sexta-feira, 12 de abril de 2024 VALE DO RIO TIJUCAS E COSTA ESMERALDA

Conselho

Postado em 10 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Luan Lucas | Arquivo | Linha de Frente

O grupo de empresários, amigos e apoiadores da gestão Eloi Mariano Rocha (PSD), de Tijucas, conhecido por G-8 ou Conselho, não foi consultado pelo mandatário antes ou durante os seus últimos movimentos políticos, sobretudo em atenção ao pleito eleitoral de outubro.

Uma das lideranças envolvidas, o médico e empresário Rogério de Souza, que ao longo das últimas décadas participa ativamente das campanhas colas-brancas, revelou, durante a live CONEXÃO POLÍTICA – Vale do Rio Tijucas e Costa Esmeralda, ontem, que houve uma diminuição na frequência de encontros e, portanto, o distanciamento entre Mariano Rocha e o grupo.

“As reuniões ficaram um pouco mais escassas e perdemos um pouco do contato com o prefeito. Mas, por estratégia. Não vamos convidá-lo para todas as reuniões. Mas, sim, para aquela que a gente acha importante a participação dele. Nas últimas, optamos por não estarmos com o prefeito”, disse o ex-secretário de Saúde do município.

Souza ponderou, inclusive, que a importância do cargo concede ao mandatário o papel de “maior líder político” da cidade. O que, por lógica, lhe daria o direito de organizar o grupo governista no projeto de sucessão à sua maneira.

“Como maior líder político do município, o prefeito tem toda a liberdade para fazer o trabalho de pré-campanha ao seu modo. As definições de acerto ou erro, só podem ocorrer lá na frente, quando soubermos dos resultados efetivos deste trabalho. Neste momento, ele se cercou das ideias e das atitudes que ele achou melhor para o momento e assim fez”.

Entretanto, o empresário garante que o G-8 participará ativamente dos processos e que, muito em breve, os membros do grupo serão procurados por Mariano Rocha. “Isso acontecerá naturalmente. Em algum momento, o prefeito vai tomar essa atitude. Até porque isso sempre ocorreu informalmente. Chega um momento em que é um por todos e todos por um.

COISAS DIFERENTES

Progressista por convicção, o médico tijuquense compartilha a ideia de que PP e PSD, embora estejam juntos e integrem o mesmo movimento na Capital do Vale, são “coisas diferentes”.

“PP e PSD não são a mesma coisa. PP é PP, PSD é PSD. São parceiros políticos. Mas nunca concordei com essa ideia de ‘deixa o PP vir porque é tudo a mesma coisa, farinha do mesmo saco’. Conversa! Não é. Comungam da mesma ideia, mas não é a mesma coisa”, afirmou.

Em linha reta

Postado em 1 de abril de 2024
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Reprodução/Redes Sociais

As crenças ideológicas estão acima de qualquer projeto político ou pessoal que o empresário Felipe Lemos possa ter. O posicionamento do líder do PL municipal e pré-candidato a prefeito de São João Batista foi mais uma vez sublinhado no fim de semana, durante a estada do ex-presidente Jair Bolsonaro em Balneário Camboriú.

Lemos, que sempre defendeu a direita conservadora e a postura de Bolsonaro mesmo que não participasse do movimento político, continua, agora como presidente de partido e postulante à prefeitura, seguindo os passos do maior expoente liberalista em território brasileiro. E desta vez, na cidade litorânea, não foi diferente.

“Sempre defenderei aquilo que acredito e confio. Por Deus, pela minha família, pela nossa pátria e pela liberdade”, escreveu o batistense nas redes sociais assim que postou, orgulhoso, fotos e vídeos do ato.

Intercâmbio

Postado em 28 de dezembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

Enquanto boa parte dos catarinenses aproveitam os dias quentes para curtir as belíssimas praias do nosso encantador litoral, o vice-prefeito de Tijucas, Sérgio Fernandes Cardoso (PSD) aproveitou a liberdade na agenda para um verdadeiro intercâmbio, na Capital do Estado.

Ele esteve reunido com o prefeito de Florianópolis, Topázio Silveira Neto (PSD), uma das mais destacadas lideranças do partido em Santa Catarina, sobretudo pela elogiada e popular comunicação adotada nas redes sociais.

O adjunto tijuquense afirmou que o encontro serviu para debater temas “cruciais”. “Gestão, empreendedorismo e fortalecimento de parcerias intermunicipais”, explicou.

PRESENÇA ILUSTRE 

Chama atenção, aliás, a presença do empresário e pré-candidato a prefeito de Tijucas, Thiago Peixoto dos Anjos (PL). O principal nome dos liberalistas tijuquenses aparece sorridente na foto, ao lado dos dois pessedistas.

Especula-se, nas mídias especializadas em política, que o governador Jorginho Mello tem articulado a presença do PL na chapa encabeçada pelo atual mandatário florianopolitano, em 2024. A reunião poderia ser a sinalização de movimento similar na Capital do Vale? Pois então…

Ficha assinada

Postado em 11 de setembro de 2023
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Divulgação

O PL tijuquense foi buscar um nome viável para a disputa da prefeitura, em 2024: Thiago Peixoto dos Anjos. O empresário assinou, hoje, a ficha de filiação ao partido do governador Jorginho Mello.

