terça-feira, 23 de julho de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Pix solidário

Postado em 9 de julho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Raissa Rocha

Classificado para a segunda fase da Copa Santa Catarina Sub-15, o Tiradentes Esporte Clube, de Tijucas, precisa de ajuda para custear a viagem até Seara, no Oeste catarinense, onde enfrentará o clube local.

O Azulão tijuquense terá que arcar com o transporte, além da hospedagem e alimentação dos atletas. Uma chave PIX foi disponibilizada pela diretoria para arrecadação de doações e contribuições financeiras espontâneas.

Qualquer quantia pode ser destinada ao clube através da chave CPNJ 83715367000119, com favorecimento ao TIRADENTES EC, através de Conta Corrente da Cooperativa Cresol.

Ponto final

Postado em 4 de junho de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

Se as eleições municipais de outubro fossem antecipadas para a tarde desta terça-feira (4), o prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), de São João Batista, não concorreria à reeleição. “Não serei candidato”, declarou o mandatário, em atenção ao Blog.

Pedroca decidiu que terminará a gestão em dezembro e dará por encerrada a carreira política. “Estou muito orgulhoso do que fiz em São João Batista. Agora vou cuidar da minha saúde, da minha família e curtir o resto da minha vida bem e com tranquilidade”, revelou.

Durante o processo eleitoral, Ramos pretende se manter isento e garante que não apoiará nenhum candidato à chefia do Executivo municipal. “Vou votar e voltar para minha casa. Não sou candidato e não apoiarei ninguém”, frisou o mandatário.

REUNIÃO COM O PT

Circulou nas rodas de conversa sobre a política batistense um possível encontro entre o prefeito e a executiva municipal do PT. Ao Blog, Pedroca confirmou que houve a reunião, principalmente para atender ao pedido da deputada federal Ana Paula Lima (PT) que, segundo o prefeito, “ajudou muito” o município.

“Tenho muita gratidão pela Ana Paula Lima. Ela ajudou muito São João Batista. Já recebemos R$ 16 milhões através dela e de outros deputados federais e estaduais, como meus amigos Carlos Chiodini, Rafael Pezenti e Jerry Comper, do MDB, Ismael dos Santos e Ricardo Guidi, do PSD, da senadora Ivete Appel da Silveira, do próprio governador Jorginho Mello… Isso me deixa muito grato. Recebi os membros do PT como prefeito. Nessa função, tenho a obrigação de receber qualquer cidadão que queira conversar com o prefeito”, explicou.

Projeto “Mudança”

Postado em 15 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas

O ex-vereador e ex-secretário municipal de São João Batista, Juliano Peixer, mantém vivo o desejo de disputar a prefeitura batistense, nas eleições municipais de outubro. A recente desfiliação do MDB, aliás, teve o projeto de candidatura como principal motivo.

Peixer afirmou, em entrevista ao programa LINHA DE FRENTE, ontem (11), que havia se colocado à disposição do partido para a concorrência. Entretanto, percebeu que parte da cúpula emedebista tinha a intenção de acompanhar o ex-prefeito Daniel Netto Cândido (PSD) e, portanto, não lançar um candidato próprio.

“Eu dizia que queria construir um projeto de mudança e sólido, e que não estava ali pra ser vice do Daniel, que é o que eles queriam. Briguei pra ser o candidato, mas não vi evolução e saí pro União Brasil. Tenho uma aproximação grande com o deputado federal Fábio Schiochet, presidente estadual do partido”, revelou.

O agora pré-candidato pelo União Brasil avalia que sua antiga legenda se encontra “perdida”. Pontuou, ainda, que a indecisão do prefeito Pedro Alfredo Ramos, o Pedroca, com quem nutre boa relação, colabora para a dificuldade da estruturação do partido.

“A gente (o grupo) só ajudou o MDB e o MDB não nos ajudou. O MDB continua perdido em São João Batista. O Pedroca ora é pré-candidato, ora não é. O MDB ora quer dar o vice pro Daniel, não quer… Então, hoje é um partido sem gestão. Tivemos que sair, se não, não conseguiríamos criar um projeto de mudança, um projeto organizado e que possa, realmente, trazer a cidade pra frente”.

GRUPO FORTE

A “mudança” defendida por Peixer pode ganhar, no futuro, as companhias de PL, PP, Podemos e Republicanos. A proximidade com o empresário Felipe Lemos (PL), que também pretende concorrer à chefia do Executivo municipal em outubro, não atrapalharia o projeto, defende o ex-vereador.

