quarta-feira, 21 de agosto de 2019 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Mau exemplo

Postado em 2 de julho de 2019

Na era digital, com câmeras e celulares em todos os cantos, ser político pode ser um convite à contradição. Que o diga a vereadora Fernanda Melo Bayer (MDB), de Tijucas, que foi flagrada – e filmada – estacionando o carro em uma vaga para portadores de necessidades especiais, e fez a alegria dos adversários. O vídeo, desde então, vem sendo replicado nas redes e, certamente, vai render repreensões e insinuações nas discussões do Legislativo tijuquense.

Advogada, articulada e crítica voraz da administração municipal na Câmara, a emedebista se transformou na pedra no sapato dos governistas – que, agora, obviamente, estão se esbaldando no WhatsApp. Pois, então?

Ação e reação

Postado em 17 de abril de 2019

Ousado, o deputado estadual Ivan Naatz (PV) esteve em Bombinhas e gravou um vídeo nas guaritas da TPA (Taxa de Preservação Ambiental) para dizer que a proposta é meramente “arrecadatória” e que não serve à justificada prevenção ao meio ambiente. Ele é autor da PEC que objetiva proibir a cobrança de taxas de qualquer natureza que limitem o tráfego de pessoas ou de bens.

Ao Blog, com exclusividade, a também deputada estadual Ana Paula da Silva (PDT) – que instituiu a taxa quando prefeita de Bombinhas – classificou o ato como “oportunismo, de quem não tem responsabilidade com o que diz” e contou que avalia “responder da mesma maneira, em vídeo”, com argumentos e números que comprovam os benefícios da TPA para a população bombinense.

Vídeo-represália

Postado em 8 de abril de 2019

Vem do Vale do Itajaí, produzido por um cidadão de lá com familiares cá, o polêmico vídeo intitulado “Festinha Tijucana” – que tentava desabonar a sessão especial da Câmara Municipal em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, ocorrida em 28 de março. O alvo era o presidente do Legislativo tijuquense, vereador Vilson Natálio Silvino (PP).

O autor da matéria, aliás, disse num grupo de conversação online que as produções não param por aí; e que os parlamentares de Tijucas, “um por um”, terão vez de protagonistas. Recentemente, o vereador Rudnei de Amorim (DEM) passou por situação idêntica, acusado, em vídeo, de influenciar o emprego de familiares no serviço público municipal.

Autodenominado jornalista e político – foi candidato nas eleições de 2018 –, o produtor dos vídeos quer, segundo um passarinho incolor, que o Legislativo atue contra a possível exoneração da irmã, servidora pública na Capital do Vale e ré em processo administrativo do município.

Brincadeira sem graça

Postado em 12 de novembro de 2018

A zombaria do advogado Joel Eliseu Galli no Facebook, na segunda-feira pós-eleição (29 de outubro), não teve graça. Pelo menos para o Ministério Público Estadual, que requereu o indiciamento do autor do controverso vídeo que convidava integrantes dos movimentos Sem Teto e Sem Terra a invadirem apartamentos e terrenos de Itapema sob o argumento de que “Deus está acima de tudo, e está autorizando”.

A promotora Carla Mara Pinheiro, da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itapema, definiu o ato como “incitação à prática dos crimes de invasão de domicílio e esbulho possessório”, ambos do Código Penal, além de crime contra “a proteção de bens imóveis vinculados ao Sistema Financeiro de Habitação”.

De acordo com o documento da promotoria, “a prática perpetrada pelo autor do fato tipifica o delito previsto no artigo 286 do Código Penal, cuja pena prevista varia de três a seis meses de detenção”.

DEFESA

Galli, de pronto, se defendeu. Encaminhou resposta ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Itapema com a justificativa de que o vídeo, que ganhou repercussão nas redes sociais, tratava-se de uma “provocação e não uma convocação”, “com conteúdo jocoso, irônico e sarcástico”.

No ofício, o advogado pontua, ainda, que “se o governo do ‘coiso’ – termo de referência ao presidente eleito Jair Messias Bolsonaro (PSL) – nem iniciou formalmente e a repressão ganha contornos de censura criminalizante, devemos ser temerosos quanto ao futuro”, e pergunta “se uma brincadeira, de bom ou mau gosto, acaba transformada em processo judicial, o que nos espera amanhã?”

Por fim, o ex-procurador do município de Itapema pede que o Ministério Público inicie, também, “procedimento penal em desfavor daqueles que o ameaçaram nos comentários registrados no vídeo” e termina a carta com o jargão de campanha de Bolsonaro: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Convite à invasão

Postado em 30 de outubro de 2018

Ex-procurador do município de Itapema – entre 2007 e 2012, durante o governo de Sabino Bussanello (então no PT) –, o advogado Joel Eliseu Galli radicalizou no Facebook, ontem, em retaliação ao resultado da eleição presidencial. Em vídeo, ele convocou integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) a ocuparem imóveis de Itapema para “passarem as férias” com base no artigo 6º da Constituição Federal, que garante direitos sociais ao cidadão, incluindo o lazer.

