.250 municípios brasileiros estão na mesma situação; e representam 22,5% de prefeituras e Câmaras de Vereadores sem viabilidade econômica no país. Cabe, agora, ao Congresso decidir. Caso aprovadas, as mudanças seriam efetivadas a partir de 2026.