“O Felipe é um jovem, tá entrando na política agora com muita vontade e gás. Temos um alinhamento de grupo, de que querer que a nossa cidade vá pra frente. A partir do momento que ele tá trabalhando, botando seu nome na rua, ele tem que brigar pra ser cabeça de chapa. Lá na frente podemos estar juntos. Ou eu declino e apoio ele, ou ele declina e me apoia. Existe ainda o Fábio da Ravel (Fábio Norberto Sturmer) e Mateus Galliani no PP. Temos 4 ou 5 pré-candidatos, mas só cabem dois”, ponderou.

Soldado à disposição

Postado em 25 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O vereador Erivelto Leal “Danone” dos Santos, de Tijucas, assinou, nesta noite, a ficha de filiação ao PL. A adesão do parlamentar foi abonada pelo governador Jorginho Mello, durante audiência na sede executiva da legenda, em Florianópolis.

Participaram do ato, inclusive, dois dos pré-candidatos a prefeito pelo partido: Fernando Fagundes, com quem Leal construiu boa relação durante a atual legislatura, e o empresário Thiago Peixoto dos Anjos, correligionário desde os tempos de PDT.

Com exclusividade ao Blog, Danone confirmou que pretende concorrer novamente ao Legislativo e que quer somar ao grupo. “Sou mais um soldado. Quero trabalhar e ajudar”, frisou o parlamentar.

Mudança de hábito

Postado em 20 de março de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

A cada amanhecer, uma surpresa no tema “indecisão do prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) sobre o candidato à sucessão”. O chefe do Executivo tijuquense quer, agora, a participação do funcionalismo na escolha e orientou cada servidor em cargo de comissão a realizar uma “pesquisa” entre familiares e amigos para, a partir do feedback, chancelar a indicação.

Mariano Rocha vem dizendo, de sala em sala, que tem três bons pré-candidatos e que precisa da ajuda da equipe para se decidir. As referências são ao vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD) e aos vereadores Rudnei de Amorim (PSD) e Maickon Campos Sgrott (PP).

JUNTOS NA DOR

A insistência do prefeito em recomendar Sgrott – que desistiu da pré-candidatura meses atrás e nunca pensou em reconsiderar a decisão – tem unido Coisa Querida e Amorim.

O adjunto tijuquense e o líder do governo na Câmara se deram as mãos e, de acordo com fontes precisas do Blog, vêm concordando em um ponto: a inabilidade de Mariano Rocha na condução do processo pode dificultar a eleição.

DEBANDADA

Como consequência primária da hesitação do mandatário tijuquense, aliados vêm trilhando o caminho da independência e se desfazendo das amarras do grupo governista.

A perda dos vereadores Ecio Hélio de Melo para o PL, Maurício Poli e Cláudio de Oliveira para o UNIÃO, e as especuladas migrações dos suplentes José Roberto “Betinho” Giacomossi e Ezequiel de Amorim para grupos alternativos, dão o tom da instabilidade encetada na demanda política do governo.

Soma-se aos prejuízos a conjuntura com o PL municipal, que caminhava serena para a oficialização da aliança, inclusive com bases de acordo estabelecidas, e foi atravancada por conta do embaraço de Mariano Rocha na definição de um nome para a sucessão.

Caminho estreito

Postado em 16 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Arquivo Pessoal

O projeto de concorrer à prefeitura de Tijucas, em 2024, do vice-prefeito Sérgio Fernandes Cardoso (PSD), vem sendo construído com um intenso roteiro de visitas à correligionários, velhos amigos e figuras de relevância na política catarinense.

Durante a viagem para Brasília, com informações publicadas com exclusividade pelo Blog na nota “De cima para baixo”, o adjunto tijuquense visitou, naquela feita, a senadora da República Ivete Appel da Silveira (MDB).

Coisa Queria afirmou, logo após a reunião, que a viúva de Luiz Henrique da Silveira se comprometeu em ajudar a Capital do Vale em demandas específicas e prometeu que faria, em breve uma visita ao município.

Hoje, o encontro foi com dois parceiros de longa data: o deputado estadual Júlio Garcia (PSD) e a ex-deputada Marlene Fengler – atualmente presidente da Escola do Legislativo da Alesc -, com quem ostenta grande amizade.

“Discutimos importantes projetos e emendas para Tijucas. Em breve, teremos um progresso significativo em nossa cidade, dando continuidade ao trabalho que estamos realizando ao longo dos anos”, revelou Cardoso, mantendo, entretanto, certa cautela.