Na mensagem, Galli diz que “agora que ‘Deus está acima de tudo’ – em clara alusão ao mote de campanha do presidente eleito Jair Messias Bolsonaro (PSL) –, vamos implementar a utilização do espaço que é Dele. Esta terra é Dele. Convido os amigos sem teto e sem terra para ocuparem apartamentos e terrenos livres aqui em Itapema para passar as férias. Entre em contato comigo in box para começarmos a invasão”, publica.

O presidente da subseção de Itapema da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), advogado Jean Leomar Pereira, revelou ao Blog que não pode se posicionar acerca do tema porque, embora Galli seja itapemense, e tenha citado a Cidade dos Ultraleves no vídeo, ele é inscrito na subseção de São José e responde àquela jurisdição. “Mas tudo indica que faremos uma nota”, conclui.

Não é a primeira vez que Joel Galli frequenta os noticiários por questões controversas. Ex-professor de Direito da Univali (Universidade do Vale do Itajaí) e da Faculdade Anhanguera, ele chegou a ser preso, em 2012, por ameaças à ex-namorada; e no ano passado, depois de descobrir um câncer no pâncreas, usou o mesmo Facebook para deixar uma mensagem de suicídio – felizmente não consumado – que preocupou e mobilizou amigos e familiares. A seguir, o polêmico vídeo publicado ontem na rede social:

Posição marcada

Postado em 27 de setembro de 2018

Estamos na reta final das eleições de 2018, e, neste momento, qualquer manifestação de apoio é muito válida. Ainda mais se vier de alguém que tem tanto apelo popular quanto o major Éder Jaciel de Souza Oliveira, que está restabelecendo a segurança na região. O comandante da Polícia Militar do Vale decidiu gravar um vídeo – que ganhou as redes sociais e grupos do WhatsApp nos últimos dias – em que declara voto na ex-prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva (PDT), para deputada estadual.

Já se percebe que Major Eder não é de ficar em cima do muro. Além do apoio público a Paulinha, ele já havia, também, usado o Facebook para dizer que vota em Jair Bolsonaro (PSL) para a presidência da República.

Fala, Costinha!

Postado em 29 de março de 2018

O descontraído suplente de vereador Moacir Costa, popular Costinha – o homem de um milhão de amigos –, de Canelinha, resolveu responder para a Rede Globo “que Brasil ele quer para o futuro”.

Se o vídeo, viralizado no WhatsApp e reproduzido com satisfação no Blog, houvesse sido gravado antes das eleições de 2016, o irreverente canelinhense teria maiores possibilidades de somar mais que 11 votos naquele pleito. Pois, então?!

Título moral

Postado em 26 de janeiro de 2018

O registro bem-humorado do youtuber Lucas Cunha das peculiaridades de São João Batista (vídeo a seguir) vem muito a calhar neste momento. Além das hilárias repetições da frase “calçados demais!”, numa digna alusão à mola propulsora da economia batistense, ele informa, ainda, que a Capital Catarinense do Calçado é, também, “a primeira colônia italiana do Brasil”.

Recentemente, o presidente Michel Temer (MDB) sancionou a Lei Federal 13.617/2018, que atribui, equivocadamente, ao município de Santa Teresa, no Espírito Santo, o título de “Pioneiro da Imigração Italiana no Brasil”. A indignação dos catarinenses, e, mais precisamente, dos batistenses, é flagrante. Representantes da sociedade civil e do Poder Público vêm se organizando para corrigir o que chamam de “erro histórico do Congresso Nacional e do presidente da República contra Santa Catarina”.

 

Deu praia

Postado em 5 de dezembro de 2017

O som do mar. Os pés na areia. O sol. O frescobol. O carrinho do açaí. As viseiras. Gente muita gente! de um lado para o outro. Balneário Camboriú? Itapema? Não! É o Pontal Norte. É a praia de Tijucas como jamais se viu.

Por consciência, incentivo ou curiosidade, os tijuquenses começam, enfim, a valorizar esse rico patrimônio natural que sempre esteve desprezado. A gravação, amadora, é de sábado (2), num movimento dos acadêmicos de Administração da Univali com apoio da prefeitura, do Sesc e do grupo de voluntários SOS Praia de Tijucas.

Enfermidade social

Postado em 5 de setembro de 2017

O leitor Douglas Porcíncula, de Tijucas, mostra, indignado, a catastrófica situação do Hospital São José. De acordo com os relatos na gravação, a principal referência de saúde pública da Capital do Vale que atende, inclusive, pacientes de municípios vizinhos dispunha, hoje, de apenas uma médica para dezenas de pessoas que precisavam de cuidados e sofriam por horas nas filas de espera.

“É uma vergonha para Tijucas, uma cidade pequena, vereadores brigando. Temos que ver as melhorias. Se não houver melhorias, não adianta”, desabafa o autor do protesto.