Segundo colocado nas eleições de 2020 pelo PDT, Peixoto dos Anjos recebeu garantias de liberdade para construir a candidatura ao cargo máximo do município nas bases da legenda. A oficialização dependeria exclusivamente da posição do empresário nas pesquisas.

A assinatura da ficha foi acompanhada de perto por duas importantes lideranças do PL: o presidente da legenda em Tijucas, José Vicente ‘Zézinho’ de Souza e Silva, e o deputado federal Jorge Goetten, principal articulador dos liberalistas no Vale do Rio Tijucas.

Debandada

A ida de Peixoto dos Anjos ao PL deve, inclusive, ter consequências nas fileiras do PDT local. Figuras importantes, como o ex-vereador Fabiano Morfelle, e dos suplentes João Luiz Lópes e Consuelo Azevedo devem migrar com o empresário para o novo partido.

Heterogeneidade

Postado em 16 de setembro de 2022
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Surpreende a pluralidade da administração municipal de Tijucas nos apoios a candidatos ao governo estadual. Tem para todos, embora o prefeito Eloi Mariano Rocha (PSD) alerte o time insistentemente sobre a necessidade, para a continuidade dos projetos da gestão, de reeleger o governador Carlos Moisés da Silva (REPUBLICANOS). Mas o mandatário tijuquense, verdade seja dita, tem respeitado complacentemente a liberdade de escolha do colegiado.

A diversidade começa com o vice-prefeito Sérgio “Coisa Querida” Cardoso (PSD), que abraçou a campanha de Gean Loureiro (UNIÃO), passa pelo secretário de Obras, Transportes e Serviços Públicos, Vilson Natálio Silvino, que encabeça o projeto de Esperidião Amin (PP) no município, e chega no presidente do Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto), Luiz Rogério da Silva, que, por conta da proximidade com o senador Dário Berger (PSB-SC), faz diligência velada por Décio Lima (PT). Pois, então?!

Dano moral

Postado em 17 de junho de 2020
  •  
  •  
  • 37
  •  
  •  

A juíza Maria Cristina Slaibi, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o ator e comediante Gregório Duvivier a pagar uma indenização de R$ 25 mil por danos morais ao empresário Luciano Hang, de Brusque, por uma postagem feita no Twitter em maio do ano passado.

Na publicação,  Duvivier escreveu: “to tisti alguém mata o véio da havan (sic)”. Dois dias depois, o comediante usou a mesma rede social para justificar que não estava desejando a morte do empresário, mas “apenas reproduzindo um meme”. Hang processou o artista.

Em sua decisão, a juíza entendeu que Duvivier excedeu o limite da liberdade de expressão ao usar o verbo “matar” na postagem e explicou que a condenação por dano moral tem “caráter repressivo-pedagógico”. A magistrada ordenou ainda que o comediante exclua, em 48 horas, a palavra “mata” da publicação.

Pesos e medidas

Postado em 5 de fevereiro de 2019
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dias atrás, o STF (Superior Tribunal de Justiça) ordenou a liberdade de um jovem de 20 anos que foi preso com um fuzil AR-15 em Florianópolis. No sábado (2), em São João Batista, um solitário idoso de 71 anos foi detido por ter em casa um revólver calibre 32; e não há tribunal que o livre do crime de porte ilegal. Pois, então?!

Desforra no bolso

Postado em 28 de março de 2017
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Personagem marcante nas manifestações populares contra as polêmicas mudanças no trânsito de Tijucas realizadas pela Autopista Litoral Sul, o vereador Rudnei de Amorim (DEM) pagou um preço alto pelo protagonismo no ato. À frente das negociações com a Polícia Rodoviária inclusive com declarações emocionadas durante o protesto , o parlamentar recebeu, dias depois, uma impetuosa multa por, supostamente, “usar o próprio veículo para promover evento na rodovia BR-101”, embora garanta que tenha estacionado o carro na localidade de Imacol e partido para o encontro a pé.

Como as autoridades sempre têm razão, Amorim deve desembolsar cerca de R$ 2 mil para quitar o débito. Mas, certamente, satisfeito por ter exercido o direito à livre manifestação e mostrado a quem quer que seja que Tijucas não é terra de ninguém.

Livre para voar

Postado em 2 de junho de 2016
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Candidato a prefeito de Tijucas em 2012, o presidente municipal do PT e ex-vereador Adalto Gomes também está apto à disputa pela prefeitura nestas eleições. Era secretário de Saúde de Porto Belo até ontem, quando entregou o pedido de dispensa ao prefeito Evaldo Guerreiro (PT).

Com 17% das intenções de voto do eleitorado tijuquense reveladas em recente pesquisa encomendada pelo movimento L.I.M.P.E., Gomes pôs-se à disposição dos grupos oposicionistas do município. A vontade, agora, é acompanhada pela liberdade.