Solidário

Postado em 16 de outubro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O apoio recebido de inúmeras cidades catarinenses, em dezembro do ano passado, quando São João Batista enfrentou o maior evento climático de sua história, será retribuído, nesta semana, com o envio de equipes e maquinário para Taió, cidade do Alto Vale do Itajaí, que vive situação semelhante.

A ajuda foi autorizada pelo prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB), após a Capital Catarinense dos Calçados superar os problemas das últimas semanas que, embora sejam muitos, são significativamente menores que os registrados em 2022.

Pedroca visitou Taió ontem para se colocar à disposição do município. Os voluntários batistenses devem iniciar a contribuição a partir deste início de semana.

“Essa força-tarefa trabalhou 10 dias incansavelmente aqui em São João Batista, dia e noite. Agora, cientes da ajuda que recebemos, vamos retribuir isso. Toda a infraestrutura e maquinário estará à disposição”, frisou o mandatário.

Reconstrução

Postado em 30 de janeiro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Lideranças de Tijucas vêm organizando uma ação de apoio ao tijuquense Jorge Correia, conhecido popularmente por Dódi. Ele se popularizou na comunidade por anos de serviços prestados ao extinto Posto Dinho, que por décadas funcionou no bairro XV de Novembro. 

A casa em que ele residia, na rua Tenente Carvalho, foi destruída por um incêndio, ocorrido no dia 12 de janeiro. Felizmente, não houve registro de feridos. Entretanto, todos os objetos pessoais foram perdidos e o imóvel foi completamente consumido pelo fogo. 

Entre os líderes do movimento está o advogado e ex-vice-prefeito Roberto Vailati, que vem compartilhando sistematicamente um pedido de ajuda para a reconstrução da moradia. As formas de doação podem ser consultadas por meio do WhatsApp, no número (48) 99602-0161.

Resposta rápida

Postado em 12 de dezembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A barrilada do prefeito Pedro Alfredo Ramos (MDB) na reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com o secretário nacional da Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, segunda-feira (5), pode ter surtido efeito. Hoje, o governador eleito Jorginho Mello (PL) veio a São João Batista manifestar apoio ao mandatário batistense e se colocar à disposição do município, fortemente atingido pelas enchentes das últimas semanas.

Mello se comprometeu a ajudar na liberação do FGTS para a população, uma vez que a Caixa Econômica Federal autorizou o saque apenas para moradores de algumas localidades afetadas. “O Estado e a União precisam fazer a sua parte. O prefeito estará em Brasília nesta terça-feira para buscar auxílio e vamos ajudar nessa articulação. Já estamos trabalhando pela liberação urgente de recursos federais”, prometeu o governador eleito no encontro com Pedroca, há pouco.

EM TEMPO:

Assim que deixou, furioso, a assembleia do Fórum Parlamentar Catarinense, semana passada, o prefeito de São João Batista foi seguido apressadamente pela vice-governadora eleita Marilisa Boehm (PL). Nos corredores, ela teria suplicado a Pedroca que não concedesse entrevistas à imprensa – embora os jornalistas se apinhassem na saída para ouvi-lo – ou falasse publicamente sobre o assunto até que a situação fosse contornada.

Se existe relação entre a visita de Jorginho Mello à Capital Catarinense do Calçado e a barulheira do mandatário batistense no Fórum Parlamentar, não se tem certeza. Mas que a resposta foi rápida, foi.

Otimismo compreensível

Postado em 6 de outubro de 2020
  •  
  •  
  • 7
  •  
  •  

O lateral esquerdo do Flamengo, Filipe Luís, de fato fez contato com os pais da pequena Anna Laura Orsi Batista, de Nova Trento, que luta contra a AME (Atrofia Muscular Espinhal) e precisa de R$ 12 milhões para pagar o tratamento. Ele se dispôs a ajudar no que for possível; mas não é verdade — pelo menos, por enquanto — que o clube carioca foi mobilizado na campanha Salve a Laurinha, e que deve expor um mosaico com o rosto da criança no próximo jogo do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. A notícia, compreensivelmente otimista, foi divulgada por um amigo da família em grupos de conversação online e gerou grande expectativa na região.

O que há, na realidade, segundo os mantenedores do projeto de arrecadação de recursos, é, neste momento, apenas a disposição do jogador em contribuir e, quem sabe, envolver o Rubro-Negro na proposta. Na esperança, foram enviadas 20 camisetas da campanha para a sede do Flamengo, no Rio de Janeiro, para facilitar o trabalho junto à diretoria do clube. A ideia inicial é que os atletas entrem em campo, no início de alguma partida com transmissão nacional, com a hashtag Salve a Laurinha no peito.